Home / Animais / História da Galinha e Origem do Animal

História da Galinha e Origem do Animal

As galinhas (nome científico Gallus gallus domesticus) são aves domesticadas a vários séculos com a finalidade de consumo de carne. Atualmente, são consideradas uma das fontes de proteína mais barata, com grande destaque nas prateleiras dos supermercados. Além da comercialização da carne, os ovos também são um item comercial de grande procura. As penas também são comercialmente importantes.

Acredita-se que em alguns países da África, 90% dos lares se dediquem à criação de galinhas.

As galinhas estão presentes em todos os continentes do planeta, totalizando um número superior a 24 bilhões de cabeças. As primeiras citações e/ou registros de galinhas domesticadas remonta ao século VII a. C. Acredita-se que a origem da galinha enquanto animal doméstico teria ocorrido na Ásia, mais precisamente na Índia.

Neste artigo, você conhecerá um pouco mais sobre a origem, história e características deste animal.

Então venha conosco e boa leitura.

Galinha Classificação Taxonômica

A classificação científica para as galinhas obedece à seguinte estruturação:

Reino: Animalia;

Filo: Chordata;

Classe: Aves;

Ordem: Galliformes;

Família: Phasianidae;

Gênero: Gallus;

Espécie: Gallus gallus;

Subespécie: Gallus gallus domesticus.

Galinha Características Gerais

As galinhas possuem penas com disposição semelhante às escamas de um peixe. As asas são curtas e largas. O bico é pequeno.

Essas aves são, no geral, de médio porte, no entanto, esta característica pode ter oscilações de acordo com a raça. Em média, o peso corporal está compreendido entre 400 gramas a 6 quilos.

Em razão da domesticação, as galinhas não precisam mais fugir de predadores, logo perderam a capacidade de voar.

Na maioria dos casos, os machos possuem plumagem bem colorida (variando entre vermelho, verde, marrom e preto), ao passo que as fêmeas são normalmente inteiramente marrons ou pretas.

O período reprodutivo destes animais ocorre entre a primavera e o início do verão.

As galinhas são gregárias em relação à maioria de suas atividades, principalmente em relação à criação dos filhotes e incubação dos ovos.

O famoso canto do galo é um sinal territorial importante, no entanto também pode ser emitido em resposta a distúrbios nos seus arredores. Já as galinhas, cacarejam quando se sentem ameaçadas (possivelmente na presença de um predador), ao botarem os ovos e para chamar os filhotes.

História da Galinha e Origem do Animal

A domesticação de galinhas teve origem na Índia. A produção de carne e ovos ainda não era levada em consideração, uma vez que a finalidade da criação dessas aves estava na participação em rinhas de galos. Além da Ásia, essas brigas de galo também ocorreram posteriormente na Europa e na África.

Não se sabe se a origem propriamente dita destas aves ocorreu de fato na Índia, todavia estudos genéticos recentes apontam para múltiplas origens. Essas origens estariam ligadas ao sudeste, leste e sul da Ásia.

Até o presente momento, há confirmação que a origem da galinha advém do continente asiático, uma vez que mesmo os clados antigos encontrados na Europa, África, Oriente Médio e Américas teriam surgido na Índia.

A partir da Índia, a galinha já domesticada chegou até o oeste da Ásia Menor, mais precisamente na satrapia persa da Lídia. No século V a. C., estas aves chegaram até a Grécia, de onde se espalharam pela Europa.

A partir da Babilônia, estas aves teriam chegado até o Egito, sendo muito populares desde a Dinastia 18.

O homem contribui no processo de surgimento de novas raças ao realizar cruzamentos e novas relocações territoriais.

Avicultura de Galinhas

A avicultura moderna possui uma produtividade amplamente influenciada por fatores como a genética, nutrição, ambiente e manejo. Um manejo adequado envolve um bom planejamento referente a fatores como a qualidade das instalações e a oferta de alimentos.

Uma peculiaridade sobre as galinhas de granja é que as aves destinadas á produção de carne devem ganhar peso com facilidade, crescer de modo uniforme, possuir penas curtas, de cor branca e com resistência a doenças. No caso das galinhas destinadas à comercialização de ovos, estas devem possuir alta capacidade de postura, baixa mortalidade, alta fertilidade, maturidade sexual precoce e produzir ovos com casca uniforme e resistente.

É habitual que dentro das granjas os avicultores dividam as galinhas em aves de postura (destinadas à produção de ovos), aves de corte (destinadas ao consumo de carne) e aves de dupla aptidão (utilizadas tanto para fins de postura quanto para fins de corte).

A temperatura dos alojamentos das galinhas não devem ser superiores a 27°C, em razão do risco da perda de peso do animal, e consequente má formação do ovo, assim como sob o risco de redução da espessura da casca do ovo- característica que aumenta a vulnerabilidade a bactérias e coliformes. As altas temperaturas também podem elevar a taxa de mortalidade entre as galinhas.

Assim como a temperatura, a inserção de iluminação artificial dentro dos alojamentos é uma fator igualmente relevante, uma vez que diminui o surgimento de ovos com gemas deformadas.

É importante que a galinhas de granja sejam monitoradas em seu peso corporal durante os períodos de cria e recria, de modo a obter uniformidade na produção de ovos.

A ração oferecida deve possuir nível de nutrientes ajustáveis de acordo com a idade e o nível de desenvolvimento das aves. Também é importante que o excesso de nutrientes seja reduzido.

Dentro deste cenário comercial, surgiram as galinhas caipiras, as quais são criadas sem administração de hormônios. O surgimento deste novo ‘produto’ está diretamente relacionado à nova consciência dos consumidores relacionada à qualidade e procedência dos alimentos ingeridos. Nesta modalidade de avicultura é que a galinhas são criadas no quintal, ciscando naturalmente à procura de minhocas, insetos, plantas e resíduos de alimentos. A carne e os ovos obtidos possuem um sabor mais agradável e com menor teor de gordura.

*

Agora que você já conhece um pouco mais sobre a história da galinha, o comércio de avicultura e outras informações; nossa equipe o convida a continuar conosco e visitar também outros artigos do site.

Aqui há muito material de qualidade nas áreas de zoologia, botânica e ecologia de um modo geral.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

FIGUEIREDO, A. C. Infoescola. Galinha. Disponível em: < https://www.infoescola.com/aves/galinha/>;

PERAZZO, F. AviNews. A importância da recria na produção de galinhas poedeiras. Disponível em: < https://avicultura.info/pt-br/a-importancia-da-recria-na-producao-de-galinhas-poedeiras/>;

Wikipédia. Gallus gallus domesticus. Disponível em: < https://pt.wikipedia.org/wiki/Gallus_gallus_domesticus>.

Veja também

Jacaré Americano: Características, Nome Cientifico e Fotos

Os jacarés são animais que induzem as pessoas a sensações muito extremas e totalmente únicas, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *