Home / Animais / Quais os Sintomas de um Cachorro Doente?

Quais os Sintomas de um Cachorro Doente?

A maioria dos brasileiros escolhe ter cachorro em casa, já que isso é algo cultural que já está enraizado em nosso país; assim, é extremamente normal uma família ter até mesmo mais de um cachorro em casa.

Com isso, muitas pessoas acabam ficando na dúvida com relação a como cuidar corretamente de um cachorro, já que tudo irá depender da raça que você está cuidando, do modo de vida do cão e muito mais.

Assim, é comum também que as pessoas não saibam exatamente quando o cachorro está doente e quando ele está apenas cansado, já que os sintomas podem se confundir muito e realmente a situação se torna um mistério.

Por esse motivo, neste artigo falaremos um pouco mais sobre sintomas que demonstram que o seu cachorro está doente. Continue lendo o texto para saber tudo sobre esse assunto!

Cansaço Excessivo

É claro que é extremamente comum o cachorro ficar cansado ao fim de um longo dia ou após muito tempo brincando com o seu dono, mas não é normal que ele fique cansado o tempo inteiro, pois isso pode ser sinal de que existe algo errado.

Antes de mais nada, é preciso que você saiba se a raça do seu cão costuma ficar mais quieta ou se ela é mais brincalhona, já que cada raça possui uma maneira de se comportar diferente da outra.

Cachorro Doente Cansaço Excessivo

Assim, após saber disso você conseguirá avaliar se o seu cachorro está descansando e dormindo mais do que o normal ou não, e assim poderá notar os sintomas.

É claro que isoladamente esse não é um sintoma de que ele está doente, mas quando esse sintoma se une com outros isso pode significar que o cachorro está sim com algum problema, por isso é sempre bom ficar muito atento!

Secreções

As secreções são extremamente comuns tanto em cachorros quanto em seres humanos, isso porque elas são necessárias para o pleno funcionamento do nosso corpo, apesar de muitas pessoas não saberem disso.

Mesmo assim, é importante que você saiba que nem toda secreção é benéfica para o ser vivo, e por isso existem algumas que devem ser avaliadas um pouco melhor, já que alguns tipos de secreção demonstram que o ser vivo está na verdade doente, e não saudável.

Dessa forma, cabe analisar alguns aspectos da secreção do seu cão: cor, textura e presença ou não de sangue. Todos esses aspectos são extremamente importantes, e iremos explicar o porquê disso.

  • Cor

A cor de uma secreção saudável é transparente, e por isso ela não é considerada tão boa se ela estiver amarela ou esverdeada, por exemplo; principalmente porque isso pode representar problemas pulmonares.

  • Textura

A textura de uma secreção deve ser semi-líquida, e por isso ela pode não ser considerada saudável se estiver muito mais sólida e consistente do que deveria, principalmente porque isso também pode representar a presença de alguma doença.

  • Sangue

Secreções com sangue podem representar os mais diversos tipos de problema, e se elas estiverem presentes é com certeza a hora de levar o seu cachorro a um médico.

Portanto, além do cansaço do seu cão, é importante que você avalie também como as suas secreções estão.

Falta de Apetite

Assim como é o caso do cansaço, tudo irá depender do tipo de raça que seu cachorro possui, já que isso irá mostrar também o quanto ele come ou não come por dia.

Logo, em primeiro lugar você deve observar qual é o normal da alimentação do seu cachorro, assim você saberá quanto ele come por dia e entenderá quais níveis de alimentação são baixos ou não para o seu cão.

Após isso, você conseguirá identificar mais corretamente se o seu cão está ou não com falta de apetite realmente. Porém, é importante lembrar que fatores como o calor podem acabar fazendo com que o seu cão realmente coma menos.

A falta de apetite pode sim representar a presença de alguma enfermidade, principalmente quando ela se apresenta junto com outros sintomas como os que mostramos anteriormente, mas essa é uma medida que pode ser um pouco mais difícil de se analisar.

Portanto, pesquise um pouco mais sobre o tipo de alimentação do seu cão e também siga a sua intuição, com certeza você saberá dizer se ele está ou não comendo menos do que o normal!

Mudança de Comportamento

Todas as pessoas do mundo adotam um cão pensando em um animal extremamente dócil, brincalhão e muito amável, mas nem sempre os cães possuem exatamente esse tipo de comportamento.

Isso porque o cachorro pode acabar tendo mudanças de comportamento quando ele está com alguma doença, exatamente como ocorre com os seres humanos, que tendem a ficar mais quietos quando estão doentes.

Assim, também é necessário que você conheça o comportamento do seu cão quando ele não está doente, dessa forma você saberá dizer o que é o normal e o que não é para o seu cachorro, e apenas assim conseguirá definir exatamente se ele mudou ou não de comportamento.

Essa medida, assim como aquela que diz respeito ao apetite, também depende muito mais da sua intuição do que de qualquer outra coisa, e por isso é importante que você preste sempre bastante atenção ao comportamento do seu cachorro, pois isso ajudará muito na hora do diagnóstico.

Portanto, é claro que todos esses sintomas devem vir acompanhados de outros, mas esses são os sintomas mais comuns de aparecimento de doenças em cães e também os que as pessoas menos prestam atenção, já que eles podem ser confundidos com outros fatores, como a preguiça dos cães.

Com isso, agora você já sabe exatamente o que deve levar em consideração na hora de dar um primeiro diagnóstico ao seu cão. É claro que se ele estiver visivelmente doente você deve levá-lo ao veterinário, e não ficar fazendo diagnósticos em casa.

Gostou do artigo e quer saber ainda mais informações sobre a saúde de cães, mas não sabe exatamente onde encontrar o melhor texto? Sem problemas! Leia também aqui em nosso site: O que dá verme em cachorro? Como evitar?

 

Veja também

Silky Terrier: Preço, Como Adotar e Onde Conseguir Um

O Australian Sikly Terrier ou Silky Terrier tem, à primeira vista, uma aparência muito semelhante …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *