Home / Plantas / Ameixa Reubennel: Benefícios, Calorias, Características e Fotos

Ameixa Reubennel: Benefícios, Calorias, Características e Fotos

A ameixa é uma fruta pertencente à família botânica das Rosaceas. Possui cerca de 100 variedades, cujas cores principais estão compreendidas nas tonalidades roxa, amarela e vermelha.

Em nível comercial, a ameixa seca é bastante famosa, sendo empregada no preparo de caldas, sorvetes, mousses, bolos e tortas, assim como em pratos salgados.

A amaeixa deve ser consumida enquanto está com cor viva e aparência fresca, ou seja, sem partes machucadas, manchadas ou simplesmente moles. Uma sugestão para que a mesma se conserve durante vários dias é guarda-la sem lavar dentro de um saco plástico na gaveta da geladeira. Para otimizar a conservação, recomenda-se lavá-la apenas no momento do uso. O período médio de conservação na geladeira é de 3 a 5 dias.

Na América Latina, os principais países produtores são a Argentina e Chile. Aqui no Brasil, os estados que se destacam no ramo são o Rio Grande do Sul, Paraná, santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Uma das variedades de ameixa mais conhecidas e plantadas no Brasil é a ameixa Reubennel, também conhecida como Rubimel. Conforme o próprio nome indica, esta variedade possui casca em tom rubi e polpa em tom mel.

Neste artigo, você conhecerá um pouco mais sobre a variedade Reubennel, suas características e benefícios nutricionais.

Então venha conosco e boa leitura.

Ameixa Reubennel: Classificação Botânica

A classificação científica para a ameixa Reubennel obedece à seguinte estruturação:

Reino: Plantae;

Clado: Angiospérmicas/ Eucotiledóneas/ Rosídeas;

Ordem: Rosales;

Ameixa Reubennel Característica

Família: Rosaceae;

Gênero: Prunus;

Espécie: Prunus salicina.

Ameixa Reubennel: Benefícios, Calorias, Características e Fotos

Esta variedade possui a ‘epiderme’ em tom amarelo-esverdeado, com de 10 a 20% de coloração vermelha; no entanto, em termos gerais, a casca é considerada de cor vermelha.

Em relação à polpa, esta é de cor amarela e consistência firme. O sabor é doce e levemente ácido.

A árvore, de modo geral, é de porte médio, medindo, em média, 8 metros de altura. É uma planta caducifólia ou decídua, ou seja, que derruba todas as suas folhas em determinado período do ano. É uma variedade japonesa  com boa resistência a doenças.

Possui uma concentração média de 46 Kcal em cada 100 gramas.

Entre os seus benefícios, estão inclusos o poder laxativo incrível, em decorrência da presença de fibras; o efeito terapêutico em quadros de reumatismo, artrite, gota, nefrite e hemorroidas; assim como o efeito diurético e depurativo.

O teor de Fósforo presente na ameixa também torna a fruta indicada para casos de fraqueza geral e debilidade cerebral (sendo inclusive indicada para quadros de perda de memória ou memória ruim). A ameixa seca (por ser extremamente calórica) é altamente indicada para pessoas que desenvolvem trabalhos musculares.

As cores da ameixa influenciam na concentração de determinados fatores nutricionais. As ameixas de cor preta, por exemplo, são muito aquosas e podem ser empregadas no tratamento de infecções urinárias; enquanto que as variedades de ameixa de cor vermelha são ricas em polivitamina- A; já no caso das variedades de ameixa de polpa amarela (como é o caso da ameixa Reubennel), estas são mais doces e energéticas, além de contarem com uma maior concentração proteica.  

Ameixas em cor preta, roxa e vermelha possuem elevada concentração de ferro, logo podem ser adicionadas à dieta contra anemia ferropiva.

Mesmo em meio aos inúmeros benefícios da fruta, esta não deve ser consumida em excesso, sob risco de intoxicação com uma substância chamada amigdalina.

Ameixa Reubennel: Considerações Sobre o Plantio

Esta variedade em especial, é adaptada para áreas mais quentes. Caso o manejo seja adequado, ela pode ser cultivada até mesmo em vasos.

É importante plantá-la a pleno sol, em solos férteis e úmidos, no entanto, bem drenados.

O período produtivo ocorre entre os meses de Setembro a Dezembro. Essa produção já se inicia no primeiro ano após o plantio de mudas enxertadas, embora algumas literaturas mencionem o prazo de dois anos. O pico produtivo ocorre entre seis a oito anos.

De modo a obter frutos de melhor qualidade, é importante realizar uma poda anual. A recomendação é que esta poda seja realizada entre o final de Julho e início de Agosto (ou seja, no período de inverno dos estados produtores). A recomendação é que, quando a planta estiver cheia de frutos pequenos, remover metade dos frutos.

O plantio conjunto com outras variedades, tais como Pluma 7 e amarelinha, otimiza ainda mais a produção dos frutos.

Conhecendo Outras Variedades de Ameixa

A variedade amarelinha cor predominantemente amarela na casca, com disposição de algumas manchas vermelhas. No caso da sua polpa, esta é inteiramente amarela. O período de amadurecimento ocorre na segunda semana de Janeiro.

Ameixa Amarelinha

A ameixa Stanley apresenta a peculiaridade de uma casca azulada, com revestimento de uma fina camada de cera (chamada pruína). Sua polpa, no entanto, é de cor amarelo-esverdeado, com consistência firme e, de certa forma, massuda. Esta fruta se desenvolve em frio hibernal, e pertence ao grupo das ameixas europeias. O período de maturação é na segunda quinzena de Fevereiro.

A ameixa D’Agen também possui a casca com revestimento de pruína. Essa casca possui coloração roxo-clara, enquanto que a polpa é de cor amarela. Também pertence às variedades de ameixas europeias.

Ameixa D’Agen

A ameixa Santa Rosa apresenta casca vermelha, e polpa amarela e aromática. Características como casca vermelha e polpa amarela também são encontradas na ameixa Letícia e na ameixa Wade, no entanto, nesta última a polpa possui tom amarelo-avermelhado.

Ameixa Santa Rosa

No caso da ameixa Pluma 7, tanto a polpa quanto a casca são vermelhas. Contudo, na polpa, o tom é um pouco mais concentrado. Esta planta amadurece no início de Janeiro. Possui como desvantagem o fato de ser altamente suscetível à bacteriose.

Ameixa Pluma 7

A ameixa América é uma das mais conhecidas, com casca de cor vermelha com fundo amarelado. Essa casca produz uma película de fácil remoção. Polpa aromática, de sabor doce e cor amarela.

Agora que você já conhece importantes informações sobre a ameixa Reubenel, o convite é para que continue conosco e visite também outros artigos do site.

Aqui há muito material de qualidade nos campos da botânica, zoologia e ecologia de um modo geral.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

Ageitec- Agência Embrapa de Informação Tecnológica. Árvore do conhecimento Ameixa- Cultivares. Disponível em: < https://www.agencia.cnptia.embrapa.br/gestor/ameixa/arvore/CONT000gix2jq9502wx5ok05vadr1w771iuh.html>;

Mondini Plantas. Muda de Ameixa Reubennel. Disponível em: < https://loja.mondiniplantas.com.br/produto/muda-de-ameixa-reubennel>;

Portal São Francisco. Ameixa. Disponível em: < https://www.portalsaofrancisco.com.br/alimentos/ameixa>;

Safari Garden Plantas Exóticas. Muda de Ameixa Rubimel- Enxertada. Disponível em: < https://www.safarigarden.com.br/muda-de-ameixa-rubimel-enxertada>;

Viveiro Ciprest- Plantas Nativas e Exóticas. Ameixa Reubennel ou Rubimel- RNC 02002. Disponível em: < http://ciprest.blogspot.com/2016/11/ameixa-reubennel-ou-rubimel-prunus.html>.  

 

 

 

Veja também

Como Usar a Canela Para Emagrecer?

A canela, assim como o cravo, noz-moscada, gengibre, açafrão, pimenta-do-reino, cúrcuma e outros, é considerada …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *