Home / Animais / Joaninha: Reino, Filo, Classe, Família e Gênero

Joaninha: Reino, Filo, Classe, Família e Gênero

As joaninhas são insetos coleópteros, as quais correspondem a mais de 5 mil espécies pertencentes à família taxonômica Coccinelidae. Dentre essas espécies, nem sempre o padrão de carapaça vermelha com pintas pretas está presente, uma vez que é possível encontrar joaninhas com carapaça amarela, cinza, marrom, verde, azul e de outras cores.

Mesmo sendo tão pequeninas, podem ser extraordinariamente benéficas aos seres humanos, uma vez que alimentam-se de insetos que causam danos a culturas agrícolas.

Neste artigo, você conhecerá um pouco mais sobre as joaninhas, suas características e sua divisão taxonômica (tais como reino, filo, classe e família).

Então venha conosco e boa leitura.

Joaninha: Características Gerais

Conheça Mais Sobre a Joaninha
Conheça Mais Sobre a Joaninha

O comprimento das joaninhas varia de acordo com a espécie. Há joaninhas muito pequeninas que podem ser inferiores a 2 milímetros até joaninhas consideradas grandes, as quais podem apresentar um valor aproximado ou até ligeiramente superior a 1 centímetro.

A coloração da carapaça é muito bela, todavia, poucos sabem que a mesma está relacionada a uma estratégia de defesa denominada aposematismo. Nesta estratégia, a coloração chamativa da carapaça das joaninhas induz que, instintivamente, os predadores associem o animal como possuidor de sabor ruim ou veneno.

Caso a estratégia de aposematismo não funcione, a joaninha também possui um plano B. Neste caso, é capaz de fingir-se de morta com maestria. No processo, deita-se com o ventre para cima, podendo ainda liberar uma substância amarela de odor desagradável através da articulação de suas pernas.

A carapaça também pode ser chamada de élitro e consiste, em um par de asas adaptados- cuja função não é mais voar, e sim proteger. O élitro abriga mais 1 par de asas membranosas e muito finas (essas sim, com função de voar). Apesar de finas, estas asas são bastante eficazes, contribuindo para que a joaninha seja capaz de realizar 85 batidas de asa por segundo.

O élitro possui composição quitinosa e, além da coloração de base típica da espécie, no mesmo estão presentes as pintas (cuja quantidade também varia de acordo com a espécie). Curiosamente, conforme as joaninhas envelhecem, a tendência é que suas pintas sumam gradualmente até desaparecerem por completo.

De modo geral, o corpo pode ser bem redondo ou semiesférico. As antenas são curtas e a cabeça é pequena. As patas são em número de 6.

Tal como ocorre com os demais coleópteros, as joaninhas passam por uma metamorfose completa durante o seu processo de desenvolvimento. Possuem o ciclo de vida composto pelas fases de ovos, larva, pupa e forma adulta.

Nem todas as espécies de joaninhas compartilham a mesma dieta. Algumas comem mel, pólen, fungos e folhas. Mas também há espécies consideradas ‘predadoras’, estas alimentam-se principalmente de invertebrados prejudiciais às plantas- como é o caso dos afídios (vulgo, “pulgões”), ácaros, cochonilhas e moscas-da-fruta.

Joaninha: Reino, Filo, Classe, Família e Gênero

As joaninhas pertencem ao reino Animalia e sub-reino Eumetazoa. Todos os organismos pertencentes a este reino taxonômico são eucariontes (ou seja, possuem núcleo celular individualizado, e DNA não disperso no citoplasma) e heterotróficos (ou seja, sem capacidade de produzir o seu próprio alimento). No sub-reino (ou clado) Eumetazoa, estão presentes todos os animais, com exceção das esponjas.

As joaninhas também pertencem ao filo Arthropoda, bem como ao subfilo Hexapoda. Este filo corresponde ao maior filo de animais existentes, correspondendo a um total de quase 1 milhão de espécies já descritas ou até 84% das espécies animais conhecidas pelo homem. Neste grupamento, é possível encontrar desde organismos com dimensões microscópicas, como é o caso do plâncton (o qual possui em média 0,25 milímetros), até crustáceos com comprimento de quase 3 metros. A diversidade também se estende às cores e formatos.

No caso do subfilo Hexapoda, este compreende todas as espécies de inseto e boa parte das espécies de artrópodes. Possui duas classes, sendo elas a Insecta e a Entognatha (a qual inclui artrópodes que não possuem asas, logo não são considerados insetos).

Prosseguindo à divisão taxonômica, as joaninhas pertencem à Classe Insecta e subclasse Pterygota. Nesta classe, estão presentes invertebrados com exoesqueleto quitinoso. Possuem corpo dividido em 3 tagmas (os quais são cabeça, tórax e abdômen), assim como olhos compostos, duas antenas e 3 pares de patas articuladas. Em relação à subclasse Pterygota, tais indivíduos possuem 2 pares de asas posicionadas anatomicamente entre o segundo e o terceiro segmento torácico, também sofrem metamorfose ao longo de seu desenvolvimento.

As joaninhas pertencem à ordem Coleptera, a qual também possui outras classificações superiores (no caso, a superordem Endopterygota) e inferiores (subordem Polyphaga e infraordem Cucujiformia). Esta ordem é muito diversificada, e suas principais espécies correspondem às joaninhas e aos besouros. Todavia, também é possível encontrar escaravelhos, gorgulhos e outros insetos. Estas espécies possuem como característica em comum a presença do élitro (par de asas externo e esclerotizado com função de proteção) e as asas internas destinadas ao voo.  Neste grupamento, estão presentes aproximadamente 350 mil espécies.

Por fim, as joaninhas pertencem à superfamília Cucujoidea, e família Coccinellidae. As quase 6.000 espécies deste inseto estão distribuídas em aproximadamente 360 gêneros.

Algumas Espécies de Joaninhas- Coccinella septemptuata

Esta espécie é bastante popular na Europa e corresponde à joaninha de 7 pontos, a qual possui a ‘tradicional’ carapaça em cor vermelha. Tal joaninha pode ser encontrada em diversas partes do mundo, porém, está presente mais intensamente na Europa, América do Norte e Ásia. É considerada um predador veroz, uma vez que contribui para a diminuição na população de pulgões. O comprimento de indivíduos adultos varia entre 7,6 a 10 milímetros.

O nome do gênero deriva da palavra em latim “coccineus”, que significa de cor escarlate ou vermelha.

Algumas Espécies de Joaninhas- Psyllobora vingintiduopunctata

Esta espécie corresponde à joaninha de 22 pontos, a qual possui carapaça de cor amarela- tonalidade que se estende para as pernas e antenas (as quais apresentam um amarelo mais escuro). Não alimenta-se de pulgões, mas dos fungos que infestam os vegetais. Seu gênero taxonômico apresenta 17 espécies já descritas.

*

Depois de conhecer um pouco mais sobre as joaninhas e sua estruturação taxonômica, que tal continuar por aqui conosco para visitar também outros artigos do site ?

Por aqui, há muito material de qualidade nos campos da zoologia, botânica e ecologia de um modo geral.

Sua visita será sempre bem-vinda.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

LILLMANS, G. Perito animal. Tipos de joaninhas: características e fotos. Disponível em: < https://www.peritoanimal.com.br/tipos-de-joaninhas-caracteristicas-e-fotos-22988.html>;

NASCIMENTO, T. R7 Segredos do Mundo. Joaninhas- o que são, como vivem e porque estão longe de ser fofas. Disponível em: < https://segredosdomundo.r7.com/joaninhas/>;

KINAST, P. Top Melhores. 23 curiosidades sobre as joaninhas. Disponível em: <https://www.topmelhores.com.br/ciencia/642-23-curiosidades-sobre-as-joaninhas>;

Veja também

Lebre na Natureza

Tudo Sobre a Lebre : Características, Nome Cientifico e Fotos

Hoje vamos trazer mais um animal incrível e cheio de curiosidades super interessantes para os …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.