Home / Plantas / Melancia Forrageira: Características, Benefícios e Nome Científico

Melancia Forrageira: Características, Benefícios e Nome Científico

A melancia forrageira é uma variedade da fruta introduzida no Brasil durante o período colonial, resultante do cruzamento com outras variedades de melancia. Mesmo assim essa variedade ainda vem sendo alvo de estudos de melhoramento genético conduzidos pela Embrapa.

Essa variedade é de origem africana e possui uma adaptação incrível na Região Nordeste, visto que o seu bioma natural é a caatinga (ou as savanas). Em Pernambuco, especificamente, ela tem sido empregada como alimentação alternativa para rebanhos.

A melancia em si, é uma fruta típica de países tropicais ou subtropicais, com mais de 300 variedades, sendo que 50 destas são consideradas mais populares. A melancia forrageira apresenta algumas peculiaridades/ vantagens relacionadas às demais variedades da fruta.

Neste artigo, você conhecerá algumas importantes características da variedade.

Então venha conosco e boa leitura.

Melancia Origem Histórica Comum

Falando da melancia (de modo geral, sem descrição de nenhuma variedade), acredita-se que esta é originária da África, mais precisamente do deserto de Kalahari; apesar de que há registros de colheita da fruta remetendo ao Egito, no período de 5.000 anos atrás. Era uma antiga tradição egípcia colocar melancias nos túmulos dos reis para alimentá-los, digamos assim, na vida após a morte.

A partir do Egito, a melancia teria sido levada até outros países por meio do Mar Mediterrâneo, através de navios mercantes.

A melancia teria chegado na China no século X. Atualmente, o país é considerado o maior produtor e consumidor da fruta.

No século XIII, a fruta se propagou pela Europa, através dos mouros.

Nas Américas, a chegada da fruta deve-se aos escravos.

A grande popularidade da fruta deve-se ao seu sabor adocicado e grande aporte hídrico (aproximadamente 92% da fruta é água). Além da polpa, extremamente refrescante, a casca da fruta também pode ser aproveitada, como ocorre em alguns países da Ásia, nos quais é possível encontrar casca assada para venda. A semente, assim como a polpa, também carrega propriedades nutricionais e, no caso, pode ser consumida assada e triturada.

Melancia Conhecendo Algumas Variedades

As variedades de melancia costumam ser agrupadas em 5 categorias, são elas: a melancias com semente, as melancia sem semente, as melancias em tamanho mini (ou baby), as melancias amarelas e as melancias vermelhas.

Alguns exemplos de variedades de melancias são a Melancia Híbrida Conquista, a qual apresenta polpa crocante e formato oblongo; a Melancia Híbrida Combat, conhecida pelos seus frutos redondos e de boa textura; a Melancia Híbrida Red Quality; a Melancia Híbrida Crimson Sweet Super, conhecida pelo seu sabor adocicado marcante; e a Melancia Charleston Gray Super.

A maioria dessas variedades citadas acima é resistente à Antracnose e Fusariose.

Melancia Benefícios Nutricionais Encontrados na Maioria das Variedades

Antes de entrar no mérito dos benefícios oferecidos pela variedade forrageira, é importante saber que a maioria das variedades é excelente fonte de vitamina C, carotenoides (tais como o licopeno e o betacaroteno), vitamina B1, vitamina B2, vitamina B3, vitamina B6, ácido pantotênico, biotina, citrulina; assim como minerais a exemplo do Fósforo, Cálcio, Magnésio, Potássio e Cobre.

A citrulina encontrada na melancia, quando entra no nosso organismo, é convertida em argininia, atuando na parede dos rins e do vasos sanguíneos, relaxando-os e aliviando quadros hipertensivos.

A vitamina C, o licopeno e o betacaroteno também auxiliam a evitar a oxidação de lipídios da parede dos vasos sanguíneos, evitando, portanto, a formação de placas arterioscleróticas.

O Potássio da melancia auxilia na limpeza dos rins, e, na corrente sanguínea, evita a formação do ácido úrico, o qual, em condições patológicas, poderia se acumular nos rins (quadro clínico de cálculo renal) ou nas articulações (quadro clínico de gota).

O betacaroteno contido na melancia converte-se em vitamina A, sendo excelente para a saúde dos olhos.

Quando a citrulina é convertida em arginina, gera óxido nítrico durante o processo. Esse gás tem se mostrado eficaz no alívio de quadros de disfunção erétil, uma vez que relaxa a musculatura dos vasos sanguíneos, aumentando o aporte de sangue ao pênis.

Melancia Forrageira: Características, Benefícios e Nome Científico

Nome Científico

O nome científico da melancia forrageira é o mesmo adotado para as demais variedades da fruta, ou seja, Citrulus lanatus, no entanto, com o acréscimo “var, citróides”. Logo: Citrulus lanatus var. citróides.

Características

Esta variedade apresenta inúmeras peculiaridades em relação às características físicas e aos benefícios nutricionais. Esta fruta apresenta o formato oblongo, porém esta não é sua característica mais marcante, uma vez que tanto a casca quanto a polpa apresentam coloração branca ou bege.

A casca não é sensível a baques (tais como as outras variedades), mas é incrivelmente resistente.

A polpa não é naturalmente açucarada como ocorre com as variedades de tons vermelho, laranja e amarelo.

A polpa é de sabor amargo (ou sem sabor) e não indicada para consumo humano, uma vez que contém elevado teor de matéria seca. No entanto, é extremamente proteica e indicada para consumo animal (frequentemente de rebanhos).

Plantação de Melancia Forrageira
Plantação de Melancia Forrageira

Quando a melancia forrageira é propagada através de sementes, possui um ciclo de vida estimado em 120 dias.

Esta fruta tem se apresentado como um recurso potencial para regiões áridas e semi-áridas. Vem sendo amplamente utilizada pelos produtores rurais, especialmente os de base familiar.

Benefícios

Assim como as demais, esta variedade possui um elevado teor de água, auxiliando na hidratação do rebanho.

Apresenta um excelente valor proteico (o qual está estimado em mais de 12%) e uma grande taxa de digestibilidade (>60%).

Também há um excelente teor proteico nas sementes, as quais podem ser fritas e trituradas para alimentação de galinhas, por exemplo.

Uma das vantagens da melancia forrageira é que o fruto maduro se conserva por mais de um ano sem perder as suas propriedades nutricionais.

*

Agora que você já conhece importantes características sobre a melancia forrageira, continue conosco e visite também outros artigos o site.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

Canal do Horticultor. 5 variedades de melancia para a lavoura. Disponível em: < https://canaldohorticultor.com.br/5-variedades-de-melancia-para-a-lavoura/>;

Embrapa. Características qualitativas de frutos de melancia-forrageira em diferentes idades de colheita. Disponível em: < https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/186111/1/Caracteristicas-qualitativas….pdf>;

Embrapa. Melancia Forrageira, alternativa para alimentar rebanhos na seca. Disponível em: < https://www.embrapa.br/busca-de-solucoes-tecnologicas/-/produto-servico/632/melancia-forrageira-alternativa-para-alimentar-rebanhos-na-seca>;

Mundo Boa Forma. 9 Benefícios da Melancia- Para Que Serve e Propriedades. Disponível em: < https://www.mundoboaforma.com.br/9-beneficios-da-melancia-para-que-serve-e-propriedades/>;

Natureza Bela. Melancia- Citrullus lanatus. Disponível em: < http://www.naturezabela.com.br/2012/12/melancia-citrullus-lanatus.html>.

Veja também

Tabela De Ciclo Da Soja Precoce

A soja precoce, basicamente é uma variedade que desenvolve o ciclo entre o plantio e a colheita em um …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *