Home / Animais / Macaco Cercopithecus: Características, Nome Científico e Fotos

Macaco Cercopithecus: Características, Nome Científico e Fotos

O macaco cercopithecus é, na verdade, uma designação genérica para uma comunidade de macacos com as mais diversas características e nomes científicos, como podemos observar nessas fotos.

Ele pode ser o Cercopithecus dryas, o Cercopithecus mona, o Cercopithecus albogularis, o Cercopithecus roloway, entre diversas outras denominações que eles recebem em função das suas características físicas, psicológicas e biológicas.

Esses animais surgem a partir da ordem Catarrhini, que deu origem, por um lado, aos Hominoidea, e por outro, aos Cercopithecoidea (os Macacos do Velho Mundo).

Mas o curioso nesse gênero é a grande variedade de ambientes onde eles podem ser encontrados nos continentes africano e asiático.

Não importa se são as singulares e extravagantes savanas do Leste da África, a rica e exuberante Floresta do Congo, as regiões montanhosas da Ásia Central, ou mesmo o denso e escaldante território das planícies e planaltos da Turquia ou do Afeganistão; não importa!

Eles estarão lá! Alguns com uma curiosa tonalidade esverdeada na sua pelagem, outros com uma não menos curiosa barbicha esbranquiçada bastante original, mas sempre com um corpo esguio e bastante flexível – as suas marcas registradas.

Eles também possuem um ventre da mesma forma esbranquiçado, um topete que disputa em extravagância com outras das suas principais características físicas, além de um sem número de singularidades que os tornam seres à parte nesses formidáveis ecossistemas que distribuem-se nos continentes africano e asiático.

Já a Europa não parece ser um berço tão acolhedor para esse gênero de macacos. Existem apenas alguns registros de espécies de langures e babuínos em Gibraltar, que também podem ser enquadrados nessa superfamília.

Características, Nome Científico, Fotos e Outras Peculiaridades dos Macacos Cercopithecus

Os macacos cercopithecus são animais de vida dupla. Isso quer dizer que eles passam os seus dias em uma rotina terrestre e sobre as árvores, onde recolhem, avidamente, os seus sustentos.

De um modo geral podemos dizer que eles são animais de médio a grande porte, com espécies capazes de atingir entre 40cm e 1,4 m de comprimento, e entre 300 g e 8,6 kg de peso. – E todos eles com a característica de apresentarem um metabolismo extremamente acelerado.

Isso significa que a sua rotina preferida é comer, comer abundantemente, diversas espécies de sementes, frutas, raízes, brotos e folhas; e até mesmo pequenos insetos, anfíbios e roedores podem fazer parte dos seus cardápios quando já não conseguem encontrar com facilidade as suas iguarias prediletas.

Característica Física do Macaco Cercopithecus
Característica Física do Macaco Cercopithecus

Como dissemos, os macacos cercopithecus, à parte as características que podemos observar nessas fotos (e de serem encontrados com os mais diversos nomes científicos), chama a atenção também pelos seus caracteres físicos.

É curioso notar como eles ainda guardam algumas características marcantes da ordem Catarrhini (de onde descendem também os Hominoidea, nossos parentes distantes).

No entanto, eles separam-se de nós pelo fato de ainda possuírem cauda, uma estrutura dentária e de narinas bastante característica, entre outras peculiaridades que marcam bem as diferenças entre essas ordens de primatas.

Hábitos Alimentares, Fotos, Nome Científico e Outras Características dos Macacos Cercopithecus

Como pudemos perceber até aqui, os cercopithecus constituem-se como uma imensa comunidade de macacos ligados por laços que os unem ao gênero de mesmo nome.

O Cercopithecus mona é um desses. Uma curiosa espécie habitante das florestas tropicais da África Ocidental e de algumas ilhas caribenhas.

Com sua pelagem amarronzada, laterais esbranquiçadas, membros escuros e rosto em um tom mais para o azulado, eles espalham-se em bandos de até 35 indivíduos por entre as ricas e exuberantes florestas do Benim, Cabo Verde, Gana, Costa do Marfim, Libéria, entre outras.

Macaco Cercopithecus Comendo Banana
Macaco Cercopithecus Comendo Banana

O Cercopithecus mitis é outro desses curiosos representantes do gênero, que surge diretamente das florestas da Áfricas Central e Oriental como uma espécie característica dessas regiões.

Em Angola e Zâmbia, por exemplo, eles podem ser encontrados desde o sul até o norte desses países. A lestes do rio Congo eles deliciam-se com a exuberância da vegetação do segundo maior rio do continente africano – atrás apenas do Nilo – , como um verdadeiro santuário para essas e outras incontáveis espécies de uma das faunas mais exuberantes de todo o continente.

E o que dizer do Cercopithecus Lomamiensis? O “macaco loiro!” Uma singularidade, avesso ao contato com os humanos, apreciador de uma dieta exclusivamente herbívora, e que também distribui-se pela Floresta do Congo como parte daquele extravagante cenário.

Eles são os parentes próximos dos “macacos-cara-de-corujas” – o Cercopithecus hamlyni. E assim como esses, apresenta um comportamento misto (terrestre e arborícola), numa convivência em bandos que podem conter até 20 indivíduos, com hábitos diurnos, discretos e como excelentes dispersores dos mais diversos tipos de sementes.

Um Gênero Bastante Original

Essas fotos nos revelam que os macacos cercopithecus possuem como uma das suas principais características a variedades de espécies, com os mais diversos nomes científicos – e que podem receber essa designação.

Por isso mesmo não se espante se acabar cruzando, em uma investida por alguns dos grandes santuários naturais da África, com um Cercopithecus em uma curiosa caça a um pequeno anfíbio.

Ou se as vítimas da vez forem um Lemniscomys barbarus, um Sekeetamys calurus, ou qualquer outra espécie de roedor que seja capaz de saciar-lhe a fome em tempos de escassez de alimentos.

Isso porque os Cercopithecus podem facilmente revestir-se com as características de um animal onívoro, dispostos a fazer da sua refeição os mais diversos tipos de iguarias.

Já com relação aos processos reprodutivos desses animais, o que se sabe é que por volta dos 4 ou 5 anos eles entram em suas respectivas maturidades sexuais.

Filhotes de Macaco Cercopithecus
Filhotes de Macaco Cercopithecus

Após a cópula a fêmea deverá atravessar um período de gestação que dura em média 6 meses, para dar à luz um único filhote (às vezes até gêmeos), que já nasce com uma agilidade impressionante.

Na verdade eles já nascem com toda a disposição para escalar, saltar, agarrar-se avidamente à pelagem das suas mães, como típicos primatas desse gênero; capazes de desenvolver-se até atingir por volta de 8,6 quilos de peso.

Além de apresentarem outras incontáveis características que são as marcas de um dos gêneros mais curiosos e originais desse não menos curioso e original continente africano.

Esse artigo foi útil? Tem algo que queira acrescentar a ele? Faça isso na forma de um comentário e continue compartilhando os nossos conteúdos.

Veja também

Pelecanus Conspicillatus

Para que Serve o Papo do Pelicano? Qual Sua Função?

O pelicano (família taxonômica Pelecanidae) é uma ave aquática descrita pela primeira vez no ano …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *