Home / Animais / Jerboa: Curiosidades e Fatos Interessantes Sobre o Animal

Jerboa: Curiosidades e Fatos Interessantes Sobre o Animal

Com padrão de movimentação circular, os jerboas são roedores encontrados em alguns desertos da Ásia e África. É comum que podem ser descritos como ratos com pernas ou comparados aos cangurus, isto ocorre, pois tais animais possuem patas traseiras grandes e desenvolvidas, além de postura bípede e locomoção através de pulos (alguns dos quais podem atingir até mesmo 2 metros de altura). Deve ser fascinante e ao mesmo tempo curioso deparar-se com um animalzinho como este.

E você? Já conhecia ou tinha ouvido falar do jerboa ?

Pois bem, neste artigo, você conhecerá um pouco mais sobre este mamífero.

Então venha conosco e boa leitura.

Jerboa: Curiosidades e Fatos Interessantes Sobre o Animal- Comprimento Corporal, Patas Traseiras e Outras Características

Curiosidades do Jerboa
Curiosidades do Jerboa

Existem várias espécies de jerboas e, na maioria delas, o comprimento dos indivíduos é inferior a 10 centímetros. No entanto, em outras espécies, tal comprimento pode atingir valores aproximados a 15 centímetros.

A pelagem corporal é de coloração muito semelhante à areia. As patas traseiras podem ser até 4 vezes maiores do que as patas dianteiras. Os olhos são bastante destacados.

É possível encontrar espécies com orelhas longas e outras espécies com orelhas ligeiramente mais curtas. Da mesma forma que existem espécies com 3, 4 ou 5 dedos/garras em cada pata.

Jerboa: Curiosidades e Fatos Interessantes Sobre o Animal- Comprimento da Cauda

Os jerboas possuem uma cauda muito longa, a qual pode atingir os 20 centímetros de comprimento em algumas espécies. Este comprimento pronunciado, na verdade, consiste em uma adaptação para promover o equilíbrio e dar suporte às duas patas traseiras durante as locomoções e saltos.

Há pouquíssima concentração de pelos ao longo da extensão da cauda com exceção da sua ponta, a qual conta com uma porção de pelos brancos em sua base, bem como um tufo de pelos de cor preta na porção terminal.

Jerboa: Curiosidades e Fatos Interessantes Sobre o Animal- Velocidade

Jerboa Rápido
Jerboa Rápido

Mesmo com o diminuto tamanho e um padrão de locomoção diferenciado, os jerboas são capazes de atingir grandes velocidades quando se sentem ameaçados. Tais velocidades podem alcançar a marca de 25Km/h.

Além disso, os jerboas também são capazes de percorrer longas distâncias durante o dia (até 10 Km) a procura de alimentos.

Jerboa: Curiosidades e Fatos Interessantes Sobre o Animal- Adaptação para a Vida no Deserto

Lagartos do serto, dromedários, fenecos, jerboas e todos os animais presentes no deserto contam com adaptações que possibilitam a sobrevivência no deserto.

Os dromedários possuem várias adaptações, dentre elas a presença de almofada na sola das patas, bem como grandes corcovas no lombo. Os jerboas também possuem essa proteção extra nas patas.

Outra adaptação dos jerboas é a capacidade de extrair a água necessária à sobrevivência dos próprios alimentos que consome (ou seja, insetos e gramíneas do deserto). Esta adaptação também está presente no feneco, o qual praticamente não precisa beber água e também vive em tocas subterrâneas. O feneco é o menor canídeo do mundo e possui outra adaptação à vida do deserto, a qual consiste nas longas orelhas que auxiliam a dispersar o calor.

A urina dos jerboas é muito concentrada, de modo a minimizar ao máximo a perda de água.

Jerboa: Curiosidades e Fatos Interessantes Sobre o Animal- Túneis ou Tocas Subterrâneas

Toca do Jerboa
Toca do Jerboa

Os jerboas são animais basicamente noturnos, todavia, o período de atividade inicia-se durante o crepúsculo. Durante o dia, abrigam-se do caor do deserto em tocadas cavadas na areia. Contudo, tais abrigos são bem mais complexos do que aparentam.

Durante as estações da primavera e do verão, estas tocas são vedadas com um tampão de areia, de modo a impedir a entrada do calor, propiciando um ambiente agradável para o descanso e proteção contra possíveis predadores.

As tocas são cavadas com as patas dianteiras e com os dentes. Nas mesmas, é possível notar muitas  entradas e saídas, consistindo em câmaras de armazenamento, câmaras de hibernação e 1 câmara de nidificação (nos fundos).

Mesmo sendo animais que habitam o deserto, também hibernam durante o inverno. Alguns pesquisadores defendem que boa parte das espécies possuem duas tocas consideradas definitivas: a toca de verão e a toca de inverno (específica para hibernação e armazenamento de alimentos para o período). Além disso, também podem possui mais duas tocas tidas como temporários e  utilizadas para caça.

Acredita-se que estas tocas sejam cavadas em até 1,5 metros de profundidade.

Jerboa: Curiosidades e Fatos Interessantes Sobre o Animal- Ritual de Acasalamento

A fase reprodutiva dos jerboas pode ocorrer entre 1 a 2 vezes ao ano, dependendo da espécie.

No caso da espécie jerboa egípcio menor (nome científico Jaculus jaculus) particularmente, o macho tenta atrair a atenção da fêmea de um modo, no mínimo, curioso. Ele coloca-se em pé diante da mesma e a encara. A seguir começa a bater na fêmea com as patas dianteiras, em intervalos de tempo regulares.

Cada gestação pode dar origem a uma ninhada contendo entre 2 a 5 filhotes.

Jerboa: Curiosidades e Fatos Interessantes Sobre o Animal- Família Dipodidae

Curiosidades Sobre o Jerboa
Curiosidades Sobre o Jerboa

 

Todos os membros da família Dipodidae contam com postura bípede, locomoção através de saltos e uma série de adaptações anatômicas que dão suporte a este comportamento.

Dentro desta família, existem 6 subfamílias (Allactaginae, Cardiocraniinae, Sicistinae, Dipodinae, Euchoreutinae e Zapodinae); assim como 16 gêneros e mais de 50 espécies. Nem todas essas espécies correspondem a jerboas, uma vez que também estão presentes nesta família ratos-bétula e ratos-saltadores. O hábitat inclui desde desertos até pastagens e florestas.

Os integrantes desta família taxonômica podem ser encontrados em todo o Hemisfério Norte. No caso, dos ratos saltadores, estes correspondem a todos os membros da subfamília Zapodinae e possuem distribuição geográfica na China e na América do Norte. Podem ser encontrados desde campos gramados até áreas arborizadas e (acredite se quiser) prados subalpinos.

Os ratos saltadores correspondem a 13 espécies pertencentes ao gênero taxonômico Sicista. Podem ser encontrados em florestas e estepes. Possuem um comprimento corporal que varia entre 50 a 90 milímetros (desconsiderando a cauda). Apenas a cauda possui extensão estimada entre 65 a 110 milímetros.

*

É sempre um prazer ter a sua visita por aqui.

Este artigo chegou ao fim, mas saiba que há muito mais conteúdo à sua espera aqui no site.

Sinta-se à vontade e até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

NASCIMENTO, E. Mega Curioso. Conheça o jerboa, uma adorável roedor do deserto. Disponível em: < https://www.megacurioso.com.br/animais/75783-conheca-o-jerboa-um-adoravel-roedor-do-deserto-video.htm>;

VASCONCELOS, Y. Super Interessante. Que animais vivem no deserto? Disponível em: < https://super.abril.com.br/mundo-estranho/que-animais-vivem-no-deserto/>;

Wkipedia in English. Jerboa. Disponível em: < https://en.wikipedia.org/wiki/Jerboa>;

Wilson & Reeder’s Mammal Species of the World Third Edition. Subfamily Zapodinae. Disponível em: < http://www.departments.bucknell.edu/biology/resources/msw3/browse.asp?id=12900077>;

 

Veja também

Tosa Inu

Tudo Sobre a Raça Tosa Inu: Características e Fotos

Hoje vamos falar de mais uma raça de cachorro, tenho certeza que vocês vão se …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.