Home / Plantas / Tudo Sobre o Pêssego: Características e Imagens da Fruta

Tudo Sobre o Pêssego: Características e Imagens da Fruta

Consumir frutas é um hábito extremamente comum entre os brasileiros, principalmente em épocas de verão, quando esses alimentos são ainda mais comuns e podem ser encontrados facilmente nos mercados, além de serem mais baratos.

Porém, com tantas variedades de frutas é interessante lembrar que nós não conhecemos praticamente nada sobre os alimentos que consumimos, principalmente porque sabemos apenas um pouco sobre cada, e não tudo sobre algumas.

O pêssego é uma fruta sazonal consumida principalmente nas festas de fim de ano, mais conhecidas como Natal e Ano Novo; basicamente isso significa que ele costuma ficar mais caro em outras épocas do ano, já que é uma fruta da estação.

Apesar de muitas pessoas o consumirem, praticamente ninguém sabe mais informações sobre o pêssego, e isso é muito triste já que ele faz parte da nossa flora.

Por isso, caso você queira saber mais informações sobre o pêssego continue lendo esse artigo. Assim, você saberá coisas como o nome científico da fruta, mais informações sobre o pessegueiro, a classificação científica da árvore, onde ela pode ser encontrada e muito mais!

Nome Científico Do Pêssego

O nome científico de qualquer ser vivo é muito importante para que ele seja reconhecido pelos cientistas da maneira correta. Isso porque o nome popular pode mudar de região para região, o que pode gerar grande confusão entre as pessoas. Porém, cada ser vivo possui apenas um nome científico, e isso facilita muito a identificação dele em meio a tantos outros seres vivos.

  • Grafia do Nome Científico

A grafia do nome científico deve ser feita da maneira correta para que não existam confusões, já que escrever o nome científico errado com certeza é um erro muito feio de se cometer. Por isso, vamos te explicar como funciona a grafia do nome científico.

Em primeiro lugar, podemos dizer que o nome científico simples é binomial, o que significa basicamente que ele é formado por duas palavras. Essas palavras são o gênero e a espécie do ser vivo que está sendo levado em consideração.

Em segundo lugar, uma regra importante é com relação à forma com que o gênero deve ser escrito. O gênero sempre deve ser escrito com a primeira letra maiúscula, de forma que ele se destaque do resto da frase.

Em terceiro lugar, a forma com que a espécie é escrita também é muito importante. Por isso, você deve sempre escrever a espécie grafando o nome com todas as letras minúsculas, o que significa que nem a sua primeira letra é maiúscula.

Por fim, sempre que o nome científico de um ser estiver um uma frase ele deve se destacar dos outros em Itálico, dessa forma é possível reparar que o nome se trata de um nome científico.

  • Nome Científico do Pêssego

Você já deve ter percebido que o nome científico é extremamente específico, o que significa que ele não pode ser formado se não houver uma espécie sendo levada em consideração.

Nesse caso, estamos falando apenas do pêssego sem citar espécies, e por isso temos apenas a primeira parte do seu nome científico. Logo, não temos o nome científico completo do pêssego pois isso depende da espécie, mas o nome científico dessa fruta sempre começará com o termo Prunus, já que esse é o gênero ao qual ela pertence.

Portanto, agora você já sabe como funciona a formação do nome científico de qualquer ser vivo e também sabe que os nomes científicos de pêssegos sempre serão iniciados pelo gênero Prunus.

O Pessegueiro

Você talvez ainda não sabe disso, mas a árvore responsável por dar pêssegos é o pessegueiro, e isso basicamente significa que essa fruta nasce em árvores do mesmo estilo da macieira.

O pessegueiro é uma árvore extremamente bonita, já que ele possui flores arroxeadas que curiosamente são comestíveis e fazem muito bem para o funcionamento do intestino.

Uma outra curiosidade é que as flores do pessegueiro podem ser utilizadas como laxante, já que  – como já dissemos, elas possuem propriedades que agem sobre o intestino.

Um outro fato interessante é que o pessegueiro pode chegar a atingir até 8 metros de altura, por isso sendo considerado uma árvore de porte médio a grande, dependendo do que é usado como comparação.

Portanto, o pêssego nasce em meio a muitas flores bonitas e chamativas, responsáveis por ter propriedades curativas e ao mesmo tempo seres extremamente ornamentais.

Classificação Científica Do Pessegueiro

Assim como o nome científico, a classificação científica é muito importante para que a ciência possa fazer seu trabalho. Por meio dela descobrimos ainda mais características com os seres vivos e também percebemos o que eles possuem em comum com outros seres vivos que participam das mesmas divisões.

Além disso, é importante que você saiba que assim como o nome científico a classificação científica não é modificável, o que faz com que ela tenha grande credibilidade.

Classificação Científica: 

Reino: Plantae
Clado: angiospérmicas
Clado: eudicotiledóneas
Clado: rosídeas
Ordem: Rosales
Família: Rosaceae
Gênero: Prunus
Subgênero: Amygdalus

Como podemos perceber, o pessegueiro pertence à mesma família das rosas, a família Rosaceae; assim como o fruto do pessegueiro, o pêssego.

Isso pode também ser utilizado para explicar como as flores dessa árvore são tão bonitas e amadas por todos, já que essa é uma característica das rosas.

É importante você também se atentar ao fato de que essa árvore faz parte do gênero Prunus, justamente porque ela é responsável pelos pêssegos.

Onde O Pessegueiro Pode Ser Encontrado?

Pessegueiro no Quintal
Pessegueiro no Quintal

Os amantes de árvores com certeza já estão querendo saber onde o pessegueiro pode ser encontrado, principalmente porque essa planta é extremamente bonita e pode ser utilizada em muitas decorações ao redor do mundo.

A verdade é que essa não é uma árvore originária do Brasil, mas sim da Ásia (como podemos perceber quando vemos as semelhanças entre ela e as árvores japonesas); mais especificamente, o pessegueiro pode ser encontrado originalmente na China e em outras partes do sul do continente asiático.

Logo, muito provavelmente você não irá encontrar um pessegueiro tão facilmente aqui, mas se encontrar, com certeza ele será muito bonito!

Propriedades Nutricionais Do Pêssego

Benefícios do Pessegueiro
Benefícios do Pessegueiro

Como já dissemos, as frutas são alimentos muito conhecidos no Brasil, mas a verdade é que muitas pessoas não sabem exatamente o que estão consumindo ao comer uma fruta em específico, e com o pêssego isso não seria diferente.

Já sabemos que ele deve estar incluso em nossa dieta, mas por quê? A verdade é que ninguém sabe muito bem quais são as propriedades nutricionais que essa fruta possui.

Por isso, vamos ver agora um pouco mais sobre as propriedades nutricionais que você irá adquirir ao consumir o pêssego em sua rotina.

Em 100g de pêssego você encontra…

  • Cerca de 9,5 gramas de carboidratos, essenciais para dar uma maior energia ao corpo;
  • Cerca de 0.25mg de ferro, necessária para evitar problemas de saúde como a anemia;
  • Cerca de 190mg de potássio, excelente para evitar problemas na circulação e nos músculos, como as câimbras;
  • Cerca de 7mg de vitamina C, excelente para aumentar a imunidade do organismo.

Portanto, esses são apenas alguns dos nutrientes que podemos levar em consideração quando estamos falando do pêssego. A verdade é que a fruta possui muitos outros, mas esses são os principais que possuem mais impacto no corpo.

Benefícios do Pêssego

Já sabemos que as frutas oferecem diversos benefícios ao nosso corpo, mas que benefícios são esses? Assim como os nutrientes, as pessoas acabam consumindo frutas sem saber muito bem quais são os benefícios que elas oferecem ao corpo, e é exatamente isso que faremos agora.

Vamos ver um pouco mais sobre os benefícios ofereceidos pelo pêssego para que você entenda bem como esse alimento funciona em nosso corpo e sistema.

  • Prevenção da Obesidade

A obesidade é um grande problema do nosso século, principalmente porque as pessoas estão comendo cada vez pior e jamais se alimentam de comidas nutritivas, o que é extremamente necessário para ter uma boa saúde.

Em contrapartida, existem alimentos que são excelentes quando o assunto é a prevenção da obesidade, principalmente quando ela se torna um problema de saúde.

Obesidade
Obesidade

Isso porque ele é um alimento de baixo índice glicêmico, o que significa que quando consumido ele libera pouco açúcar no sangue e de forma bem lenta, evitando um pico de glicose que você acabar se tornando gordura.

Portanto, você pode consumir o pêssego sempre, principalmente por conta dos outros benefícios que citaremos ainda!

  • Fonte de Vitaminas

Todos já sabemos que as frutas são fontes de vitaminas, mas no caso do pêssego devemos reforçar que ele realmente é muito bom para o corpo e extremamente nutritivo, o que faz com que ele seja essencial no dia a dia de qualquer pessoa saudável.

Além disso, devemos ressaltar que o pêssego é rico em vitamina E, uma anti-oxidante natural que protege as células do corpo de outras células conhecidas como radicais livres, o que acaba aumentando a imunidade do corpo e prevenindo diversas doenças que podem acabar aparecendo.

  • Combate ao Câncer de Mama
    Câncer de Mama
    Câncer de Mama

O câncer é outra doença que está cada vez mais presente nos dias atuais, principalmente por conta da quantidade de produtos tóxicos que comemos e utilizamos em nosso dia a dia.

Porém, uma pesquisa recente feita por cientistas estadounidenses mostrou que consumir de 2 a 3 pêssegos por dia pode ser altamente eficaz para evitar que as células do câncer de mama cresça, o que é essencial para ajudar no tratamento.

Por isso, ele pode ser um ótimo complemento ao tratamento de combate ao câncer. Mal não irá fazer!

  • Fonte de Fibras

Desde pequenos ouvimos de nossas mães que devemos consumir frutas todos os dias, e isso ocorre principalmente porque as frutas são fontes de fibras muito importantes para o corpo.

As fibras alimentares têm a função de saciar o corpo por mais tempo, auxiliando no emagrecimento. Além disso, elas são excelentes para melhorar o funcionamento do intestino, já que “hidratam” o corpo.

Como se não bastasse, elas também agem no intestino facilitando a absorção de nutrientes, já que é nesse local do corpo que a maioria dos nossos nutrientes consumidos é absorvida.

  • Versatilidade

Além de todos esses fatores, devemos citar a versatilidade que o pêssego possui. Isso porque muitas frutas são difíceis de serem encontradas e quando nós as encontramos, existem poucas receitas que podemos fazer com elas.

No caso do pêssego esse problema não existe, já que ele pode ser utilizado em diversas receitas diferentes sem o menor problema, facilitando muito o dia a dia de quem quer incluir essa fruta no cotidiano.

  • Melhora o Humor
    Bom Humor
    Bom Humor

Nos dias de hoje é extremamente normal nos sentirmos muito irritados e infelizes, principalmente por conta de toda a pressão do cotidiano e muitas outras coisas que acabam ocorrendo.

Porém, algumas frutas possuem o poder de melhorar o nosso humor, já que elas são ricas em nutrientes que equilibram o nosso corpo, como por exemplo o magnésio, que também é excelente para fazer o controle de pressão.

E esse é exatamente o caso do pêssego. Essa é uma fruta rica em magnésio que ajuda a melhorar a nossa pressão e, consequentemente, tem efeitos muito positivos em nosso humor no dia a dia.

  • Melhora a Saúde Dos Dentes

Quem não tem vontade de ter dentes mais bonitos? O pêssego pode ser excelente para as pessoas que estão buscando um sorriso mais saudável, principalmente porque ele é muito rico em flúor, elemento utilizado em todos os tratamentos dentários, responsável por prevenir cáries.

Esses são apenas alguns dos benefícios que o pêssego possui e é exatamente por isso que você deve considerar incluir essa fruta no seu cotidiano, dessa forma você terá uma saúde muito mais forte, estará imune a diversas doenças e ainda ficará com os dentes mais bonitos!

Portanto, vamos continuar vendo algumas informações sobre essa fruta para que você se encante ainda mais com ela e saia desse artigo morrendo de vontade de comer um pêssego docinho!

Curiosidades Sobre O Pêssego

Além de tudo isso, podemos citar também algumas curiosidades sobre essa fruta tão consumida em todo o mundo. Isso porque aprender por meio de curiosidades é muito mais eficaz e atraente do que aprender apenas por textos didáticos, dessa forma você consegue gravar melhor o que for lido e ainda aprende muitos fatos interessantes!

Então, vamos ver agora algumas curiosidades que você deveria saber sobre o pêssego e muito provavelmente ainda não sabe.

  • Representa a Imortalidade

O pêssego era considerado um símbolo da imortalidade na cultura da China dos tempos antigos. O que é muito interessante, pois isso faz parte totalmente da cultura oriental.

Por conta disso, as pessos costumavam plantar árvores de pêssego próximos ou na frente das suas casas, com a ideia de que isso traria mais proteção e saúde para as famílias, possibilitando a imortalidade.

Além disso, o consumo de pêssego na China nessa época era extremamente alto, já que as pessoas pensavam que quanto mais pêssego consumissem, mais imortais elas seriam.

Portanto, nos dias de hoje ninguém consome o pêssego com o intuito de atrair imortalidade, mas com certeza as pessoas o consomem por conta de todo o seu sabor e os benefícios que já citamos anteriormente.

  • É Um Dos Alimentos Que Mais Causa Alergia

Uma das coisas mais tristes no mundo com certeza é ter alergia a um alimento do qual gostamos, e o pêssego com certeza deixa muitas pessoas chateadas com esse problema, já que ele é considerado o alimento que mais causa alergias.

Logo, sabemos que 30% da população do mundo inteiro possui alergia a alguma coisa, e o pêssego é o principal causador dessas alergias; ainda não se sabe muito bem o porquê.

  • Possui Mais De 200 Espécies

Quando falamos em pêssego sempre nos lembramos daquela variedade que comemos no fim do ano, com a casca meio amarelada e aveludade. Porém, a verdade é que a maioria dos pêssegos não possui essas características.

Isso porque existem mais de 200 espécies de pêssego em todo o mundo, o que significa que a variedade que conhecemos é 1 em mais de 200, e a ainda há muito para pesquisarmos sobre essa fruta.

Portanto, sempre que você aprender um pouco mais sobre alguma espécie de pêssego aqui em nosso site, lembre-se bem que existem muitas outras espécies em todo mundo, que com certeza representam uma parcela muito maior do que a que já conhecemos.

  • Produção Brasileira

Como já dissemos, o pêssego não é uma fruta tipicamente brasileira, e por isso não é encontrado e/ou produzido em nosso território, mas sim importado na maior parte das vezes.

Porém, o que muitas pessoas não sabem é que o Brasil é o 13° maior produtor de pêssego no mundo, o que significa que ele é responsável por 1% da produção mundial, número considerado pequeno ou grande dependendo do país que é levado em comparação.

Portanto, temos sim produção de pêssego no Brasil, mas ela é muito baixa e a maioria do pêssego que consumimos é importada, o que faz com que essa fruta seja cara.

  • Data Do Primeiro Cultivo

Como já dissemos, o pêssego é uma fruta típica da China; porém ainda não dissemos quando o cultivo dessa planta teve início realmente.

Pasme: o pêssego começou a ser cultivado há 36 séculos, o que significa que o seu primeiro cultivo ocorreu 10 séculos antes de Cristo! Quem diria que a gente consumiria uma fruta tão antiga até os dias atuais?

Portanto, essas são algumas curiosidades que muito provavelmente você ainda não sabia sobre o pêssego. Agora tudo com certeza ficou mais claro e você aprendeu coisas muito mais interessantes do que as que já sabia, não é mesmo?

O Pêssego Em Calda

O pêssego é muito consumido não apenas in natura, mas também em calda. Na verdade, podemos até dizer que o pêssego é muito mais consumido em calda do que in natura no Brasil. Isso porque a fruta natural é muito mais cara em nosso país e o pêssego em calda não precisa nem descascar, sendo considerado muito mais prático.

Porém, muitas pessoas acabam ficando com a seguinte dúvida; afinal, o pêssego em calda é bom ou ruim para o organismo? Ele possui algum tipo de nutrientes ou é puro açúcar? Isso porque o pêssego em calda costuma ser muito mais doce do que o comum, o que dá a impressão de que ele não é nada além de um carboidrato.

Apesar disso, o pêssego em calda é um alimento que possui sim nutrientes, já que além de todos os açúcares ele realmente é um pêssego, e por esse motivo acaba possuindo os benefícios da fruta.

O pêssego é uma fruta rica em vitaminas C, K e E, o que acaba refletindo no pêssego em calda, que também possui todos esses nutrientes, mas em adicional é mais rico em açúcares e mais pobre em fibras.

Isso significa basicamente que o pêssego in natura não tem açúcares (logo ele é mais pobre em carboidratos) e o pêssego em calda possui muito açúcar, sendo mais pobre em fibras, mas ao mesmo tempo mais saboroso aos olhos de muitas pessoas.

Com isso, podemos dizer que você pode sim consumir pêssego em calma, mas em menor quantidade quando comparado ao pêssego in natura, já que ele aumenta a quantidade de açúcares no sangue e ao mesmo tempo pode prender o intestino, já que possui uma quantidade de fibras muito menor que o pêssego in natura.

Variedades De Pêssegos Existentes

Muito provavelmente você não sabe disso, mas não existe apenas uma variedade de pêssego existente no mundo, principalmente porque podemos encontrá-lo na natureza em dezenas de espécies.

Por isso, é sempre interessante você pesquisar um pouco mais sobre as variedades de pêssegos existentes, já que isso te ajuda até mesmo a comprar a fruta no mercado e também entender exatamente quais são as propriedades de cada variedade.

Dessa forma, você poderá sempre consumir a variedade de pêssego que mais te agradar de acordo com os nutrientes que você precisa ter. Basta dar uma olhada na lista que faremos a seguir para entender tudo o que for necessário sobre os tipos de pêssego disponíveis!

O Pêssego Deve Ser Descascado?

Quem consome pêssego no dia a dia com certeza nota a casca do pêssego, que realmente chama a atenção. Isso porque o pêssego possui uma casca bem diferente e interessante: sua casca é rosada e amarelada, com uma textura de veludo muito interessante.

Descascando um Pêssego
Descascando um Pêssego

Apesar de ser uma casca conhecida por ser muito bonita e macia, algumas pessoas acham que é necessário tirá-la na hora de consumir a fruta, principalmente porque ela possui uma textura diferente de todas as cascas de outras frutas e isso acaba causando uma certa desconfiança.

Porém, a verdade é que tudo depende da sua preferência. Geralmente, a casca é a parte da fruta que mais possui nutrientes e é por isso que as pessoas não deveriam tirá-la, já que no caso do pêssego isso também é verídico.

Logo, você pode optar por tirar a casca do pêssego. Nesse caso, você estará perdendo diversos nutrientes essenciais, mas mesmo assim não irá comer algo que você não gosta, nesse caso a casca.

Por isso, vale a pena tirar a casca do pêssego apenas se você realmente não suportar o sabor dela e achar muito necessário para que o gosto da fruta.

Por outro lado, você pode optar por não tirar a casca do pêssego. Nesse caso, é interessante que você a lave bem para tirar qualquer resquício existente na fruta e também retirar possíveis bichos que podem aparecer com o tempo.

Ao consumir a casca, você terá acesso a muitos outros nutrientes, uma quantidade bem maior de fibras e ao mesmo tempo terá o sabor dela, que você pode até não achar tão bom, mas possui benefícios muito maiores do qualquer sabor ruim.

Portanto, cabe apenas a você decidir se deve ou não consumir a casca do pêssego! Pense bastante nas vantagens e desvantagens de cada escolha!

Teor De Água Do Pêssego

A água é extremamente importante para o funcionamento correto do nosso corpo, principalmente porque ela é responsável por funções vitais que nós possuímos. E é exatamente por isso que nós devemos sempre consumir alimentos ricos em água.

No caso das frutas, são diversas as opções com alto teor de água para que você possa escolher. A boa notícia é que o pêssego está incluso nessas opções, já que mais de 80% da sua composição total é formada por água, o que torna ele uma fruta excelente para quem precisa consumir mais líquidos no dia a dia.

Água Do Pêssego
Água Do Pêssego

Além de tudo isso, você ainda pode aumentar o teor de água da fruta, utilizando-a em diversas receitas do dia a dia que contém água, como por exemplo: sucos, smoothies, milk shakes etc. Essa é também uma outra opção excelente para quem não consegue consumir tanta água.

Portanto, caso você tenha problemas com consumo de água, lembre-se de sempre escolher frutas com um alto teor de água na composição, dessa forma, a ingestão do líquido já aumentará bastante no seu organismo!

Como Escolher O Pêssego

A hora de fazer compras é um momento que deve ser divertido e ao mesmo tempo é o momento em que você compra o que irá te alimentar, e é exatamente por isso que você precisa escolher alimentos de boa qualidade para consumir.
Porém, a verdade é que nem todo mundo sabe exatamente como escolher a fruta da maneira correta na hora de comprar. E principalmente o pêssego pode acabar gerando uma grande confusão por conta de sua casca aveludada.

Pensando nisso, agora iremos te ensinar a escolher o pêssego da maneira correta na hora de comprar. Dessa forma, você sempre escolherá o de melhor qualidade e nem muito maduro ou verde, mas no ponto para consumir assim que você quiser; basta usar as dicas que passaremos a seguir.

Escolhendo o Pêssego
Escolhendo o Pêssego
  • Firmeza

A firmeza da fruta com certeza é um fator essencial na hora de decidir qual tipo de pêssego você quer. Caso você queira pêssegos mais verdes, opte sempre pela casca mais firme que encontrar.

Caso queira o pêssego no ponto, tente escolher a casca que está firme porém mais macia e maleável. O pêssego que não deve ser escolhido é aquele que está com a casca completamente mole, pois a tendência é que ele estrague rápido.

  • Cor

A cor ideal para que você compre o pêssego sempre deve ser amarelo com tons de vermelho, pois dessa forma você saberá que está consumindo um pêssego novo, no ponto e de boa qualidade.

  • Machucados

É muito comum encontrarmos frutas com machucados na casca; principalmente quando o assunto é o pêssego, já que ele possui uma casca extremamente delicada e por isso está mais sujeito a possuir diversos machucados.

Porém, cabe a você decidir nesse caso. Se você não quiser cortar os machucados da casca, deve escolher as frutas que estão intactas; caso você possa cortar os machucados, é uma boa ideia pegar também aquelas com machucados.

Apesar disso, lembre-se de saber diferenciar entre machucado e marcas de vencimento, pois você poderá estar comprando uma fruta que já apodreceu.

Portanto, essas são as dicas para que você consiga comprar um pêssego de boa qualidade no mercado e não acabe se arrependendo ao chegar em casa. Ao segui-las você com certeza conseguirá comprar uma fruta de excelente qualidade!

Receita – Suco De Pêssego

Como dissemos anteriormente, o teor de água do pêssego aumenta mais ainda se você misturar a fruta em algumas receitas que também levam líquidos, o que pode ser extremamente benéfico para o seu corpo e também para o seu paladar.

Por isso, vamos ver agora algumas receitas que levam pêssego e também são saudáveis, começando por um suco de pêssego simples que pode ser feito sem maiores complicações em casa.

Ingredientes:

  • – Suco de limão (1 colher de chá);
  • – Açúcar (2 colheres de sopa);
  • – Água (2 xícaras // meio litro);
  • – Pêssegos maduros (6 unidades).

Modo de fazer:

  • – Lave bem todos os pêssegos, tirando qualquer impureza presente na casca;
  • – Descasque a fruta, tire a semente interna e corte o pêssego em alguns pedaços;
  • – Coloque os pedaços de polpa, a água, o suco de limão e o açúcar no liquidificador;
  • – Bata tudo até que o suco fique na consistência desejada.

Quem diria que com uma receita tão simples poderia ter um suco extremamente nutritivo, rico em fibras e ainda assim saboroso, não é mesmo? Então, basta seguir a receita e contar para a gente o que achou!

Receita – Smoothie De Pêssego Com Morango

Misturar frutas no seu smoothie é ainda melhor do que consumir apenas uma. Isso porque você terá o dobro de nutrientes e seu corpo absorverá muito mais elementos essenciais para melhorar sua saúde.

Smoothie De Pêssego Com Morango
Smoothie De Pêssego Com Morango

Por isso, um smoothie de pêssego com morango pode ser uma excelente ideia para quem quer consumir ainda mais nutrientes de maneira simples e rápida, já que o smoothie não exige nem mesmo o esforço da mastigação.

Quer saber como fazer esse smoothie extremamente refrescante e nutritivo de maneira bem simples na sua casa? Continue lendo a receita e siga o nosso passo a passo!

Ingredientes:

  • – Iogurte desnatado natural (1 xícara);
  • – Morangos frescos (meia xícara);
  • – Pêssegos frescos (1 unidade);
  • – Essência de baunilha (à gosto).

Modo de Fazer:

  • – Em primeiro lugar, lave bem todas as frutas que serão usadas na receita e corte tudo em pedaços menores;
  • – Em um liquidificador, adicione o morango cortado e também o pêssego cortado, de forma que eles fiquem bem distribuídos pelo copo do liquidificador;
  • – Após isso, adicione o iogurte desnatado e a essência de baunilha;
  • – Bata tudo no liquidificador até que a mistura fique bem homogênea e não sobre nenhum pedaço da fruta no copo do liquidificador;
  • – Caso queira um smoothie mais gelado, adicione gelo à mistura;
  • – Com o gelo, bata tudo novamente até que a mistura fique homogênea mais uma vez.

Pronto! Agora você tem a receita perfeita para fazer um smoothie extremamente proteico, pouco calórico e consequentemente muito benéfico para o seu corpo. Basta seguir o passo a passo que demos e com certeza ele vai ficar maravilhoso.

Partes do Pêssego

Partes do Pêssego
Partes do Pêssego

Algumas áreas da Biologia são perfeitas para que você tenha um conhecimento mais aprofundado sobre os alimentos e as partes que o compõem.

Isso porque mesmo que você não saiba, as frutas possuem diversas partes que as constituem e por isso é interessante que você as estude.

Quando falamos do pêssego, levamos em consideração algumas partes que o constituem. Existem duas categorias principais: as partes que constituem a semente e as partes que constituem todo o resto da fruta.

Nesse caso, vamos ver primeiro quais são as partes que constituem o pêssego como um todo quando não levamos o resto da fruta em consideração.

  • Exocarpo
    Exocarpo
    Exocarpo

O prefixo “exo” significa em português algo externo, algo que se encontra fora. Isso basicamente quer dizer que o exocarpo se encontra fora do resto do pêssego. E você sabe dizer qual é a parte do pêssego que se encontra fora dela? Isso mesmo, a casca!

O exocarpo do pêssego é a sua casca. E por isso podemos dizer que o exocarpo do pêssego possui um tom vermelho amarelado e textura aveludada, além de ele ser muito rico em nutrientes.

Portanto, o exocarpo é a parte responsável por proteger todo o resto da fruta, já que o exocarpo serve justamente para ficar em volta da fruta e proteger todo o resto.

  • Mesocarpo
    Mesocarpo
    Mesocarpo

Indo um pouco mais para dentro da fruta, temos o mesocarpo. O prefixo “meso” significa em português “meio” e, assim, provavelmente você já sabe onde o mesocarpo está localizado.

Basicamente, podemos dizer que o mesocarpo está localizado no meio da fruta e possui uma textura mais carnosa; ou seja, você pode perceber que o mesocarpo do pêssego é na verdade a sua polpa.

Portanto, o mesocarpo tem a função de criar a estrutura da fruta. Quando você consome a polpa do pêssego, na verdade está consumindo a parte conhecida como o mesocarpo.

  • Endocarpo
    Endocarpo
    Endocarpo

Indo ainda mais para dentro da fruta, podemos encontrar o endocarpo. O prefixo “endo” significa basicamente “dentro” e por isso você já sabe onde o endocarpo se localiza: na camada mais para dentro da fruta.

Porém, se engana quem pensa que o endocarpo é a semente. A verdade é que ele é a camada branca existente próxima à semente, e geralmente nós a consumimos (não há nenhum problema nisso).

Portanto, podemos dizer que o endocarpo tem a função de proteger a semente da fruta, de modo que ela consiga ficar íntegra até o momento de sua futura reprodução na natureza.

Logo, essas são as partes que constituem o pêssego, sempre com exceção da semente. Porém, podemos também citar algumas partes que constituem a semente, já que ela também possui essas divisões.

  • Endosperma
  • Embrião
  • Tegumento

Todas essas partes são muito essenciais para que a semente tenha tudo o que é necessário para produzir ainda mais frutos do que já produz, de modo que ela esteja com suas partes completas e possa fazer uma boa reprodução.

A semente é uma parte muito importante dessa fruta, e é exatamente por isso que nós temos o endocarpo cuidando da estrutura dela, garantindo que tudo fique na íntegra e não ocorram problemas principalmente com a reprodução da planta no futuro.

Portanto, lembre-se sempre das partes do pêssego a hora que você estiver comendo um. Assim, você conseguirá treinar sua memória e gravará muito mais rápido todas as partes que constituem essa fruta!

Quem diria que uma fruta como o pêssego poderia render um artigo com tantas informações assim? É claro que não comentamos tudo o que há para ser dito sobre a fruta, já que isso daria muito mais do que apenas esse artigo.

Porém, é interessante que você leia outros artigos sobre ela para que seu conhecimento seja ainda mais completo e você entenda bem como essa fruta funciona e quais são suas características principais.

Portanto, sempre procure na internet por textos de qualidade que te acrescentem ainda mais informações sobre o pêssego. Isso com certeza irá ajudar muito nos seus estudos a partir de agora!

Quer saber ainda mais informações sobre o pêssego e não sabe exatamente onde encontrar o artigo perfeito sobre esse assunto? Sem nenhum problema! Aqui sempre temos o texto certo para você. Por isso, leia também aqui em nosso site: Pêssego Marli – Calorias, Benefícios, Nome Científico e Fotos

Veja também

Lobélia-Azul

Tudo Sobre a Flor Lobélia-Azul: Características e Nome Cientifico

Hoje vamos falar sobre uma planta chamada Flor Lobélia Azul bem linda, então se você …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.