Home / Animais / Lagarto Gonatodes Hasemani: Características, Hábitat e Fotos

Lagarto Gonatodes Hasemani: Características, Hábitat e Fotos

De nome curioso, a lagartixa ou lagarto de Haseman (nome científico Gonatodes hasemani) é uma espécie nativa da porção Norte da América do Sul. Atualmente pode ser encontrada no norte da Bolívia, leste do Peru, sudeste da Colômbia e norte do Brasil (mais precisamente nos estados do Pará, Rondônia, Mato Grosso, Amazonas e Acre).

Curiosamente, o nome científico hasemani foi atribuído como homenagem ao pesquisador John Diederich Haseman, o qual. Este pesquisador teria coletado, na América do Sul, alguns indivíduos da espécie entre os anos de 1907 a 1910, com o fim de integrar o acervo do museu de história natural da Pensilvânia (Carnegie Museum of Natural History).

Neste artigo, você conhecerá um pouco mais sobre a espécie, assim como sobre sua taxonomia.

Então venha conosco e boa leitura.

Lagarto Gonatodes Hasemani: Classificação Taxonômica

A classificação científica para esta espécie obedece à seguinte estruturação:

Características do Gonatodes Hasemani
Características do Gonatodes Hasemani

Reino: Animalia;

Filo: Chordata;

Classe: Reptilia;

Ordem: Squamata;

Família: Sphaerodactylidae;

Gênero: Gonatodes;

Espécie: Gonatodes hasemani.

Lagarto Gonatodes Hasemani: Ordem Squamata

A ordem dos escamados é considerada uma das mais abundantes e diversificados dos invertebrados. Ao todo, são 10.000 espécies categorizadas em 3 clados: o das serpentes, o dos lagartos e o das anfisbenas (conhecidas popularmente como “cobras-de-duas-cabeças”).

Sim, é isso mesmo. Os lagartos pertencem à mesmo ordem taxonômica na qual estão presentes as cobras. No caso dos lagartos, estes correspondem a mais de 3 mil espécies (embora algumas literaturas considerem que este valor é superior a 5 mil). Os lagartos mais famosos são as iguanas, camelões e lagartixas (sendo estas últimas amplamente presentes no dia-a-dia, e até mesmo em ambientes urbanos).

A maioria dos lagartos possui 4 patas, 1  cauda longa, bem como corpo revestido por escamas (as quais são placas lisas ou rugosas). Entre algumas espécies de lagartixas é comum que a cauda pode ser destacada do corpo (autotomia), de modo a distrair possíveis predadores. Esta cauda regenera-se após certo tempo.

É curioso pensar que a grande diversidade de espécies de lagartos também implica em uma grande diversidade em termos de comprimento. Enquanto grande parte das lagartixas possuem apenas alguns centímetros, também há a famigerada espécie Dragão de Komodo (a qual pode atingir até 3 metros de comprimento).

Também existem lagartos com características anatômicas peculiares e até mesmo exóticas, como é o caso da presença de chifres ou espinhos; bem com da presença de placas ósseas em torno do pescoço; ou até mesmo da presença de pregas de pele, semelhante a asas, nas laterais do corpo (as quais permitem o planar de uma árvore a outra). Os chifres, espinhos e placas ósseas tem como finalidade afugentar inimigos.

Os camaleões possuem a incrível peculiaridade de mudar de cor e se ‘modular’ ao ambiente. Esta camuflagem auxilia a enganar tanto predadores e presas. Outras finalidades na mudança de cor incluem a necessidade de atrair fêmeas emitir um sinal a algum camaleão adversário ou expressar as suas emoções.

Dragão de Komodo
Dragão de Komodo

Os únicos lagartos venenosos do planeta (pelo menos com potencial suficiente para matar um humano) são o lagarto de contas, o Dragão de Komodo e o monstro de Gila.

A maioria das espécies de lagartos possui alimentação insetívora, com exceção das iguanas, monstro de Gila e lagarto de contas- os quais são carnívoros. O dragão de Komodo também está incluso nesta exceção e alimenta-se principalmente de carniça, mas também  realiza emboscadas para aves e mamíferos.

Lagarto Gonatodes Hasemani: Família Sphaerodactylidae

Esta família possui 11 gêneros reconhecidos como válidos. Ao todo, são mais de 200 espécies com distribuição na América Central, Caribe, América do Sul e América do Norte. Todavia, também há representantes na Ásia Central, Oriente Médio, Norte da África e Sul da Europa.

As espécies dessa família recebem a denominação genérica de lagartixas gekko.

Lagarto Gonatodes Hasemani: Gênero Gonatodes

O gênero Gonatodes está presente, sobretudo, nas Américas. Seus representantes recebem a denominação de ‘lagartixas gekko anãs’. Ao todo, são 33 espécies reconhecidas como válidas.

A maioria das espécies possui hábitos diurnos, habilidades para escalar árvores (assim como passar longos períodos em superfícies verticais) e dimorfismo sexual em relação à coloração. Os adultos possuem a média de comprimento de 28 a 65 milímetros (do focinho à coacla). A alimentação é insetívora.

A maioria das espécies também produz várias ninhadas ao ano. O hábitat preferencial é formado pelas florestas tropicais úmidas- embora hábitats como as planícies quentes, as regiões montanhosas relativamente frias e as florestas secas sazonais também estejam presentes.

Gênero Gonatodes
Gênero Gonatodes

Algumas espécies possuem a habilidade para ocupar espaços humanos modificados, incluindo até mesmo áreas urbanizadas.

A distribuição geográfica mais específica inclui a América Central (envolvendo o sul do México e ilhas caribenhas); assim como a porção norte da América do Sul.

No continente latino, os países em questão são a Colômbia, Peru, Equador, Bolívia, Guiana, Suriname, Guiana Francesa, Venezuela, Brasil (região norte); assim como as ilhas de Trinidad e Tobago e outras ilhas próximas à costa norte da América do Sul. Na América Central, as ilhas caribenhas incluem Cuba, Jamaica, Granadinas, São Vicente, Union Island e Hispaniola.

Lagarto Gonatodes Hasemani: Características, Hábitat e Fotos

A lagartixa de haseman pode atingir até 3  centímetros de comprimento do focinho até a coacla (valor ligeiramente superior à média de comprimento do seu gênero).

O hábitat preferencial de espécies são os ambientes de floresta.

Em termos de conservação e ameaça  de extinção, é classificado como em condição pouco preocupante (de acordo com o IUCN).

Hábitat do Lagarto Gonatodes Hasemani
Hábitat do Lagarto Gonatodes Hasemani

A espécie frequentemente é parasitada por vermes dos gêneros Skrjabinelazia e Mesocestoides.

*

Depois de conhecer um pouco mais sobre o lagarto Gonatodes hassemani, assim como características envolvendo a sua ordem, família e gênero taxonômico; nossa equipe o convida a continuar conosco para visitar também outros artigos do site.

Por aqui há muito material de qualidade nos campos da zoologia, botânica e ecologia de um modo geral.

Sinta-se à vontade para digitar um tema de sua escolha em nossa lupa de pesquisa no canto superior direito. Caso não encontre o tema desejado, você pode sugeri-lo abaixo em nossa caixa de comentários (espaço que você também pode utilizar para deixar a sua opinião sobre o texto).

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

Britannica Escola. Lagarto. Disponível em: < https://escola.britannica.com.br/artigo/lagarto/481760>;

Meus animais. Como é a camuflagem do camaleão? Disponível em: < https://meusanimais.com.br/como-e-a-camuflagem-do-camaleao/>;

The Reptilia Database. Gonatodes hasemani. Disponível em: < https://reptile-database.reptarium.cz/species?genus=Gonatodes&species=hasemani>;

Wikipedia in English. Gonatodes. Disponível em: < https://en.wikipedia.org/wiki/Gonatodes>;

Wikipedia in English. Haseman’s gecko. Disponível em: < https://en.wikipedia.org/wiki/Haseman%27s_gecko>.

Veja também

Saiba Tudo Sobre Cabrito

Tudo Sobre o Cabrito: Características, Nome Científico e Fotos

Cabras, bodes e cabritos são os correspondentes macho, fêmea e filhote do mesmo mamífero ruminante. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *