Home / Animais / Espécies de Camarão Cultivadas no Brasil e no Mundo

Espécies de Camarão Cultivadas no Brasil e no Mundo

Os camarões são crustáceos pertencentes à ordem taxonômica dos decápodes. São aquáticos e uma boa parte das espécies é encontrada em hábitat marinho, ao passo que uma pequena parcela também pode ser encontrada em água doce.

Atualmente, esses crustáceos apresentam um alto valor econômico, visto que movem uma boa parte da pesca e aquicultura para comercialização destinada à culinária. Há dados divulgados pela organização internacional FAO (Food and Agriculture Organization of the United Nations), referentes ao ano de 2018, que afirmam que a espécie conhecida como camarão-de-patas-brancas ou camarão-branco-do-pacífico (nome científico Litopenaeus vannamei) teria sido o crustáceo mais capturado deste ano, respondendo pelo quantitativo de 4,1 milhões de toneladas.

No entanto, além do camarão-branco, existem centenas de espécies de camarão.

Neste artigo você conhecerá um pouco mais as espécies de camarão cultivadas no Brasil e no mundo.

Então venha conosco e boa leitura.

Camarão: Classificação Taxonômica Geral

A classificação científica para os camarões de quaisquer espécies obedece à seguinte classificação científica:

Reino: Animalia

Filo: Arthropoda;

Subfilo: Crustacea;

Classe: Malacostraca;

Ordem: Decapoda.

Camarão: Características Comuns às Espécies

O exoesqueleto é formado por um polissacarídeo de cadeia longa chamado quitina. O corpo está dividido em duas partes: o abdômen e o cefalotórax.

O aparelho digestivo é completo e formado por duas aberturas: a de entrada (boca) e a de saída dos alimentos (ânus). A reprodução é sexuada, visto que os sexos são separados.

Assim como todos os artrópodes, os camarões possuem sistema nervoso formado por gânglios cerebrais.

Anatomia do Camarão

Uma característica interessante dos camarões diz respeito às suas particularidades de nado, visto que eles nadam para frente, no entanto, quando amedrontados, se movem para trás.

Existem camarões que podem atingir mais de 20 centímetros de comprimento, ao passo que outras espécies podem ser quase microscópicas. De modo geral, estes crustáceos podem ser encontrados em áreas como o Oceano Atlântico, o Oceano Pacífico, o Mar Mediterrâneo, as plataformas continentais, leitos de rios e lagoas, bem como zonas alagadas deixadas por marés.

Considerações Sobre o Cultivo de Camarão

A pesca e aquicultura de camarões são atividades fortemente presentes no litoral brasileiro, assim com em zonas litorâneas pelo mundo. No entanto, com o crescimento da demanda por esses animais, estes começaram a ser criados em viveiros escavados diretamente no solo, ou em pequenas lagoas, próximas às costas ou grande rios.

Em termos culinários, o camarão de água-doce apresenta boa aparência, carne branca e odor ameno (diferentemente do odor forte encontrado nos camarões de água salgada); ao passo que, os camarões de água salgada apresentam uma consistência firme semelhante às lagostas marinhas, e maior aceitação tanto nos mercados internacionais, quanto dentro do próprio Brasil, ao nível de sul e sudeste.

Os parâmetros genéricos para a criação de camarões de água-doce obedecem os princípios estabelecidos para a criação do camarão da malásia (nome científico Macrobrachiurum rosenbergii); ao passo que, no caso dos camarões de água salgada, os parâmetros observados estão relacionados à espécie camarão cinza.

Espécies de Camarão Cultivadas no Brasil e no Mundo: Camarão Rosa

O camarão rosa (nome científico Farfantepenaeus paulensis) é um nome conhecido na culinária, sendo um dos recursos pesqueiros mais importantes das regiões sul e sudeste o Brasil.

Pode ser encontrado em áreas lodosas, distribuídas ao longa da costa e com pouca profundidade. Geralmente, esta profundidade está compreendida em torno de 15 a 150 metros.

Camarão Rosa

Apesar de ser economicamente impactante para as regiões sul e sudeste, esta espécie é encontrada desde o Nordeste (mais precisamente desde a cidade de Ilhéus, na bahia), estendendo-se litoraneamente até a Argentina.

Espécies de Camarão Cultivadas no Brasil e no Mundo: Camarão Branco

O camarão branco (nome científico Litopaenaeus schmitti) possui ao todo 10 patas. Sendo que o seu abdômen é alongado, e o rosto reto e serrilhado. Mede 20 centímetros de comprimento e apresenta cor cinza-claro.

É encontrado no litoral brasileiro, entre as regiões nordeste e sul. Seu hábitat preferencial são regiões arenosas e lodosas, com pouca profundidade.

É considerado um excelente nadador  utiliza de movimentos rítmicos durante o nado.

Como fonte alimentar, esses animais fornecem um bom aporte de proteínas, sais minerais e iodo; no entanto, estão relativamente ameaçados pela pesca predatória, poluição e destruição de hábitat.

Espécies de Camarão Cultivadas no Brasil e no Mundo: Camarão Sete Barbas

O camarão sete barbas (nome científico Xiphopenaeus kroyeri) é considerado uma das espécies de maior valor econômico. Pode ser encontrado nos Estados Unidos e no sul do Brasil.

Camarão Sete Barbas

 

Como características, ele apresenta 8 centímetros de comprimento, e uma estrutura na porção frontal (conhecida como rostro) com a ponta curvada para cima.

O hábitat da espécie são as águas marinhas e costeiras com até 30 metros de profundidade.

Espécies de Camarão Cultivadas no Brasil e no Mundo: Camarão Pitú

O camarão pitú (nome científico Macrobachium carcinus) é uma espécie de água-doce considerada a mais conhecida, pescada e consumida.

A palavra “pitú” significa “casca escura”, em tupi-guaranan. Em relação ao seu nome científico, a tradução do grego significa “crustáceo de braço grande” (fazendo referência ao longo par de pernas que pode ser encontrado na espécie).

Espécies de Camarão Cultivadas no Brasil e no Mundo: Camarão Branco do Pacífico

Esta espécie cujo nome cientifico é Litopenaeus vannamei também pode ser chamada pela terminologia de camarão-de-patas-brancas, e é a maior espécie de camarão de cativeiro.

Sua origem remonta ao Pacífico Oriental, na faixa que se estende desde o estado de Sonora (no México) até o Norte do Peru. Os maiores produtores da espécie na atualidade são a Indonésia, Vietnã, Tailândia, Equador, México e Brasil.

Espécies de Camarão Cultivadas no Brasil e no Mundo: Camarão da Malásia

Essa espécie , cujo nome científico é Macrobachiurum rosenbergii, com certeza é uma das mais procuradas para criação em cativeiro. Também chamado de camarão gigante, visto que pode atingir até 32 centímetros de comprimento, e pesar entre 50 a 500 gramas.

Após conhecer algumas espécies de camarão encontradas no mundo e no Brasil, o convite é para que continue conosco e visite também outros artigos do site.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

Aquaculture Brasil. FAO atualiza os dados da Pesca e Aquicultura mundial. Disponível em: < http://www.aquaculturebrasil.com/2018/07/09/fao-atualiza-dados-da-pesca-e-aquicultura-mundial/>;

CHC. O nome dos camarões. Disponível em: < http://chc.org.br/coluna/o-nome-dos-camaroes/>;

Portal São Francisco. Camarão. Disponível em: < https://www.portalsaofrancisco.com.br/biologia/camarao>;

Sebrae. Criação de camarão. Disponível em: < http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/ideias/como-montar-uma-criacao-de-camarao,aa197a51b9105410VgnVCM1000003b74010aRCRD>;

Wikipédia. Litopenaeus vannamei. Disponível em: < https://pt.wikipedia.org/wiki/Litopenaeus_vannamei>;

Veja também

Como Cuidar de um Bull Terrier Filhote: Cuidados e Doenças

Os primeiros exemplares do Bull Terrier eram todos brancos e se originaram na Grã-Bretanha por …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *