Home / Animais / Sagui-De-Pés-Brancos: Características, Nome Científico e Fotos

Sagui-De-Pés-Brancos: Características, Nome Científico e Fotos

O Sagui-de-pés-brancos pertence ao gênero Saguinus. O seu nome científico é Saguinus leucopus, e, como podemos ver nessas fotos, é uma espécies com as características típicas de uma animal exótico. Esse gênero de animais pertence à família Cebidae, e a sua maior ocorrência pode ser apontada na região noroeste da Colômbia, nas Guianas, Suriname, na bacia Amazônica e no Panamá. Uma curiosidade sobre esse animal é que ele caracteriza-se por habitar exclusivamente as florestas fechadas do norte da América do Sul. É uma raridade encontrar exemplares desse gênero em matas abertas, florestas arbustivas, matas ciliares, entre outras vegetações que não lhes ofereçam o conforto de uma vegetação abundante. Os saguis-de-pés-brancos dificilmente ultrapassam os 450 ou 500 gramas; o que os coloca na posição de uma das menores espécies de primatas de que se tem registro. Eles possuem uma inconfundível pelagem abundante (a sua marca registrada), um contorno de pelos brancos que emolduram as laterais do seu rosto, os pés curiosamente constituídos por uma pelagem branca, entre outras características únicas.

Sagui-De-Pés-Brancos Na Amazônia

Sagui-De-Pés-Brancos Sob Um Toco de Árvore

No ambiente extravagante de uma Floresta Amazônica, o Sagui-de-pés-brancos vive como um animal com hábitos diurnos, com maior propensão a passar a maior parte do seu tempo sobre as árvores, à caça de pequenos insetos, deliciando-se com diversas espécies de brotos, sementes, folhas e frutas. Outra curiosidade acerca desses saguis diz respeito à sua constituição social na forma de grupos. Nela, um casal (o “casal dominante”) é o único responsável pela reprodução entre esses animais. E para isso as fêmeas até utilizam-se do curioso expediente de liberar determinadas substâncias que acabam, curiosamente, inibindo a entrada das outras fêmeas no cio.

Características, Nome Científico, Fotos e a Taxonomia dos Saguis-de-Pés-Brancos

Dentre as características que mais chamam a atenção nesses animais, sem dúvida podemos destacar algumas peculiaridades, digamos, psicológicas que norteiam o seu convívio social. Essa é uma espécie que demonstra um requintado sistema de linguagens que acaba por torná-los espécies à parte na natureza. Eles demonstram, por exemplo, um grau de “compaixão”, “ressentimento” e cuidado com os outros membros do grupo que é digna de nota. Tanto é assim que esse gênero chegou a ser um alvo em potencial de diversos estudos e pesquisas realizados em meados dos anos 70, com o objetivo de estudar-lhes essas características e talvez dimensionar a sua ligação genética com os humanos.

Felizmente essa prática foi abolida pela CITES (Convenção sobre o Comércio Internacional das Espécies da Fauna e da Flora Silvestres Ameaçadas de Extinção); e essa probição foi o que contribuiu para impedir o avanço do processo de extinção dessa espécie, que hoje é considerada “Em Perigo”, de acordo com a Lista Vermelha da IUCN. E entre as principais razões disso estão a degradação do seu habitat natural, a redução em quase 95% das florestas de terras baixas em regiões da Colômbia, entre outros fatores que fazem dessa espécie quase como uma raridade dentro desse gênero Saguinus em todos os ecossistemas da América do Sul. Não é por outro motivo que hoje já se estuda, de forma mais aprofundada, as características desses Saguis-de-pés-brancos, além das origens do seu nome científico e outras peculiaridades, como essas que podemos observar nessas fotos e imagens.

Taxonomia, Distribuição e Hábitos Alimentares dos Saguis-de-Pés-Brancos

O Sagui-de-pés-brancos (o Saguinus leucopus, seu nome científico), como essas fotos nos mostram, possuem as características de uma espécie arborícola, com hábitos diurnos, descrita pela primeira vez por Linnaeus em 1758. E para essa descrição foi necessário analisar as suas características bucomaxilofaciais, coloração, morfologia do crânio, entre outras particularidades dessa espécie. Tais estudos foram suficientes até mesmo para posicionar o seu parente mais próximo, o Saguinus oedipus, como uma variedade oriunda de diversos processos de cruzamentos com o Saguinus leucopus. E outro resultado desses trabalhos foi a confirmação de que essa é uma espécie endêmica da região noroeste da Colômbia; mais facilmente encontrada nos limites dos rios Atrato, Cauca e Magdalena.

Os saguis-de-pés-brancos limitam-se atualmente a ocupar uma pequena faixa de terra e de reservas – devido à fragmentação e degradação do seu habitat natural. Além de florestas primárias (e secundárias), florestas secas ou úmidas, em baixas altitudes (geralmente entre 400 e 600m), e onde possam encontrar terras baixas. É nesse ecossistema que eles consideram-se verdadeiramente em casa! Soltos, livres e em bandos em um frenético forragear do solo habitado em reservas, fragmentos de terras baixas, e até mesmo em regiões com características antropomórficas (modificadas pelo homem). E sempre em busca das suas iguarias preferidas, entre elas, frutas (quase metade da sua alimentação), insetos, néctar, seiva, brotos, folhas, entre outras iguarias que eles tanto apreciam.

Mais Fotos e Características dos Hábitos Alimentares, Nome Cientifico e do Habitat do Sagui-de-Pés-Brancos

Os Saguis-de-pés-brancos são animais que caracterizam-se por serem pequenos mas com um metabolismo digno de gentes grande. Por isso mesmo eles precisam passar todo o dia numa caça insaciável aos mais diversos tipos de alimentos. Eles requerem grandes quantidades de frutas, brotos, folhas, seiva, néctar, insetos, e tudo o mais que possa ser aproveitado por um típico animal onívoro. Eles escavam e encurralam presas. Às vezes precisam lançar mão de uma dieta à base de pequenos anfíbios, lagartos e roedores. E, para isso, eles estão aptos a utilizar diversas estratégias de caça, como a perseguição às suas presas, a escavação de tocas, o ataque a ninhos de pássaros, entre outras estratégias que lhes garantam a sobrevivência. O resultado é que, além de matarem a fome, eles ainda funcionam como excelentes dispersores de sementes, capazes de espalhar diversas espécies de vegetais graças a uma fome insaciável e ao hábito de visitar espécies das mais variadas à procura de alimentos.

Predadores dos Sagui-De-Pés-Brancos

Mas eles também terão que manter uma vigilância especial sobre os seus principais predadores – o Sagui-de-pés-brancos também tem os seus! E os mais comuns dentre eles são as cobras, águias, onças, mustelídeos, entre outras espécies que são o terror do Saguinus leucopus! Por isso mesmo a rotina desses animais deverá ser sempre muito bem definida: Acordar cedo, passar os dias em uma busca frenética por alimentos; caçando ali, escavando acolá, colhendo mais adiante. Até que o sol comece a se pôr.

Sagui-De-Pés-Brancos Em Cima de Um Galho de Árvore

E esse será o sinal de que os seus principais predadores já iniciam as suas atividades como típicos animais crepusculares que são. Portanto é hora de procurar abrigo e utilizar toda a proteção que lhes ofereçam as diversas espécies de árvores que fazem as vezes de suas casas. E assim garantir a sobrevivência ainda por um bom tempo desse original e curioso gênero de primatas da América do Sul.  Esse artigo foi útil? Foi o que esperava encontrar? Em todo caso, deixe a resposta na forma de um comentário e continue compartilhando os nossos conteúdos.

Veja também

Macaco Uacari-Preto, Carauri ou Acari-Bico: Características

Hoje vamos conhecer um pouco sobre o Uacari – Preto, cientificamente chamado de Cacajao melanocephalus. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *