Home / Plantas / Maçã dura: Benefícios, Características, Fotos e Nome Científico

Maçã dura: Benefícios, Características, Fotos e Nome Científico

Desde muito tempo, a maçã sempre foi popular por seu valor medicinal. Pouquíssimas frutas têm efeito medicinal sobre a doença, mas a maçã é uma dessas frutas com grandes propriedades medicinais e curativas, conforme pesquisas, estudos e evidências.

Como você já deve ter notado é bem raro encontrar um local onde se venda produtos e a maçã esteja de lado.  A maçã dura é uma das mais pedidas.

Porém, engana-se que ela é uma espécie. Não é! O aspecto de várias, como a Fuji e a Golden Delicious podem se passar por esta que é tão desejada nos supermercados e quitandas do Brasil. A maçã é uma fruta extremamente deliciosa e crocante com a abundância de fibra dietética, antioxidantes e polifenóis.

A suplementação de dieta com maçã mostrou reduzir o risco de doenças cardíacas, diabetes mellitus tipo 2, níveis elevados de colesterol e triglicérides e câncer.  Assim, adicionando maçã à dieta diária, você pode realmente adicionar um número de vitamina, minerais e outros compostos de promoção da saúde.

Na última década, muitos estudos descobriram efeitos positivos de comer uma maçã na saúde.  A maçã não é apenas um deleite para comer, mas também é uma ótima fruta para sua saúde geral.

Adicionando maçã à sua dieta diária é uma maneira muito fácil de combater o estresse oxidativo, inflamação, diabetes mellitus, doenças cardíacas, asma, doença de Alzheimer e câncer.

Vamos lançar um pouco mais de luz sobre os benefícios para a saúde da maçã. De uma lida com bastante atenção neste artigo!

Maçã Dura: Nome Científico

A maçã é uma fruta da macieira (Malus domestica). A árvore foi cultivada na Ásia Central e na Europa por milhares de anos, mas depois trazida para a América do Norte por colonizadores europeus.

Malus Domestica

Existe mais de 7.500 cultivares conhecidas de maçãs, cada uma servindo seu propósito para cozinhar, comer crus e produção de cidra.

Alguns Benefícios Para a Saúde

Além de ser saborosa, ela também traz diversas vantagens para quem a consome de vez em quando. E, ainda mais vantagens para quem consome regularmente. Dê uma olhada!

Maçãs Podem Ajudar Você a Ter uma Digestão mais Fácil e Promover a Regularidade.

As maçãs possuem uma quantidade significativa de fibra dietética. A fibra dietética estimula o movimento peristáltico e aumenta a secreção de suco gástrico, o que facilita a digestão, previne a constipação e protege o corpo contra condições mais graves, como o câncer colorretal.

Mesmo que seu corpo não consiga digerir fibras, suas bactérias amigáveis ​​do intestino podem. Quando as bactérias do intestino se alimentam dos carboidratos indigeríveis, elas liberam nutrientes benéficos para o seu intestino como um subproduto. Um exemplo de fibra solúvel é a pectina.

A pectina é um prebiótico encontrado em maçãs digeridas pelas bactérias no intestino. Pesquisas, publicadas na revista Nutrients (muito conceituada no ramo alimentício e, principalmente, entre os profissionais da saúde americanos), sugerem que os prebióticos em maçãs podem ajudar a melhorar a saúde cardiovascular.

Controla a Taxa de Sangue no Corpo

As maçãs podem ajudar as pessoas com diabetes tipo 2 a manter um nível saudável de açúcar no sangue.

Pessoas com diabetes tipo 2 devem estar cientes da quantidade de açúcar que comem a qualquer momento.

Com 80% dos alimentos pré-embalados contendo açúcar adicionado, o diabetes tipo 2 deve garantir que eles comam alimentos que não aumentem esses níveis. Maçãs contêm conteúdo de fibra solúvel que ajuda a evitar picos e falhas nos níveis de açúcar no sangue.

Níveis de açúcar instáveis ​​podem ser fatais para pessoas com diabetes tipo 2.

Maçãs Podem ser Boas para Perda de Peso

O conteúdo de fibra e água nas maçãs pode ser bastante preenchido, permitindo menos espaço em seu estômago para alimentos com calorias densas.

Um estudo, publicado na revista Appetite (grande revista de cunho científico, dos EUA), investigou se consumir diferentes formas de frutas afetava essa classificação da plenitude de uma pessoa.

Cinquenta e oito adultos foram divididos em cinco grupos, incluindo os seguintes: sem pré-carga (controle), maçãs inteiras, purê de maçã, suco de maçã com fibra e suco de maçã sem fibra.

Uma vez por semana, durante cinco semanas, os participantes consumiram a comida dirigida, seguida de uma refeição de teste ingerida 156 minutos depois.

Seus resultados mostraram que as pessoas que comiam a maçã inteira consumiam 15% menos calorias do que o grupo de controle.

O grupo de macieiras também comeu menos calorias do que o grupo applesauce e os dois grupos de suco. A pesquisa ressalta que apenas adicionar mais fibras não afetou a sensação de saciedade, mas comer a fruta inteira afetou a sensação.

Ajudam no Tratamento de Diversas Doenças

Maçãs têm potentes antioxidantes que podem prevenir ou tratar o câncer.

Maçãs contêm altos níveis de polifenóis, fitoquímicos e antocianinas. Estudos sugeriram que esses compostos podem contribuir para a luta contra doenças cardiovasculares, asma e diabetes tipo 2.

Além disso, foi proposto que o consumo regular de maçãs por dia pode reduzir o risco de câncer de pulmão e cólon. Um estudo no Jornal Britânico de Nutrição descobriu que o aumento do consumo de maçã em mulheres idosas tem sido associado a um menor risco de mortalidade por câncer.

Colaboram com a Higiene

As maçãs podem limpar a boca e ajudar a melhorar a higiene dental. Sabe-se que as maçãs ajudam a limpar os dentes e as gengivas.

Além disso, as maçãs têm propriedades antibacterianas que mantêm as bactérias fora da boca, estimulando a secreção de saliva. Este composto básico reduz a capacidade de proliferação de bactérias. Maçãs podem ajudar a melhorar a saúde do coração.

As maçãs podem ajudar a diminuir seus níveis de colesterol. A fibra nas maçãs pode diminuir os níveis de colesterol, removendo o colesterol das artérias e vasos sanguíneos.

Além disso, a atividade antioxidante pode reduzir a oxidação das gorduras, neutralizar os triglicerídeos e reduzir a gordura encontrada entre os vasos sanguíneos.  Além disso, a pele da maçã contém um flavonóide chamado quercetina.

Este flavonóide pode reduzir a inflamação em nossos vasos sanguíneos, que é um impulsionador do coração. Outra pesquisa publicada no Jornal Britânico de Nutrição concordou que o aumento do consumo de maçã em mulheres idosas diminuiu o risco de doença cardiovascular.

E, para finalizar: as maçãs podem ajudar a melhorar a visão: Tem sido sugerido que as maçãs podem tratar a cegueira noturna. Os compostos flavonóides e fitonutrientes podem reduzir os radicais livres que causam danos ao olho.

Veja também

Quando o Amendoim foi Introduzido no Brasil? Onde Foi?

O amendoim é originário da América do Sul, de países como o Brasil, Bolívia, Paraguai …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *