Home / Plantas / Tudo Sobre a Sálvia de Jerusalém: Características e Nome Cientifico

Tudo Sobre a Sálvia de Jerusalém: Características e Nome Cientifico

As plantas são essenciais para a vida dos seres humanos e de todos os outros animais. Dessa maneira, seja por conta do papel que cumprem nas trocas gasosas, pelo fato de manterem muitos animais vivos ou até mesmo pela beleza que possuem, o certo é que as plantas estão no centro de todo o planeta. Um grande exemplo disso são as plantas ornamentais, aquelas que funcionam para deixar os ambientes mais belos.

Assim, a sálvia-de-jerusalém é um desses tipos, já que as suas flores podem ser muito bonitas quando abertas, o que faz com que essa versão de planta seja usada para ornamentar casas em grande parte da Ásia. Muito comum em parte do Mediterrâneo, a sálvia-de-jerusalém pode ser encontrada em larga escala em locais como Chipre, Israel, Palestina, Síria e Líbano.

A planta leva o nome da cidade de Jerusalém pelo fato de existir em larga escala na cidade. Dessa maneira, há pessoas que usam a sálvia-de-jerusalém como uma forma de explicar as longas batalhas que envolvem palestinos e israelenses pelo controle da cidade. Em todo caso, o certo mesmo é que essa flor pode ter alguns detalhes muito interessantes e se mostra até mesmo capaz de sobreviver em algumas partes do Brasil.

Características da Sálvia-de-Jerusalém

A sálvia-de-jerusalém é uma planta muito comum entre países como Israel, Palestina e Líbano. A planta pode chegar aos 2 metros de altura quando cultivada de forma adequada, além de necessitar de bons nutrientes por parte do solo. As folhas da sálvia-de-jerusalém são verdes, perenes e muito resistentes às mudanças de clima, algo que não acontece com outras plantas.

Já as flores possuem um roxo muito belo, que pode se destacar bastante em casas ou jardins da Ásia. É muito interessante notar como a sálvia-de-jerusalém, dessa forma, pode ser usada como complemento a flores mais chamativas nos jardins, já que preenche bem os espaços. Porém, ao mesmo tempo em que é bonita, não se pode usar a sálvia-de-jerusalém como remédio.

Sálvia de Jerusalém Características

Isso porque, ao menos até onde se sabe, a sálvia-de-jerusalém não possui qualquer serventia como planta medicinal. Dessa maneira, é natural mesmo que a flor seja vista nas casas da região, onde é popular e muitas vezes colocada logo na porta de entrada da residência. Essa planta não possui óleo em seu interior, algo que outros tipos de sálvias podem ter, sendo esse um diferencial.

Nome Científico e Habitat da Sálvia-de-Jerusalém

A sálvia-de-jerusalém atende pelo nome científico de Salvia hierosolymitana. Contudo, em todo o mundo essa planta é conhecida como sálvia-de-jerusalém, até mesmo por conta de ser bastante popular nas áreas próximas a Jerusalém. Esse é um tipo de planta que gosta de solos rochosos e campos abertos para proliferar, não necessitando de nutrientes a todo momento.

Você até pode colocar matéria orgânica no solo em que plantará a sálvia-de-jerusalém, mas saiba que não é necessário renovar o adubo a todo momento, já que essa planta lida muito bem com a falta de nutrientes por algum tempo. É muito comum que, na região de Jerusalém, a sálvia cresça até menos nas ruas em em matas, pois o clima é muito positivo para a planta.

Salvia Hierosolymitana

Vale dizer que o tempo em Jerusalém costuma não ser muito quente, já que a média de temperatura da região é de cerca de 13 graus Celsius. Todavia, em alguns momentos do ano é possível chegar aos 29 ou 30 graus, com a sálvia-de-jerusalém aguentando muito bem as temperaturas que ficam nesse intervalo. Portanto, não espere que a cultura seja capaz de sobreviver a locais muito quentes, pois isso pode, aos poucos, matar a sálvia.

Tipos de Sálvias

Existem, ao todo, cerca de 900 espécies de sálvias em todo o mundo. Isso quer dizer que há uma enorme variedade de tipos da planta no planeta, então é complicado apontar quais são as principais características dessa cultura.

Enquanto algumas das sálvias são ornamentais, como é o caso da sálvia-de-jerusalém, existem outros tipos que servem para a medicina e podem ser usados para a cura de uma série de problemas de saúde. Um grande exemplo disso é a chamada sálvia esclareia. Esse tipo de sálvia pode ser usada como chá e também pode ter o seu óleo essencial utilizado para acabar com alguns problemas. O óleo essencial pode ser usado como desodorante, já que é refrescante e possui um odor muito agradável.

Além disso, a sálvia esclareia é muito fácil de cultivar em locais de altas temperaturas, como é o caso da maior parte do Brasil, pois suporta o calor com certa facilidade. Vale ainda dizer que a sálvia esclareia reduz o estresse, além de ajudar a combater a depressão. O uso contínuo dos benefícios da planta ainda pode fazer com que, no longo prazo, a sálvia esclareia ajude o corpo a manter níveis equilibrados de gordura.

A Outra Sálvia-de-Jerusalém

A sálvia-de-jerusalém, a mais conhecida pelo mundo, é aquela que possui detalhes roxos nas flores. Porém, existe ainda a possibilidade de se ver outro tipo de sálvia-de-jerusalém. Essa sálvia-de-jerusalém é muito mais adaptável a locais quentes e possui o amarelo como a cor principal das suas flores.

Por consequência, a sálvia-de-jerusalém em questão é plantada em diversos locais do Brasil, pois atua muito bem como flor ornamental. Ela é um grande exemplo de como as flores ornamentais podem ser simples de cultivar, já que não exige tanto do solo. Essa planta pode chegar aos 4 metros de altura, tendo um perfume muito delicado e cheiroso. As flores se abrem, no verão, quase como cachos de banana que crescem de forma bela e despojada.

Dessa maneira, ter a sálvia-de-jerusalém em seu jardim, com suas flores amarelas, é uma maneira de dar mais destaque ao ambiente. Não se usa essa sálvia-de-jerusalém para fins medicinais, assim como acontece com a outra sálvia-de-jerusalém. Por fim, ambas devem ser utilizadas para a ornamentação. Em todo caso, vale dizer que essa sálvia também se propaga em larga escala pela região de Israel e Palestina, mas sempre mais perto do litoral, uma área que costuma ser mais quente ao longo de todo o ano.

Veja também

Por que o Algodão Ficou Conhecido Como o Ouro Branco?

Por que será que o algodão ficou conhecido como o ouro branco? E o que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *