Home / Animais / Como é o Corpo De Um Golfinho? Quais São As Partes?

Como é o Corpo De Um Golfinho? Quais São As Partes?

Com certeza você conhece ou pelo menos já ouviu falar sobre os golfinhos, eles são animais muito brincalhões e que se socializam com todos os animais e humanos que se aproximam deles. Cada espécie de golfinho possui algumas características únicas, geralmente essa diferença é vista no formato de seus corpos. Mesmo com essas diferenças, o corpo de todos os golfinhos são compostos por um esqueleto, por uma pele, uma cabeça, nadadeiras, rins e órgãos reprodutores. E ao longo desse texto nós vamos explicar como funciona cada uma dessas partes do corpo dos golfinhos que foram citadas acima.

Esqueleto Dos Golfinhos

O esqueleto não só dos golfinhos, mas sim de todos os mamíferos tem sofrido algumas modificações com o passar dos anos. Com essas modificações os membros anteriores acabaram por se tornarem nadadeiras e os ossos dos membros posteriores vieram a desaparecer totalmente. As costelas dos golfinhos possibilitam que a caixa torácica seja esmagada pela alta pressão que pode ocorrer no oceano e que no fim não ocorra nenhum dano. Já o crânio dos golfinhos é localizado mais para frente do corpo e se alinham corretamente com a coluna cervical e com a coluna vertebral.

Cabeça Dos Golfinhos

A cabeça dos golfinhos é localizada mais a frente do resto de todo o corpo. Os olhos desse animal muda conforme seu sentimento, por exemplo, quando ele se encontra em um estado de raiva, os seus olhos ficam mais estreitos que o normal e quando o animal se encontra em um estado de excitação, os olhos dele vai ficar mais escuro e pode também alargar um pouco. Os golfinhos não possuem ouvido, algo presente na cabeça deles, mas que não é usado para a audição, são duas pequenas aberturas que há uma em cada lado da cabeça. O maxilar da maioria das espécies de golfinhos são alongados e estreitos. O cérebro desse animal se encontra na parte de trás do crânio. Muitas espécies de golfinhos possuem dentes, algumas espécies podem chegar a possuir mais de 200 dentes, mesmo com todos esses dentes, eles não mastigam seu alimento.

Cabeça Dos Golfinhos
Cabeça Dos Golfinhos

No crânio é onde se localiza duas passagens nasais, essas passagens vão se unir no fim da traqueia. Os golfinhos respiram o oxigênio que está presente no ar o que faz com que todas as vezes que eles sentirem a necessidade de respirarem eles tenham que subir até a superfície da água. A traqueia e o esôfago dos golfinhos são separados, isso faz com que eles consigam se alimentar debaixo da água sem perigo nenhum de se afogarem.

Capacidade De Produzir Sons

Os golfinhos são animais capazes de se comunicarem entre si através dos sons produzidos por eles mesmos, esses sons são semelhantes a estalos e assobios. A frequência de som produzida pelos golfinhos varia de acordo com a espécie ao qual o animal pertence. Esses sons produzidos por eles também os ajudam a identificar objetos e saber a qual distância se encontra uma presa, isso é possível por conta do sentido de eco localização que eles possuem. Para isso eles vão produzir o som e verificar quando tempo esse mesmo som demora para ir até o objeto ou até a presa e voltar, desse modo, o golfinho consegue possuir uma noção de qual distância ele está de sua presa.

Pele Dos Golfinhos

Pele Dos Golfinhos
Pele Dos Golfinhos

A pele desse animal é bem lisa e delicada e vai sendo trocada conforme os anos vão passando. A pele deles é dão sensível que podem ser feitos machucados facilmente e sem muito esforço. Na pele de um golfinho pode ser observado várias marcações e feridas, essas marcações são como registros da vida deles, pois elas são feitas por inimigos, por companheiros e pelo próprio meio ambiente.

Os Rins Dos Golfinhos

Os golfinhos são animais que possuem rins considerados grandes. O mesmo rim que os golfinhos possuem são os que ursos e focas também possuem. Esses rins são compostos por estruturas especiais que servem para ajudar na filtragem enquanto eles mergulham.

Nadadeira Dorsal

Nadadeira Dorsal dos Golfinhos
Nadadeira Dorsal dos Golfinhos

O golfinho pode ou não possuir uma nadadeira dorsal, isso vai depender da espécie a qual ele pertence, e o tamanho dessa nadadeira também vai depender de sua espécie. O motivo ao qual levou o desenvolvimento dessa nadadeira ainda é desconhecido pelos cientistas. Essa nadadeira não possui ossos e também ela não é essencial para que o golfinho ou para que qualquer outro animal que pertença à ordem dos cetáceos sobreviva.

Nadadeira Posterior

A nadadeira posterior do golfinho que também é conhecida como cauda é formada por duas nadadeiras que são horizontais e achatadas. A função dessas nadadeiras é fazer com que o golfinho tenha um impulso na hora de nadar.

Órgãos Reprodutores

Órgãos dos Golfinhos
Órgãos dos Golfinhos

Os órgãos reprodutores dos machos se localizam logo em frente ao orifício retal e geralmente ele se encontra dentro do corpo, saindo apenas quando o animal tem uma ereção. Os testículos dos golfinhos se encontram dentro da cavidade abdominal, próximo aos rins. Nas fêmeas a abertura genital também vai ser encontrada na barriga, no mesmo lugar onde se localiza o órgão urinário. As duas glândulas mamárias que as fêmeas apresentam estão uma de cada lado da abertura genital e os mamilos vão estar geralmente para dentro, porém quando o golfinho filhote for se amamentar os mamilos vão se estender.

Circulação Sanguínea Dos Golfinhos

O sistema circulatório dos golfinhos é constituído pelas redes de vasos sanguíneos, essas redes possuem como função principal proteger dos efeitos da pressão da água os órgãos vitais. Mesmo durante mergulhos profundos, a circulação sanguínea não minimiza e continua bombeando sangue constantemente, principalmente na região do cérebro. Outra função que a circulação sanguínea possui é a de minimizar a perda de calor no corpo do animal, isso é possível pois os vasos sanguíneos estão estendidos ao longo de todas as partes do corpo do golfinho, até mesmo nas partes extremas, como nas nadadeiras. Mas também há como fazer o contrário dessa função e fazer com que a diminuição de calor seja permitida, para que isso ocorra ao invés de fazer com que o sangue atravesse perto da espinha dorsal, será necessário fazer com que ele circule mais próximo a pele, fazendo desse modo com que o calor seja liberado.

Golfinho no Fundo do Mar
Golfinho no Fundo do Mar

Gostou de saber sobre as partes que formam o corpo dos golfinhos e a gora quer saber mais sobre eles? Então acesse esse link e leia um texto que explica o porquê dos golfinhos precisarem subir até a superfície para respirarem: Porque os Golfinhos Precisam Subir à Superfície para Respirar?

Veja também

Meu Cachorro Está Estranhando Todo Mundo. E Agora?

Os cachorros ganharam enorme importância na vida das famílias brasileiras. Esses animais se tornaram tão …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *