Home / Plantas / Jaqueira: Flor, Folha, Raiz, Madeira, Morfologia e Nome Científico

Jaqueira: Flor, Folha, Raiz, Madeira, Morfologia e Nome Científico

A jaqueira (nome científico Artocarpus heterophyllus) é um vegetal tropical de grande porte conhecido por produzir a jaca, um dos maiores frutos da atualidade com incrível disposição de polpa, o que favorece até mesmo o seu uso em dietas vegetarianas como substituto à carne de frango desfiada.

A jaqueira é cultivada principalmente no Brasil e na Ásia, sendo nativa do sul e sudeste da Ásia, provavelmente originária da Índia. Seu nome científico é derivado do grego, onde artos significa “pão”, karpos significa “fruto”, heteron significa “distinto” e phyllus significa “folha”; logo a tradução literal seria “fruta-pão de folhas diferentes”. A fruta foi introduzida no Brasil durante o século XVIII.

Na Índia, a polpa da jaca é fermentada e transformada em uma bebida semelhante à aguardente. Aqui no Brasil, a polpa da fruta é amplamente empregada na confecção de doces e geleias caseiras. No Recôncavo Bahiano, essa polpa é considerada alimento básico para as comunidades rurais. As sementes também podem ser consumidas assadas ou cozidas, resultando em um sabor semelhante à castanha europeia.

Neste artigo, você conhecerá importantes características sobre a jaqueira que vão além do seu fruto delicioso. Características como a sua morfologia, madeira; estruturas como a folha, flor e raiz.

Então, não perca tempo. Venha conosco e tenha uma boa leitura.

Jaqueira: Classificação Botânica/ Nome Científico

Antes de chegar à terminologia binomial de espécie, a classificação científica para a jaqueira obedece à seguinte estrutura:

Domínio: Eukaryota;

Reino: Plantae;

Clado: angiospérmicas;

Clado: eucotiledóneas;

Clado: rosídeas;

Ordem: Rosales;

Família: Moraceae;

Gênero: Artocarpus;

Espécie: Artocarpus heterophyllus.

Jaqueira: Flor, Folha, Raiz, Madeira, Morfologia

Flor

Em relação às flores, a jaqueira é considerada monóica. Isso porque apresenta flores masculinas e femininas separadas em diferentes inflorescências, porém na mesma planta, diferentemente do que ocorre em vegetais dioicos (nos quais as flores masculinas e femininas estão em vegetais separados), tais como o mamoeiro.

Na jaqueira, as flores masculinas estão agrupadas em espigas de formato claviforme, ao passo que as flores femininas estão agrupadas em espigas compactas. Ambas as flores são pequenas e de cor verde-claro, apesar do formato diferenciado entre elas. As flores femininas dão origem aos frutos.

Folha

As folhas da jaqueira são simples, com coloração verde-escura, aspecto brilhante, formato oval, consistência coriácea (semelhante ao couro), comprimento estimado entre 15 a 25 centímetros e largura entre 10 a 12 centímetros. Essas folhas são fixadas nos ramos através de pecíolos curtos, com cerca de um centímetro de comprimento.

Raiz e Madeira

A madeira da jaqueira é muito bonita e semelhante ao mogno. Com a idade, essa madeira muda de coloração do laranja ou amarelo para marrom ou vermelho-escura.

Esta madeira também apresenta a peculiaridade de ser a prova de cupins e resistente à decomposição por fungos e bactérias. Estas características a tornam bastante desejada para a construção civil, confecção de móveis e instrumentos musicais.

Outra importante peculiaridade da madeira de jaqueira é que é à prova d’água. Essa característica particularmente é incrível, e permite que o material também seja empregado na construção naval.

Tronco da Jaqueira
Tronco da Jaqueira

As raízes de jaqueiras com idade avançada são bastante apreciadas pelos entalhadores e escultores, assim como para a confecção de molduras.

No mundo oriental, essa madeira também pode ser empregada para outras finalidades. No sudoeste da Índia, os ramos secos de jaqueira são bastante utilizados para produzir fogo durante as cerimônias religiosas hindus. A coloração amarela desprendida pela madeira é utilizada para tingir seda, assim como as túnicas de algodão dos sacerdotes budistas. A casca da madeira é empregada ocasionalmente na confecção de cordas ou pano.

Morfologia

Este vegetal é considerado perenifólio (ou seja, que tem folhas durante o ano todo) e lactescente (ou seja, que produz látex). Possui cerca de 20 metros de coluna. A copa é bastante densa e possui um formato levemente piramidal. O tronco é robusto, apresentando entre 30 a 60 centímetros de diâmetro e com casca espessa.

Jaqueira: o Fruto e Suas Propriedades Medicinais

A jaca é um fruto gigantesco que pode medir até 90 centímetros e pesar, em média, 36 quilos ou até mais. O fruto é extremamente aromático e suculento. Possui formato ovalado com pequenas saliências verdes e ligeiramente pontiagudas quando imaturos. Quando estão maduros e prontos para consumo, atingem uma tonalidade que varia desde o verde-amarelado até o amarelo-marrom. O interior do fruto contém uma polpa fibrosa com cor amarela e várias sementes dispersas (as quais também podem ser chamadas de bagos). Esses bagos possuem entre 2 a 3 centímetros de comprimento.

Em relação à consistência da polpa, existem duas variedades de jacas: a jaca-mole e a jaca-dura.

Em razão da sua alta concentração de Potássio, a fruta auxilia na redução da pressão arterial. Outros minerais incluem o Ferro, Sódio, Cálcio, Fósforo, Iodo e Cobre. Entre as vitaminas, estão presentes a vitamina A, vitamina C, tiamina e niacina.

Algumas das inúmeras propriedades medicinais da fruta incluem o combate à TPM, o auxílio à digestão (em decorrência da presença de fibras), a prevenção contra queda de cabelos e problemas de pele, assim como a ação anti-cancerígena.

As propriedades medicinais da planta também estão presentes em outras estruturas além do fruto. As folhas podem ser empregadas na cura de doenças da pele, furúnculos e febre; o caroço é rico em nutrientes e fibras (também atuando contra a prisão de ventre); e o látex liberado pelo fruto pode curar faringite.

Em relação ao aporte calórico, 100 gramas de jaca fornecem 61 calorias.

Jaqueira: Plantio

A propagação da jaqueira pode ser através de via sexuada (utilização de sementes), assim como via vegetativa. Esta última via pode ser efetuada de duas formas: através borbulhia em janela aberta ou encostia (na qual há produção de mudas para plantio comercial).

É importante manter as irrigações, no entanto evitar excessos.

Pode ser cultivada em meia sombra ou sol pleno.

*

Agora que você já conhece importantes características sobre a jaqueira, o convite é para que continue conosco e visite também outros artigos do site.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

CANOVAS, R. Artocarpus heterophyllus. Disponível em: < http://www.jardimcor.com/catalogo-de-especies/artocarpus-heterophyllus/;

MARTINEZ, M. Infoescola. Jaca. Disponível em: < https://www.infoescola.com/frutas/jaca/>;

Portal são Francisco. Jaca. Disponível em: < https://www.portalsaofrancisco.com.br/alimentos/jaca>;

Wikipédia. Artocarpus heterophyllus. Disponível em: < https://pt.wikipedia.org/wiki/Artocarpus_heterophyllus>.

Veja também

Origem da Flor Amarilis e História da Planta

O cultivo de flores está se tornando uma atividade cada vez mais comum no Brasil; …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *