Home / Plantas / Vender Alface Dá Lucro?

Vender Alface Dá Lucro?

Será que é lucrativo imaginar um negócio com alface? Talvez uma banca de feira com a hortaliça? Alface não é uma verdura muito fácil de cultivar. É muito suscetível a condições climáticas e ataque de pragas, e é altamente perecível pós colheita. Apesar dessas deduções aparentemente lógicas, o mercado em torno da alface é grandioso e lucrativo, tendo a China como a principal
indústria investidora nesse negócio. Vamos entender porque o comércio em torno do alface é lucrativo mundo afora.

O Lucrativo Alface na China

A China é líder mundial na produção de alface , produzindo aproximadamente metade da alface mundial. Segundo estimativas da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação a China produz cerca de quinze milhões de toneladas métricas de alface em mais de quinhentos hectares de terra. A China começou a cultivar alface entre os séculos 5 ou 7 AC, tornando-se atualmente o principal produtor de alface no mundo, embora a hortaliça nem seja nativa da região e ninguém sabe ao certo quando ou como a alface foi para lá.

A maior parte da alface produzida na China é comprada e consumida no país. O curioso é que os chineses não tem o hábito de comer alface crua, como em salada por exemplo. Os tipos mais comuns do cultivo da alface na China são a alface crespa (lactuca sativa var. crispa), a alface romana (lactuca sativa var. longifolia) e a alface aspargo (celtuce). Alface espinhosa ou alface da China (lactuca serriola) também é uma variedade cultivada em terrenos baldios ao longo de estradas, pátios e jardins. É uma cultura irrigada que é adequada para crescer em solos leves ou secos.

A alface é preparada como um vegetal cozido na China. A alface aspargo (celtuce ou lactuca sativa var. angustana) é endêmica da China. É suculenta, tem caule espesso e folhas tenras. A planta cresce a uma altura de 10 a 12 polegadas e tem folhas no final, semelhante ao da alface. Sua pele tem um gosto amargo e, portanto, é removida, deixando apenas o núcleo verde que é macio e translúcido.

Em Taiwan, a cabeça da alface é uma cultura de exportação cultivada na área montanhosa sub-tropical, que é adequado devido ao seu clima frio. Cerca da metade ou mais do que é cultivado ali é destinado a exportação. Tanto sucesso e lucro é advindo da alface para os chineses que a verdura lá é símbolo da riqueza e boa sorte. É uma comida festiva durante os aniversários, o Dia de Ano Novo e várias outras ocasiões festivas.

Porque o Consumo de Alface é Tão Valioso na China?

Os padrões de consumo e as escolhas dos cidadãos chineses estão mudando e a demanda por produtos de estilo ocidental aumentou bastante nas últimas décadas. A culinária chinesa típica usa vegetais fritos ou cozidos no vapor. Vegetais crus costumam ser uma raridade no menu. A introdução de cadeias de fast food ocidentais desde os anos 80 lançou o início de mais hábitos de cozinha internacionalmente fundidos. A alface é uma das hortaliças que estão se saindo bem nessa nova tendência. Tradicionalmente servido e consumido no vapor, o consumo bruto está decolando nas grandes cidades da China.

A alface é cultivada em quase toda a China perto das grandes cidades. As principais regiões produtoras são a província de Hainan e Yunnan, no sul do país. Em um país grande como a China, a alface é cultivada e colhida ao longo do ano. Na primavera e no inverno, a alface está entrando no mercado pelo sul da China. No verão e no outono, o norte abastece o país. A alface também é cultivada em estufas durante todo o ano no norte da China.

Uma empresário chinês em Anhui, província de Shandong, produtor e fornecedor de alface pelo país, explicou o seguinte sobre o sucesso com a verdura: “Os consumidores chineses preferem comprar lavouras inteiras de alface. Saladas prontas para consumo ou frescas compõem uma pequena parcela de mercado. Eles são produzidos principalmente para o negócio de restaurante. Como um todo, este segmento está crescendo também ”.

Os Estados Unidos e o Negócio com Alface

Nos Estados Unidos, toda a alface é comercializada como um produto fresco. Hoje, quase toda a cabeça de alface é embalada em campo para venda a granel ou para transporte para uma fábrica de processamento de saladas. As estimativas sugerem que cerca de um quarto de toda a alface iceberg é agora destinada ao processamento em saladas de pré-embalagem.

As variedades de alface nos Estados Unidos são selecionadas para períodos específicos de plantio e resistência a doenças. A alface é produzida durante todo o ano. Embora a alface seja produzida em muitos estados, a Califórnia e o Arizona dominam a produção. A Califórnia é responsável por cerca de 70% da produção de alface americana, seguida pelo Arizona, que produz quase os outros 30%. Juntos, esses estados produzem quase a totalidade da alface nos Estados Unidos.

De acordo com o Serviço Nacional de Estatísticas Agrícolas do USDA (NASS), a alface é produzida em mais de 160.000 acres, ou mais de 650.000 Km² de terra nos Estados Unidos e o número de fazendas produzindo alface tem aumentado em quase 50% na última década.

A produção anual média de alface nos Estados Unidos fica em mais de três toneladas e meia, com valor médio de US$ 2,0 bi anual, tornando a alface uma das principais culturas de hortaliças para a economia do país.

Rentabilidade Do alface no Brasil

A alface está entre as hortaliças mais usufruídas e queridas pelo consumidor brasileiro e isso tem afetado o interesse cada vez maior de empresas fornecedoras de sementes e também de pesquisadores do gênero, todos buscando alternativas variadas para atrair ainda mais mercado para a alface no país.

Conscientes do potencial deste mercado, tanto indústrias como pesquisadores procuram dar atenção especial tanto a novas variações (como a alface brunela, por exemplo) como ao processo de cultivo de variedades (como a hidroponia, por exemplo), como alternativas para qualificar e aumentar a produção e demanda da hortaliça, atendendo a preferência do consumidor final.

Consumidora Final da Alface
Consumidora Final da Alface

A alface está entre as três hortaliças mais consumidas no Brasil, conforme atestado pela ABCSEM, com uma movimentação e produção média anual superior a um milhão e meio de toneladas, resultando num valor médio entre oito a dez bilhões de reais por ano.

Veja também

Nectarina Colombiana: Caracteristicas, Muda e Fotos

Olá, durante o artigo de hoje você vai conhecer a Nectarina Colombiana e suas principais …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *