Home / Animais / Cachorro Boxer Preto: Fotos, Cuidados e Filhotes

Cachorro Boxer Preto: Fotos, Cuidados e Filhotes

Fala-se muito de cães boxers negros; alguns potenciais compradores de filhotes de cachorro procurarão ativamente este filhote de cachorro colorido, mas sua busca é em vão.

Pode ser difícil acreditar quando você vê fotos, mas boxers pretos não existem! O gene da cor responsável pela cor da pelagem preta não existe dentro da raça. Se você “vê” um Boxer negro, se ele é um Boxer de raça pura, ele deve ser um tigrão muito escuro.

Neste caso, o que acontece é que o animal é tigrado — sim, com as mesmas listras que o tigre possui. No boxer “preto” estas listras são tão escuras que é quase impossível de enxergá-las a olho nu. Por causa disso, muitos acreditam que esta raça possui cães de tonalidade negra, mas, geneticamente, são boxers tigrados.

Isso dá ao cão um casaco muito escuro que, de fato, parece ser preto.

Aqui, vamos entrar nos fatos um pouco mais para falar sobre o motivo pelo qual o preto não pode existir com a raça e alguns mitos em relação a essa cor de pelagem percebida.

Por que as Cores são Mal Interpretadas

É muito fácil ver um cão e imediatamente assumir que ele é de uma determinada cor, com base no que seus olhos estão lhe dizendo. No entanto, com algumas raças, o Boxer incluído, você deve dar uma segunda olhada.

Às vezes, é apenas quando você percebe como o tigrado pode causar um efeito, que faz uma primeira impressão de preto, que começa a fazer sentido.

Além disso, alguns boxers recebem o termo de preto; no entanto, em muitos casos, este é um termo abreviado que vem de “preto tigrado”.

Cachorro Boxer Preto Tigrado

A cor base de todos os Boxers puros é fulvo (uma coloração entre o castanho e o amarelo). Tigrados são, realmente, fulvos com uma marcação tigrada.

Essas marcações são feitas de um padrão de pelo que consiste em faixas pretas que cobrem o fulvo… Às vezes apenas um pouco (levemente malhado) e às vezes muito (um cachorro bem malhado).

História da Coloração do Boxer Preto

Muitos se perguntam se talvez houvesse boxers negros que eram em grande parte criados fora das linhas e que talvez de vez em quando um cachorro com um casaco preto aparecesse em algum lugar.

No entanto, se olharmos para a manutenção de registros do século passado, pode ver que esse não é o caso. Neste período de 100 anos, um Boxer negro apareceu uma vez, mas há um problema nisso.

Na Alemanha, no final de 1800, um Boxer foi emparelhado com um cão mestiço que era uma mescla de Bulldog e Schnauzer. A ninhada resultante tinha filhotes que tinham casacos pretos. Uma vez que outra raça foi introduzida na linhagem, eles não eram puros.

Estes cães não foram utilizados para qualquer reprodução posterior e, portanto, não tiveram qualquer influência sobre a genética daqui pra frente.

De vez em quando haverá um criador que afirma ter Boxers negros e apontará para este incidente há muito tempo como evidência de que o preto realmente corre na linhagem.

No entanto, uma vez que esses cães mistos com casacos pretos nunca foram usados para qualquer tipo de programa de desenvolvimento, isso simplesmente não é verdade.

Outro elemento que mostra que esta coloração não existe na linha Boxer é a regra que o Clube dos Boxers de Munique criou em 1925. Este grupo tinha um rigoroso controle sobre a criação e desenvolvimento de Boxers na Alemanha e estabeleceu as diretrizes para o padrão, conformação e todos os elementos relativos à aparência, incluindo a coloração.

Este grupo não desejava que qualquer experimento fosse feito para introduzir a cor preta e, por essa razão, eles estabeleceram uma regra clara de que os boxers negros não seriam aceitos.

Alguns argumentam que os programas podem ter ignorado essa decisão e ainda tentaram criar Boxers negros. No entanto, não teria sido do seu interesse fazê-lo e, além disso, os cães resultantes não teriam feito parte do Clube de Munique, uma vez que não poderiam ter sido registrados lá.

Isso significa que qualquer um desses cães hipotéticos não poderia ter sido geneticamente incluído na linhagem do Boxer, uma vez que eles teriam sido impedidos de qualquer programa que estivesse desenvolvendo e aperfeiçoando a raça.

O que Sabemos Sobre os Genes Deste Cão?

Então, agora que sabemos:

  • Esta cor não existe na linha;
  • O único registro de qualquer Boxer negro no século passado foi um cão mestiço e não um puro-sangue;
    Diretrizes e regras estritas do clube em Munique, que foi a base de hoje Boxers claramente excluídos Boxers pretos…

E também é justo dizer:

  • A chance de haver alguma estranha e rara mutação genética que traz preto para o casaco é extraordinariamente rara; matematicamente as chances são tão baixas que isso pode ser descartado;
  • Filhotes de Boxer Preto não podem nascer devido a um gene oculto; isto é porque o preto é dominante sobre todas as outras cores. Não pode ser recessivo, sempre sai dos outros.

Por que algumas pessoas ainda estão convencidas de que essa coloração existe?

Isso nos leva à conclusão de apenas duas possibilidades a esse respeito:

  1. Um Boxer preto ‘verdadeiro’ simplesmente não pode ser um puro-sangue. Deve haver outra raça na linhagem;
  2. O Boxer não é preto e na verdade é um cão muito malhado ou um tigrado reverso;

E sobre os reprodutores que reivindicam ter pretos maciços?

  1. É sempre possível que alguns criadores muito inexperientes que têm uma ninhada de filhotes escuros simplesmente os chamem de cães pretos;
  2. Um criador antiético pode propositadamente ser enganador para parecer ter cães ‘especiais’ que são ‘raros’. Supõe-se que, neste caso, seria feito para vender os filhotes a um custo maior.

Alguns Elementos para Ponderar

Qualquer filhote que for vendido e verbalmente considerado um Boxer negro não poderá ser registrado como tal.

  • O AKC (American Kennel Club);
  • a FCI (Fédération Cynologique Internationale) com mais de 80 países membros;
  • o KC (o Kennel Club do Reino Unido;
  • o CKC (Canadian Kennel Club;

e todos os outros clubes de registro caninos respeitáveis não registram Boxers negros. Aqui no Brasil ainda não há nenhum regulamento sobre isso, mas as regras internacionais dizem muito a respeito.

Filhotes Boxer Negro

Seus documentos de registro não têm esse código de cores como uma opção. Portanto, mesmo que alguém nomeie verbalmente um Boxer para ter um casaco preto, o cão — se registrado em um clube reconhecido — seria oficialmente outra cor; e isso provavelmente seria tigrado.

Já que o filhote seria entregue a novos donos com documentos dizendo que ele não era negro, como eles podem afirmar que têm cães Boxer pretos?

Mantendo o acima em mente, se um Boxer aparecesse com documentos de registro que mostrassem que ele tinha um casaco preto, esses documentos precisariam vir de algum clube pouco conhecido que não fosse respeitável ou os jornais teriam que ser forjados. E isso, claro, é muito antiético.

Conclusão

Todo ser (seja um mamífero, um cachorro, um ser humano etc.) tem genes. Esses genes determinam tudo sobre o ser, desde a cor da pele até o número de pernas até onde os olhos estão… os genes controlam tudo.

Os genes controlam a cor da pelagem em cães também. Para que um cão seja negro, essa raça de cão deve conter o gene para ter um casaco preto. Cães Boxer não têm esse gene. Então, não pode haver nenhum cachorro Boxer preto. É geneticamente impossível.

Um Boxer que é preto, ou preto verdadeiro com pontos marrons, por exemplo, deve ser uma raça mista ou um cão fortemente malhado.

Referências

Artigo “Boxer, Absolutamente Tudo Sobre este Animal” do site Cachorro Gato;

Postagens e discussões na Rede Social “Facebook”, na página “Boxer, Melhor Cão do Mundo“;

Texto “Boxers Pretos“, do blog “Tudo Sobre Boxers”.

 

Veja também

Tucano Celeste ou Terlaque Pechiazul: Características e Fotos

Os tucanos são animais muito importantes para todo o ecossistema da América do Sul, já …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *