Home / Animais / Tubarão Duende: é Perigoso? Ele Ataca? Habitat, Tamanho e Fotos

Tubarão Duende: é Perigoso? Ele Ataca? Habitat, Tamanho e Fotos

Tubarão duende (nome científico Mitsukurina owstoni) é uma espécie de tubarão raramente vista, uma vez que habita águas profundas a 1.200 metros de profundidade. Contabilizando desde o ano de 1898, foram encontrados 36 tubarões duende.

Vive nas profundidades oceânicas do Oceano Índico (a oeste), do Oceano Pacífico (também a Oeste) e nas porções leste e oeste do oceano Atlântico.

Alguns pesquisadores acreditam que este seja um dos tubarões mais antigos. Em razão de suas características físicas incomuns, o animal é chamado com frequência de fóssil vivo. Essa denominação também deve-se á sua semelhança com o Scapanorhynchus (espécie de tubarão que teria existido a 65 milhões de anos atrás, no período Cretáceo). Contudo, nunca foi comprovado o parentesco entre as espécies.

Mesmo sendo um tubarão extremamente raro de ser encontrado, um de seus últimos registros foi realizado em nosso país, no estado do Rio de Grande do Sul, na data de 22 de Setembro de 2011. Este exemplar foi encontrado morto e doado ao Museu Oceanográfico da Universidade Federal do Rio Grande. Posteriormente, em Maio de 2014, um tubarão duende vivo foi encontrado no Golfo do México, sendo arrastado por uma rede de pesca a camarões. As fotos do ano de 2014, especificamente, correram pelo mundo causando um misto de medo e admiração.

Ao longo dos anos, alguns indivíduos capturados por pescadores japoneses foram apelidados de tengu-zame, fazendo alusão ao folclore oriental, já que tengu é um tipo de gnomo conhecido pelo seu grande nariz.

Mas afinal, o raríssimo tubarão duende é perigoso? Ele ataca?
Neste artigo, sua dúvida será respondida.

Mitsukurina Owstoni

Então venha conosco e boa leitura.

Tubarão Duende: Classificação Taxonômica

A classificação científica para o tubarão duende obedece à seguinte estruturação:
Reino: Animalia;
Filo: Chordata;
Classe: Chondrichthyes;
Subclasse: Elasmobranchii;

Ordem: Lamniformes;
Família: Mitsukurinidae;
Gênero: Mitsukurina;
Espécie: Mitsukurina owstoni.

A família Mitsukurinidae é uma linhagem originada a cerca de 125 milhões de anos atrás.

Tubarão Duende: Características Físicas e Fisiológicas

Essa espécie pode atingir o comprimento de até 5,4 metros. Em relação ao peso, este pode exceder 200 quilos. Deste peso, 25% pode ser referente ao seu fígado, característica também encontrada em outras espécies como o tubarão cobra.

O corpo é em formato semifusiforme. Suas barbatanas não são apontadas, mas sim baixas e arredondadas. Uma curiosidade é que as barbatanas anais e pélvicas costumam ser consideravelmente maiores do que as barbatanas dorsais.

As características da cauda incluem lobo superior mais longo do que o encontrado em outras espécies de tubarão e relativa ausência de lobo ventral. A cauda do tubarão duende é muito semelhante à cauda do tubarão debulhador.

A pele deste animal é semi-transparente, no entanto, é percebida com uma tonalidade rosa em decorrência da presença de vasos sanguíneos. No caso das barbatanas, estas apresentam uma coloração azulada.

Em relação à sua dentição, há dois formatos de dentes. Os posicionados na frente, são de aspecto longo e liso (para, de certa forma, aprisionar as vítimas); ao passo que os dentes traseiros, possuem anatomia adaptada à tarefa de esmagar seus alimentos. Os dentes dianteiros podem assemelhar-se a pequenas agulhas, uma vez que são extremamente finos, diferentemente do ‘padrão’ da maioria dos tubarões.

Possui mandíbula protuberante que não fica fundida ao crânio, como já é esperado para o ‘padrão’ dos tubarões. Sua mandíbula fica suspensa por ligamentos e cartilagem, característica que permite projeção da mordida como se fosse um bote. Essa projeção da mordida cria um processo de sucção, o qual, curiosamente, facilita a captura do alimento.

De modo lúdico, o pesquisador Lucas Agrela compara a projeção de mandíbula do animal com o comportamento observado no filme de ficção científica “Alien”.

Na face do animal, há um longo nariz em formato de faca, o qual é uma das suas características mais marcantes. Neste nariz (ou focinho), estão localizadas minúsculas células sensoriais, que permitem a percepção da presa.

Convém lembrar que estes animais habitam águas muito profundas, as quais consequentemente recebem pouquíssima ou nenhuma iluminação solar, logo ‘sistemas’ alternativos de percepção são extremamente úteis.

Tubarão Duende: Reprodução e Alimentação

O processo reprodutivo desta espécie não obedece a nenhuma certeza dentro da comunidade científica, visto que nenhuma fêmea foi observada ou estudada. Porém, acredita-se que este animal seja ovovivíparo.

Algumas pessoas relatam terem visto fêmeas da espécie se reunirem próximo à Ilha de Honsu (localizada no Japão), durante o período da primavera. Acredita-se que este local seja um importante ponto de reprodução.

Em relação à alimentação, estes tubarões se alimentam de animais encontrados no fundo dos mares, incluindo na dieta, camarões, lulas, polvos e até mesmo outros moluscos.

Tubarão Duende: É Perigoso? Ele Ataca? Habitat, Tamanho e Fotos

Apesar da aparência assustadora, o tubarão duende não é a espécie mais feroz, contudo ainda é agressivo.
O fato de habitar grandes profundezas faz com que o animal não represente risco para os seres humanos, uma vez que raramente poderá encontrar-se com um deles. Outro fator é a sua tática de ‘ataque’, a qual envolve sucção e não mordida. Esta tática é mais eficaz na captura de animais de pequeno e médio porte, sendo relativamente dificultosa, caso fosse empregada para seres humanos.

Contudo, estas considerações são apenas hipóteses, já que não há registros de tentativa direta de ataque a seres humano. O melhor mesmo é sempre evitar entrar em contato com um tubarão ao navegar/ mergulhar em águas misteriosas, principalmente se este tubarão for considerado um dos grandes predadores (tal como o tubarão azul, tubarão tigre, entre outros).

Agora que você já conhece relevantes características sobre a espécie tubarão duende, nossa equipe o convida a continuar conosco e visitar também outros artigos do site.

Aqui há muito material de qualidade nos campos da zoologia, botânica e ecologia de um modo geral.
Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

AGRELA, L. Exame. Tubarão-duende tem mordida assustadora ao estilo “Alien”. Disponível em: < https://exame.abril.com.br/ciencia/tubarao-duende-tem-mordida-assustadora-ao-estilo-alien-veja/>;

Redação Época. O que é, onde vive e como se reproduz o tubarão duende. Considerado um fóssil vivo, por lembrar espécies de tubarões pré-históricas, o tubarão-duende fez notícia nas últimas semanas quando uma espécime foi capturada por um pescador. Difícil de se encontrar, o animal aterroriza e fascina. Disponível em: < https://epoca.globo.com/vida/noticia/2014/05/o-que-e-onde-vive-e-como-se-alimenta-o-btubarao-duendeb.html>;

Wikipédia. Tubarão-duende. Disponível em: < https://pt.wikipedia.org/wiki/Tubar%C3%A3o-duende>.

Veja também

Chimpanzé Bonobo: Características, Nome Científico e Fotos

O bonobo é uma espécie de chimpanzé que possui o nome científico de Paniscus. Podem …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *