Home / Animais / Ciclo De Vida Da Mariposa: Quantos Anos Elas Vivem?

Ciclo De Vida Da Mariposa: Quantos Anos Elas Vivem?

A maior parte dos insetos possuem um ciclo de vida muito curto, alguns, inclusive, vivendo apenas por poucos dias. A mariposa, por sua vez, é um desses animais que consegue ter um ciclo de vida um pouco maior.

A seguir, daremos mais informações sobre isso.

Características Gerais Das Mariposas

Aqui no Brasil, esses insetos são chamados de mariposas, enquanto que em certas partes da Europa, são denominadas traças. Tratam-se de insetos de voo noturno, possuindo antenas características que recebem o nome de filiformes. Inclusive, devido ao tamanho avantajado de algumas espécies, em certos lugares, as mariposas são chamadas de “bruxas”.

Mesmo fazendo parte do mesmo grupo de animais que as borboletas, as mariposas possuem características que as distinguem delas. Por exemplo, enquanto que as borboletas possuem antenas bem finas, com esferas na ponta, as mariposas possuem antenas mais grossas, possuindo diversos estilos de acordo com a espécie. Outra diferença é que enquanto as mariposas pousam de asas abertas, as borboletas deixam suas asas na vertical.

Mariposas adultas se alimentam de néctar, sendo, portanto, importantes animais polinizadores para plantas do tipo esfingófilas, que são aquelas que apresentam longos tubos florais, e que facilitam bastante a polinização. Atualmente, sabe-se que existem mais de 1.400 espécies de mariposas espalhadas pelo mundo, em praticamente todos os continentes.

Mariposas: Ciclo Vital E Expectativa De Vida

Assim como acontece com as borboletas, as mariposas possuem 4 estágios em seu ciclo vital, que são basicamente ovo, lagarta, pupa e mariposa adulta. Já o tempo de vida desses animais varia bastante de acordo com a espécie da qual estamos falando, bem como a quantidade de mudas que fazem. Pra quem não sabe, mudas nada mais são do que as transformações de um estágio para o outro no desenvolvimento do animal.

De um modo geral, muitas espécies de mariposas possuem um tempo de vida que dura apenas algumas poucas semanas. Em outros casos, como acontece com as mariposas piralídeas (que são mais comuns em celeiros), essa mesma expectativa pode se prolongar até quase 1 ano.

Interessante notar que na questão das mudas que as mariposas sofrem, é bastante comum que, enquanto ainda estão no estágio de lagartas, troquem de pele algumas vezes (além de comerem bastante), até que chegue o momento em que façam um casulo, e entrem no estágio de pupa.

Peculiaridades a Respeito De Cada Estágio De Vida Da Mariposa

As fêmeas desses insetos botam seus ovos, em geral, sobre as plantas que, futuramente, servirão de alimento para as lagartas que irão nascer em breve. Estas, por sua vez, ao nascerem, já se alimentam da própria casca do ovo que onde estavam. É somente depois disso que começa o seu “árduo” trabalho de comer sem parar.

Importante frisar que, à medida que vai crescendo, a lagarta vai passando por diversas etapas de desenvolvimento. É ao final de cada etapa, inclusive, que ela troca de pele, como já mencionamos aqui. Isso se deve porque a cada ciclo que ela come muito, aumenta de tamanho, e a pele antiga vira meio que um estorvo pra ela.

Depois que ocorre a derradeira muda da lagarta da mariposa, enfim, ela vira pupa. Interessante notar que, por fora, ela parece sem vida, porém, internamente, ela está passando uma metamorfose que irá transformá-la, em breve, em uma mariposa adulta. Em algumas espécies, essa transformação se dá em apenas 1 semana. Em outras, pode durar meses e meses.

Estágio De Vida Da Mariposa
Estágio De Vida Da Mariposa

Depois desse estágio completada, a mariposa adulta rasga a carapaça da pupa, expande seu corpo no ar, contrai os músculos, e espera até que suas asas fiquem secas e firmes, para, então, alçar voo.

E O Que as Mariposas Fazem Após Viraram Adultas?

Depois de se tornarem adultas, as mariposas possuem um estilo de vida bem peculiar. Primeiro de tudo que esses animais, em geral, já comeram o que comer enquanto ainda eram lagartas. Após crescerem, boa ´parte das espécies desses insetos simplesmente não come mais nada até sua morte. Isso porque a única e exclusiva função de alguns tipos de mariposa é acasalar e botar ovos para a perpetuação da espécie.

Inclusive, alguns desses insetos, na fase adulta, não possuem, sequer, boca. Outra curiosidade é que algumas espécies de mariposas também não possuem narinas, porém, têm um olfato apuradíssimo. Como assim? Através de suas antenas, oras! Com elas, esses animais podem “sentir cheiros” a mais de 10 km de distância!

No entanto, mesmo que algumas espécies não se alimentem de nada em suas vidas curtas (nem sequer boca certos tipos possuem), outras tantas mariposas podem se alimentar das mais variadas formas. A maioria que come, gosta de néctar das plantas, mas existem outras que apreciam pólen, sangue, lágrimas e até mesmo excrementos de animais. Na verdade, elas se alimentam de qualquer substrato que possua substância fundamentais para o seu desenvolvimento.

E Qual Inseto Possui a Vida Mais Curta?

É verdade que para os nossos parâmetros, as mariposas em geral vivem bem pouco (as mais “velhas” chegam somente a 1 ano de existência), porém, existem outros animais que conseguem ter uma expectativa de vida ainda menor que a delas. Na verdade, insetos, assim como as mariposas.

E não é apenas uma ou outra espécie, mas uma classe inteira de insetos. Estamos falando dos efemerópteros, cuja expectativa de vida é de somente 24 horas (isso mesmo: apenas um único dia!). Nesse período de tempo, dá tempo apenas desses animais se reproduzirem, e olhe lá.

Mariposa na Flor
Mariposa na Flor

São cerca de 4 mil espécies conhecidas, sendo a classe de insetos com asas mais antiga que se em notícia. Aqui no Brasil mesmo são aproximadamente 160 espécies existentes, e s~]ao conhecidas por aqui com os nomes populares de aleluias, besouros-de-maio, borboletas-de-piracema ou simplesmente efêmeros. São insetos que, por sinal, servem de alimento para peixes que habitam em águas doces.

Até por conta do tempo de vida, esses insetos não chegam a se alimentar direito, possuindo peças bucais bem rudimentares. Em geral, medem cerca de 4 cm de comprimento, e, visualmente, parecem-se muito com as famosas cigarras. A título de curiosidade, entre os mamíferos, os que possuem a vida mais curta são os ratos (vivendo, no máximo, por 2 anos).

Veja também

Marreco de Pequim: Características, Hábitat e Nome Científico

O marreco de Pequim é considerado uma das principais raças atuais de marrecos, ao lado …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *