Home / Animais / Comportamento da Joaninha: Hábitos e Modo de Vida Animal

Comportamento da Joaninha: Hábitos e Modo de Vida Animal

As joaninhas são insetos coleópteros pertencentes à família taxonômica Coccinellidae. Ao todo, estes insetos ultrapassam a marca das 5 mil espécies, dentre as quais o famoso e belo padrão de carapaça vermelha com pintas negras nem sempre é o encontrado.

Podem ser descritas como insetos fofos e adoráveis, mas, o que poucos sabem, é que, apesar da aparência, algumas espécies podem ser predadores vorazes. No caso, esta predação ocorre contra insetos considerados pragas vegetais. Desta forma, a joaninha é extremamente benéfica para a agricultura e também para o ecossistema de modo geral.

As joaninhas possuem uma expectativa de vida estimada entre 3 a 9 meses. Em algumas culturas, podem estar relacionadas à simbologia de boa sorte, felicidade e transformação de vida.

Neste artigo, você conhecerá algumas características e curiosidades sobre as joaninhas, em especial relacionadas ao seu comportamento e modo de vida.

Então venha conosco e boa leitura.

Características Anatômicas das Joaninhas

Entenda Sobre o Comportamento das Joaninhas
Entenda Sobre o Comportamento das Joaninhas

Joaninhas adultas apresentam um corpo redondo ou de curvatura descrita como semiesférica. Possuem cabeça pequena, bem como antenas curtas. As patas são em número de 6.

A coloração e o comprimento podem variar de uma espécie a outra. De modo geral, o comprimento pode estar compreendido entre 0, 3 a 10 milímetros, todavia, há espécies mais avantajadas que excedem a extensão de 1 centímetro.

Possuem 2 pares de asas, sendo que apenas um par é destinado ao voo. O outro par é modificado e funciona como uma carapaça (ou élitro), dentro da qual estão as asas de voo. O élitro é formado por quitina e apresenta uma coloração própria para cada espécie.

Além da coloração vermelha, o élitro pode ser amarelo, rosa, azul, cinza, verde, marrom ou até mesmo negra.

As joaninhas ‘filhotes’ (ou melhor, as larvas de joaninhas) são incrivelmente diferentes da forma adulta, uma vez que são completamente negras (tonalidade rara na fase adulta), e não apresentam o corpo arrendondado, mas sim, alongado. Nas larvas, também é possível notar a presença de pequenos espinhos ou tubérculos ao longo do corpo.

Comportamento da Joaninha: Hábitos e Modo de Vida Animal- Alimentação e Componentes da Dieta das Espécies Predadoras

Existem espécies que alimentam-se exclusivamente de póle, mel, folhas e até mesmo fungos. Contudo, a maioria das joaninhas enquadra-se na classificação de predadores, pois alimentam-se de outros invertebrados (bem como de seus ovos), como é o caso da joaninha-de-sete-pontos (nome científico Coccinella septempuctata).

Os invertebrados presentes na dieta das joaninhas predadores são os pulgões (também chamados de afídios), as moscas da fruta, os ácaros, as cochonilhas e outros organismos que parasitam vegetais.

Todos esses insetos são parasitas agrícolas, mas o maior destaque vai para os pulgões. Ao todo, existem quase 250 espécies de pulgões, os quais, além de sugarem a seiva dos vegetais, também atuam como vetores na transmissão de diversos vírus.

Uma curiosidade sobre os pulgões é que estes são capazes de migrar por grandes distâncias, conduzidos pelo vento (processo denominado dispersão passiva). O comprimento dos pulgões varia entre 1 a 10 milímetros. A coloração pode variar entre o castanho, o amarelo, o verde, o cinzento ou o preto.

Em relação às moscas da fruta, estas correspondem a uma média de quase 5.000 espécies pertencentes à família taxonômica Tephridae.

Os ácaros pertencem à subclasse Acari, possuindo aproximadamente 555 mil espécies já descritas. Apesar do número naturalmente elevado, especialistas acreditam que esse quantitativo seja incrivelmente superior (correspondendo a mais de 500 mil espécies). A média de comprimento para as espécies varia entre 0,25 a 0,75 milímetros- todavia, é possível encontrar espécies ainda menores.

Finalizando a descrição dos principais componentes da dieta das joaninhas carnívoras estão as cochonilhas, as quais correspondem a aproximadamente 8.000 espécies pertencentes à superfamília taxonômica Coccoidea. Após as fêmeas adultas aderirem na planta que desejam parasitar, estas ficam praticamente imóveis.

Comportamento da Joaninha: Hábitos e Modo de Vida Animal- Distribuição Climática

Joaninha do Clima Temperado
Joaninha do Clima Temperado

As joaninhas possuem preferência por clima temperado, dessa forma, é mais raro encontra-las em locais com clima tropical.

Estes diminutos insetos também são capazes de hibernar durante os períodos de inverno.

Curiosamente, os pulgões (principal fonte alimentar das joaninhas) também são encontrados em climas mais amenos, tais como em regiões de climas temperados e/ou subtropicais.

Comportamento da Joaninha: Hábitos e Modo de Vida Animal- Defesa Contra Predadores

Muitas espécies de joaninhas são consideradas predadores por alimentarem-se de pequenos insetos, mas isso não significa que também não sejam presas de outros predadores.

Os principais predadores das joaninhas são insetos maiores, pássaros e até mesmo anfíbios. Neste contexto, a joaninha desenvolve algumas estratégias de defesa muito peculiares.

Primeiramente, a própria coloração da joaninha já é por si só uma estratégia de defesa. Na natureza, a coloração chamativa também pode ser encontrada em alguns animais considerados venenosos (como é o caso de algumas espécies de rã). Desta forma, o predador intuitivamente a associa como uma espécie venenosa ou de sabor ruim (estratégia que recebe o nome de aposematismo).

As joaninhas também são exímias atrizes, sendo capazes de fingirem-se de mortas quando necessário. Também podem liberar uma substância amarelada com odor fétido a partir da articulação de suas pernas.

Comportamento da Joaninha: Hábitos e Modo de Vida Animal- Reprodução e Ciclo de Vida

Hábitos da Joaninha
Hábitos da Joaninha

As joaninhas possuem um ciclo de vida completa e passam pelos 4 estágios de desenvolvimento (ovo, larva, pupa e forma adulta).

A fecundação é interna e é comum que ocorre várias vezes durante o ano. Esses animais são capazes de depositar entre 150 a 200 ovos de uma única vez. As fêmeas escolhem para postura desses ovos locais, preferencialmente, colonizados por insetos ou outras fonte de alimento.

As larvas eclodem após 2 a 5 dias da postura. Após mais 10 dias, fixam-se a um substrato (o qual pode ser a superfície de uma folha ou tronco de árvore), de modo a transformar-se em pupa. A joaninha permanece como pupa durante 12 dias, sendo que, após este período emerge em sua forma adulta.

*

Agora que você já conhece um pouco mais sobre as joaninhas, que tal continuar por aqui conosco para visitar também outros artigos do site ?

Por aqui, há muito material de qualidade nos campos da zoologia, botânica e ecologia de um modo geral.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

BRITES, A. D. Educação Uol. Joaninhas- Inseto é um predador voraz. Disponível em: < https://educacao.uol.com.br/disciplinas/biologia/joaninhas-inseto-e-um-predador-voraz.htm>;

Green Me. Joaninha- Por que ela é considerada Símbolo da Sorte ? Disponível em: < https://www.greenme.com.br/viver/arte-e-cultura/66645-joaninha-por-que-ela-e-considerada-simbolo-da-sorte/>;

Wikipédia. Joaninha. Disponível em: < https://pt.wikipedia.org/wiki/Joaninha>;

 

Veja também

Planta em Casa

Porque é Importante ter Plantas em Casa?

Para quem gosta de ter um ambiente aconchegante em casa, principalmente para quem trabalha em …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.