Home / Plantas / Diferenças entre Gabiroba, Pitanga, Mangaba e Araçá

Diferenças entre Gabiroba, Pitanga, Mangaba e Araçá

Fruta que faz parte da mesma família da goiaba e da jabuticaba, o araçá é uma fruta que possui diversas espécies. Este nome vem da língua indígena tupi-guarani que significa “planta que tem olhos”.

Veja como cada fruta se comporta. Suas características básicas e o que elas possuem em comum logo abaixo:

Araçá

Este nome apareceu fazendo alusão às suas sépalas, que fazem com que a aparência da fruta seja como um olho no fruto. Ela é uma planta arbustiva, sendo que o teu fruto possui o sabor muito semelhante com da goiaba, embora o araçá seja um pouco mais ácido e tendo um aroma muito mais marcante.

Esta fruta possui diversas espécies, sendo que as mais comuns são: o Araçá vermelho, o Araçá da praia, o Araçá do Campo, Araçá do mato, Araçá rosa e o Araçá pera.

Essa fruta possui o tamanho bem pequeno, um formato arredondado, possui muitas sementes e a sua cor varia de acordo com a espécie.

O araçá possui a sua madeira como um ponto forte da construção civil. Além disso, cabos de ferramentas, carvão e lenha são feitos a partir de sua madeira. Seus frutos possuem a cor vermelho forte e, quando estão na natureza, atraem a fauna. Elas são consumidas in natura ou em forma de sucos geleias e doces.

Locais Onde são Encontrados

Os locais mais comuns de serem encontradas são no litoral da Bahia descendo até o Rio Grande do Sul.

Esta fruta é uma fonte muito grande de vitamina A B e C. Além disso, possui proteínas e carboidratos em maior quantidade do que a maioria das outras frutas. O seu óleo é retirado juntamente das folhas e é usado como antibiótico. Suas propriedades são fortemente ativas contra bactérias. Por último, mas não menos importante, suas raízes são utilizadas como medicamentos diuréticos e antidiarreicos.

Araçá Características

Um ponto muito forte dessa árvore é que ela é utilizada na reflorestação de áreas degradadas. O seu crescimento é muito rápido e, outro ponto crucial, é  a atração da fauna. O Araçá frutifica na primavera e no verão.

Gabiroba

Caso você não tenha ouvido falar, este fruto possui uma coloração entre o verde e o amarelo e seu formato são arredondados. Sua polpa é suculenta e possui muitas sementes.

Uma fruta bem parecida com a gabiroba é a Goiabeira. Essa fruta, geralmente, é consumida natural, mas, mesmo assim, o seu uso em doces, sorvetes e sucos são excelentes. Ainda têm aqueles que gostam de fazer um excelente licor. Ela possui duas espécies.

Ela é uma planta nativa do território brasileiro, seus principais locais de nascimento são as regiões Sul e centro-oeste. Porém, ela também é encontrada com abundância no Nordeste e Sudeste brasileiro.

Sua disseminação aconteceu com tripulantes que vieram para os países sul-americanos: Argentina e Uruguai foram os principais países responsáveis por disseminar a gabiroba dentro do Brasil. Sua variedade é mais abundante no cerrado, aonde a sua propagação é bem mais rápida. O que ajuda também é que as árvores alcançam vários metros de altura.

Seus frutos são saborosos e suculentos. Sua aparência não tem um aspecto comum: quando estão nascendo sua coloração varia, já quando estamos mais maduros, tendem a ser mais amarelados. Já foram encontradas gabirobas na cor vermelha.

Onde ela Está mais Presente?

A gabirobeira vive em temperatura quente. Esta árvore adora um clima, com um índice muito baixo de chuvas e, de preferência, que esteja sempre recebendo sol forte. O solo também não é uma predileção da árvore, já que pode crescer em terrenos muito pobres.

Mas, não é porque ela cresce em praticamente qualquer lugar que ela não gosta de tratamento especial. Quando seu solo é abundante, ela nasce muito mais rápida, produz muito mais frutos e seu aspecto é bem mais bonito fisicamente.

As sementes devem ser colocadas na terra logo quando os seus frutos são extraídos. Elas também podem ser cultivadas em canteiros e em quintais no fundo de casa. Na maioria das vezes, a sua germinação começa no mês de novembro.

Todas as suas frutas possuem uma resistência muito alta, por isso, podem ser conservadas em qualquer tipo de recipiente: Sejam plásticos, potes ou até mesmo no congelador e geladeira.

Pitanga

É o fruto de uma árvore chamada pitangueira. Suas formas são arredondadas e com muita carne. Sua cor mais comum é a vermelha, porém, existem outros como amarela, laranja e preta. Na mesma  árvore, os seus frutos podem dar diversas cores.

Este fruto não é muito popular no comércio. Isso se dá pelo processo de maturação da Pitanga: ela fica muito tenra. Assim, quando é transportada, fica ferida facilmente.

É uma fruta muito frágil. Mesmo com estes problemas, ela é muito consumida no Brasil, por causa de seu sabor inconfundível. Importante e que deve ser levado em conta é que a Pitanga é muito rica em cálcio.

Quando traduzida para o inglês seu nome é sherry.

Mangaba

O fruto da mangabeira é a mangaba, uma árvore rústica que pode alcançar facilmente 10 m de altura. Ela é tipicamente uma árvore da Caatinga, mas, muitos exemplares podem ser encontrados no cerrado. Seu principal local de habitação é o litoral do Nordeste.

Algo que deve ser levado em consideração, é que a Mangabeira está sendo muito prejudicada no seu habitat natural. Ela sofre demais com o desmatamento da vegetação nativa e, para piorar, as plantações de cana-de-açúcar, além dos empreendimentos imobiliários estão devastando todo seu território. Em pouco tempo, estima-se que a mangabeira pode sumir do mapa.

Uma característica dela é sua copa: arredondada e larga. Elas formam boas áreas de sombra nos períodos em que estão florescendo e frutificando.

A espécie desta árvore se dá muito bem com a seca e pode se desenvolver em solos ácidos e pobres. É claro que os nutrientes são importantes, mas, quando eles não estão presentes, ela não se prejudica a ponto de não crescer. Seus troncos são envoltos de uma casca rugosa e muito áspera.

O seu fruto é bem  similar à pera, sendo que as duas frutas possuem a polpa áspera e rugosa. Suas sementes são arredondadas e achatadas planta elas ficam no interior da polpa. Seu nome possui origem tupi-guarani e seu significado é “coisa boa de comer”.

Estas foram as características mais básicas de quatro das frutas mais exóticas que temos no nosso território!

Veja também

Alpinia Zerumbet Óleo Essencial de Colônia: Para Que Serve?

Antes de existir a fabricação industrial de remédios em larga escala, as pessoas já possuíam …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *