Home / Plantas / Qual a Matéria Prima do Algodão? Onde Ele é Produzido ?

Qual a Matéria Prima do Algodão? Onde Ele é Produzido ?

A matéria-prima do algodão é o próprio algodão, ou seja, a fibra produzida pelo algodoeiro. Tal fibra possui enorme aproveitamento comercial na produção de tecidos e produtos médicos/ cosméticos.

As fibras na verdade são os pelos que surgem na superfície das próprias sementes. Tais sementes também tem o seu devido valor comercial, uma vez que são aproveitadas para obtenção de um óleo comestível.

Muitas das espécies de algodoeiro são nativas das zonas tropicais de locais como a Ásia, África e Américas. Apesar da grande diversidade de espécies, apenas 4 delas são aproveitadas comercialmente em larga escala.

Em nível de produção mundial, acredita-se que 25 milhões de toneladas da fibra sejam produzidas todos os anos. No ano de 2018, países como a China, Índia e Estados Unidos lideraram esta listagem. O Brasil aparece em quarto lugar. Por aqui, o maior estado produtor é o Mato Grosso, respondendo por 65% da produção nacional.

Neste artigo, você conhecerá outras informações sobre a fibra de algodão e seu processo de produção.

Então venha conosco e boa leitura.

Algodão: Características e Vantagens na Indústria Têxtil

Após o processamento industrializado da fibra, o algodão é comercializado como um produto macio e confortável; com boa durabilidade, resistência ao uso, assim como resistente à lavagem e à ação de traças. Outras características envolvem a facilidade em ser lavado; a tendência em amarrotar e encolher; a facilidade com que pode ser queimado; bem como, a falta de resistência a produtos químicos.

Tecidos à base de algodão são os mais indicados para o clima tropical encontrado no Brasil, uma vez que, possuem maior capacidade de absorção da umidade. Desta forma, são capazes de absorver melhor a transpiração do corpo.

No entanto, a fibra de algodão é versátil, pois é capaz de produzir tanto tecidos para os dias mais quentes, quanto tecidos para os dias mais frios (quando associadas a outros materiais). O tecido gabardine, por exemplo, possui algodão em sua base e é ideal para dias com menor temperatura.

Alguns tecidos mais leves (neste caso, indicados para dias quentes), não inteiramente formados por algodão, também contam com a presença desta fibra em sua composição. Os exemplos incluem o cetim, crepe, cambraia e tricoline acetinado.

Matérias-Primas Utilizadas Pela Indústria Têxtil

A indústria têxtil (isto é, de fabricação dos tecidos) pode utilizar matérias-primas de origem animal (como é o caso da lã e seda), vegetal (como é o caso do algodão e linho); bem como de aplicação química- também conhecidas como fibras artificiais e sintéticas (como é o caso da viscose, do elastano e do acetato).

O elastano também pode ser conhecido pelo nome de lycra. Possui incrível resistência e grande recuperação pós-distensão. Frequentemente é misturado com outras fibras sintéticas.

A fibra natural de lã é obtida através da tosa de ovelhas, carneiros e cabras. Poucos sabem, mas também existem lãs consideradas frias, as quais são mais leves e propícias para o clima quente. Já a lã tradicional, é mais grossa, mais pesada e ideal para dias frios.

No caso da seda, esta fibra natural é obtida do casulo do bicho da seda. No caso da viscose, esta é uma fibra sintética que utiliza-se da celulose retirada do meio vegetal. A viscose possui certa semelhança ao algodão, além de um preço mais acessível do que o mesmo.

O linho também é uma fibra natural bastante semelhante ao algodão, mas que, no entanto, possui uma resistência (isto é, capacidade de voltar à forma original após uma deformação elástica) de certa forma reduzida. Tal como a viscose, o linho amassa com facilidade.

O poliéster é uma fibra sintética produzida a partir do petróleo, desta forma, é quase um plástico e não favorece a respiração da pele e nem a transpiração. Misturado a outras fibras, possui modelagem fácil e maior resistência.

Qual a Matéria Prima do Algodão? Onde Ele é Produzido? Conhecendo o Processo Pela Natureza

O algodão é ‘produzido’ pelo algodoeiro (gênero botânico Gossypium), vegetal que possui cerca de 40 espécies, embora apenas 4 sejam relevantes comercialmente.

O processo de produção desta fibra pela natureza começa após a abertura da flor, mais precisamente dos 21 aos 64 dias. A deposição ocorre de fora para dentro. Fatores externos como a temperatura e a luminosidade interferem nesta deposição.

Alguns dias antes da abertura dos frutos (maças) do algodoeiro. também ocorre deposição de celulose, embora em um ritmo mais lento. Tal fruto passa por um processo de desidratação gradual da casca, expande a sua massa de fibras e aumenta a sua pressão interna. Este processo provoca a sua abertura. Após aberto, recebe o nome de capulho ou pulhoca.

Durante a abertura do capulho, há uma perda brusca de água, resultando na contração das fibras sobre si.

Estrutura da Fibra

A porção mais externa da fibra é a cutícula. Seguindo em direção ao centro, há a parede primária.

A parede primária é formada por fibrilas microscópicas de celulose, as quais estão posicionadas de modo transversal em relação ao comprimento da fibra. O comprimento da fibra é determinado pela formação da parede primária. Além da celulose, esta parede também contém pectinas, açúcares e proteínas.

Abaixo da parede primária, está a parede secundária. Esta parede é formada por várias camadas de fibrilas de celulose, dispostas na forma de espirais. A parede secundária é responsável pela resistência e maturidade da fibra.

Estrutura da Fibra
Estrutura da Fibra

O canal central da fibra é chamado de lúmen. Geralmente, em fibras maduras, o lúmen encontra-se reduzido.

*

Depois de conhecer um pouco mais sobre o algodão enquanto matéria-prima da indústria têxtil, assim como conhecer um pouco o seu processo de formação na natureza; que tal dar uma visitada em outros artigos do site?

Somos um espaço especializado em ecologia, então por aqui há muito material nas áreas de botânica, zoologia, fenômenos da natureza e até dicas para o dia-a-dia.

Sinta-se à vontade para digitar um tema de sua escolha em nossa lupa de pesquisa no canto superior direito. Caso não encontre o tema desejado, você pode sugeri-lo abaixo em nossa caixa de comentários.

Saiba mais sobre Marketing Digital, com o link no Marketing Digital

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

FEBRATEX GROUP. Confira 8 tipos de matérias-primas utilizadas na indústria têxtil. Disponível em: <https://fcem.com.br/noticias/tipos-de-materias-primas-utilizadas-na-industria-textil/>;

G1 Mato Grosso- TV Centro América. Qualidade do algodão em MT é destaque em congresso nacional. Disponível em: <https://g1.globo.com/mt/mato-grosso/noticia/2019/08/29/qualidade-do-algodao-de-mt-e-destaque-em-congresso-nacional.ghtml>;

Wikipédia. Algodão. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Algod%C3%A3o>;

Veja também

Como se Faz Mastruz com Leite ?

A medicina natural está cada vez mais presente em nosso dia-a-dia. Neste cenário, nomes famosos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *