Home / Plantas / Tudo Sobre a Flor Peônia: Características e Nome Científico

Tudo Sobre a Flor Peônia: Características e Nome Científico

Cientificamente chamada de Paeonia, a peônia é uma planta que faz parte da família Paeoniaceae. Essas flores pertencem ao continente asiático, mas também podem ser vistas na Europa e na América do Norte. Alguns pesquisadores dizem que o número de espécies dessa planta varia entre 25 e 40. No entanto, a comunidade científica afirma que existem 33 espécies de peônia.

Características Gerais

Grande parte dessas plantas herbáceas é perene e mede entre 0,25 m e 1 m de altura. No entanto, existem peônias que são lenhosas e sua altura pode variar entre 0,25 m e 3,5 m de altura. As folhas dessa planta são compostas e suas flores são bem grandes e cheirosas.

Além disso, a coloração dessas flores pode ser bem variada, pois existem peônias rosas, vermelhas, roxas, brancas ou amarelas. O período de floração dessa planta varia entre 7 e 10 dias.

As peônias são muito populares nas regiões de clima temperado. As espécies herbáceas dessa planta são comercializadas em larga escala, pois suas flores fazem muito sucesso.

O melhor período para comprá-la é entre o fim da primavera e o começo do verão. Um local que tem muitas peônias é o Alasca-EUA. Por causa da forte luz solar desse estado, essas flores continuam nascendo mesmo após o fim de sua floração.

Peônias normalmente atraem formigas para os botões de suas flores. Isso acontece por conta do néctar que elas apresentam em sua parte externa. Vale lembrar que as peônias não precisam ser polinizadas para produzir o seu néctar.

As formigas são aliadas dessas plantas, pois sua presença evita que insetos nocivos se aproximem. Ou seja, atrair formigas com néctar é um trabalho muito útil para as peônias.

Questões Culturais

Essa flor é muito popular nas tradições orientais. Por exemplo, a peônia é um dos mais famosos símbolos culturais chineses. A China vê a peônia como uma a representação da honra e da riqueza e também a usa como símbolo da arte nacional.

No ano de 1903, o império do Grande Qing oficializou a peônia como flor nacional. No entanto, o atual governo chinês não utiliza mais nenhuma flor como símbolo de seu país. Por sua vez, os líderes de Taiwan veem a flor da ameixa como um símbolo icônico para o seu território.

Em 1994, houve um projeto para que a China voltasse a utilizar a flor peônia como flor nacional, mas o parlamento do país não acatou essa ideia. Nove anos depois, surgiu outro projeto nesse sentido, mas nada foi aprovado até os dias de hoje.

Flores Peônia no Vaso
Flores Peônia no Vaso

A cidade chinesa de Loyang é conhecida como um dos principais polos de cultivo da peônia. Ao longo dos séculos, as peônias vindas dessa cidade passaram a ser vistas como as melhores do território chinês. Durante o ano, existem vários eventos em Loyang visando expor e valorizar essa planta.

Na cultura sérvia, as flores vermelhas da peônia também são muito representativas. Conhecidas lá como “peônias do Kosovo”, os sérvios acreditam que elas representam o sangue dos guerreiros que defenderam o país na batalha do Kosovo em 1389.

Os Estados Unidos também incluíram essa flor em sua cultura. Em 1957, o estado de Indiana aprovou uma lei que tornou a peônia a flor oficial do estado. Essa lei está valendo até hoje no estado norte-americano.

Peônias e as Tatuagens

Tatuar desenhos de peônias é muito comum, pois a beleza dessa flor atrai o interesse das pessoas. Um dos motivos que faz essa tatuagem ser tão popular é que ela está associada à riqueza, boa sorte e prosperidade. Além disso, essa flor representa o equilíbrio entre o poder e a beleza. Ela também pode representar um presságio positivo para o casamento.

Peônias e as Tatuagens
Peônias e as Tatuagens

Cultivação

Alguns textos antigos da China relatam que a peônia era utilizada para melhorar o sabor dos alimentos. O filósofo chinês Confúcio (551–479 a.C.) disse a seguinte frase: “Não como nada sem molho (de peônia). Gosto muito por causa de seu sabor”.

Essa planta é cultivada na China desde o começo da história do país. Existem registros que mostram essa planta sendo cultivada de modo ornamental desde os séculos VI e VII.

As peônias ganharam popularidade durante o Império Tang, pois, nessa época, parte do seu cultivo ficava nos jardins imperiais. Essa planta se espalhou por toda a China no século X, quando a cidade de Loyang, foco do Império Sung, se tornou a principal cidade da peônia.

Além de Loyang, outro local que ficou muito famoso por conta das peônias foi a cidade chinesa de Caozhou, chamada atualmente de Heze. Frequentemente, Heze e Loyang realizam exposições e eventos para enfatizar o valor cultural da peônia. Os governos de ambas as cidades possuem centros de pesquisa sobre essa planta.

Antes do século X, a peônia chegou às terras japonesas. Com o passar do tempo, os nipônicos desenvolveram várias espécies por meio de experiências e fertilizações, especialmente entre os séculos XVIII e XX.

Na década de 40, um especialista em horticultura chamado Toichi Itoh cruzou peônias arbóreas com peônias herbáceas, e, dessa forma, criou uma nova classe: a híbrida interseccional.

Cultivo de Peônias
Cultivo de Peônias

Embora a peônia japonesa tenha passado pela Europa no século XV, sua criação só ficou mais intensa naquele local a partir do século XIX. Nesse período, a planta foi diretamente transportada da Ásia para o continente europeu.

No ano de 1789, um órgão público financiado pelo governo britânico introduziu uma peônia arbórea no Reino Unido. O nome desse órgão é Kew Gardens. Atualmente, os locais europeus que mais cultivam essa planta são a França e o próprio Reino Unido. Outro país do Velho Continente que produz muitas peônias é a Holanda, que planta cerca de 50 milhões de mudas por ano.

Proliferação

As peônias herbáceas se espalham por meio de suas divisões radiculares, e, em alguns casos, por meio de suas sementes. Por sua vez, as peônias arbóreas se propagam por meio de estacas, sementes e enxertos de raízes.

As versões herbáceas dessa planta perdem sua floração no outono e costumam gerar suas flores durante a primavera. No entanto, as peônias arbóreas costumam gerar muitos arbustos. Além disso, os caules dessas plantas ficam sem nenhuma folha no inverno, pois todas caem. Mesmo assim, nada acontece com o caule dessa árvore.

Veja também

Como Germinar Sementes de Peônias? Passo a Passo

Com ampla distribuição nas porções temperadas do Hemisfério Norte, as peônias são vegetais correspondentes a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *