Home / Animais / Habitat da Toninha: Onde Elas Vivem?

Habitat da Toninha: Onde Elas Vivem?

A toninha é chamada cientificamente de Pontoporia blainvillei, sendo que popularmente pode ser também conhecida como franciscana, principalmente em outros países. Ela é uma espécie de cetáceo, ou seja, uma espécie de golfinho, e a única que está ameaçada de extinção em terras brasileiras atualmente.

Apesar de não ser muito conhecida por muitas vezes ser confundida com botos, a toninha possui características peculiares (presentes no texto que mencionaremos no fim deste artigo) e habita apenas a América do Sul, tornando-se ainda mais interessante para nós.

Portanto, neste artigo iremos falar especificamente sobre o local em que a toninha vive, ou seja, os 3 países onde ela pode ser encontrada: Brasil, Argentina e Uruguai. Além disso, explicaremos como é o habitat perfeito para esse animal. Logo, continue lendo para aprender tudo isso e muito mais!

Onde a Toninha Vive?

A toninha é um animal que gosta de viver em águas marítimas, principalmente nas costas dos mares. Porém, por raras vezes ela pode ser também encontrada em rios, geralmente quando está transicionando de um mar para o outro.

Por habitar apenas a porção sul do continente americano, já percebemos que essa espécie gosta mais de climas quentes e tropicais. Além disso, ela tende a ficar mais perto da superfície dos mares, já que os animais que ela costuma caçar para se alimentar (camarão, lula, manjuba etc) também são animais que ficam na região da superfície da água.

Como ela costuma ficar na superfície, pode não ser tão difícil avistar uma toninha caso ela esteja no mesmo lugar que você, mas a verdade é que atualmente essa espécie está classificada como VU (vulnerable – vulnerável) de acordo com a Lista Vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais, sendo a única espécie de cetáceo ameaçada de extinção no Brasil.

Portanto, vamos agora ver um pouco mais sobre os habitats da toninha em cada um dos três países que ela pode ser encontrada, assim entenderemos um pouco mais o que esse animal considera confortável para sua sobrevivência.

Brasil

O Brasil é um país de clima tropical com uma diversidade imensa de fauna, e por esse motivo ele também atrai naturalmente muitos animais que não seriam nativos daqui. Além disso, nossos mares na costa do litoral são um grande atrativo para animais marinhos, como a toninha que tende a preferir os maiores aos rios.

No Brasil, a toninha pode ser encontrada por quase toda a extensão da costa litorânea (ou seja, a borda do país) que vai desde o estado do Espírito Santo até chegar à região Sul do país, onde as águas tendem a ser mais frias e ela costuma ser encontrada em menor quantidade.

Portanto, a toninha pode ser encontrada na parte do país onde nós possuímos os mares, mas é claro que ela nunca seria vista em uma praia, por exemplo; já que apesar de ficar pelas superfícies, esse animal habita apenas o fundo dos mares.

Argentina

A Argentina é o segundo maior país em extensão territorial do sul da América, faz fronteira com o Brasil e com muitos outros países sul americanos, como por exemplo Chile, Paraguai e Uruguai (país que veremos logo a seguir, onde a toninha também é encontrada).

Apesar de fazer fronteira com o Brasil, a Argentina tende a ter um inverno mais rigoroso do que o de nosso país, mas mesmo assim a toninha pode ser encontrada nas águas marítimas dos argentinos, e ainda na mesma direção em que é encontrada no Brasil: ao longo da costa litorânea, onde ela pode encontrar o mar com facilidade.

Toninha na Argentina

Na Argentina, a toninha não corre tanto risco de extinção quanto aqui no Brasil, mas mesmo assim seus aparecimentos não são tão comuns e ela é uma das pautas quando o assunto são animais que devem ter sua existenção preservada pelas autoridades ambientais.

Uruguai

Por fim, a toninha pode também ser encontrada em outro país que faz fronteira com o Brasil: o Uruguai. Ao contrário do Brasil e da Argentina, o Uruguai é um país pequeno – o segundo menor da América Latina, perdendo apenas para o Suriname.

Por fazer fronteira com os países que citamos anteriormente (Argentina e Brasil) onde a toninha é encontrada, é claro que o Uruguai também possui uma população de toninhas em seus mares. Isso se dá também por conta do clima e pelo fato dos 3 países “compartilharem” o mar; logo, ela pode ser encontrada ao longo da costa marítima assim como nos outros dois países que citamos.

Além de tudo isso, devemos dizer que a toninha também se encontra ameaçada de extinção no país, porém provavelmente em menor número do que no Brasil, apesar de não existir um estudo oficial sobre isso ainda.

Extinção da Toninha

A ameaça de extinção da toninha foi muito citada ao longo de todo esse texto; e isso porque é muito importante darmos uma maior visibilidade aos animais ameaçados de extinção, para que eles possam ser salvos enquanto há tempo.

A toninha está ameaçada por conta da ação humana nos mares: o descarte de lixo e a pesca ilegal exagerada são os dois maiores motivos para esse animal estar desaparecendo da natureza, e é exatamente isso que preocupa os pesquisadores: quando o ser humano irá colocar a mão na cabeça e parar de explorar espécies animais?

Enquanto aguardamos a resposta para essa pergunta, o que nos resta é estudar cada vez mais sobre os animais para conseguir entender suas necessidades, características, curiosidades e – como no caso da toninha – defendê-los de possíveis ameaças existentes por nossa própria causa.

E então, sua visão sobre a toninha mudou? Com certeza depois de ler esse texto você não acha que ela é apenas uma variedade de golfinho, não é mesmo? Pelo menos agora você sabe exatamente onde essa espécie pode ser encontrada, e ainda em 3 países diferentes ao longo do nosso continente!

Quer continuar aprendendo sobre a toninha e não sabe onde achar informação de qualidade e confiável? Sem problemas! Você pode ler também em nosso site: Tudo Sobre a Toninha – Ficha Técnica e Fotos

Veja também

Macaco-Aranha-de-Cara-Preta: Características, Habitat e Fotos

O macaco-aranha-de-cara-preta é também conhecido como coatá preto. Recebe esse nome em função dos seus membros …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *