Home / Animais / Lista de Espécies de Ursos de A a Z e Tipos Existentes Com Fotos

Lista de Espécies de Ursos de A a Z e Tipos Existentes Com Fotos

A fauna do mundo é extremamente diversificada, e por isso temos diversas espécies animais que muitas pessoas não fazem ideia que existem, já que realmente são muitas.

Quando falamos sobre um termo geral como “urso” na verdade estamos falando de diversas espécies desse animal, o que significa que são diversos grupos diferentes com características diversas que acabam constituindo a nomenclatura “urso”.

Assim, podemos dizer que atualmente existem 8 espécies de ursos no mundo, e elas podem ser listadas em ordem alfabética de A a Z, o que é exatamente o que faremos nesse artigo.

Portanto, continue lendo o artigo para saber mais informações sobre todas as espécies de ursos que temos no mundo, além de poder ver essas informações organizadas em ordem alfabética, facilitando muito os estudos.

Organização da Lista de Espécies

Antes de mais nada, é importante explicarmos qual foi o pensamento utilizado na formulação da lista para que a organização faça pleno sentido para quem está lendo o texto.

Como já dissemos, listamos as espécies de ursos existentes no mundo de A a Z, o que significa que a lista está em ordem alfabética. Porém, o que está em ordem alfabética não é o gênero do animal e muito menos o seu nome popular, mas sim a espécie.

Espécies de Ursos

Logo, o que está em ordem alfabética é a segunda nomenclatura do nome científico, o que acaba facilitando mais o entendimento e permite que a gente coloque o nome das espécies em ordem alfabética.

Portanto, agora que você já sabe como organizamos os nomes da lista chegou o momento perfeito de saber um pouco mais profundamente sobre cada uma dessas espécies de urso existentes em nosso planeta ainda nos dias de hoje!

Espécies com a Letra A:

Vamos começar agora a lista a partir das espécies de ursos existentes com a letra A iniciando o nome de espécie, já que essa é a primeira letra do alfabeto e consequentemente a primeira letra que devemos levar em consideração.

É importante percebemos que atualmente existem apenas duas espécies com o nome iniciando com a letra A no mundo: a espécie Ursus americanus e a espécie Ursus arctos. É possível também notarmos que as duas espécies pertencem ao gênero Ursus, já que ele é a primeira nomenclatura do nome binomial.

Portanto, vamos conferir agora algumas informações sobre essas espécies de maneira mais aprofundada.

  • Ursus americanus (Urso negro americano)

Essa espécie é conhecida popularmente como Urso Negro Americano. Podemos dizer que ela habita diversos países do continente americano, como por exemplo o México, o Canadá e os Estados Unidos.

Quanto a sua localização nesses países, esse urso pode ser encontrado até mesmo no Alasca quando levamos em consideração os Estados Unidos, o que significa que sua distribuição geográfica é bem ampla e ele é um animal que está bastante acostumado a se adaptar a novos ambientes.

O urso negro americano hiberna mais da metade do ano (mais ou menos 7 meses) e também não consegue escalar para subir em árvores. O mais interessante é que ele come mais ou menos 1,5kg de alimento todos os dias para guardar bastante gordura no momento de hibernar.

Além disso, podemos dizer que ele é um urso de porte grande: possui até 1,8 metros de altura e pode pesar entre 40 e 300 quilos dependendo da idade, do sexo e até mesmo do seu habitat.

Porém, a triste notícia é que essa espécie também sofre muito com a ação do ser humano: esse urso é extremamente caçado, principalmente porque nos Estados Unidos a cultura da caça é um fator cultural muito forte entre a população.

Assim, cerca de 40.000 ursos negros americanos são caçados todos os anos por caçadores que praticam caças ilegais, já que a carne e a pele do urso são vendidas no mercado ilegal, principalmente para a fabricação de roupas de grife e marcas que são vendidas a preços muito altos.

Apesar disso, podemos dizer que nos dias de hoje o urso negro americano ainda não se encontra ameaçado de extinção de acordo com a Lista Vermelha da IUCN para preservação das espécies, já que ele é a espécie mais numero existente atualmente, o que acaba fazendo com que sua extinção seja evitada.

Mesmo assim, é preciso que leis mais rígidas sejam criadas, já que a tendência é sim que esse urso entre em extinção com o passar do tempo, já que os animais não se reproduzem na mesma velocidade da caça.

  • Ursus arctos (Urso Pardo)

Essa é a segunda e última espécie que temos com o nome de espécie iniciado pela letra A. É importante lembrar que esse urso é conhecido popularmente como urso pardo.

O urso pardo é uma espécie muito maior e muito mais assustadora do que a do urso negro americano, já que ele consome muito mais alimento e também vive em locais mais inóspitos.

Essa espécie de urso pode ser encontrada em diversas localidades diferentes do mundo; isso porque ela está presente na Sibéria, no Alasca (assim como o urso negro americano), no México (mais especificamente na região norte), no Himalaia e na porção norte também da África.

Dessa forma, podemos perceber que ele vive em contato com o urso negro americano (já que os dois vivem no Alasca) e que ele possui uma distribuição geográfica bem diversificada e alta capacidade de adaptação, já que por exemplo pode ser encontrado tanto no Alasca quanto na África.

O urso pardo pode chegar a medir mais de 3 metros de altura e pesar quase uma tonelada, ficando na média dos 800 quilos, sendo que tudo varia de acordo com o habitat e os hábitos que o animal possui nesse habitat.

Além disso, ele tem a capacidade de comer até 40kg de alimento em um único dia; e apesar de seu grande tamanho, o urso pardo pode atingir grandes velocidades (cerca de 50km/h) quando está correndo atrás de alguma presa.

Tudo isso explica de maneira bem clara o porquê de o urso pardo ser considerado tão assustador para as pessoas e também para os mais diversos animais, já que ele é um caçador nato e consegue pegar a sua presa na maioria das vezes.

Portanto, essas são as duas espécies que têm o nome científico da espécie iniciado pela letra A, agora vamos ver a letra M, que é a próxima letra na qual existem nomes de espécies de ursos.

Espécies com a Letra M:

Após os animais que possuem o nome de espécie iniciado na letra A, temos os animais que possuem o nome de espécie iniciado com a letra M, e é exatamente deles que falaremos agora.

Nesse caso, existem 3 espécies de ursos que possuem o nome de espécie (o segundo termo da nomenclatura binomial) com a letra M iniciando, o urso polar, o urso panda e o urso malaio.

Essas 3 espécies, apesar de terem os nomes iniciados com a mesma letra, são completamente diferentes e consequentemente possuem hábitos e habitats diferentes, já que elas vivem bem longe umas das outras.

Por isso, agora vamos ver mais detalhadamente informações sobre essas 3 espécies de ursos que citamos anteriormente, todos eles com o nome iniciando com a letra M.

Ursus Maritimus (Urso Polar)

O urso polar é um animal extremamente conhecido em todo o mundo por conta de sua aparência fofa e mística, sendo até mesmo marca registrada da Coca Cola, que utiliza a imagem do urso principalmente em ações de Natal, por exemplo, já que ele remete à neve e ao Polo Norte.

Em primeiro lugar, podemos dizer que quem pensa que o urso polar mora muito longe de nós está certo, já que ele realmente mora muito distante. Esse animal pode ser encontrado em regiões extremamente frias, ou seja, as regiões do Ártico.

Assim, podemos dizer que ele pode ser encontrado no Alasca, no Canadá (mais ao norte do país, nas regiões mais frias), na Sibéria, na Groenlândia e também na Europa (mais uma vez no extremo norte, onde as temperaturas são muito mais baixas).

Uma curiosidade interessante sobre o urso polar é que ele é a única espécie de urso que é biologicamente adaptada à vida marinha, ou seja, é o único urso que consegue viver na água, mesmo que ela seja extremamente gelada, já que ele vive em locais completamente extremos e inóspitos.

Além de tudo isso, uma outra adaptação que esse urso possui com certeza é o seu pelo. Por viver em regiões muito frias, ele precisa ter os pelos bem adaptados para conseguir se proteger das temperaturas muito baixas. Por esse motivo, os pelos do urso polar são bem longos, grossos e oleosos, o que faz com que ele não absorva tanto a água gelada e se proteja muito bem do frio.

O urso polar também nada muito bem, o que ajuda muito na hora de pegar peixes e se manter ativo para esquentar o corpo, mesmo que a água esteja bem gelada; já que essa espécie está acostumada com esse clima negativo.

Urso Polar

Porém, engana-se quem pensa que os pelos são a única característica adaptativa desse animal. Além dos pelos grossos e longos, o urso polar também possui uma camada de gordura bem grossa sob a sua pele, já que ela serve como uma proteção a mais e também isola termicamente o corpo do urso.

Por fim, podemos dizer que ele é um animal de grande porte, já que mede até 2,5 metros de altura e pode chegar a pesar 800 quilos, comendo também quilos de alimento (como por exemplo peixes) todos os dias.

Assim, apesar de viver em ambientes muito frios, o urso polar está extremamente preparado e possui todas as características adaptativas necessárias para viver nessa situação, além de ser um animal extremamente interessante e curioso.

Ailuropoda Melanoleuca (Urso Panda)

Outra espécie de urso que é muito conhecida entre as pessoas e com certeza muito amada também é a Ailuropoda melanoleuca, conhecida popularmente como urso panda.

Esse é um urso que apesar de estar muito longe de nós, possui uma fama ainda maior do que a do urso polar e é muito representado em diversas mídias em todo o mundo, tendo grande destaque também na cultura oriental, já que ele pode ser encontrado no oriente.

O urso panda está localizado na China, mais especificamente nas áreas de florestas da região centro-sul do país. Assim, a China é o único país do mundo onde esse animal pode ser encontrado, e por isso a situação é bem preocupante, já que não há variabilidade de espécies e nem uma maior distribuição geográfica, resultando em poucos exemplares do animal no mundo.

Podemos dizer que a situação é preocupante pois esse é o único habitat natural dessa espécie e ele está sendo caçado em excesso há muito tempo, o que faz com que apenas cerca de 1000 pandas ainda existam na natureza, enquanto 100 são criados em cativeiro.

Esses pandas criados em cativeiro estão lá justamente com a intenção de preservar a espécie, mas a situação é realmente preocupante e se nada for feito muito provavelmente o panda será um dos próximos animais a serem extintos em nosso planeta.

A principal dificuldade com relação à preservação dessa espécie é a fêmea. Isso porque ela está em período reprodutivo apenas 3 dias a cada 1 ano, e isso com certeza torna todo o processo cada vez mais difícil e praticamente não dá esperança aos pesquisadores.

Urso Panda

Além de toda essa situação triste, podemos dizer que o panda é um animal extremamente bonito e também muito grande, já que ele pode chegar a medir 1,5 metros de altura e pesar até 100 quilos. Apesar de ser grande, ele ainda é bem menor do que outras espécies que conhecemos.

Portanto, apesar de ser um símbolo da fauna ao redor de todo o mundo e principalmente símbolo da fauna oriental, é extremamente importante que o urso panda receba mais atenção das pessoas, já que se a caça desenfreada continuar dessa maneira, as chances da espécie desaparecer são extremamente altas, principalmente porque não há mais nada que os pesquisadores possam fazer.

Helarctos Malayanus (Urso Malaio)

Apesar das espécies de urso extremamente conhecidas que já citamos anteriormente, existem algumas outras que não são tão conhecidas assim, mas possuem o mesmo grau de importância no funcionamento e na composição da nossa fauna, como é o caso do urso malaio.

O urso malaio é outra espécie de urso que vive longe do Brasil e consequentemente é bem menos conhecido, já que não aparece muito na mídia por aqui, apenas na Ásia.

Esse urso pode ser encontrado em florestas tropicais, mais especificamente da parte sudeste do continente asiático até as ilhas de Bornéu e Sumatra, ambas localizadas na Indonésia; logo, é um urso com distribuição geográfica um pouco maior, mas ainda assim não sai da Ásia.

Quando comparado com outras espécies de ursos (até mesmo com a do urso panda) ele pode ser considerado um urso de porte pequeno, isso porque ele chega a medir 1,5 metros assim como o urso panda, mas não pesa mais do que 66 quilos, enquanto o urso panda pesa até 100 quilos, como já dissemos anteriormente.

Uma característica muito interessante desse urso é que ele possui o corpo todo preto, mas o focinho é marrom e ele possui uma espécie de “colar” também marrom em volta do pescoço, o que dá um grande destaque no pelo preto.

A parte triste é que, assim como com outras espécies de ursos, esse animal está classificado na categoria VU (vulnerable – vulnerável) de acordo com a Lista Vermelha da IUCN (União Internacional para a Conservação da Natureza), o que significa que se nada for feito logo essa espécie estará extinta em ambiente natural e poderá existir apenas em cativeiro.

Isso possui uma explicação: houve uma redução de mais de 30% dos exemplares da espécie nos últimos 30 anos, o que acabou resultando no desaparecimento dos exemplares ao longo do tempo e na consequente ameaça de extinção.

Além de tudo isso, podemos também dizer que algo interessante sobre esse urso é que ele não hiberna, já que vive em regiões tropicais e por isso não passa por épocas de temperaturas muito baixas, por esse motivo essa espécie pode ser conhecida como “urso do sol”.

Apesar de parecerem fofos, os ursos malaios podem se tornar bem agressivos e ferozes na floresta, principalmente na hora da caça. Em cativeiro eles costumam ser extremamente dóceis e muito sociáveis, o que é algo muito interessante, já que existe uma grande diferença de comportamento.

Além de tudo isso podemos dizer que esse urso pode possuir um ritual de acasalamento mais simples do que o do urso panda, já que a maturidade sexual das fêmeas chega aos 3 anos e o período de gestação dura entre 95 e 174 dias, o que dá uma maior esperança para o desenvolvimento da espécie.

Por fim, é possível também concluir que apesar de toda essa facilidade de reprodução o urso malaio já foi muito mais presente no mundo, já que ele já viveu até mesmo em áreas como o Myanmar. Atualmente, sua distribuição geográfica é bem menor justamente por conta da ameaça de extinção da espécie.

Portanto, o urso malaio apesar de não ser muito conhecido é com certeza uma espécie muito interessante de se estudar e também extremamente importante para a fauna, principalmente por estar ameaçado de extinção.

Espécies com a Letra O:

Agora que já vimos os ursos que possuem o nome de espécie iniciado com a letra A e M, é hora de vermos quais são as espécies que possuem o nome de espécie iniciado com a letra O, seguindo a ordem alfabética.

Na verdade, é interessante ressaltarmos que existe apenas uma espécie de urso no mundo que possui o nome de espécie iniciado com a letra O, e é por isso que essa parte da lista será focada apenas no urso conhecido cientificamente como Tremarctos ornatus.

Portanto, vamos ver agora um pouco mais sobre essa espécie que você provavelmente ainda não sabe qual é, já que não falamos exatamente o nome popular dela!

Tremarctos Ornatus

Tremarctos Ornatus (Urso de Óculos)

Apesar de não ser muito conhecida, essa espécie chamada popularmente de “urso de óculos” é muito carismática e interessante, sendo que tudo já começa pelo nome do animal, não é mesmo?

Em primeiro lugar, podemos dizer que ele é um urso pequeno, mas ainda assim maior do que o urso panda e urso malaio, já que ele pode chegar a medir 1,8 metros de altura e pesar até 150 quilos.

Algo interessante dessa espécie é que ela prova que quem pensa que não existem ursos na América do Sul está errado, já que eles existem sim, e o urso de óculos é um excelente exemplo disso.

Isso porque essa espécie pode ser encontrada em diversos locais da América do Sul, mais especificamente no Equador, no Peru, na Bolívia, na Colômbia, na Venezuela e assim na Cordilheira dos Andes, tendo consequentemente uma distribuição geográfica bem abrangente.

Agora você deve estar se perguntando porque esse urso é conhecido popularmente como urso de óculos, não é mesmo? E a explicação para isso é bem simples: por conta da coloração de sua pelagem.

O urso de óculos possui o pelo completamente preto, mas na área dos olhos ele possui dois contornos marrons em volta dos olhos, o que faz parecer que ele está realmente usando um óculos, engraçadinho não?

Assim, ele começou a ser chamado dessa forma e atualmente o seu nome popular é exatamente esse, remetendo a sua aparência extremamente interessante.

A triste notícia é que o urso de óculos também é uma espécie que está ameaçada de extinção, já que ele está classificado como VU (vulnerable – vulnerável) de acordo com a Lista Vermelha da IUCN.

Isso porque essa também é uma espécie conhecida como grande alvo de caçadores, tanto por conta da sua pelagem que é vendida no mercado ilegal quanto por conta da raridade desse animal, o que atrai ainda mais caçadores.

Portanto, agora você já conhece exatamente a espécie do urso de óculos e sabe as coisas que mais importantes que existem para saber sobre ela. Após isso o mais interessante é estimular a preservação da espécie e conscientizar as pessoas com relação a situação em que ela se encontra atualmente.

Espécies com a Letra T:

Seguindo a ordem alfabética, após vermos as espécies com o nome de espécie iniciado nas letras A, M e O, devemos ver as espécies com o nome de espécie iniciado na letra T.

Mais uma vez, apenas uma espécie de urso existente no mundo tem o nome de espécie iniciado com a letra T: o Ursus thibetanus. Por isso, vamos ver agora mais informações sobre esse animal tão interessante que muitas pessoas ainda não conhecem.

Ursus Thibetanus (Urso Negro Asiático)

Essa é outra espécie de urso muito pouco conhecida no mundo, o que é algo extremamente normal, já que a fauna mundial é extremamente diversificada e muitos animais acabam ficando em menor destaque, o que explica por que o urso panda é tão famoso e o urso negro asiático não é conhecido.

Ursus Thibetanus

Apesar disso, podemos dizer que esse é um animal muito interessante que obviamente também possui uma grande importância na fauna de nosso planeta, e por isso deve ser bem estudado.

Em primeiro lugar, podemos dizer que essa é uma espécie de urso de porte médio, já que ele pode chegar a medir 1,6 metros de altura e pode também chegar a pesar até 200 quilos, sendo também maior do que o urso panda, como muitos outros ursos são.

Caso você não saiba onde esse urso pode ser encontrado, saiba que ele também vive no continente asiático, assim como muitas outras espécies que citamos aqui. Assim, esse urso pode ser encontrado desde o Afeganistão até o Vietnã, na porção nordeste da China, na porção sudeste da Rússia e também em Taiwan.

Assim, esse urso possui uma distribuição geográfica mediana, já que ele pode ser encontrado em diversos países, mas todos esses países pertencem ao mesmo continente, a Ásia, e por isso não existe uma grande variabilidade do animal com relação ao seu habitat.

Além de tudo isso, podemos dizer também que o urso negro asiático também pode ser chamado de urso negro himalaio ou urso lua, e ele é facilmente reconhecido pois possui o pelo todo preto, com exceção de uma mancha branca em formato de V que o animal possui no peito.

Algo muito interessante é que esse animal foi fotografado ainda esse ano entre a fronteira da Coreia do Sul e do Norte, o que mostra que essa espécie também está presente nesses países, tendo uma distribuição geográfica bem interessante.

Infelizmente, esse animal também está ameaçado de extinção. Isso porque é extremamente comum na Ásia consumir a bile de ursos, já que ela é conhecida por ser rica em nutrientes e muito benéfica para o corpo. Assim, isso acaba fazendo com que os ursos sejam muito caçados.

Por esse motivo, um filhote de urso negro asiático foi encontrado ano passado extremamente assustado e machucado pois estava sendo alvo da indústria da bile; após ser resgatado ele acabou recebendo tratamentos e hoje em dia encontra-se recuperado e saudável.

Por fim, podemos dizer que o urso negro asiático encontra-se classificado na categoria VU (vulnerável) de acordo com a Lista Vermelha da IUCN, e por isso se nada for feito muito provavelmente ele irá sumir da natureza em pouco tempo, e a espécie acabará sendo criada apenas em cativeiro, o que significa uma extinção completa em um futuro próximo, já que a taxa de mortalidade é maior do que a taxa de natalidade.

Portanto, agora você já sabe tudo o que há de importante e necessário para saber sobre o urso negro asiático, basta começar a conscientizar as pessoas sobre a situação que esse animal está enfrentando agora, já que quanto mais pessoas souberem, melhor!

Espécies com a Letra U:

Como última letra nessa lista em ordem alfabética temos os ursos que possuem nome de espécies iniciados com a letra U, já que já passamos por diversas letras como A, M, O e T.

Mais uma vez, nos dias de hoje existe apenas uma espécie de urso que possui o nome de espécie iniciado com a letra U, que no caso é o Melursus ursinus, conhecido cientificamente dessa forma e popularmente da forma que falaremos no próximo tópico.

Portanto, vamos ver agora todas as informações mais interessantes e necessárias sobre essa espécie animal, principalmente porque ela é a única que ainda não comentamos ainda, o que torna tudo mais interessante e curioso!

Melursus Ursinus

Melursus Ursinus (Urso Beiçudo)

Antes de mais nada, podemos dizer que o nome popular “urso beiçudo” é no mínimo curioso e extremamente interessante, principalmente porque é o nome mais diferente que vimos entre todas as espécies dessa lista.

Apesar disso, podemos dizer que existe sim um motivo para que esse urso seja chamado dessa forma: o seu beiço. Olhando o nome em um primeiro momento é normal imaginamos que esse animal possui um beiço grande, e é exatamente essa a realidade, sendo exatamente por isso que ele é conhecido dessa maneira.

Assim, podemos perceber por que o nome popular é tão mutável enquanto o nome científico não é. Esse animal possui apenas um nome científico (Melursus ursinus), mas ele possui diversos nomes populares que variam de acordo com a cultura e até mesmo com o idioma dos países, e esse com certeza é o mais curioso e descritivo de todos.

Além de ter o beiço grande que originou o seu nome popular, o urso beiçudo também é um animal que possui um porte corporal grande; isso porque ele pode chegar a pesar até 140 quilos e também chega a medir pouco menos de 2 metros de altura, ficando mais ou menos com 1,8 metros de altura na fase adulta.

Essa espécie pode ser encontrada na Índia, no Nepal, no Sri Lanka e também no Butão, países diferentes dos que já citamos, o que faz com que ele quase não tenha contato com outros ursos em seu habitat natural, o que acaba influenciando também em seus hábitos do dia a dia e sua forma de agir.

Atualmente, essa espécie de urso encontra-se classificada na natureza na categoria VU (vulnerável) de acordo com a Lista Vermelha da IUCN, ou seja, ele encontra-se classificado na mesma situação da maioria dos outros ursos, o que é extremamente triste.

Mais uma vez, a culpa dessa classificação é do ser humano, que colocou esse urso em uma situação de risco de extinção por conta da caça desenfreada que existe com esse animal, fazendo a taxa de mortalidade ser maior do que a taxa de natalidade.

Tudo isso faz com que a Ásia precise criar leis mais rígidas para preservação das espécies, já que esta óbvio que as leis existentes atualmente não estão fazendo nenhum efeito e estão fazendo com que os animais desapareçam cada vez mais rápido.

Por fim, podemos também dizer que esse é um dos ursos que vivem mais isolados das outras espécies, já que ele está presente em diversos países onde ele é a única espécie de urso existente.

Curiosidades Sobre Ursos

Após ver todas essas informações interessantes sobre as espécies de maneira específica, pode ser muito interessante aprender algumas curiosidades sobre os ursos em geral. Isso porque aprender sobre um animal por meio de curiosidades faz com que os estudos fiquem mais dinâmico e você consequentemente grave mais informações.

Falar sobre os ursos de uma maneira mais geral pode ser excelente para que você aprenda ainda mais sobre as espécies de uma maneira individual, já que, como já dissemos, isso é excelente para a memória e deixa os estudos mais divertidos.

Por isso, vamos ver agora algumas curiosidades interessantes sobre as espécies de ursos que existem em nossa fauna nos dias de hoje.

  • Os ursos são animais mamíferos, assim como os seres humanos;
  • Muitos pandas acabam morrendo enquanto ainda são filhotes por serem pisoteados por suas mães, já que elas podem ser até 900 vezes maiores do que os filhotes;
  • O urso panda não é uma espécie que hiberna na época de inverno, o que o diferencia de muitos outros ursos;
  • Um urso panda no mercado ilegal pode custar mais de 100 mil dólares, o que é extremamente triste e acaba incentivando a caça ilegal;
  • O panda é o símbolo da WWF (World Wildlife Fund), uma organização ambientalista que possui uma importância internacional extremamente grande;
  • O urso malaio escala árvores de maneira invejável para outras espécies, isso porque ele possui as garras extremamente longas, o que facilita todo o processo da escalada;
  • O urso malaio é a espécie mais apaixonada por mel, assim como vemos em diversos desenhos infantis, ele poderia comer mel o dia inteiro, mesmo tendo uma dieta muito diversificada que também inclui aves e outros mamíferos;

  • O urso de óculos, assim como já dissemos, também é uma espécie de urso que não hiberna, já que vive em locais mais tropicais, e consequentemente, locais mais quentes;
  • O urso de óculos é a única espécie de urso que habita os países da América do Sul, e por isso ele deve ser cuidado com especial atenção para que a nossa fauna não acabe empobrecendo muito sem a presença desse animal;
  • O urso polar é um animal com excelente habilidade de natação, além disso ele também é um caçador exemplar;
  • O urso polar não possui os pelos brancos como todo mundo pensa, na verdade ele possui os pelos transparentes e a coloração branca que vemos é causada por conta do reflexo da luz no gelo;
  • O aquecimento global afeta diretamente todas as espécies, mas a mais afetada de todas é o urso polar, que precisa das calotas de gelo para sobreviver, já que esse urso nasceu para estar em ambientes extremamente frios;
  • A grande maioria das espécies de urso atualmente encontra-se em extinção por conta da ação do ser humano.

Algumas curiosidades são extremamente interessantes, curiosas e até mesmo engraçadas, mas outras são preocupantes, como por exemplo aquelas que falam sobre a extinção das espécies, e é exatamente por esse motivo que devemos estudar.

Ao estudarmos temos uma maior consciência do que está acontecendo com as espécies animais, e isso é extremamente importante no mundo em que vivemos hoje em dia, já que a grande maioria das pessoas não sabe nada sobre o que está acontecendo com a fauna do planeta, já que nada é divulgado.

Portanto, essas foram algumas curiosidades sobre os ursos no geral que você provavelmente nunca mais irá se esquecer!

A Situação dos Ursos

Por fim, é importante relembrarmos qual é a situação atual da maioria das espécies de urso na natureza, já que muitas pessoas não percebem o quão importante esse assunto é, ou também nem sabem o que está acontecendo.

Basicamente, a grande maioria das espécies de urso está ameaçada de extinção por conta da caça ilegal dos países asiáticos, e as leis de preservação ambiental não são nem um pouco eficazes nesse sentido, o que faz com que seja necessário uma maior cobrança.

Assim, é necessário que a população cobre os governos para conscientizar ainda mais pessoas sobre a situação dos ursos e também para fazer com que leis ambientes mais rígidas sejam criadas, já que atualmente as leis ambientais são extremamente vagas e nada eficazes.

É claro que nada disso é tão simples, já que vivemos no Brasil e estamos falando principalmente dos países que fazem parte do continente asiático como um todo, onde a caça de ursos é extremamente comum.

Porém, uma cobrança e pressão maiores com os governos podem ser excelentes e muito eficazes se todas as pessoas se unirem em prol da situação atual dos ursos.

Portanto, é extremamente importante que esse assunto entre mais em pauta nas discussões, principalmente porque as pessoas não levam tão a sério o que está acontecendo com a situação ambiental do nosso planeta, e isso é muito triste, principalmente para as espécies animais que estão morrendo.

Gostou do artigo extremamente completo e quer saber ainda mais informações completas sobre outros seres vivos, mas não sabe exatamente onde achar textos de qualidade e cheios de informações importantes? Sem problemas, pois aqui no Mundo Ecologia sempre temos os melhores artigos para você! Por isso, leia também aqui mesmo em nosso site: Tudo Sobre Samoieda – Características Da Raça E Imagens

Veja também

Hábitat do Iaque

Hábitat do Iaque: Onde Eles Vivem?

Os iaques ou yaks (nome científico Bos grunniens) são bovídeos encontrados em áreas de levadíssima …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *