Home / Natureza / O Que é o Manto da Terra? Qual a Sua Função?

O Que é o Manto da Terra? Qual a Sua Função?

O Planeta Terra é formado por 3 camadas definidas: o Núcleo, o Manto e a Crosta.

O Núcleo é, basicamente, o centro do Planeta Terra, e esse Núcleo é protegido por uma camada menor que é chamada de Núcleo Exterior, que então é envolto pelo Manto Terrestre, que é a maior camada entre todas as outras, chegando até a Crosta Terrestre, ou seja, o Manto Terrestre é a camada intermediária entre o Núcleo e a Superfície do Planeta Terra, que é a parte superior (ou última camada) da Litosfera.

Quando se fala em uma camada intermediária, é importante ressaltar que é através desse intermédio que a vida no Planeta Terra é possível, pois é o Manto Terrestre que equilibra as condições advindas do Núcleo para que a superfície seja habitável, apesar de que, vez ou outra, o Manto se movimenta e acaba ocasionando alguns desastres naturais na Superfície, tal como terremotos e tsunamis.

O fato do Manto da Terra se mover se dá devido às altas temperaturas em que se encontra, pois vale lembrar que a parte mais profunda do Manto está em contato direto com a camada do Núcleo Terrestre, ou seja, diferentemente da Superfície Terrestre, o Manto da Terra não se encontra em uma estado sólido, assim como a estratosfera, mas sim em um composto pastoso quando o mesmo está mais perto da superfície e em um composto mais liquefeito quando mais perto do Núcleo do Planeta.

Informações Importantes Sobre o Manto da Terra

Manto da Terra
Manto da Terra

O manto da Terra é a maior camada entre as três principais, tomando cerca de 85% do volume geral, e esse manto pode ser atingido entre cerca de 8-10 quilômetros de profundidade em regiões oceânicas, onde a Litosfera é mais baixa, e cerca de 30-40 quilômetros abaixo dos continentes, e estudos apontam que o Manto continua por cerca de 2.900 quilômetros até atingir a parte externa do Núcleo Terrestre.

Apesar dos avanços tecnológicos, o ser humano não consegue atravessar o manto, e todos os estudos conclusivos sobre essa camada se dá através de sondagens e análises realizadas através de equipamentos sismógrafos, que medem a movimentação com qual o manto se move, tanto no manto superior quando no manto inferior.

Outros produtos de análise com a qual o ser humano consegue estimar a temperatura e a composição dos elementos presentes no manto se dá através da coleta de dados feitos a partir do recolhimento de lavas expelidas tanto por vulcões terrestres quanto por vulcões submersos, assim como análises feitas sobre os gases produzidos por fossas vulcânicas a milhares de quilômetros dentro dos oceanos.

Atualmente não sabe-se descrever com precisão exata a temperatura do Núcleo da Terra, mas estimativas feitas através de análises sísmicas e raios-X indicam que a temperatura pode passar dos 6.000º, arrefecendo na sua parte externa. Estima-se, portanto, que o Manto da Terra inferior, ou seja, o Manto próximo ao Núcleo, tenha uma temperatura entre 2.000º e 3.000º.

Qual é a Função do Manto da Terra?

O Manto da Terra é uma camada intermediária onde a litosfera é a parte mais superior, tendo cerca de 100 quilômetros de espessura, e é a partir da litosfera que a vida no Planeta Terra existe, onde estão os continentes em que tudo habita. Esses continentes estão em cima de placas rígidas, chamadas de placas tectônicas.

Abaixo da litosfera existe a astenosfera, região do Manto em que não se demonstra ser rígida como a litosfera, mas sim onde a rocha passa a ficar em um estado pastoso, pois essa é uma área de transição de calor entre o núcleo e a litosfera. Essa região se estende abaixo da litosfera e segue para dentro da terra por cerca de 700 quilômetros, onde a rocha passa a existir em um estado líquido, menos espesso do que lava.

Camadas da Terra
Camadas da Terra

Pode-se concluir que o Núcleo é o Motor da Terra e que o Manto são as engrenagens que fazem o veículo andar, distribuindo a energia do motor de maneira moderada para os locais corretos, possibilitando que suas extremidades sejam habitáveis.

Qual é a Composição do Manto da Terra?

Como foi dito anteriormente, a composição do manto é baseada nos estudos das análises e material coletado de erupções vulcânicas, que expelem os elementos presentes abaixo da litosfera terrestre, mas ainda assim não existe uma comprovação 100% clara do que, de fato, compõe todo o manto terrestre, já que o ser humano analisa apenas uma pequena porcentagem do mesmo.

Atualmente, os estudos apontam que o manto terrestre é composto por 46% de óxido de silício, 38% de óxido de magnésio,  8% de óxido de ferro e por outros elementos que enquadram o termo Granada, que são grupos de minerais cristalinos compostos por dodecaedros e trapezoedros.

Acredita-se que o manto inferior (aquele mais próximo ao núcleo) seja composto por peridotite líquido, que ao se afastar mais do núcleo atua em conjunto com óxidos de silício e magnésio e quando mais distante do núcleo, vai formando-se o magma, que vive em estado pastoso devido as convecções de calor.

Movimentação do Manto da Terra

Já foi constatado mais acima que o manto da terra vive em constante movimento, principalmente na parte que representa o manto inferior, que está próximo ao núcleo, onde a rocha flui como água, e apesar do arrefecimento presente no manto superior, a rocha ainda se apresenta em estado líquido, porém, mais pastoso, assim como a lava que é expelida pelos vulcões.

Vulcões
Vulcões

Ainda se tratando de arrefecimento, vale lembrar que quanto mais longe do núcleo e mais perto da crosta, menos quente o manto se torna, a ponto de se solidificar e formar a nossa litosfera.

Porém, a litosfera ainda assim é divida em algumas placas, e essas placas estão em contato direto, porém, elas não são apenas uma, e por isso uma pode se movimentar diferentemente das outras, assim como uma pode se elevar mais que a outra, raspar na outra e até mesmo se distanciar da outra. Cada uma dessas placas se chamam de placas tectônicas.

Acontece que as ações de convecções de calor produzidas pelo manto da terra faz com que essas placas acabem se movimentando, e as movimentações tectônicas possuem uma alarmante escala que se representa através de terremotos e maremotos na superfície terrestre.

Veja também

Ácido Linoleico

Quais os Benefícios do Ácido Linoleico Para a Saúde?

Quando se fala em ácido linoleico, se fala em ômega-6, e provavelmente você já ouviu …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *