Home / Plantas / Como Cuidar da Flor Narciso, Fazer Mudas e Podar

Como Cuidar da Flor Narciso, Fazer Mudas e Podar

O narciso é uma flor do gênero Narcissus, da família Amaryllidaceae, que possui inúmeras subespécies, mas oficialmente são dividas em 50 espécies, onde atualmente existe um número muito maior de variedades devido ao cultivo híbrido e também aos cultivares ornamentais que, inclusive, possuem cores não existentes nas variedades selvagens, que variam somente entre o amarelo e o branco.

O narciso é uma flor que pesquisadores consideram ter origem europeia, mais especificamente na Península Ibérica, onde eram amplamente comercializadas, mas a origem oficial nunca fora descoberta, mas muitos pesquisadores acreditam, também, que ela seja de origem grega, já que seu nome “narcissus” tem a ver com a palavra grega “narcotic”, assim como tem relação com o mito de Narciso, cuja história fala sobre um homem que se apaixonou pelo reflexo da sua própria beleza refletida em um rio.

Inclusive, a espécie mais comum de flor de narciso que existe é a flor de narciso amarela Narcissus pseudonarcissus, que é um tipo de flor que quando floresce, possui uma envergadura que demonstra estar inclinada, e muitas pessoas acreditam que Narciso (do mito), ficou tanto tempo admirando sua beleza, naquela posição inclinada para observar seu reflexo no rio, que acabou virando essa exuberante flor.

Conheça mais sobre a história do mito sobre o Narciso nesse link:

Características da Flor Narciso

Para poder cultivar e manter uma planta como o narciso, é necessário entender mais sobre ela, pois quanto mais informação se sabe sobre uma planta, mais fácil fica de poder cultivá-la.

Atualmente, o narciso é um tipo de planta que cresce de maneira mais ampla nas florestas da Europa e do Norte da África, assim como na Península Ibérica, onde fora inserida no século XVI.

O narciso é uma planta que cresce até cerca de 60 centímetros de altura e dá apenas uma flor, que na maioria das espécies possui formato de bulbo.

Apesar da flor do narciso ser extremamente atraente e bela, podendo enfeitar jardins e ornamentar muitos locais em vasos e canteiros, a flor do narciso é uma flor tóxica, cujo veneno pode acarretar sérios problemas se tiver suas sementes ingeridas.

O narciso é uma flor que chama muito atenção de insetos e pássaros, que são seus principais polinizadores, já que a mesma exala um cheiro extremamente adocicado, mas isso também faz com que muitos insetos como borboletas e mariposas sejam atraídas pela mesma, e isso faz com que muitos ovos e larvas sejam depositadas nessas flores.

Como Fazer Mudas e Podar o Narciso

Os primeiros cultivos de Narciso foram feitos na Europa, mas no século 16 elas foram introduzidas nos Países Baixos, que passaram a cultuar a planta de forma ímpar, usando-as para enfeitar bosques, jardins e para fazer guirlandas e bouquets, tornando-se uma planta com extrema referência em tais locais como Amsterdã e Roterdã.

Atualmente o narciso é cultivado em diversos Países pelo globo terrestre inteiro, inclusive a Islândia, Austrália e Argentina. No Brasil, o cultivo do narciso é muito apreciado, e pessoas adoram plantar o narciso em seus jardins, mas principalmente em vasos, já que seu manuseio é bem simples.

O bulbo e as raízes do narciso são pequenos e podem ser transportados facilmente de um vaso menor para um vaso maior, e tais vasos podem ornamentar tanto apartamentos quanto recepções e locais de trabalho, assim como as peças de dentro de casa, já que além da beleza incomparável, o narciso possui uma fragrância de extremo agrado.

Flor Narciso no Jardim
Flor Narciso no Jardim

Em relação à poda do narciso, as indicações são somente para que haja remoção de pétalas e folhas enegrecidas ou com a presença de ataque de insetos e lagartas.

Peter Laurember, escritor, professor e reitor da Universidade de Rostock na Alemanha no século 17, disse: “Magna cura non indigent narcissi“, que significa “o mais fácil de cultivo é o Narciso”.

Toxinas e Cuidados Com o Cultivo do Narciso

O narciso é um tipo de planta que produz diversos tipos de alcaloides, (principalmente a licorina, que está presente nas folhas, mas principalmente nas sementes) que são componentes orgânicos naturalmente produzidos por algumas espécies de plantas. Esses componentes auxiliam na proteção da planta, mas podem ser tóxicos se forem ingeridos.

O uso desses alcaloides passou a ser de extrema importância para a medicina, pois é através deles que muitos pesquisadores conseguiram produzir doses altas de galantamina, que é amplamente usada no tratamento contra o mal de Alzheimer.

A ingestão de sementes, folhas e bulbos podem acarretar em vários sintomas, e se houver a ingestão em um nível elevado dessas substância, o risco de morte é iminente.

Os efeitos da ingestão de alcaloides presentes do narciso vão de enjoos, vômitos, náuseas e dores abdominais até a dificuldades respiratórias, espasmos musculares, tremor, convulsões e paralisia.

Para se ter ideia, o plantio do Narciso não é indicado junto de outras plantas, pois a mesma pode se demonstrar tóxica e assim fazer com que outras plantas não consigam se desenvolver.

Essas propriedades tóxicas presentes tanto nas folhas quanto nos bulbos do narciso é uma forma de proteção natural da planta contra o ataque de insetos e animais herbívoros.

Informações Adicionais e Curiosidades Sobre o Narciso

Apesar das propriedades tóxicas presentes na planta Narciso, ela ainda é amplamente utilizada na medicina, e fala-se sobre seus usos desde os tempos de civilizações ancestrais.

Hipócrates (460-370 A.C) já falava sobre os usos do Narciso para o combate contra tumores no útero e hoje em dia propriedades do Narciso são aplicados em remédios que combatem a endrometriose, por exemplo, assim como em estudos mais recentes apontaram que os bulbos do Narcissus poeticus contém altas doses de narciclasina, componente presente no combate ao câncer através da quimioterapia.

Além disso, o uso dos alcaloides presentes no Narciso também demonstram propriedades antivirais, antibacterianas e antifúngicas.

Narciso Versalles no Vaso
Narciso Versalles no Vaso

No entanto, apesar de todos os usos farmacêuticos e biológicos, atualmente, o narciso é muito mais comercializado como uma planta de ornamentação, além de que seu uso também é muito utilizado na confecção de fragrâncias de perfumes e óleos essenciais.

Atualmente, o local onde mais existe cultivo de narcisos do mundo, fica nos Países baixos, onde existem produções em massa dessas plantas, onde de quase 17 mil hectares de plantas variadas, quase 2 mil hectares são exclusivamente para os narcisos.

Veja também

Jasmim Real

Tudo Sobre A Flor De Jasmim: Características, Nome Científico E Fotos

Seja você um admirador de jardinagem com traços profissionais, ou um simples apaixonado pelas belas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *