Home / Animais / As Aranhas Dormem? Elas Precisam Descansar?

As Aranhas Dormem? Elas Precisam Descansar?

As aranhas dormem? Será que elas possuem um sistema em que repousam, do mesmo jeito do que nós?

Certamente, com todos esses olhos, as aranhas precisam dormir um pouco? Essa dúvida foi tirada por um especialista em insetos dos Estados Unidos, Phil Sirvid, após ele ouvir esta mesma questão de diversos alunos.

Vamos descobrir qual é a resposta para este mistério?

As Aranhas Dormem?

As aranhas não dormem da mesma forma que os humanos, mas, como nós, têm ciclos diários de atividade e descanso.

As aranhas não conseguem fechar os olhos porque não têm pálpebras, mas reduzem os níveis de atividade e diminuem a taxa metabólica para economizar energia.

Essa é uma habilidade útil, especialmente para aranhas que constroem teias e que dependem da comida que chega até elas. Com isso, podem ter que passar muito tempo entre as refeições… Nesse intervalo, ela “descansa”.

Muitas aranhas são mais ativas durante a noite porque muitas criaturas que comem aranhas — por exemplo, aves — são mais propensas a serem ativas durante o dia. Isso os ajuda a evitar tornar-se um lanche.

Existe uma espécie de aranha oriunda da Austrália, que foi registrada sem comida durante seis meses! Esse período todo ela não ingeriu nada, e, mesmo assim, teve forças para capturar uma presa quando teve vontade.

Esse tipo de comportamento pode ser comparado a quando o computador entra no modo de suspensão.

Aranha Fotografada na Teia
Aranha Fotografada na Teia

Se não houver atividade por algum tempo, o computador suspende a maior parte de sua atividade e isso reduz as demandas de energia.

Depois de tocar em uma tecla, o computador retorna à vida. Isto não é muito diferente para uma aranha. Dado um estímulo apropriado, tal como algum movimento na teia, ficará ativa em poucos segundos.

Embora existam poucas pesquisas sobre o sono da aranha, sabe-se que as aranhas têm ritmos circadianos, ou períodos diários de atividade e descanso.

Os ciclos de atividade variam por espécie. Certas aranhas são principalmente ativas à noite; outros cuidam dos negócios durante o dia.

As aranhas hibernam em áreas frias, permitindo que elas sobrevivam em uma espécie de animação suspensa até que ela se torne mais quente. Enquanto inativa, o metabolismo das aranhas diminui.

Estilo de Vida Aracnídeo

Milhares de espécies de aranhas existem em todo o mundo. Cinco mil espécies de aranhas saltadoras são conhecidas e compõem apenas 13% das espécies de aranhas, de acordo com a Universidade de Wisconsin, no site de extensões de Field Station, em Milwaukee.

Algumas montam acampamento em teias, mas nem todas as aranhas criam teias para capturar presas. Algumas criam túneis para uma mobilidade mais fácil.

A aranha lobo escava e dá o bote na presa rapidamente. As aranhas saltadoras, da família Salticidae, também se abstêm de construir teias, embora elas girem linhas de amarração quando saltam.

Acordadas ou adormecidas, as aranhas não querem atrair a atenção dos predadores. Eles querem capturar presas, comer, acasalar e criar mais aranhas.

Linguagem Corporal

Durante a hibernação, as aranhas se dobram nas pernas e suas taxas metabólicas diminuem para ajudá-las a sobreviver. Isso significa que eles não queimam tantas calorias e podem sobreviver sem comer, vivendo em estado de sono — ou hibernação — até que o tempo frio termine.

A mesma posição encolhida pode indicar uma aranha adormecida. Uma aranha deitada de costas ou em uma posição desajeitada com as pernas dobradas geralmente está morta.

Aracnídeos não Roncam

Aracnídeos
Aracnídeos

Pelo menos, até onde sabemos, as aranhas não roncam. Elas são bastante experientes em cuidar de suas chances de sobrevivência, então elas tendem a caçar, aninhar e dormir fora de perigo.

Ao contrário do mito urbano, as aranhas geralmente não rastejam na boca das pessoas enquanto dormem. Eles preferem evitar humanos. Quando as aranhas dormem ou hibernam, é mais provável que elas estejam em suas teias, em locais protegidos, como rachaduras nas paredes ou, junto de suas companheiras, como é o caso de poucas espécies.

Um Pouco Mais Sobre as Aranhas

Os ritmos circadianos e temperaturas frias podem fazer com que as aranhas fiquem inconscientes. Pesquisadores relatam que as aranhas fêmeas da espécie Agelenopsis aperta perdem a consciência durante o acasalamento em resposta aos feromônios masculinos.

Espécie Agelenopsis
Espécie Agelenopsis

Em um experimento mirabolante, a NASA descobriu que certas substâncias interferiam na produção de teias. A nicotina e a cafeína, por exemplo, são estimulantes que, ao invés de acelerá-las, deixavam-nas confusas. Isso atrapalhou muito a produção de teia das aranhas que serviram de cobaia no projeto.

Existe Algum Local Onde Elas Não Estão Presentes?

Como um grupo, as aranhas são alguns dos mais importantes predadores de insetos e pequenos invertebrados do mundo. Além das teias pegajosas empregadas por algumas espécies, diferentes variedades usam várias estratégias para capturar suas presas invertebradas, incluindo perseguição, salto e pesca.

Tentar evitar aranhas em áreas onde os humanos normalmente vivem é quase impossível; As únicas regiões que são livres desses aracnídeos são as regiões polares, como os topos das montanhas altas ou o oceano.

Infelizmente para quem tem aracnofobia — aqueles com medo de aranhas — as aranhas habitam todos os continentes, exceto a Antártida. Os cientistas já descreveram cerca de 38.000 espécies vivas e estão constantemente encontrando novas espécies.

As aranhas vivem em quase todos os habitats terrestres do mundo, desde as zonas intertidais oceânicas, que são as áreas entre as zonas de alta e baixa maré ao longo das costas, até altas montanhas.

As aranhas não encontraram o caminho para os topos cobertos de neve de muitas das montanhas mais altas do mundo, mas os cientistas registraram uma espécie – as aranhas saltadoras do Himalaia (Euophrys omnisuperstes) — que vivem a quase 20.000 pés acima do nível do mar.

É bem provável que elas façam parte do seleto grupo de animais que está presente em todas as zonas do mundo. Ainda não foi comprovado cientificamente que elas podem sobreviver em territórios gélidos, mas, ao que tudo indica, até nas zonas mais frias elas estão presentes.

Mas, não se preocupe: Apesar de botarem bastante medo na população, grande parte delas foge ao máximo do contato humano. Por mais que você tenha medo, saiba que este pavor é multiplicado quando elas te veem!

Referências

Artigo “10 Fatos que comprovam que as aranhas são mal compreendidas”, do site HypeScience;

Texto “Como as aranhas descansam?” do site Mega Curioso;

Texto “Aranhas Dormem?”, do site Te Papa;

Texto “Como as aranhas Dormem?“, do site Animals.mom.

Veja também

Crocodilo-Americano: Características, Nome Científico e Fotos

O crocodilo é sempre lembrado como um animal muito feroz e que costuma atacar suas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *