Home / Plantas / Por Que Levar Flores Para os Mortos?

Por Que Levar Flores Para os Mortos?

A morte é a etapa final do ciclo de vida do ser humano, a qual, dependendo da época e cultura, carrega uma simbologia diferenciada.

Povos hindus, por exemplo, tem o hábito de realizar cremações de forma solene e pública, com a crença de estarem purificando a alma dos falecidos e apagando suas memórias, pecados e identidade. Já para povos da antiga civilização da Mesopotâmia, o sepultamento dos corpos era realizado com todos os seus pertences e objetos ao qual se atribuía identidade pessoal e familiar.

Aqui no Brasil, o apelo religioso detém uma alta influência sobre esta temática, considerando que o país é predominantemente cristão, com influência sutil das raízes africanas. O sepultamento tradicional e a cremação são os ‘rituais’ mais utilizados. Em relação ao sepultamento, permanece a tradição de levar flores para os mortos durante as visitas, principalmente do dia de finados.

Mas, por que levar flores para os mortos? É o que você vai descobrir neste artigo.

Boa leitura.

Os Ritos Sobre Morte no Brasil

Flores no Enterro
Flores no Enterro

As religiões cristãs ainda predominam por aqui, logo são comuns velórios de 24 a 48 horas com a presença do corpo do falecido, o qual frequentemente está adornado com muitas flores. Ao redor do caixão, frequentemente se dispõem velas, coroas de flores e símbolos religiosos. Esses velórios são acompanhados por cânticos. Comida e bebida são servidas.

Velórios em residências e recintos religiosos também são realizados em países como Portugal, Suíça, Itália, Estados Unidos, dentre outros.

O México e o Dia dos Mortos

Nossos vizinhos latinos possuem uma forma de lidar com a morte muito semelhante à adotada por aqui, no entanto, uma grande exceção ocorre com o México.

Mesmo pertencendo ao hemisfério ocidental, o México possui uma forma diferenciada de lidar com a morte, fato que inclusive, enriquece a cultura do país e, de certa forma, movimenta bastante o turismo e comércio local.

Trata-se do dia dos mortos (equivalente brasileiro ao dia de finados), data considerada festiva, onde a memória dos entes queridos é celebrada.

Para o povo mexicano, a morte é um novo ciclo, um ciclo considerado infinito. Por isso, nesta data, as famílias se reúnem em torno do túmulo do falecido, cantam, dançam, conversam e bebem durante longas horas. Nesta data específica, eles acreditam que seja o momento ideal, na verdade o único momento do ano, no qual podem estar mais próximos daqueles que já se forma; dessa forma, o clima é de celebração, tal como fosse um ‘reencontro’.

A Morte Segundo as Raízes Africanas

A cultura africana também está presente no acervo étnico do Brasil. Segundo o candomblé, a vida prossegue por meio de uma força vital e imortal que recebe a denominação de ori.

Após a morte, o espírito da pessoa passaria para uma outra dimensão na qual se uniria a outros espíritos, assim como a guias e orixás.

Dentro do candomblé (assim com em outras religiões, a exemplo do islamismo) a cremação dos corpos não é permitida, logo ele deve ser enterrado para retornar ao ciclo da vida.

A História do Dia de Finados no Brasil

Assim como na maioria dos países ocidentais, o dia de finados é comemorado no dia 2 de Novembro. Segundo a doutrina católica, ainda predominante no país, o objetivo desta data é rezar pela alma das pessoas que se foram, visto que a maioria estaria no purgatório passando por um processo de purificação. As orações auxiliariam no alívio do sofrimento dos falecidos.

Na Idade Média, o dia de finados era conhecido como dia de todas as almas, e era comemorado um dia antes do dia de todos os santos.

O hábito de orar pelos mortos foi introduzido ao poucos, iniciando-se na Baixa Idade Média. O dia de finados, com a nomenclatura conhecida atualmente, foi popularizado no século XII.

Por Que Levar Flores Para os Mortos? Entendendo as Tradições

Flores Para os Mortos
Flores Para os Mortos

O ato de levar flores aos mortos representa carinho e gratidão para com aqueles que marcaram as nossas vidas.

As coroas de flores tradicionais são empregadas desde a Grécia Antiga e carregam o simbolismo da vida eterna, principalmente por estarem dispostas me formato de círculo. As coroas de flores atuais são comercializadas com várias espécies de flores, de modo a compor um mix mais atrativo e mais belo.

Levando a temática para o campo da biologia, tal como é a proposta do site mundo ecologia, as flores são o aparelho reprodutor das plantas, logo através delas é possível garantir o equilíbrio e renovação da flora.

Como simbolismo, as flores representam o recomeço, ou seja, nova vida.

A Relevância Biológica das Flores

Relevância Biológica das Flores
Relevância Biológica das Flores

A flor possui em seu interior o órgão feminino, denominado gineceu, e o órgão masculino, denominado androceu. Após a polinização, esses grãos de pólen chegam até o gineceu, e alcançam o óvulo, local no qual ocorre a fecundação. Esse processo é extremamente importante para que o ovário se desenvolva e se transforme em frutos; ao passo que o óvulo se transforme em sementes.

Para que o pólen sai do androceu e vá em direção ao gineceu, pode ser necessário o auxílio externo de insetos, vento, água ou beija-flores. Algumas plantas possuem estruturas adaptáveis ao ‘lançamento’ desse pólen, tais como o carrapicho e o dente-de-leão.

Flores Mais Comuns nas Homenagens Fúnebres

A campeã neste quesito, sem dúvidas é o crisântemo, o qual foi cultivada durante milhares de anos atrás na China. Está diretamente relacionado à simbologia de sol do imperador. Atualmente, possui milhares de espécies cultivares, com variação na forma e nas cores das inflorescências.

Outras flores empregadas para este momento de solenidade são o lírio (flor antiga que remete ao misticismo, pureza e brancura); o Lisianto (bastante procura para adornar coroas de flores para mulheres); o copo de leite; a gérbera (conhecida pelo seu tom amarelo vibrante, está relacionado à nobreza e á simplicidade); a kalanchoe (flor simples, mas com tons vibrantes e grande resistência e durabilidade ao sol e ventos); e as rosas brancas, as quais remetem à mesma atmosfera de paz e tranquilidade características do copo de leite e lírio.

*

Depois de conhecer um pouco mais sobre essa famosa tradição e a explicação biológica a qual está vinculada, continue conosco e conheça outros artigos do site.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

A reprodução das plantas. Disponível em: <https://escolakids.uol.com.br/ciencias/a-reproducao-das-plantas.htm>;

Parque Renascer. A morte em diferentes culturas: descubra novos significados. Disponível em: <https://cemiteriosemmisterio.com.br/a-morte-em-diferentes-culturas-descubra-novos-significados/>;

Primavera Garden Center. As flores de finados. Disponível em: <https://www.primaveragarden.com.br/as-flores-de-finados/>.

Veja também

Planta Mini Clusia: Características, Nome Cientifico, Mudas e Fotos

A variedade de plantas que temos na natureza é tão grande que muitas se parecem …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *