Home / Animais / Camelo do Egito: Características, Nome Científico e Fotos

Camelo do Egito: Características, Nome Científico e Fotos

Os camelos são animais que constituem um gênero específico. Eles são espécies que possuem apenas dois dedos em cada pata. Interessante, não é? Porém, mesmo que você ache que todos são iguais, você está enganado.

Estes animais possuem espécies que se diferenciam umas das outras. É sobre uma delas, o camelo do Egito, que você verá a seguir. Leia com atenção para que você não entenda nada errado!

Na realidade, muitas pessoas acreditam que o camelo do Egito é uma espécie, quando, na verdade, todos se referem ao animal que é bastante comum neste país.

Oficialmente, não existe nenhuma espécie catalogada como “Camelo do Egito”, mas, muitos fazem a ligação deste animal com o país das Esfinges, já que ele é um dos mais abundantes dessa raça.

O que você sabe sobre este animal? Por mais que sejam populares, muitas informações podem passar despercebidas aos olhares menos desatentos. Por este motivo, nós estamos aqui para te passar dados incríveis sobre este animal, o camelo. Vamos lá?

Características do Camelo

Independente da raça, seja do Egito (também conhecido como camelo asiático) ou dromedário, eles são domesticados há milhares de anos por humanos. Eles servem na produção de leite e carne. Falando nesse assunto, a carne de camelo é muito apreciada pela cultura local.

O seu nome vem do hebraico, mas de uma raiz incerta. O significado mais provável é que eles derivam de uma palavra que significa “carregar” ou “suportar”. As lhamas e as alpacas são os seus parentes mais próximos.

Eles podem chegar a até 2,15 metros de comprimento, porém, eles normalmente possuem 1,85 metros. Sua altura é de um homem adulto brasileiro.

Seu peso varia muito: Podem ter de 250 até meia tonelada. Tudo isso depende de sua alimentação, local onde vive, hábitos regulares e se está domesticado ou não. Geralmente, os domesticados são mais gordos e vivem mais, pois possuem uma melhor qualidade de vida.

Alimentação do Camelo

Eles consomem, em média, 40 quilos de comida por dia. Isso é muito, não é mesmo! O consumo de comida é maior do que um lobo faminto, já que, em média, um lobo adulto come até 35 quilos de carne.

Lembrando que os camelos são herbívoros. Imagine o tanto de planta que ele ingere para alcançar essa quantidade!

Um dado importante é que as suas restrições alimentares são extensas: Não comem em locais onde a vegetação não é estepe, por exemplo. Eles preferem um campo rasteiro a um pasto abundante de plantas!

Camelo se Alimentando
Camelo se Alimentando

Habitat

Existem dois tipos de camelo e eles são encontrados em diferentes partes do mundo. O dromedário — também conhecido por muitos como camelo árabe — pode ser encontrado no norte da África e no Oriente Médio.

O camelo bactriano vive na Ásia Central. Não importa o tipo, camelos são geralmente encontrados no deserto, pradaria ou estepe. Embora muitas pessoas pensem que os camelos só vivem em climas quentes, eles se saem bem em faixas de temperatura de 0 grau até 50 graus.

Estes animais gostam de ficar juntos em grupos chamados de rebanhos. Os rebanhos são liderados por um macho dominante, enquanto muitos dos outros machos formam seu próprio rebanho chamado de rebanho de solteiro. Os camelos são espécies muito sociáveis. Amam se cumprimentar dando sopros um no rosto do outro.

Gestação e Reprodução

Após ter uma gestação de 12 a 14 meses, camelo fêmea irá encontrar um lugar privado para ter o mais novo bebê. Elas geralmente só têm um bebê, mas, às vezes os camelos têm gêmeos (Condição rara, mas, ainda sim, acontece).

O bezerro recém-nascido é capaz de andar em apenas 30 minutos, embora os dois — mãe e filho — não voltem ao rebanho até cerca de 15 dias depois. Os camelos amadurecem aos 7 anos de idade. Estas espécies sobrevivem em torno de 17 anos na natureza.

Camelo Com o Filhote
Camelo Com o Filhote

Classificação / Taxonomia

Os dromedários (Camelus dromedarius) e o camelo bactriano doméstico (Camelus bactrianus) foram nomeados no ano de 1758. Isso aconteceu no zoólogo sueco Carl Linnaeus, que só conhecia a espécie doméstica.

Os camelos-bactrianos selvagens (Camelus ferus) foram descobertos em 1878 por Nikolai Prejevalsky, um geógrafo russo que explorou a Mongólia e o Tibete.

Por muitos anos, o bactriano selvagem foi pensado para ser uma subespécie do bactriano doméstico. No entanto, nos últimos anos, a análise de DNA confirmou que C. ferus era uma espécie separada, de acordo com o zoológico de San Diego.

A principal diferença entre as duas espécies é que o bactriano selvagem tem mais três pares de cromossomos do que o bactriano doméstico. Muitos acham que é a mesma espécie, porém, vários cientistas apontam que não!

Produção De Leite Dos Camelos

Você sabia que a produção de leite de camelo é apreciada por muitos? Nós não temos essa noção no Brasil, mas, ele pode ser mais atrativo — para alguns — do que os leites de cabra e vaca!

O leite de camelo é normalmente produzido em sistemas de baixo insumo e baixo rendimento, cinco litros por dia são considerados um rendimento altamente rentável.

Leite do Camelo
Leite do Camelo

Os camelos em lactação geralmente produzem entre 1.000 e 2.700 litros por lactação na África. Agora, sobre a espécie que estamos falando, elas conseguem produzir até 12.000 litros por lactação.

Os camelos atingem o rendimento máximo no segundo ou terceiro mês de lactação e produzem leite entre oito e dezoito meses. A produção diária de leite durante a estação chuvosa é muitas vezes o dobro da estação seca. Curioso, não?

A curva de lactação dos camelos leiteiros é semelhante à dos bovinos de leite, mas os camelos têm uma lactação mais persistente. Os camelos árabes geralmente têm uma produção de leite muito maior do que os camelos bactrianos e estão sendo usados ​​cada vez mais em operações intensivas de laticínios.

Espero que você tenha aprendido um pouco mais sobre os camelos. Um animal que, mesmo tendo a sua imagem muito conhecida, possui certos hábitos peculiares e que chamam a atenção de qualquer um que deseja conhecê-lo mais perto.

E aí, o que achou sobre estes animais fascinantes? Os camelos são espécies que realmente chamam a atenção, não é? Sabendo disso, o que você adquiriu de novo nos seus conhecimentos? Comente logo abaixo sobre o que descobriu!

Veja também

Chihuahua Cores Raras – Quais São? Onde Encontrar?

A raça do cão Chihuahua tem muitos tamanhos e formas diferentes, mas o que mostra …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *