Home / Animais / Por que Aparecem Aranhas no Quarto? Como se Proteger?

Por que Aparecem Aranhas no Quarto? Como se Proteger?

Sempre quando o assunto a ser tratado é sobre as aranhas, muita gente não gosta nem de comentar. Seja pelo medo que elas transmitem por causa da picada ou por causa da aparência “pouco peculiar” da maioria das espécies.

O fato é que, querendo ou não, elas são essenciais para o ecossistema. Você pode até ter medo quando alguma delas aparece no seu quarto, mas, saiba que a sua aparição é algo ótimo!

Muita gente não sabe, mas, o ambiente onde possui aranhas é benéfico. Sim, isso quer dizer que os lugares onde elas estão trás mais segurança para os habitantes!

Aranha Grande Isolada na Parede de Um Quarto
Aranha Grande Isolada na Parede de Um Quarto

Ao compreendê-las de uma forma melhor, nós temos a consciência da tamanha importância que elas possuem e, assim, evitamos alguns equívocos — sendo que o maior deles é meter a vassoura nesse animal sem pensar duas vezes.

Neste artigo, você perderá um pouco do seu preconceito com elas! Dê uma olhada para saber o porquê de elas aparecerem no seu cômodo!

Porque Aparecem Aranhas No Quarto?

Primeiramente, é bem provável que o seu quarto esteja bem, mas bem desorganizado. Se você precisa de um incentivo para se livrar de toda a bagunça, aí vai um: As aranhas adoram um ambiente tumultuado, cheio de objetos e com poeira.

Além disso, pequenos insetos que ficam no meio dessa desordem podem ser o atrativo, pela qual, muitas aranhas estão aparecendo no seu quarto.  Então, a primeira dica é: Limpe o seu cômodo! Livre-se daquilo que não é necessário!

A intenção disto é que você tire TUDO aquilo que pode ficar amontoado e ser um lar para as aranhas. Afinal, os seus lugares favoritos são onde não podem ser notadas, como uma pilha de livros no canto do quarto, por exemplo.

Como Se Proteger?

  • Tire todas as teias de aranha que você consegue ver. Além disso, procure por mais teias no seu quarto. Existem vassouras próprias para este tipo de trabalho, pois elas conseguem chegar a lugares que uma vara comum não alcança.

Aqui vai um alerta: A partir do momento em que você começar a limpar a sua casa, as aranhas desejarão se mudar para outro lugar. Por isso, é de suma importância que você deixe um local para onde elas possam migrar! Um ótimo exemplo é uma pilha de lenhas no fundo do seu quintal.

Se você limpar todos os locais, elas não terão para onde ir e voltarão para o lugar de origem — o seu quarto.

Depois que elas saírem da zona onde você dorme, resolva este problema com mais calma.

  • Reduza a iluminação temporariamente: insetos são atraídos por luzes. Aranhas são atraídas por insetos. Se o local onde os insetos estão indo é o seu quarto, mais cedo ou mais tarde você terá problemas com aranhas de diferentes espécies.
    Aranha no Teto de uma Sala
    Aranha no Teto de uma Sala

Fatos Interessantes Sobre as Aranhas

  • As aranhas são artrópodes que possuem 8 patas e quelíceras com presas que injetam veneno;
  • Elas são as sétimas no mundo, quando se trata de diversidade entre suas populações;
  • Existem cerca de 35.000 espécies conhecidas de aranhas. Alguns cientistas falam de 45.000!
  • Elas podem ser encontradas em todos os continentes do mundo, exceto na Antártida;
  • As aranhas podem prosperar e viver em praticamente qualquer lugar: nas bordas do oceano, nas plantas, sob as pedras, nas árvores, nas cavernas e até mesmo sobre a água. Os únicos lugares que as aranhas não podem habitar são os oceanos, nas montanhas mais altas e as regiões polares;
  • A maioria das aranhas vive de 1 a 3 anos; as tarântulas fêmeas são a exceção, pois são conhecidas por viver até 30 anos;
  • A Patu digua é por alguns relatos considerados a menor aranha do mundo. Os machos atingem um tamanho corporal de cerca de 0,37 milímetros — aproximadamente o tamanho da cabeça de um alfinete;
  • Muitos desses animais possuem formas e cores incomuns no corpo. Corpos estranhos podem ser úteis para as aranhas de várias maneiras – para enganar e emboscar presas, para capturar tipos particulares de presas, para evitar ser comida e atrair parceiros sexuais;
  • Aranhas não são insetos! Eles têm oito pernas enquanto os insetos têm seis; eles não têm antenas enquanto insetos sim; e aranhas têm olhos “simples” em vez dos olhos “compostos” que dão a muitos insetos uma visão muito melhor.

Formação Corporal

Anatomia das Aranhas
Anatomia das Aranhas
  • As aranhas possuem dois segmentos corporais: cefalotórax e o abdômen. A primeira parte, ou parte da frente, é o cefalotórax, que é formado pela fusão da cabeça e do tórax. O cefalotórax contém as pernas, boca e os olhos;
  • A boca tem várias partes. As mandíbulas da aranha, chamadas de quelíceras, estão cheias de presas. Atrás das mandíbulas estão o labium e o labrum, que trabalham juntos para direcionar os alimentos para a boca da aranha;
  • Os primeiros apêndices atrás da boca são chamados de pedipalpos, usados ​​para detectar objetos que a aranha encontra;
  • As aranhas têm, principalmente, quatro pares de olhos na área frontal do cefalotórax, dispostos em padrões que variam de uma família para outra. As aranhas não têm uma visão excelente. Muito pelo contrário: são míopes;
  • Uma aranha não tem ossos. Em vez disso, ele tem um exoesqueleto, que é como uma armadura dura que protege seu corpo;
  • O abdômen de uma aranha é onde a maioria de seus órgãos internos importantes está localizada, como a área reprodutiva, pulmões e aparelho digestivo. Algumas espécies — como as tarântulas — são tão frágeis que podem ter o abdômen rompido por causa de uma simples queda;
  • O abdome não possui apêndices, exceto aqueles que foram modificados para formar de um a quatro (geralmente três) pares de fieiras móveis curtas que emitem seda;
  • Cada fileira tem muitos espigões, cada um dos quais está ligado a uma glândula de seda. Existem pelo menos seis tipos de glândula de seda, cada um produzindo um tipo diferente de seda.

Curiosidades Sobre Suas Teias

Teias de aranha variam muito em tamanho, forma e quantidade de fio pegajoso usado. As teias desses animais são uma ótima maneira de pegar uma refeição, mas nem todas as espécies usam teias para essa finalidade; alguns usam teias como um varal para pendurar seus sacos de ovos ou enfileirar suas casas.

A forma e o tamanho das teias também variam entre as espécies: na verdade, as aranhas são agrupadas taxonomicamente de acordo com o tipo de teia que produzem.

A seda da aranha é a fibra natural mais forte conhecida, com uma força de ruptura maior que o osso ou o tendão! Ela é muito comparada ao aço; As aranhas usam uma ampla gama de estratégias para capturar as presas: prendendo-as em teias pegajosas, laçando-as com bolas pegajosas, imitando a presa para evitar a detecção ou diminuindo a velocidade. Espertas, não é mesmo?

Todas as aranhas são carnívoras, o que significa que comem uma variedade de insetos e outras aranhas. Algumas espécies são tão grandes que são capazes de comer ratos, pássaros e pequenos lagartos.

Referências

Artigo “Como manter sua casa livre de aranhas” do site HipeScience;

Texto “Fatos interessantes sobre aranhas” do Blog Fatos Divertidos.

Veja também

Rottweiler Marrom: Caraterísticas, Comportamento e Fotos

A definição mais comum do Rottweiler – Um cachorrão com cara de mau. Seus criadores …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *