Home / Animais / Escorpião Preto da Amazônia

Escorpião Preto da Amazônia

Os escorpiões vivem entre nós desde as primeiras civilizações. Eles habitam o Planeta Terra há pelo menos 400 milhões de anos; e desta forma, estão aqui muito mais tempo que nós. E acredite, 70% dos escorpiões atualmente, vivem no meio urbano, ou seja, nas pequenas e grandes cidades.

No Brasil, já foram registradas ao menos 100 espécies de diferentes gêneros de escorpiões; sendo assim, eles estão em todos os Estados, em praticamente todas as cidades, na Floresta Amazônica, na Mata Atlântica, no Cerrado, em todos os ecossistemas do nosso país, pois se adaptaram com facilidade.

São animais pequenos, versáteis e poderosos. Aqui no Brasil, existem quatro espécies fatais, onde um contato com o veneno do animal pode levar até a morte, e são eles: Tityus bahiensins, Tityus stigmurus, Tityus serrulatus e o Tityus paraensins (Escorpião preto da Amazônia).

Neste artigo apresentaremos as principais características dos escorpiões, sobretudo, do poderosíssimo Escorpião Preto da Amazônia (Tytius Paraensins), por que o veneno do animal é tão poderoso? E se for picado, o que fazer? Confira!

A Grande Família dos Escorpiões

Eles são pequenos artrópodes, dentro da classe dos Aracnídeos e da ordem dos Scorpiones e dentro desta ordem, existem muitos gêneros.

Estima-se que no mundo todo existam cerca de 1.500 espécies de escorpiões, e aqui no Brasil 160 – porém este não é um dado exato e sim uma média, que pode variar tanto para mais, quanto para menos.

Poucas espécies possuem veneno perigoso. Porém é preciso atenção e cuidado, pois eles vivem entre nós, nas cidades e nas zonas rurais.

E de acordo com pesquisas, a população de algumas espécies vem aumentando rapidamente nos últimos anos, como é o caso do Escorpião Amarelo, que está em quase todas as regiões do país (não está no Norte e no Rio Grande do Sul). E talvez seja está espécie, a principal causadora de acidente em todo o país.

No Brasil, as espécies mais letais pertencem ao gênero Tityus, e são elas: Escorpião Amarelo (Tityus Serrulatus), Escorpião Marrom (Tityus Bahiensis), Escorpião Amarelo do Nordeste (Tityus Stigmurus) e o Escorpião Preto da Amazônia (Tityus Paraensis).

Escorpião Preto da Amazônia – Características

Estes pequeninos animais habitam principalmente a Região Norte do país; sobretudo os Estados do Amapá e do Pará. Além disso, já foram encontrados no Centro-Oeste, mais precisamente no Estado do Mato Grosso.

Os escorpiões desta espécie medem até 9 centímetros do comprimento e possuem a coloração corporal totalmente preta, mas possui está cor apenas quando adulto. Quando o escorpião ainda é jovem, possui pigmentações castanhas por grande parte do corpo e partes adjacentes. Este fato leva muitas pessoas a confundi-los com outras espécies.

O macho e a fêmea da espécie dos escorpiões pretos da Amazônia são bem diferentes. Enquanto o macho é caracterizado com os pedipalpos (par de apêndices articulados no prossoma dos aracnídeos) mais finos e longos que a fêmea; além disso, sua cauda e o todo o seu tronco, também são mais finos.

São venenosos, ou seja, a atenção e o cuidado devem ser redobrados. Porém, muitas pessoas acabam confundindo está espécie com as outras da Região; e muitas não são venenosas, mas esta é.

Confira agora alguns sintomas causados por este pequenino animal e esteja preparado caso ocorra alguma picada.

Veneno do Escorpião Preto da Amazônia

Todos os escorpiões são venenosos, porém, como foi dito acima, apenas algumas espécies possuem um veneno forte e letal. E não são muitas, estima-se que sejam menos de 10% das espécies.

Este veneno é um meio de sobrevivência dos escorpiões, eles utilizam-o principalmente para caçar suas presas, ele é capaz de imobiliza-las, pois age diretamente no sistema nervoso do animal capturado; sendo assim, a alimentação do escorpião é garantida e está muito mais fácil com o animal imobilizado.

Escorpião Preto na Mão de Uma Pessoa
Escorpião Preto na Mão de Uma Pessoa

O veneno destes animais é forte e faz grande impacto sobre o corpo humano. A intensidade varia, porém ela manifesta-se muito rápido. Por isso é fundamental reagir da maneira correta e ser ágil.  Quando ocorre a picada de escorpião, a pessoa ferida pode se encontrar em 3 quadros distintos – o leve, moderado e grave.

Diarreia, vômito intenso e agitação são sintomas de um quadro leve; quando a situação encontra-se em quadro moderado, ocorre aumento da pressão arterial, enjoos, sudorese (transpiração, suor elevado) e vômitos constantes. Em quadro grave, ocorre tremedeira, palidez, sudorese elevada; e ainda, uma quantidade considerável do veneno, seria capaz de afetar o sistema cardíaco de uma pessoa, que passaria por uma insuficiência cardíaca, podendo até a morrer.

O que fazer então quando for picado? O ideal e altamente recomendado é que você procure por assistência médica com urgência.

Infelizmente não há muito que se fazer neste momento, pois não existem remédios caseiros que possam neutralizar o veneno.

Dependendo da intensidade e das manifestações do corpo, o especialista aplicará um soro apenas na região onde ocorreu a picada; já quando é um caso mais grave, é aplicado então um “antiescorpiônico”, que é mais forte, podendo combater e neutralizar o efeito do veneno.

Mas é preciso ser rápido, pois a manifestação do veneno no corpo humano – e em muitos outros seres – ocorre muito depressa, espalhando-se por todo o corpo e elevando do grau leve para grave em questão de minutos.

Então fique atento (a)! Os escorpiões podem estar onde você menos imagina. O corpo deles é pequeno, e eles preferem viver em lugares quentes, úmidos e escuros.

Então se escondem em entulhos, madeiras, pilhas de objetos antigos, sapatos. Evite o acumulo de lixo e previna sua casa dos escorpiões e de muitos outros animais peçonhentos. Confira estas dicas para evitar os escorpiões e suas picadas.

Como Evitar Escorpiões

  • Evite o acumulo de lixo, entulho ou objetos antigos próximos à sua residência.
  • Procure manter seu jardim ou quintal em ordem, com a limpeza em dia.
  • Antes de colocar seus calçados, verifique no interior da peça se não há nenhum animal peçonhento por lá;
  • Quando estiver em locais com muitas folhas no chão, evite andar descalço, sempre faça uso de um calçado.
  • Evite também enfiar a mão em buracos desconhecidos, os escorpiões podem estar onde você menos imagina.

Gostou do artigo? Leia mais:

Escorpião Preto Curiosidades

Escorpião Preto é Venenoso? Ele Pode Matar?

O Que Atrai Escorpiões? Como Eles Aparecem?

Veja também

Ficha Técnica Do Pinscher: Peso, Tamanho E Nome Cientifico

As raças de cachorro espalhadas por aí possuem características bem próprias, e bem interessantes. O …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *