Home / Natureza / Como Fazer Um Torniquete? Passo a Passo Para Fazer

Como Fazer Um Torniquete? Passo a Passo Para Fazer

Ter uma certa noção de primeiros socorros é algo essencial na vida de qualquer pessoa, já que dessa maneira você pode até mesmo salvar vidas ou resolver uma situação que está muito complicada e ninguém sabe muito bem o que fazer.

Os primeiros socorros nada mais são do que algumas medidas que podem ser tomadas por pessoas antes da chegada de um atendimento médico especializado, principalmente quando esse atendimento tende a demorar muito e não há tempo a perder.

Entre os passos de primeiros socorros o torniquete é um dos mais famosos, já que ele é extremamente importante principalmente em situações de ferimentos expostos, por exemplo; e por isso deve ser feito da maneira correta para que a pessoa não fique mais ferida ainda com a má execução do torniquete.

Portanto, neste artigo falaremos de maneira específica e simplificada sobre o torniquete. Continue lendo o texto para entender exatamente como o torniquete deve ser feito passo a passo para que ele seja executado da maneira correta e sem complicações, facilitando muito os primeiros socorros.

Passo 1: Escolhendo a Ferramenta

A ferramenta utilizada para fazer o torniquete deve ser maleável para que assim seja possível apertar e também amarrar em volta do local da ferida de uma maneira mais prática. Nesse caso, alguns exemplos de ferramentas de improviso que podem ser utilizadas para fazer torniquetes: bandanas, cintos, alças de bolsa, camisas e até mesmo meias compridas.

É interessante também que, além de ser de um material com as características anteriores, a ferramenta possua mais ou menos 2cm de largura e 5cm de comprimento, já que dessa maneira você terá certeza de que ela dá a pressão necessária para o procedimento e também consegue diminuir o corte.

Pronto, agora que você já tem a ferramenta correta para fazer o torniquete, chegou a hora de começar o procedimento. Lembre-se de manter a calma, já que os primeiros socorros possuem grande importância e por isso devem ser feitos com cuidado.

Passo 2: Aplicando o Torniquete

Muitas pessoas não sabem exatamente onde o torniquete deve ser aplicado e por isso acabam fazendo errado, o que faz com que muitas vezes ele acabe não resolvendo o sangramento excessivo.

A verdade é que para estancar o sangue você deve justamente impedir que o fluxo de sangue continue para o local, e por isso o torniquete sempre deve ser feito entre o coração e o local em que a lesão está, já que assim ele estará impedindo o fluxo de sangue entre esses dois locais.

Fazer um Torniquete
Fazer um Torniquete

É importante notar que o torniquete não deve ser colocado em cima da lesão, mas sim mais ou menos com 10cm de distância, já que assim ele não machucará ainda mais e também fará com que o fluxo sanguíneo realmente pare.

Portanto, agora que o torniquete já está colocado, chegou a hora de fazer com que o fluxo de sangue realmente pare de ocorrer, e isso pode ser o momento mais difícil e também bem doloroso para a pessoa ferida, mas ao mesmo tempo extremamente necessário.

Passo 3: Apertando o Torniquete

Depois de colocar o torniquete, nem sempre ele fica tão apertado quanto o necessário por conta própria, principalmente porque estamos falando sobre tecidos e eles tendem a ceder com o passar do tempo.

Nesse caso, é possível que você precise amarrar um pedaço de madeira ou ferro com um nó no torniquete e girar, pois isso fará com que o tecido colocado fique ainda mais apertado ao torcer.

Ao fazer esse passo você estará garantindo que o torniquete seja ainda mais eficaz, e é justamente por isso que essa pode ser uma excelente escolha para quem está com dificuldades de apertar bem a amarração.

É importante tomar cuidado para que o pedaço de pau não acabe encostando no corte da vítima, já que isso pode machucar muito e ainda fará com que a pessoa fique suscetível a uma infecção, já que o machucado é justamente uma abertura corpórea que pode trazer problemas.

Apertando o Torniquete
Apertando o Torniquete

Portanto, esse terceiro passo finaliza a execução do torniquete. É importante que desde antes do torniquete começar alguém tenha ido pedir ajuda médica especializada, já que mais uma vez frisamos que esses são passos de primeiros socorros, e não um atendimento médico.

Quanto Tempo Deixar O Torniquete?

Esse é um ponto extremamente importante que deve ser tratado com muito cuidado, e por isso é importante que você preste muita atenção.

O torniquete pode ficar no corpo por até 2 horas, já que ele é justamente uma medida de primeiros socorros e teoricamente você não deve esperar mais do que isso para receber atendimento médico.

Após 2 horas a tendência é que o membro comece a necrosar, sendo que depois de 4 horas as chances de precisar amputar o local da lesão são muito altas, já que os tecidos se rompem e o membro perde a sua função.

Porém, uma forma de retardar esse rompimento do tecido é deixando o membro elevado e fazendo com que ele esfrie por meio de gelo ou água gelada, já que isso irá preservar o membro por um pouco mais de tempo.

Em casos de extrema urgência, deve-se lembrar que às vezes é necessário amputar o membro para conseguir salvar uma vida, e é exatamente por isso que o atendimento médico deve ser procurado o mais rápido possível para que não seja necessário chegar ao extremo.

Portanto, para muitas pessoas a execução do torniquete é considerada a parte mais importante, mas a verdade é que prestar atenção no tempo em que o torniquete está feito é ainda mais importante, porque isso pode impedir problemas futuros muito graves.

Logo, agora você já sabe qual é o passo a passo para fazer um torniquete e também já entendeu tudo o que há de mais importante sobre o tempo em que ele pode ficar no corpo, não é mesmo? Portanto, guarde essas dicas com você para situações de emergência, porque saber primeiros socorros é algo essencial na vida de qualquer pessoa!

Gostou do artigo e gostaria de ler mais coisas do tipo? Confira: Gengibre-Azul – Curiosidades e Fatos Interessantes Sobre a Planta

Veja também

Por Que Quando Bebo Fico Com Sono?

As bebidas alcoólicas podem ser utilizadas por vários motivos: para espantar a tristeza, afastar a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *