Home / Animais / Como Cuidar um Dachshund Filhote: Cuidados e Doenças

Como Cuidar um Dachshund Filhote: Cuidados e Doenças

Apesar do nome diferentão, a raça dachshund é a do famoso cão salsicha, originário da Alemanha. Tal raça ainda pode apresentar as variedades standart, miniatura e Kaninchen. O pêlo também pode variar dentro dos quesitos comprimento e textura- sendo admissíveis à raça, o pelo longo, o pelo curto e o pelo duro.

O apelido “salsicha” é uma atribuição brasileira, sendo que no exterior, o cão também pode ser chamado de Teckel ou Dackel. No Brasil, a raça também pode ser chamada de Cofap, o qual curiosamente é o nome de uma famosa empresa de amortecedores da década de 90. Acontece que o cão salsicha estrelava os comerciais deste marca.

Os filhotinhos da raça fazem bastante sucesso por serem meigos e brincalhões. Todavia, é preciso seguir algumas dicas básicas para a sua criação.

Neste artigo, você conhecerá outras características e curiosidades sobre a raça e é claro dicas valiosas pra criação dos filhotes e cães adultos.

Então venha conosco e boa leitura.

Dachshund: Características Físicas

O corpo comprido e alongado, sem dúvidas é caraterística mais marcante destes cães. Outros traços são considerados típicos à raça, como é o caso do olhar atento e das perninhas curtas.

O focinho é longo, largo e forte. Normalmente, os olhos são de tamanho médio e formato ovalado. No olhar, é possível perceber uma expressão de estar sempre atento ao que ocorre ao seu entorno.

Dachshund Características

Possui orelhas arredondadas, um pouco altas e longas.

A média de altura para a raça é de 35 centímetros, assim como o seu peso gira em torno de 9 quilos.

Dachshund: Origem Provável e Trajetória ao Longo da História

A Alemanha é considerada o local de origem da raça. Todavia, existe a teoria do seu surgimento a mais de 4 mil anos atrás na era egípcia.

Na Alemanha, estes cães já eram encontrados desde a Idade Média (mais precisamente entre os séculos V e XV), período no qual eram empregados para caça a texugos.

A popularidade nos Estados Unidos e na Inglaterra foi conquistada gradualmente, principalmente após a rainha Vitória declarar seu fascínio pela raça. Todavia, por ser um cão de origem alemã, muitos cães passaram a exterminar os cães da raça durante a Primeira Guerra Mundial, ocorrendo algo semelhante durante a Segunda Guerra Mundial.

Como Cuidar um Dachshund Filhote: Cuidados e Doenças

Os filhotes da raça precisam receber um adestramento adequado, bem como ser exposto à socialização desde cedo, de modo a aceitar amigos da família em casa sem ansiedade.

Alguns desses cães podem apresentar propensão a problemas comportamentais, sendo necessário sempre corrigi-los quando for o caso. Oferecer brinquedos para mastigar, por exemplo, pode ser uma excelente solução para evitar que os cães destruam móveis e outros objetos.

Como as patas são curtas (em razão dos cruzamentos realizados com o passar dos anos), é importante ter alguns cuidados básicos na hora de exercitar estes cães. Igualmente, o sobrepeso poderá trazer alguns problemas para a raça; logo, é importante manter o cão magro.

Os cuidados com a vacinação e vermifugação também não devem ser negligenciados.

A raça Dachshund é considerada bastante saudável, no entanto, assim como ocorre com todas as raças, os dachs apresentam propensão natural a algumas doenças.

Filhotes possuem propensão a hipoglicemia, ou seja, diminuição dos níveis de glicose (açúcar) no sangue. A hipoglicemia implica em sintomas como sonolência, fraqueza, tontura, confusão e outros. Ao notar algum desses sintomas, a dica é esfregar um pouco de mel nas gengivas do cãozinho.

No caso dos cães adultos, estes possuem propensão a problemas na coluna (geralmente ao nível do disco intervertebral).

Critérios Para a Escolha/Aquisição de Um Filhote de Dachshund

O primeiro passo é conhecer o canil. Sugere-se visita-lo, assim como procurar conhecer outros clientes e a opinião dos mesmos sobre o estabelecimento.

Ao avaliar um filhote de Dachshund, alguns elementos podem oferecer preciosas dicas sobre a saúde do cãozinho. Observe os olhos e perceba se há alguma secreção esbranquiçada no seu entorno, bem como se o cãozinho aperta os olhos com frequência.

Filhote de Dachshund

Outro fator importante a se observar é a respiração do filhote. Posicione o focinho do cãozinho próximo ao seu ouvido, para observar se há sons como chiados ou pequenas bolhas estourando (os quais provavelmente indicam algum problema respiratório).

Mais um tópico a ser avaliado é a movimentação. Verificar se o filhote anda mancando, cambaleando ou de forma travada.

E por último, claro, avaliar a capacidade de interação que o filhote apresenta ao se aproximar de você.

Preço de Aquisição e Custos Para Criação de Um Filhote de Dachshund

Existe grande variabilidade de preço para filhotes de Dachshund. No entanto, para estabelecimento destes preços, os canis deduzem custos com o acompanhamento com veterinários e outros profissionais, custos de manutenção da ninhada, e os custos para adquirir e manter as matrizes.

Caso você realize uma pesquisa deste tópico no Google, vai encontrar uma variação entre R$ 800 a R$ 2.500.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre o cão salsicha, bem como sobre os cuidados necessários com o filhote da raça; nossa equipe o convida a continuar conosco para visitar também outros artigos do site.

Aqui há muito material de qualidade nos campos da zoologia, botânica e ecologia de um modo geral.

Você pode digitar um tema de sua escolha em nossa lupa de pesquisa no canto superior direito. Caso não encontre o tema desejado por aqui, sinta-se à vontade para sugeri-lo abaixo em nossa caixa de comentários.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

GODOY, M. Cachorros Incríveis. Filhote de Dachshund: Tudo Que Você Precisa Saber.  Disponível em: < https://cachorrosincriveis.com.br/filhote-de-dachshund/>;

Petz. Guia de Raças Dachshund. Disponível em: < https://www.petz.com.br/cachorro/racas/dachshund/>.

Veja também

História da Harpia e Origem do Animal

Você já ouviu falar da harpia ? Pois bem, essa ave é o mesmo conhecido …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *