Home / Natureza / Bolacha-Do-Mar: Como Saber Se Está Viva?

Bolacha-Do-Mar: Como Saber Se Está Viva?

Como Saber Se Uma Bolacha-Do-Mar Está Viva?

As bolachas-do-mar são animais equinodermes que vivem em rochas no mar ou enterradas na areia da praia, e não são venenosas e nem um risco a ninguém, e isso faz com que várias pessoas tentem levar essas criaturinhas para casa.

Obviamente, a ideia de levar esse ser vivo é mortal para eles, além de ser extremamente cruel.

Não obstante, muitas pessoas levam os exoesqueleto do animal morto, pois o mesmo possui um formato um tanto quanto único que chama a atenção das pessoas, que muitas vezes tendem a colecionar ou a usar em enfeites, tais como em aquários.

Longevidade: Quanto Tempo Uma Bolacha-Do-Mar Vive?

A taxa de longevidade desse ser costuma variar, pois algumas fontes dizem que é de 2 a 3 anos, enquanto outras fontes apontam para de 8 a 10 anos.

Alguns fenômenos, tais como a mudança do clima e o aumento de acidez na água, podem matar esses seres. Além de seus predadores naturais.

E também acontece alguns casos de morte em massa desse animais.

Alguns pesquisadores acham que é algo natural que acontece de tempos em tempos, como um ciclo ecológico, mas outros assumem que é a união de vários fatores que trabalham juntos e geram essas tragédias e notícias de praias lotadas com esses seres que normalmente vivem em profundidades de cerca de 8 m e que vão parar nas beiras rasas ou encalhadas fora da água se tornaram algo que desperta curiosidade.

Como Reconhecer Se A Bolacha-do-Mar Está Viva Ou Morta?

Primeiro ponto, achar uma bolacha-do-mar morta é algo raro. O que normalmente acontece, é de se achar muitas mortas devido aos desastres naturais (ou nem tão naturais assim), mas encontrar indivíduos mortos já não é tão fácil.

Já que o habitats deles costumam a ter cerca de 9 m de profundidade, o que quer dizer que achar bolachas-do-mar na maré rasa não é bom sinal, já que isso indica que o animal está lá por algum motivo não muito específico ou porque está morto.

Como se sabe, esses animais possuem um sistema de propulsão com água através de canais ambulacrários, usando os poros como propulsores, o que permite movimento, quando a água está calma, as bolachas do mar conseguem ficar com parte de seu corpo desenterrada, porém quando a água está mais agitada ela se enterra completamente.

Claro que nem todas as bolachas-do-mar se firmam na terra com sucesso; algumas que estão morrendo ou envelhecendo não conseguem se firmar e são arrastados pela a correnteza e arremessadas contra a praia.

Isso não quer dizer que toda bolacha-do-mar que está em um ambiente raso está morta.

Para reconhecer se uma bolacha-do-mar está morta, a primeira coisa que deve se notar é a coloração, pois se ela está com uma coloração meio branca ou clara, quer dizer que ela foi secada pelo sol e desbotou.

Isso, porém, também acontece quando se pega indivíduos que morreram na praia ao alcance do sol.

Assim, os indivíduos que morreram dentro d’água, em uma praia rasa por exemplo, como saber se ainda não foi secada pelo sol está morta, afinal?

As diferenças ainda são claras, pois bolachas-do-mar vivas possuem cor bem escura, ou seja, se ela estiver meio clara, é um sinal de que esteja morta.

Além disso, ela pode estar coberta por um tipo película mucosa e se olhar embaixo dela, será possível ver a boca dela, que em um espécime vivo é muito difícil você ver.

Sua parte inferior é coberto de podias que são cobertos por cílios. A parte debaixo de uma bolacha do mar morta não possui perna alguma, sendo lisa e com a boca visível.

Preservando o Exoesqueleto de Uma Bolacha-do-Mar

Exoesqueleto de Uma Bolacha-do-Mar
Exoesqueleto de Uma Bolacha-do-Mar

Imagine que você estava andando pela praia e encontra uma bolacha-do-mar morta e decide fazer um enfeite com ela.

Para isso, você precisa preserva-las e você precisa seguir alguns passos básicos para a limpeza e solidificação do exoesqueleto da bolacha-do-mar, pois quando feito direito ela fica branquinha e durinha como uma concha.

Mas, lembramos que pegar bolachas-do-mar vivas é um ato cruel, pois você matar um ser vivo para pôr na estante não é algo legal de forma alguma, e, em realidade, é ilegal em alguns países.

É ilegal colecionar bolachas-do-mar vivas. É possível acabar recebendo uma multa.

Porém, no Brasil, esse não é o cenário ideal para que essa atividade seja configurada com 100% de autenticidade.

Um dos primeiros passos e que as pessoas raramente se lembram é de para ter uma bolacha-do-mar branca é importante lavar ela com sabão em água fresca, mas sempre tomando cuidado com a força com qual se esfrega, pois as conchas costumam a ficar duras, porém frágeis.

Anatomia da Bolacha-do-Mar
Anatomia da Bolacha-do-Mar

Em seguida, reúna as bolachas do mar, dê preferência o mais cedo possível e depois os coloque de molho  em água fresca. A água irá ficar com uma cor marrom e começar a cheirar, então é bom trocar de água de tempos em tempos, e continue fazendo isso até a água se manter mais ou menos limpa.

O próximo passo é deixar as cascas de molho em uma mistura de água e alvejante, dependendo da força da mistura do alvejante que você usou deixe por 5-10 minutos.

Retire do alvejante, enxague com água abundantemente e deixe secar.

Caso for necessário, coloque de volta de molho em água fresca ou em água com alvejante.

Porém, não deixe as bolachas no alvejante por muito tempo porque o alvejante pode acabar desgastando a concha e facilitando para que ela se desfaça, já que cada período de molho em alvejante a enfraquece, portanto não é bom deixar as bolachas-do-mar de molho muitas vezes.

Nove Bolacha-do-Mar Em Cima da Cama
Nove Bolacha-do-Mar Em Cima da Cama

Caso isso não as embranqueça o bastante, é bom deixa-las no sol para elas secarem ou use tinta branca, pois o importante é o resultado.

Para endurecer as cascas, simplesmente misture cola branca e água em porções iguais.

Pegue uma esponja ou um pincel e cubra as bolachas-do-mar completamente com a mistura.

Deixe-as secar completamente. Depois do endurecimento elas podem ser usadas para vários projetos artesanais.

Links para mais informações sobre as bolachas do mar.

Veja também

Cor, Porosidade e Textura do Solo Arenoso

Um solo arenoso é um solo composto por mais de 60% de areia. Do ponto …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *