Home / Plantas / História da Sete Léguas, Significado, Origem da Planta e Fotos

História da Sete Léguas, Significado, Origem da Planta e Fotos

Esta planta tem a vantagem de crescimento rápido, através de hastes lenhosas, por isso é utilizada em pérgulas, paredes, beirais, pois cobre um grande espaço em pouco tempo. Pode atingir quatro metros de altura.

História da sete léguas, significado, origem da planta e fotos

Vulgarmente conhecida como sete légua, seu nome científico é podranea ricasoliana. É uma videira da família bignoniaceae. Sua origem é da África do Sul. É uma videira de caules lenhosos e voláteis, sem gavinhas. É vigoroso e cresce rapidamente. Hoje é cultivado mundialmente como planta ornamental no Mediterrâneo, nas Ilhas Canárias, na Madeira, no Caribe e no sul dos EUA, entre outras.

Possui folhas pinadas, com 5 a 9 (geralmente não excede 11) ovados lanceolados a folhetos elípticos amplamente oblongos, 2 a 7 x 1 a 3 cm ou um pouco maiores em brotações novas; são verde escuros, com margem um tanto irregular, base cunhada, geralmente um tanto assimétrica, e o ápice de curto a longo acumulado. Pecíolo com 0,8 a 1 cm de comprimento.

No Malawi, Moçambique e Zimbábue, outra espécie muito semelhante, podranea brycei; alguns botânicos os consideram não independentes, mas como espécies comuns. A sete léguas é endêmica em Port St Johns, na África do Sul. A planta é resistente a temperaturas de até -5° C.

As flores crescem em panículas terminais. São rosa com listras avermelhadas no centro. O cálice é largo em forma de sino, de cor clara, com 1,5 a 2 cm de comprimento, dividido pela metade com cinco dentes pontiagudos. A corola mede de 6 a 8 centímetros de comprimento e largura, com uma bainha de cinco fendas.

O tubo da coroa é rosa pálido a branco amarelado, com listras vermelho rosadas e manchas no interior e em forma de sino a partir do pé estreito. Existem dois estames longos e dois curtos no tubo da coroa. Os frutos são quase esféricos, com caixas de 25 a 35 centímetros de comprimento que se abrem quando maduros, com numerosas sementes aladas emergindo.

Condições de cultivo da sete léguas

É uma espécie muito ornamental, de crescimento rápido e vigoroso, ideal para jardins de baixa manutenção e cultivo muito fácil, pois quase não requer cuidados. Basta ter em mente que é sensível ao gelo. É usado para cobrir pérgulas, gazebos, paredes e para todos os tipos de estrutura (estacionamento aberto), onde pode ser apoiado ou guiado e sustentado (não é uma espécie que sobe por conta própria), é essencial fornecer algum apoio ou suporte.

Sob as condições certas. Esta videira decídua popular cobrirá áreas muito amplas. É leve e, na natureza, subirá para muito alto e cairá em cascata do lado de fora das árvores. Cultive no sol ou semi sombra. É pouco exigente em termos de solos. O ideal é que seja bem drenado, rico e um pouco fresco.

Cultivo da Sete Léguas
Cultivo da Sete Léguas

Regue regularmente, embora com mais moderação quando a temperatura ambiente estiver baixa. Embora cresça melhor com fertilizantes e água durante o verão, ficará muito vigoroso e difícil de controlar. Ele deve estar ligado a uma treliça, já que esta planta não se sustenta por si própria. Podar a cada 3 ou 4 anos após a floração, cortando o segundo nó dos ramos principais. Multiplicação por estacas, sementes e estratificação.

Um pouco sobre bignônias como a sete léguas

Bignônia é uma família de arbustos da família bignoniaceae composta por mais de 400 espécies diferentes. Comumente conhecido como trombeta, essa vegetação florida é distribuída em quase todos os lugares. Trepadeiras de crescimento rápido, com mancais robustos (arbustos) que podem atingir 10 metros de altura, desde que forneça um meio de sustentação. A maioria tem folhagem decídua.

Existem variedades de bignônia que são caracterizadas por folhas sempre verdes, no entanto, é comum cair na estação seca. Sua folhagem é muito densa, cobrindo completamente a superfície. Existem espécies de bignônia com folhas simples e outras com folhas compostas. E as flores delas? Se existe uma particularidade realmente marcante, é a floração, geralmente no inverno.

Sim, isso mesmo, a bignônia, ao contrário da maioria das plantas, geralmente floresce na época mais fria do ano. Mas como você pode imaginar, isso dependerá da espécie que é. Se há algo claro quando você vê a bignônia é sua aparência espetacular e suas cores bonitas. Dependendo da variedade que você planta, você pode ter um jardim com flores rosa, vermelhas, laranja e até brancas.

Conhecendo outras bignônias resumidamente

Como pode imaginar, o gênero das bignônias é formado por um grande número de espécies. Atualmente, estima-se que existam cerca de 500 variedades diferentes. Em seguida, falaremos resumidamente sobre algumas consideradas populares além desta bignonea rosada de nosso artigo, ou sete léguas se preferir…

Campsis radicans: conhecida como bignonea vermelha entre outros nomes comuns, é uma das espécies mais cultivadas deste belo gênero. Destaca-se por seu crescimento, suas flores em forma de sino e sua capacidade de escalar. Pode ser desenvolvido até 10 metros de altura e, com a ajuda de seus tentáculos, pode ser empoleirado em praticamente qualquer estrutura.

Possui tronco grosso e raízes aéreas curtas. Folhas pinadas grandes. Suas flores são vermelhas, com cálice queimado, corola infundibuliforme e tubular e aparecem após os meses mais quentes. Esta espécie é uma planta rústica que também não precisa de muito cuidado para crescer adequadamente.

Bignonea capreolata: bignônia de escalada que transforma suas folhas em pequenos tentáculos, para que possa se enredar nas superfícies e subir, muito semelhante à bignônia vermelha. Sua folhagem é perene, embora possa cair devido às baixas temperaturas. Verde que fica mais vermelho quando o inverno chega. São folhas opostas.

Suas flores crescem em grupos de 1 a 5 nas axilas das folhas, medem aproximadamente 5 cm de comprimento e possuem 5 pétalas com limbo bilabiado. Eles têm uma tonalidade laranja-avermelhada que encherá seu jardim de cores. Se você o colocar em uma área muito iluminada, a floração será muito mais espetacular. Caso contrário, ele florescerá pior.

Bignonea Capreolata
Bignonea Capreolata

Se desejar saber mais sobre essa planta de nosso artigo ou outras do gênero e família, recomendamos mais esses temas pra seu deleite:

Esperamos que tenha uma boa leitura e bom proveito!

Veja também

Jasmim Real

Tudo Sobre A Flor De Jasmim: Características, Nome Científico E Fotos

Seja você um admirador de jardinagem com traços profissionais, ou um simples apaixonado pelas belas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *