Home / Plantas / Cebola Chalota ou Cebola Vermelha: Características e Fotos

Cebola Chalota ou Cebola Vermelha: Características e Fotos

A chalota ou cebola vermelha é uma hortaliça bulbosa muito semelhante à cebola tradicional (nome científico Allium cepa), mas que se enquadra em outra nomenclatura binomial de espécie, a Allium oschaninii ou Allium ascalonicum.

O seu sabor é semelhante ao sabor da cebola, porém mais delicado, razão pela qual é empregada no preparo de pratos e molhos mais refinados, a exemplo do que ocorre nas culinárias da Persa, França e Sudeste Asiático (zona que envolve os países de Singapura, Brunei, Malásia, Indonésia, Tailândia e Sul da Índia).

A chalota é originária da Ásia Central, e seu nome original “échalote” foi atribuído em cidade do distrito sul de Israel chamada Ascalão, de onde foi levada para a França durante o primeiro movimento da Cruzada.

Neste artigo, você conhecerá importantes características da cebola chalota ou vermelha, com fotos ilustrativas para facilitar a aprendizagem.

Então venha conosco e boa leitura.

Cebola Chalota ou Cebola Vermelha: Classificação Taxonômica

A classificação botânica destas “cebolas” obedece à seguinte ordem

Reino: Plantae

Divisão: Magnoliophyta

Classe: Liliopsida

Ordem: Asparagales

Família: Alliaceae

Gênero: Allium (o mesmo gênero da cebola tradicional)

Cebola Chalota ou Cebola Vermelha: Características e Fotos

A chalota possui formato oblongado e coloração que varia entre o avermelhado e o castanho-avermelhado. Em relação às dimensões, o diâmetro é de 1,5 centímetros, tornando este bulbo muito semelhante à miniaturas de cebolas.

Possui caule verde com folhas longas e cilíndricas (em média, uma folha a cada bulbo). As flores são de cor roxa.

As folhas verdes que estão ligadas à chalota, e que frequentemente se dispõem acima do solo, são conhecidas como cebolinhas e são amplamente empregadas no preparo de saladas, principalmente com tomate e pepino.

Existem duas espécies de cebolas chalotas:

  • A Allium oschaninii, conhecida como a espécie de coloração cinza e…
  • A Allium ascalonicum, conhecida como a espécie de coloração rosa; a qual também pode ser chamada de “echatola de Jersey”.

Cebola Chalota ou Vermelha: Como Plantar

Solos secos ou pesados com excesso de matéria orgânica ou água não são favoráveis ao desenvolvimento das chalotas. O ideal é cultivá-las em solos regados, porém bem drenados e com pH compreendido entre 6 a 6,8, com quantidade suficiente de matéria orgânica, mas que não exceda os níveis químicos de Nitrogênio (ao contrário do que ocorre com solos cuja adubação foi recente).

Da mesma forma como ocorre com o alho poró, é importante que manter altos níveis de Fósforo e Potássio, o que pode ser possível com a utilização de fertilizantes orgânicos ou cobertura de raízes de plantas, palha ou estrume.

O plantio é realizado através de sementes ou bulbos, os quais devem ser colocados em média a 1 centímetro abaixo do solo, e ficar espaçados a uma distância de 10 a 15 centímetros.

As raízes das chalotas são delicadas e demandam regas frequentes e regulares. Da mesma forma, é importante verificar se não há ervas daninhas no espaço entre uma chalota e outra, visto que isto pode prejudicar o pleno desenvolvimento do vegetal.

O tempo de colheita depende do clima do local de cultivo, no entanto, em geral, é realizado nos meses de Junho e Julho. As folhas da chalota fornecem um bom indicativo de quando essa hortaliça está pronta para ser colhida, visto que adquirem uma coloração amarelada quando chega este momento.

É importante ter cuidado para não amarrar ou puxar as folhas, tentando arrancá-las da terra. O ideal é utilizar uma pequena pá ou garfo, retirando a chalota da terra, sem danificar as suas folhas.

Após a retirada, essa chalota deve ser colocada para secar durante algumas semanas, não excedendo o período máximo de um mês. Depois desse processo, ela pode ser armazenada em sacos de rede e guardada em local seco e fresco (de preferência que não seja abafado).

Cebola Chalota ou Cebola Vermelha: Conhecendo os Benefícios Para a Saúde

Cebolas Chalotas Em Cima de Uma Mesa de Madeira
Cebolas Chalotas Em Cima de Uma Mesa de Madeira

As chalotas são excelente fonte de antioxidantes, protegendo as células da ação dos radicais livres, o que implica na prevenção do envelhecimento precoce.

Também possuem concentração significativa de minerais, a exemplo do Potássio, Cobre e Ferro. Esses dois últimos aumentam a circulação sanguínea, implicando em uma maior oxigenação das células, fator que contribui no bem-estar geral do organismo.

As chalotas também equilibram os níveis de colesterol no organismo, ponto positivo para a saúde cardíaca. Pela capacidade de regular também os níveis de glicose no sangue, esses vegetais podem auxiliar a controlar a diabetes.

As vitaminas e sais minerais são grandes aliados na redução dos níveis de estresse, e manutenção dos hormônios em níveis adequados para a saúde. O ácido fólico é um grande aliado na regulação das reações hormonais do cérebro.

Bônus: Receita Com Chalota

Para você, caro leitor, aqui segue uma receita de risoto de gorgonzola com chalota.

Anote os ingredientes:

  • 1 chalota;
  • 400 gramas de arroz;
  • 100 gramas de queijo parmesão;
  • 100 gramas de queijo gorgonzola;
  • 1 xícara (sopa) de vinho branco seco;
  • 1 colher (sopa) creme de leite ou manteiga;
  • Azeite para refogar.

O modo de preparo é simples. Basta fatiar a chalota e refogá-la em um fio de azeite. Acrescentar o arroz e esperar (sempre mexendo) por 5 minutos até acrescentar o vinho. Após isso, é hora de esperar o vinho evaporar, adicionar o caldo de legumes e aguardar até que o arroz fica ao ponto de “al dente” (ou seja, nem macio, nem rígido). Adicionar o gorgonzola, o parmesão, a manteiga ou o creme de leite; e voilá. Agora é só servir.

Obs: Para essa receita pode ser utilizado o arroz do tipo arbóreo ou carnaroli, visto que possuem um tempo de cozimento menor e são ideais para pratos como esse.

*

Agora que você já conhece importantes características sobre a cebola chalota ou vermelha, continue conosco e visite também outros artigos do site. Aqui há muito material sobre os reinos animal e vegetal.

Até as próximas leituras.

 

REFERÊNCIAS

PINFILDI, F. Figos & Funghis. Chatolas, o que são elas afinal? Disponível em: < http://figosefunghis.com.br/2010/05/chalotas-o-que-sao-elas-afinal.html>;

O Meu Jardim. Como plantar chalotas no jardim. Disponível em: < https://omeujardim.com/artigos/como-plantar-chalotas-jardim>;

Tudo Gostoso. Chalotas: o que são e os benefícios para a saúde. Disponível em: < https://blog.tudogostoso.com.br/noticias/chalotas-o-que-sao-e-os-beneficios-para-saude/>;

Wikipédia. Chalota. Disponível em: < https://pt.wikipedia.org/wiki/Chalota>.

Veja também

Arroz Branco na Tigela

Arroz Branco Tem Açúcar? Quais os Seus Nutrientes?

O arroz é um grão rico em amido usado como ingrediente básico por mais da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *