Home / Animais / Curiosidades da Raça de Cachorro Pinscher

Curiosidades da Raça de Cachorro Pinscher

Pinscher é uma raça de cães de pequeno porte, conhecidos pelo seu latido agudo e relativa hiperatividade. O latido deste cão inclusive contribuiu para que este fosse empregado na caça aos roedores durante os primeiros anos de surgimento da raça. Ainda não é possível precisar sobre a sua origem, mas muitos acreditam ser na Alemanha.

Dentro da Alemanha, a caça aos roedores ocorreu no século XVIII, quando agricultores posicionavam cães Pinscher em cada esquina para caçar ratos e camundongos.

O cão é bastante popular na Europa e nos Estados Unidos, assim como no Brasil. Em nosso país, dentro do ranking dos cães populares, o Pinscher fica atrás apenas do Poodle e Shih Tzu.

O cão Pinscher possui uma expectativa de vida compreendida em 15 anos.

Neste artigo, você conhecerá uma pouco mais sobre as curiosidades desta raça canina tão popular.

Então venha conosco e boa leitura.

Curiosidades da Raça de Cachorro Pinscher: Características Físicas

O pinscher é um cão pequeno, que possui entre 25 a 30 centímetros e pesa entre 4 a 6 quilos.

Seu pêlo é liso, curto e bastante denso. A maioria dos cães dessa raça possui coloração predominantemente preta, geralmente com manchas marrons e vermelhas no rosto e nas patas. Também é possível encontrar cães com coloração única ao longo do corpo, a qual varia entre os tons de marrom a vermelho.

A cabeça é estreita e plana, com olhos ovais (escuros, destacados e sempre alertas) e orelhas eretas. O pescoço se junta aos ombros, assumindo formato arqueado. A arcada dentária é em formato de tesoura.

Nos países nos quais a prática é permitida, as orelhas são cortadas, fazendo com que adquiram formato pontudo. Em algumas circunstâncias, o rabo também é cortado.

Curiosidades da Raça de Cachorro Pinscher: História da Raça

O Pinscher em miniatura possui uma forte associação às fazendas alemães do século XVIII. Registros provam a origem da raça na Alemanha a cerca de duzentos anos atrás, contudo, existem pinturas e outros registros considerados consideravelmente mais antigos, no quais há a descrição de cães muito parecidos.

O Pinscher Miniatura possui várias características físicas comuns aos cães Doberman e Pinscher Alemão. No entanto, muitos especialistas apontam que para que o cão chegasse à baixa estatura encontrada hoje ocorreram cruzamentos entre as raças Greyhound italiano, Dachshund  e até mesmo entre cães terrier preto de pêlo curto e baixa estatura.

No final do século XIX, o Pinscher também já foi chamado de Reh pinscher. O nome se refere a um pequeno veado encontrado nas fazendas alemães.

No ano de 1985, a raça Pinscher inspirou a criação do Pinscher Klub, o qual atualmente recebe o nome de Pinscher Schnauzer Klub. Esta instituição definiu as características de perfeição da raça, em relação às características comportamentais e físicas.

Curiosidades da Raça de Cachorro Pinscher: Comportamento e Temperamento

Esta raça apresenta bom desempenho em jogos de aprendizagem, bem como em esportes que envolvam obediência e agilidade. Possui excelente versatilidade e adaptabilidade a variados ambientes e situações, no entanto, pode não se mostrar amigável com estranhos ou crianças. Uma estratégia para minimizar este problema é iniciar a sua socialização desde cedo.

O forte latido desses cãezinhos, ao visualizar estranhos ou deparar-se com situações de risco, está relacionado à característica de guardião intrínseca à raça.

É um cão destemido, de personalidade forte e grande lealdade ao dono. Contudo, caso não seja monitorado pode gerar uma série de prejuízos. Em áreas não protegidas, é ideal que esteja de coleira.

Por mais incrível que possa parecer, a personalidade da família pode influenciar no comportamento do cãozinho. Uma família calma, por exemplo, contribui para que o animal cresça equilibrado.

Este cão ocupa a posição de número 36 no ranking definido por Stanley Coren no livro “Inteligência dos Cães”.

Curiosidades da Raça de Cachorro Pinscher: Cuidados Específicos de Saúde e Higiene

Esses cães possuem uma grande queda de pêlos, especialmente durante os períodos de troca. Para diminuir a quantidade de pêlos pela casa, recomenda-se realizar a escovação algumas vezes na semana. O ideal é utilizar escovinhas específicas (encontradas em pet shops) para essa tarefa.

Os banhos devem ser realizados com uso de produtos específicos para cães, uma vez que produtos para humanos podem causar alergias e irritações.

Itens do cãozinho, assim como brinquedos de pelúcia, caixa de transporte ou casinha, lençóis e outros acessórios devem ser limpos com frequência.

Pinscher Com o Dono
Pinscher Com o Dono

A escovação dos dentes deve ser regular e com a utilização de produtos específicos. As unhas devem ser aparadas e mantidas sempre curtas para que o cãozinho não se machuque sozinho ao se coçar.

Para os cães que circulam livremente nos jardins ou quintais, é importante que sejam removidos objetos cortantes como pregos, cacos de vidro e ferramentas, assim como que sejam removidas as plantas tóxicas. Esse mesmo cuidado deve ser seguido para o interior das residências, visto que os cães podem morder e rasgar frascos de produtos (até mesmo corrosivos) para limpeza, assim como cabos e estofados de sofá, característica que pode gerar complicações para a saúde do animal e, é claro, prejuízo doméstico.

Circular livremente nos jardins com segurança é necessário para que o animal estimule o seu olfato, entrando em contato com a natureza e, ocasionalmente, com outros animais.

Caminhadas e brincadeiras diárias devem ser realizadas com moderação de modo a não sobrecarregar o animal.

O grande vigor físico do cão Pinscher o torna vulnerável a um quadro chamado luxação patelar, no qual a patela não está alinhada e gera dificuldade para o Pet caminhar. O tratamento é realizado através de cirurgia corretiva.

É importante que as consultas ao veterinário ocorram periodicamente, de modo que o cão cresça saudável.

*

Agora que você já conhece muitas curiosidades sobre o cão Pinscher, o convite é para que continue conosco e visite também outros artigos do site.

Aqui há muito material de qualidade nos campos da zoologia, botânica e ecologia de um modo geral. Fique à vontade para desfrutar de nossos artigos.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

Cachorro Gato. Pinscher Miniatura. Disponível em: < https://www.cachorrogato.com.br/racas-caes/pinscher-miniatura/>;

Pet Love. Tudo Sobre Pinscher. Disponível em: < https://www.petlove.com.br/pinscher/r>;

Petz. Guia de Raças Pinscher. Disponível em: < https://www.petz.com.br/cachorro/racas/pinscher/>.

Veja também

Ficha Técnica do Pica-Pau: Peso, Altura, Tamanho e Imagens

Os pica-paus são aves cuja nomeação deriva de uma prática comum: o ato de tamborilar, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *