Home / Animais / Caranguejo da Terra, Caranguejo Ladrão ou Carango

Caranguejo da Terra, Caranguejo Ladrão ou Carango

Embora grande parte da população não pense em caranguejos como esmagadores de ossos, comedores de gatinhos ou destruidores de ambientes, a maioria das pessoas nunca encontrou este caranguejo eremita terrestre.

Sobre o tamanho de um cão pequeno, o caranguejo-de-coco — também conhecido como ladrão de caranguejo ou ladrão de palmeiras — é o maior artrópode do mundo, pesando quase nove quilos. Esses pesadelos parecem mais com um alienígena do espaço exterior do que com uma espécie de Terra, e seu visual não é a única coisa louca sobre eles.

O que é esse Animal?

Há uma abundância de fatos assustadores de caranguejo de coco. Esses caras podem usar as pernas longas de quatro pés para correr rapidamente de um lugar para outro; cavar buracos escuros no chão; e até mesmo escalar coqueiros crescentes.

Às vezes conhecido por levar um pequeno mamífero, o caranguejo de coco é uma verdadeira maravilha da natureza e continua a amedrontar e excitar qualquer um que esteja por perto.

Mas, enquanto alguns acreditam que são animais de praia inofensivos, outros suspeitam de crimes muito maiores. Alguns especulam que eles podem até ter uma conexão com alienígena. Se você gosta de caranguejos que são assustadores, encontrou o animal perfeito.

Como ele Vive?

A vida é boa para o caranguejo ladrão. Encontrados em ilhas tropicais ao redor do Oceano Índico e em partes do Pacífico, essas criaturas terrestres podem viver de 30 a 60 anos. Seus dias consistem em cochilar em cantos obscuros, procurando por objetos brilhantes e, é claro, encontrar cocos para comer, que é sua comida favorita.

Eles são os maiores artrópodes do mundo, um filo de criaturas de pernas juntas que também inclui aranhas, crustáceos e outros insetos. Embora o caranguejo-aranha japonês seja tecnicamente maior, ele vive debaixo d’água onde seu peso é suportado.

Como todos os outros crustáceos de sua classe, o corpo de um caranguejo de coco é dividido em diferentes partes.

A parte da frente, chamada de cefalotórax, tem 10 pernas e um abdome. As duas patas dianteiras têm garras poderosas, seguidas por dois pares de pernas fortes com pontas pontiagudas. Essa combinação permite que eles subam verticalmente em superfícies verticais, incluindo árvores.

O quarto par de pernas menores tem garras semelhantes a pinças para ações mais precisas, como acasalamento, tendendo a ovos ou fazendo um ninho. Quanto às suas grandes garras dianteiras, elas são capazes de listar vegetação ou rochas pesando até 60 quilos.

Apesar de seu tamanho intimidante, o caranguejo é mais um oportunista do que um predador. Embora seja conhecido por comer iguarias mais importantes, como galinhas, gatinhos e aves carniceiras, ele tende a eliminar apenas o que foi deixado para trás.

Em 2017, aconteceu o primeiro relato dele caçando: as pessoas registrando o caranguejo de coco atacando um pássaro vivo.

Este caranguejo é também uma das poucas criaturas que cometem o auto canibalismo. Isso mesmo, eles comem seu próprio corpo! No caso do animal em questão, ele faz isso com seu próprio exoesqueleto, uma vez descartado no processo de muda.

Especialistas acreditam que esta prática fornece uma grande quantidade de cálcio para o crescimento surpreendente das criaturas.

Eles também acreditam que o caranguejo de coco só recentemente desenvolveu, através do processo evolutivo, a capacidade de quebrar cocos, uma prática que lhes permite comer menos da sua espécie.

O Misticismo Envolvendo o Caranguejo da Terra

Há algo místico sobre o caranguejo de coco, principalmente devido ao seu tamanho e força extremos. Por causa disso, a criatura tem uma certa tradição mítica sobre isso. Um exemplo é a teoria de que está de alguma forma ligada ao desaparecimento histórico de Amelia Earhart, que caiu do radar enquanto voava seu avião sobre o Oceano Pacífico em 1937.

Apenas três anos depois, os pesquisadores descobriram um pedaço de osso em uma ilha no área que parecia coincidir com a localização e condição daqueles que pertenciam ao piloto desaparecido.

Logo surgiu uma teoria de que ela provavelmente havia morrido em algum lugar desse trecho da praia, possivelmente através de um encontro com o assustador caranguejo de coco. Uma hipótese afirma que ela pode ter sido dominada pelas criaturas quando ficou inconsciente e nunca conseguiu se recuperar.

Para testar essa ideia, os pesquisadores realizaram um experimento usando pequenas carcaças de porco. Quando deixaram os restos ao ar livre, os caranguejos rapidamente os separaram e os espalharam, semelhante à maneira como os supostos ossos de Earhart foram encontrados.

Embora não haja maneira de ter certeza, é inteiramente possível que o corpo dela ou o de outra alma encalhada tenha entrado nas garras do caranguejo, para nunca mais ser visto. Uma coisa é certa, no entanto — caranguejos de coco adoram se deliciar com ossos, limpá-los e mandá-los embora para seus ninhos.

Não são só os animais que carregam um misticismo. Plantas e lugares também são ótimos exemplos.

Características Peculiares

Enquanto o pensamento de um caranguejo de 4 quilos caindo do céu é suficiente para induzir a hiperventilação em algumas pessoas, há aqueles que ainda gostam de mexer com eles. Mas isso não vem sem um preço.

Se eles conseguirem agarrar um dedo ou um dedo do pé, é provável que quebrem o osso em dois pedaços. Eles também amam segurar as coisas. Se um caranguejo tem sua garra enrolada em torno de um coco ou uma árvore, ele se segura com um aperto extremamente firme.

Como resultado, os nativos da Micronésia desenvolveram um método para acalmar um caranguejo de coco em um estado tranquilo para que eles soltem sua aderência. Fazer cócegas nas partes mais macias do corpo com um galho ou material leve pode ser suficiente para fazer o caranguejo soltar o que está segurando.

Caranguejo dos Coqueiros
Caranguejo dos Coqueiros

Esses grandes onívoros desfrutam de muitos alimentos diferentes, embora o número favorito deles seja, é claro, cocos. Apesar da concha externa notoriamente resistente, esses caranguejos tenazes começam rasgando a casca, fibra por fibra, até que a parte externa peluda seja completamente removida. Isso pode levar várias horas ou até dias.

A tarefa era tão árdua que os pesquisadores acreditavam que provavelmente nem seria possível que o caranguejo o fizesse até que o testemunhassem em primeira mão.

Eles usam suas garras fortes para cavar em um dos “orifícios para os olhos” até que haja uma abertura, e sugam o líquido antes de abrir a coisa toda para comer a carne macia e branca dentro, que compõe a maioria de seus dentes.

Dieta

Seu grande tamanho tem sido atribuído a essa abundante fonte de alimento, embora os caranguejos também se alimentem de uma variedade de outros itens ricos em proteínas.

Eles usam seu olfato extremamente bem desenvolvido para encontrar todos os tipos de produtos de praia e vão comer basicamente qualquer matéria orgânica que encontrarem, ou pelo menos transportá-lo para uma inspeção mais pesada.

O caranguejo é tipicamente um comedor noturno, pegando frutas apodrecidas, medula de árvores caídas, e qualquer outro pedaço é frequentemente descoberto sob a cobertura da escuridão.

Veja também

Tigre de Bali: Características, Fotos e Nome Científico

Os tigres são tão majestosos quanto parecem. Muitos deles, por mais que transmitam medo nas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *