Home / Plantas / Como o Trigo Chegou ao Brasil?

Como o Trigo Chegou ao Brasil?

Estando presente a mais de 10 mil anos na humanidade, o trigo é um dos alimentos mais consumidos e usados no mundo todo.  Você imagina uma vida sem o trigo? Pois é, nós também não.

Hoje, ele se mostra um dos alimentos mais indispensáveis na culinária, tanto brasileira quanto mundial. Afinal de contas, o que seria de nós sem aquele bolinho de chuva com café com leite?

Ou, como estaríamos sem um bolo de fubá, ou de cenoura com cobertura de chocolate? Pois é, todas estas duas receitas tradicionais necessitam de um pouco de trigo em sua mistura. É dele que vamos falar hoje.

Mas, não vamos falar aqui sobre o seu uso nas receitas, e sim como ele chegou ao nosso querido país. Você sabe como este alimento embarcou em nossas mesas e nunca mais saiu? Se não, prossiga com a leitura deste artigo. Tenho certeza que o seu conhecimento só vai aumentar! Boa leitura!

História do trigo

Como foi dito no começo do texto, o trigo está presente na história da humanidade a mais de 10 mil anos. Quando o homem começou a plantar, lá estava o trigo no meio dos cereais que alimentavam multidões. Quando o homem começou a alimentar os pastos, lá estava o trigo: Ou servindo como alimento também, ou sendo misturado com outros alimentos para ajudar na nutrição.

O cultivo deste cereal possui os seus primeiros relatos na Mesopotâmia. Lá, numa região chamada de Crescente Fértil, se teve os primeiros relatos do plantio do trigo. Hoje, está situada numa área que vai do Egito até o Iraque.

Cultivo de Trigo no Egito
Cultivo de Trigo no Egito

Todos esses grãos, produzidos por produtores rurais, eram consumidos em uma espécie de papa — assim como são os mingais dados para as crianças. Eles eram misturados com frutas da época e peixes. Hoje, pode ser que essa mistura não seja agradável para o nosso paladar, mas, há muito tempo atrás, isso era considerado um luxo e uma delícia para quem saboreava.

A invenção do pão, não o que consumimos hoje, mas uma massa de trigo foi atribuída aos egípcios. Muitos dizem que, por volta de 4 mil anos a.C., o processo de fermentação foi descoberto e amplamente difundido.

Eles eram mais do que alimentos para os egípcios: Os biscoitos, pães e todo o tipo de massa eram moldados, às vezes, em formatos de animais e humanos para serem oferecidos aos deuses. Além disso, esses mesmos pães eram utilizados em rituais. Somente alguns séculos mais tarde que essa massa feita de trigo ganhou popularidade e começou a ser usada não só como oferenda aos deuses, mas como alimento.

Hoje, o pão — junto ao vinho — representa o símbolo do cristianismo. O pão ázimo, na páscoa judaica, é presença indispensável.

Ele É Importante?

Só para se ter uma ideia do quão importante o trigo é, ele atravessa a história da escrita! A história conta que a escrita foi inventada pelos sumérios. Eles desejavam uma forma de fazem a contabilização dos trigos, pois, na época, ele era excedente. Assim, por meio do controle de comércio, a escrita foi inventada.

Da Mesopotâmia, este alimento se espalhou para o mundo inteiro. Os chineses já utilizavam este cereal a mais de 2 mil anos antes de Cristo. Com eles, as farinhas, com e sem mistura, os pães, macarrões, pasteis e qualquer outro tipo de massa que vier à sua cabeça foi inventada por lá.

A história conta que, no século XIII, Marco Polo foi o responsável por levar o macarrão para Itália. O que ele queria era fazer com que o trigo fosse mais difundido em seu país, porém, acabou levando para a Itália uma de suas maiores referências culinária.

Produtos Derivados do Trigo
Produtos Derivados do Trigo

Na Europa, o cultivo deste cereal se espalhou rapidamente. Tanto que as regiões mais frias, como a Polônia e a Rússia, se tornaram grandes produtores. Eles souberam como manejar o trigo, mesmo em meio à temperatura gélidas e, com isso, lucraram muito com a exportação.

Foi nas mãos dos Europeus que, hoje, nós temos o trigo em território brasileiro. Aliás, eles foram os responsáveis por trazer o cereal para toda a América do Sul.

O Trigo No Brasil

Aqui no país, ele desembarcou em 1534. O responsável por esta maravilhosa obra foi Martim Afonso de Souza. A nossa descoberta era muito recente e, como os portugueses não sabiam quais eram as abundâncias do Brasil, trouxeram o trigo para ver se era uma boa opção começar o seu cultivo.

O clima quente dificultou. O Brasil, um país tropical, fez com que o seu plantio não desse muito certo. Como não existia nenhum maquinário para auxiliar, as plantações de trigo que foram feitas em terras brasileiras passaram por dificuldades até encontrarem o ponto certo.

A farinha de mandioca não agradou em nada os portugueses que estavam em nossas terras. Tanto que realizaram uma petição pública a Portugal para que os pães que comessem fossem feitos apenas do cereal importado.

O que auxiliou na produção de trigo no Brasil foi o clima ameno encontrado no Rio Grande do Sul. Mas, só no século XVIII, quase 300 anos depois, que o plantio do trigo no Brasil começou a dar certo. Infelizmente, no século XIX, a ferrugem dizimou os campos de trigo. Com isso, a esperança de que o país seria um, grande produtor de trigo havia praticamente acabado.

Últimos 100 Anos

O recomeço apareceu nos anos 1920, quando vários homens se dedicaram com empenho à retomada do plantio de trigo no país. Assim, a partida da década de 40, o trigo se tornou uma potência em expansão no Rio Grande do Sul e no Paraná e, hoje, este último estado se transformou no maior produtor de trigo do Brasil.

Hoje em dia, o país é um dos grandes exportadores de trigo para o mundo. Mesmo não tendo um clima tão adequado, o país se comporta bem na região Sul. Lá, produzem cerca de 6 milhões de toneladas por ano, fazendo com que mais de 60% dessa produção seja exportada para fora, atendendo o consumo mundial.

O trigo demorou muito para se estabelecer no país, mas, graças ao empenho de bravos homens, hoje temos uma produção tão grande que até faz exportação para países!

O que achou sobre tudo isso? Conte para nós logo abaixo, nos comentários!

Veja também

Como Fazer Champignon Em Conserva?

O champignon, por mais que não pareça, é um cogumelo da família dos cogumelos comestíveis. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *