Home / Plantas / Variedades de Alface de Inverno

Variedades de Alface de Inverno

Alface de Inverno: Plante Você Também.

Para quem mora em regiões com clima frio, invernos rigorosos e temperaturas amenas; que deseja ter uma horta, mas não conhece muitas variedades de plantas adequadas a tais climas, devido a grande maioria precisar de sol e calor. Saiba que existe uma deliciosa hortaliça, cultivada nas regiões mais frias do Brasil e de todo o mundo, que se desenvolve com qualidade em baixas temperaturas.

A alface de inverno é uma ótima opção para você que quer começar a sua horta, ele possui inúmeras variedades, que variam o sabor, a textura, o formato e a cor das folhas, mas os incríveis benefícios que eles nos proporcionam são os mesmos.

Eles podem ser plantando facilmente, ao longo do de todo o ano; podem suportar até calor moderado, mas que se desenvolvem com qualidade em climas mais frios, de preferiria a solos de qualidade.

Foto de Um Alface Crespo
Foto de Um Alface Crespo

Você que está pensando em como plantar alface, vamos te dar algumas dicas de como o fazes e mostrar algumas variedades disponíveis no mercado ou em lojas on-line para que você tome conhecimento das diferentes possibilidades de plantio do alface de inverno.

Variedades de Alface de Inverno

Você pode adquirir sementes para plantar alface de inverno através de lojas on-line, ou viveiros que possuem mudas de alface, depende da sua opção e da disponibilidade que tem para comprar as sementes. Mas antes de aprender como plantar, vamos conhecer algumas variedades da alface de inverno.

Alface Crespa

Alface Crespa
Alface Crespa

Está variedade possui um tamanho elevado, suas folhas são verde-claras, não existe a formação de cabeças, além de serem largas e encrespadas. Você pode usa-la tanto para decoração e enfeites de pratos, como também em saladas; está é uma opção com grande numero de sais minerais e quantidade considerável de vitamina A.

Alface Palmas

Alface Palmas
Alface Palmas

Este possui suas folhas verdes mais brilhantes, um tom mais vibrante, com uma qualidade visual muito positiva, suas folhas são dispostas e eretas, sendo muito cultivado e comercializada, possui um diâmetro de 20 cm a 30 cm. Ela é mais resistente que as outras variações; seu ciclo pode demorar de 60 a 65 dias.

Alface Alaska e Alface Moana

Alface Moana
Alface Moana

Estes possuem um alto potencial produtivo, não são muito conhecidos no Brasil ainda, pois foram lançadas há pouco tempo; elas são bastante resiste às temperaturas mais frias, possui coloração esverdeada e são resistentes ao pendoamento.

Frisée Itaúna

Frisée Itaúna
Frisée Itaúna

Está é para quem deseja fazer a horta em campos abertos ou hidropônicos; ela é compacta, suas folhas são frisadas, seus talos são comestíveis e deliciosos, ela ainda é recomendada para a decoração de pratos e é resistente ao míldio.

Batavia Cacimba

Batavia Cacimba

As folhas desta variedade possuem a coloração roxa, são compactas também e possuem bastante resistência ao frio e ao pendoamento.

Frisée Atalaia Roxa

Frisée Atalaia Roxa
Frisée Atalaia Roxa

Suas folhas são frisadas, e com coloração roxa, é recomendado seu cultivo em campos abertos ou hidropônicos; possui aspecto visual excelente para a decoração de diferentes tipos de pratos.

Alface Valentina

Alface Valentina
Alface Valentina

Essa variedade é bem resistente ao frio, a algumas queimas que podem acontecer em sua folha, devido a muito sol e ainda aos vírus; suas folhas são de coloração verde vibrante e são compridas, possuindo um porte grande.

Alface Americana

Alface Americana
Alface Americana

Esta variedade é uma das que ao ser consumido, podem proporcionar textura mais crocante que as outras, suas cabeças são compactas; possui ainda alta durabilidade e resistência as variações climáticas, ela desenvolve-se em formatos de saias.

Agora que já conhecemos algumas variedades, vamos ver algumas dicas para você plantar essas deliciosas hortaliças.

Como Plantar Alface de Inverno

O Primeiro passo é você se atentar a temperatura e a média climática do lugar em que você vive. A temperatura ideal varia entre 10° e 22°, claro que podem variar um pouco; tanto para temperaturas mais quentes, quanto para temperaturas mais baixas, mas lembre-se, as alfaces quando ficam expostos a temperaturas mais elevadas, podem ter um florescimento antecipado, denominado como pendoamento, o que leva a planta a não produzir corretamente suas folhas.

Outro fator para você se atentar é o solo; onde é necessário solos com boa drenagem, se possível adubado, rico em matéria orgânica, que possua um pH que varie entre 6 e 7 e ainda disponibilize nitrogênio para a planta. Lembre-se, as regas feita à alface e ao solo devem ser diárias, deixando o solo sempre úmido, porém é importantíssimo que você não o deixe encharcado, assim você pode “afogar” a planta e ela não vai se desenvolver corretamente, podendo até morrer.

Após adquirir as sementes, seja por vias on-line ou em viveiros. Você poderá germina-las antes de planta-las no seu local definitivo; basta você armazena-las sob um papel úmido, dentro de um pote que possua tampa, deixe por alguns dias em local escuro. Depois de germinada, você poderá planta-las em buracos de aproximadamente 1 centímetro de profundidade.

Homem Cultivando a Alface
Homem Cultivando a Alface

Quando notar que nasceram de 4 a 6 folhas, será a hora de transplanta-las para o local definitivo, que podem ser em vasos, canteiros, hidropônicos; os locais definitivos podem variar de acordo com o gosto do cultivador. De preferencia para transplanta-las em dias com chuva e nublados, pois se estiver muito sol, elas não terão uma fixação ao solo adequada, podendo murchar, ou morrer com facilidade. Você pode planta-las com uma diferença de espaço de mais ou menos 20 a 30 centímetros, onde elas tenham espaço para se desenvolver e crescer.

Período de Colheita e Pragas

O período de colheita pode variar dependendo da variedade que você escolheu plantar, pode variar em torno de 50 a 120 dias. Dependendo da variedade, se for as que geram cabeças, elas ainda podem fornecer outra colheita de menor tamanho; quando for corta-la, deixe em torno de 2 cm do caule dela para fora do solo, em algumas semanas ela terá uma nova colheita; já as que não possuem cabeças, são colhidas soltas e separadas, basta arranca-las, puxando-as com cuidado uma a uma.

Atente-se ao míldio, ele pode destruir sua plantação; ele é uma das principais doenças de locais onde possuem temperaturas mais baixas; para combatê-lo você pode usar alguns defensivos agrícolas, mas se não deseja fazer uso de químicos em suas colheitas, o recomendado é que escolha para plantio uma variedade que possua resistência a essa praga.

Veja também

Flor de Pessegueiro: Época de Florada, Características e Fotos

O Brasil é um país com uma grande variedade de espécies quando nos referimos à …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *