Home / Plantas / Tudo Sobre A Flor Hortênsia: Características E Nome Científico

Tudo Sobre A Flor Hortênsia: Características E Nome Científico

As hortênsias são flores lindas, que com certeza encantam qualquer apaixonado por jardinagem e botânicas. Detentoras de cores fortes e vivas, elas são perfeitas para adornar um belo jardim, para arranjos ou diversas outras finalidades.

O mais importante é obter informações fundamentais a respeito das hortênsias. Com isso você saberá exatamente como cuidar de suas flores para mantê-las lindas e saudáveis como elas devem ser.

O nome científico das hortênsias é Hydrangea macrophyllam que significa algo como “bebedora de água”. Elas pertencem ao gênero Hydrangea. Originalmente as hortênsias são orientais. São muito comuns principalmente no Japão e na China.

Porém, não é nada difícil encontrar essas flores em diversos países atualmente. Elas são muito fáceis de serem cultivadas, o que faz com que a hortênsia apareça em diversos locais do mundo, sendo criadas não somente nos seus países de origem.

Isso com certeza é ótimo. Afinal, são flores belíssimas, que agradam aos olhos de diversas pessoas. E a facilidade no cultivo permite que milhões de pessoas em diferentes regiões do mundo tenham acesso a essa beleza.

A História Das Hortênsias

Hortênsias
Hortênsias

Segundo dados disponibilizados por especialistas, as hortênsias foram catalogadas em 1771. Um famoso botânico chamado neerlandês chamado Jan Frederik Gronovius foi o responsável por sua descoberta.

O nome original associado a ela, Hydrangea, seria então a junção de duas palavras que, para ele, faziam alusão ao formato físico daquela nova flor: Hydro (água) e Angeion (jarro).

Sabe-se que as hortênsias existem há muito mais tempo do que isso. Alguns fósseis e estudos nos apontam que elas existem há mais de 140 milhões de anos. Mas originalmente havia apenas 80 espécies – e hoje elas são muito mais.

A variedade aumentou porque o homem começou a misturar as flores para gerar novas espécies. Felizmente essas experiências deram muito certo, e hoje somos agraciados com uma infinidade de tipos de hortênsias.

• Teoria Sobre o Nome:

Existe ainda uma teoria de que o nome “Hortense” teria sido em homenagem a Hortense de Beauharnaism, filha do imperador francês com Josefine.

Hortense de Beauharnaism
Hortense de Beauharnaism

A mãe gostava de cultivar e colecionar flores raras, e ao ser apresentada a essa nova e belíssima espécie ela teria se encantado a ponto de batizá-la com o mesmo nome de sua amada filha.

Outras muitas teorias dão conta de que as hortênsias foram descobertas na China ou no Japão. Os dados são inconclusivos, mas fato é que hoje elas estão espalhadas por todo o mundo, e todas as nações de clima temperado põem ter acesso a essa belíssima flor.

Espécies De Hortênsias

Uma das coisas que chama a atenção de qualquer pessoa que se disponha a pesquisar um pouco sobre as hortênsias é a sua variedade. Existem diversas cores e dois tipos de flores.

Elas se dividem entre as flores centrais, que não são ornamentais por serem desprovidas de pétalas, o que faz com que sejam “Menos bonitas” que as demais. Essas são flores férteis, capazes de gerar muitas mudas.

O outro modelo é composto por belas pétalas, e geralmente o formato escolhido para enfeitar e compor decorações. São chamadas de ‘periféricas”, e são plantas essencialmente estéreis.

Dentro de cada tipo existe uma grande variedade de flores. É aqui que podemos perceber essencialmente a riqueza das hortênsias. Vamos analisar as características das flores.

• Hydrangea Macrophylla:

Hydrangea Macrophylla
Hydrangea Macrophylla

Podemos dizer que essa é a hortênsia tradicional, aquela que a maioria das pessoas conhece. Ela costuma florescer com maior intensidade entre o início do verão e se estender até o final do outono.

No inverno não aparecem.

A sua coloração varia bastante, sendo comum encontrá-las em cores como Branca, rosa, azul, roxa e vermelha. O que acontece é que a cor pode variar bastante de acordo com o substrato utilizado para o cultivo.

• Hydrangea Arborescens:

Hydrangea Arborescens
Hydrangea Arborescens

Você poderá encontrar artigos referentes a essa flor se referindo a ela como hortênsia lisa ou hortênsia selvagem. A sua característica mais marcante é parecer um arbusto.

Essa flor é muito comum em alguns estados americanos. Está distribuída, por exemplo, pela Flórida e Kansas. O seu cultivo demanda de um clima úmido, o que faz com que cresça facilmente a margem de rios e riachos. As cores comuns são branca e rosa.

• Hydrangea Paniculata:

Hydrangea Paniculata
Hydrangea Paniculata

Essa hortênsia é belíssima, e se trata de uma espécie clássica do oriente. A sua origem é japonesa, chinesa e coreana, países onde ela é amplamente cultivada.

Segundo pesquisas, a Hydrangea paniculata foi descoberta e catalogada em 1829. Ela cresce principalmente em regiões montanhosas, característica comum a todos os países que citamos anteriormente.

Além da finalidade ornamental existem pessoas que fumam essa flor, embora isso seja extremamente arriscado, já que ela possui componentes tóxicos, como o cianeto.

Outras Hortênsias Que Você Com Certeza Precisa Conhecer!

A variedade de hortênsias não acaba por aí. Elas são flores belíssimas que cumprem muito bem ao papel de enfeitar e embelezar ambientes. Também, como dissemos, são fáceis de cultivar, o que acaba atraindo ainda mais a atenção das pessoas que se apaixonam por elas.

• Hydrangea Quercifolia:

Hydrangea Quercifolia
Hydrangea Quercifolia

Também pode ser conhecida como “hortênsia de folhas de carvalho”. Se trata de mais uma espécie essencialmente americana, que é muito comum no estado da Carolina do Norte, sobretudo durante as estações mais quentes do ano.

É uma das hortênsias preferidas dos amantes de jardinagem. Os arbustos são compostos por belíssimas flores brancas, pequenas e delicadas. O branco tende a evoluir para uma rosa até chegar ao amarelo seco no período invernal.

O cacho se diferencia das demais hortênsias por formar um cone ao invés de um formato redondo.É realmente uma flor muito bonita, e um excelente adorno para ambientes.

• Hydrangea Petiolaris:

Hydrangea Petiolaris
Hydrangea Petiolaris

Existem flores que logo que você olha consegue facilmente imaginá-las compondo um lindo buquê de noiva. Esse com certeza é o caso dessa hortênsia. Ela é originária do Japão, sendo frequente nas regiões montanhosas do país.

Também pode ser encontrada em alguns locais da coreia e em ilhas da Sibéria. Isso nos prova que se trata de uma flor capaz de resistir aos mais intensos climas. A sua aplicação comum é como cerca viva, já que se alastra com facilidade.

• Hydrangea Serrata:

Hydrangea Serrata
Hydrangea Serrata

Fácil de ser encontrada em regiões montanhosas do Japão e também a Coreia, essa flor tem a clássica aparência do campo, com um aspecto delicado e simpático. É amplamente cultivada em todo o mundo.

Não à toa, também pode ser identificada com o nome de hortênsia da montanha. As cores variam entre o rosa e azul, sendo altamente influenciada por conta da estação do ano.

As Hortênsias Na Cidade De Kamakura

A cidade de Kamakura é com certeza uma referência quando o assunto é o cultivo de hortênsias. Localizada no Japão, a cidade é conhecida pelos lindos templos budistas que atraem turistas, e onde estão localizadas as flores.

Elas adornam esses ambientes que são naturalmente muito aconchegantes, e se tornam ainda mais agradáveis aos olhos graças a presença dos exemplares de hortênsias.

O Templo Jojuin é um dos que com certeza são considerados uma referência nesse assunto. Nele, os turistas conseguem fazer um passeio chamado de “caminho das hortênsias”, onde acabam apreciando diversas cores e formatos dessa linda flor.

A época do ano em que elas aparecem mais é quando a chuva está intensa no Japão.
Junho é um bom mês para fazer esse passeio, e geralmente uma estação em que muitos turistas realmente visitam o templo exclusivamente para ver as hortênsias florescidas.

• Uma Das Flores Mais Apreciadas:

Se você procurar por uma lista com as 10 flores mais apreciadas pelos japoneses e por turistas que eventualmente visitam o país, a hortênsia com certeza estará lá.

Ao lado de flores que se tornaram símbolo do país, como as cerejeiras, as hortênsias também encantam pela sua suavidade, beleza e resistência. Além, é claro, de sua variedade de cores – que por si só é algo verdadeiramente encantador.

As Cores Das Hortênsias E A Possibilidade De Mutação

Cores Das Hortênsias
Cores Das Hortênsias

Jardineiros e pessoas apaixonadas pela jardinagem são essencialmente artistas. Conseguir cultivar flores saudáveis e bonitas demanda conhecimento, cuidado e muito amor.

No Japão elas começaram a ser cultivadas há muitos anos, sempre com a finalidade ornamental, ou seja, para enfeitar e decorar ambientes. Ela é amplamente utilizada pelo povo desse país.

Não demorou muito, no entanto, para que se tornassem queridas em todo o mundo, e hoje são cultivadas em países europeus e americanos em grande escala.

Em Portugal elas são muito frequentes. É comum que os jardins caseiros desse país contem com belos exemplares da flor, que foi levada para a Europa e popularizada em meados do século XX.

Uma das coisas que torna a hortênsia uma flor muito especial é a possibilidade de alterar as cores de uma flor a partir dos substratos que são utilizados no solo em que o plantio aconteceu.

Isso pode ocorrer tanto com o uso de fertilizantes quanto com matéria orgânica, que são também muito bem-vindas no cultivo dessas flores. Cinzas, cascas de alimentos e casca de pinheiro são alguns dos materiais que costumam trazer excelentes resultados.

O que acontece é que esses elementos acabam interferindo na acidez do solo, o que, por sua vez, altera a coloração da flor que está em desenvolvimento.

• Cores:

Uma mesma flor pode dar cores variadas. Elas variam entre o branco, rosa, roxo, azul, lilás e muitas outras. A coloração das hortênsias sempre terá influência do pH do solo, além, é claro, da informação genética da própria flor.

• Flores Rosas:

Hortênsia Rosa
Hortênsia Rosa

As hortênsias de cor rosa podem indicar que o solo possui um pH alcalino. É comum que esse solo possua uma coloração mais esbranquiçada.

Quanto mais alcalino ele for, mais claras serão as flores sendo um caminho para obter exemplares brancos, por exemplo.

• Flores Azuis:

Hortênsia Azul
Hortênsia Azul

Já a coloração azul é identificada quando o pH do solo apresenta um excesso de acidez.
A alta quantidade de alumínio presente no local levará as flores a adquirirem uma coloração azulada. Portanto, esse é o caminho para se obter exemplares lilases, azuis, roxos e violetas.

Alguns especialistas consideram que o solo ácido é o preferido dessa planta. Elas costumam se desenvolver com coloração mais vivida e exuberante nessas condições – tanto as folhas quanto as flores.

Meses Ideais Para Plantio

Você poderá se encantar com belíssimos exemplares de hortênsias durante os meses de setembro e fevereiro. Essencialmente é o período em que, no Brasil, as temperaturas estão aumentando, até chegar ao pico do verão no começo do ano.

Sabendo que existem mais de 600 hortênsias diferentes, não é de se espantar que em alguns casos existam exceções. Embora cresçam com vigor durante o verão, hortênsias também se dão muito bem com o clima mais frio.

No Brasil, por exemplo, elas são típicas em regiões como Gramado, no Rio Grande do Sul, cidade reconhecida pelo seu clima ameno e inverno rigoroso – chegando a registrar temperaturas negativas em alguns dias do ano.

• Como Regar a Hortênsia?

Ao começar a cultivar hortênsias você perceberá que elas acabam se tornando mais saudáveis conforme recebam bastante água. São plantas que precisam de um solo reforçado com elementos orgânicos e bem úmido.

Então, durante as estações mais secas, ou caso essa seja uma característica do local onde você mora, o indicado é regar a hortênsia diariamente. Mantê-la hidratada é crucial.

Também é preciso tomar cuidado com as doses diárias de sol as quais elas são submetidas. Elas precisam da luz solar para se desenvolverem bonitas e fortes, mas isso precisa ser modulado.

A indicação geral é de que a hortênsia tenha sombra e não receba os raios solares diretamente. Principalmente se estamos falando de alto verão ou regiões muito quentes, como o norte e nordeste do país.

Já o verão chuvoso pode ser ideal para essa flor. A alta quantidade de água somada aos raios solares suaves tornará o clima perfeito para o bom desenvolvimento.

O Veneno Da Hortênsia

Ao olhar uma hortênsia você logo tem a vontade de pegar e apreciar essa bela flor. Mas é importante saber que elas podem ser bem tóxicas, e podem fazer mal para crianças e animais caso seja levada a boca.

Embora muitas flores sejam comestíveis e perfeitas para decoração de pratos, definitivamente esse não é o papel da hortênsia. Sobretudo a Hydrangea Macrophylla é detentora de uma toxina muito perigosa, e que pode levar a morte.

Os sintomas iniciais após a ingestão surgem dentro de alguns minutos. São caracterizados por uma forte dor abdominal seguida por uma diarreia intensa e, às vezes, vômito.

Hydrangea Macrophylla
Hydrangea Macrophylla

Coceira, sudorese e fraqueza são outros sintomas que podem acompanhar o mal-estar. Infelizmente são sintomas genéricos, que põem ser associados a muitos outros quadros – o que até dificulta o entendimento muitas vezes.

Em casos mais graves o seu consumo pode levar a convulsões, desmaios e até ao coma. Por fim, o individuo pode vir a falecer.

• O Que Fazer?

Caso um animal de estimação ou uma criança coma hortênsia, o mais indicado é levar imediatamente ao pronto socorro. O atendimento precisa ser rápido para neutralizar o quanto antes os efeitos do envenenamento.

É importante ressaltar que não necessariamente um individuo vai manifestar todos os sintomas descritos acima.

Mas mesmo que ocorra apenas uma dor abdominal, diarreia ou mal-estar é essencial buscar atendimento médico, pois a mortalidade do veneno é sempre iminente.

• Como É Feito O Tratamento?

O elemento que causa o envenenamento através da hortênsia é o cianeto. Se trata de um elemento muito semelhante ao cianureto, e igualmente tóxico. O tratamento será com antidoto específico.

Cuidados Com Os Pets

Não é raro encontrar animais de estimação que acabam comendo a hortênsia e são intoxicados. Saber qual é a flor causadora do envenenamento é uma forma de agilizar o tratamento – por isso sempre tenha consciência do que você tem no seu jardim.

Caso o animal passe mal, não é indicado que se dê leite para induzir o vômito, como diz o conhecimento popular. A aspiração do vômito pode complicar o socorro, ao mesmo tempo em que o leite não tem qualquer potencial como antidoto.

Sendo assim o mais indicado é mesmo levar o animalzinho rapidamente para um atendimento veterinário. Se conseguir levar consigo a flor que ele comeu, melhor ainda.

• Proteja seus Pets:

Pets
Pets

Hortênsias são lindas, e se você quer ter algumas em casa deve ter o cuidado de mantê-las longe do alcance dos pets e das crianças. O ideal é criar uma proteção de modo que o animal não consiga nem mesmo puxar a planta.

Além disso, é claro, manter a atenção com relação aos sintomas, e providenciar atendimento médico caso aparente qualquer problema.

Outras Formas Possíveis De Intoxicação

A intoxicação com o cianeto liberado pelas pétalas de hortênsia não acontece somente na ingestão. Existe uma outra forma um tanto incomum de envenenamento – mas que se tornou um problema em algumas cidades da Europa: o fumo.

Algumas pessoas passaram a fumar hortênsia como uma forma de obter efeitos alucinógenos, mais ou menos como ocorre com o THC liberado pela cannabis. Acontece que os riscos, no caso da bela flor, são infinitamente maiores.

Países como França e Alemanha sofreram bastante com os roubos dessas plantas. As pessoas passaram a dar queixa na polícia porque os usuários começaram a roubar as hortênsias de dentro das casas.

O consumo envolvia combustão – o que é ainda mais perigoso. Para se ter uma ideia, ao ser queimada a hortênsia libera o cianeto em combinação com hidrogênio.

Juntos, os elementos formam a base do gás que os nazistas usavam nas câmaras para assassinar os judeus nos campos de concentração do governo de Hitler.

O quadro se torna ainda mais preocupante ao imaginar que essas pessoas podem consumir a flor de hortênsia em combinação com álcool. As chances de sobrevivência são minúsculas.

Hortênsias São Caras?

Hortênsias no Vaso
Hortênsias no Vaso

Ignorando o seu fator tóxico, não podemos negar que as hortênsias são absolutamente bonitas. O valor delas pode parecer salgadinho para quem decide comprar, mas o principal motivo para essa valorização é o cuidado e o esforço para sua colheita.

Uma muda pode levar até 6 meses para ficar completamente madura e pronta para plantio. Embora o processo não seja complexo, ele é demorado – e isso faz com que a flor fique mais cara para o consumidor final.

Comparadas a outras flores a hortênsia pode ter, sim, um valor mais elevado. Mas é importante considerar que se trata de uma flor bonita e fácil de cuidar. Uma vez que você tenha o seu exemplar provavelmente terá hortênsias para sempre.

Dicas Essenciais De Cuidados Com As Suas Hortênsias

Ter cuidados com as hortênsias é fundamental se você quer ter flores bonitas e realmente vistosas. Uma das coisas mais importantes é mantê-las sempre bem molhadas.

As hortênsias precisam de um solo úmido para sobrevivência. Sendo assim, em períodos mais secos você deve ter atenção redobrada. Um solo bem fertilizado e saudável também ajudará no crescimento de suas flores.

O problema é que o excesso de fertilizando pode estimular o crescimento de matos e ervas ao redor de suas flores. Você certamente não quer isso!

Então, se necessário – apenas se o solo não for suficientemente nutrido – use os fertilizantes uma vez ao ano. Ao final do inverno pode ser uma boa escolha, período em que elas começam a desabrochar com mais saúde.

Já no inverno você precisa completar o solo com alguns elementos, se estiver em região de neve. O ideal é que a planta fique a pelo menos 40 centímetros do solo. Cubra os arredores com casca, folhas ou palha.

O Simbolismo Das Hortênsias Para Os Asiáticos

A cultura asiática é uma das mais ricas do mundo. Uma das coisas que podemos perceber a respeito desse povo é que eles atribuem belos e profundos significados a quase tudo.

Não é diferente com as hortênsias. Embora não haja registro concreto, existem evidências de que o Japão é o país de origem dessa flor. E lá elas possuem um belíssimo significado.

Os japoneses consideram que dar uma hortênsia a alguém é um dos mais belos gestos, que representa gratidão e profundo carinho. Dependendo da cor, pode também significar que se nutre um sentimento especial.

Diz a lenda que um antigo imperador japonês presenteou, após se casar e negligenciar os cuidados com sua esposa por conta dos negócios, teria presentado a família dela com belas hortênsias como um sincero pedido de desculpas.

Desde então o país utiliza a flor com essa finalidade. É comum que elas sejam trocadas entre casais de namorados após uma briga, por exemplo.

• Lenda Vitoriana:

Já os vitorianos tinham uma impressão um pouco negativa a respeito da flor. Eles acreditavam que elas representam egoísmo e ganância. Isso porque, apesar de ter belíssimas e exuberantes flores, a hortênsia produz pouquíssimas ou quase nenhuma semente.

Em outros casos elas eram usadas para “presentear” pessoas que recusaram um pedido de casamento. A ideia era justamente mostrar o quanto aquela pessoa era fria e pouco afetuosa por não aceitar a proposta de amor vinda de outra.

Existe ainda o simbolismo dividido pelas cores. Cada tonalidade pode trazer um significado diferente, o que faz com que o cuidado com a escolha da cor seja bem grande na hora de presentear alguém.

• Hortênsias rosa: representa uma emoção sincera e genuína. É muito comumente associada ao amor puro.

• Hortênsias azuis: elas são usadas nos pedidos de desculpas, e também são as mais associadas a frieza e frigidez de uma pessoa.

• Hortênsias brancas: simbolizam orgulho e amor próprio.

• Hortênsias roxas: são associadas a uma vontade de compreender melhor outra pessoa.

Outros significados possíveis para essa flor são de resistência, resiliência, versatilidade e adaptabilidade. Tudo isso porque elas podem crescer belas e fortes em diferentes situações.

Decoração Com Hortênsias – Dicas Indispensáveis!

Decoração Com Hortênsias
Decoração Com Hortênsias

Elas se tornaram as flores queridinhas das noivas. Não é para menos: as hortênsias são lindas, vistosas e muito elegantes. Elas são perfeitas para compor as mais belas decorações para festas e igrejas.

• Use a criatividade:

Se você está com a data do grande dia agendada e não sabe nem por onde começar, uma ideia é misturar as cores de hortênsias. Elas são belíssimas e possuem as mais variadas tonalidades.

Use a sua criatividade e abuse do bom gosto para misturar duas ou mais cores na sua linda decoração!

• Arranjo de mesa:

Uma ideia interessante é usar as hortênsias como arranjo de mesa para os locais onde os convidados ficarão. Mas não tenha apego as suas flores: com certeza todo mundo vai querer levar embora quando a festa terminar!

• No buquê:

Outra sugestão de uso é para compor o buquê. O lindo arranjo de flores é um marco nos casamentos tradicionais, e não deve ser esquecido na hora dos preparativos. Escolha a sua cor preferida, e aposte nas hortênsias como uma grande aliada para ficar ainda mais bela.

Além de compor casamentos as hortênsias podem servir como itens decorativos para a sua casa, seja para ambientes internos ou externos.

Um lindo canteiro coberto com essas flores ficará, no mínimo, encantador. As hortênsias dão um ar extremamente elegante ao mesmo tempo em que atribuem romantismo e simplicidade.

Plantando Hortênsias Em 7 Passos

Se você é um apaixonado por flores sabe muito bem que as hortênsias são as preferidas de muita gente. Um jardim repleto dessas flores é cobiçado por muitas pessoas, e saber quais são os passos para fazer o plantio correto é muito importante!

• Escolha bem o local:

Você já sabe que com certeza as hortênsias não podem ficar expostas diretamente ao sol, mas também precisam de alguma luz para ficarem saudáveis. Então o primeiro passo fundamental é escolher muito bem qual é o local onde você fará o planto.

• Escolha os substratos:

Também precisa escolher os substratos de acordo com a coloração que você quer. Lembre-se que o solo das hortênsias deve conter mais acidez. Se tiver alguma dúvida sobre qual é o melhor substrato peça indicação para especialistas.

• Atenção com a poda:

A poda é uma das etapas essenciais para que qualquer jardim permaneça belíssimo. E não é diferente com as hortênsias. Se você quer flores bonitas precisa sempre cuidar para que a poda seja feita na data correta.

A estação do ano mais indicada para poda é o outono. No verão faça uma revisão eliminando as flores secas e mortas, deixando o espaço livre para o crescimento saudável.

• Espalhe as flores:

Espalhe as flores pelo seu jardim usando um ramo e uma estaca. Use um ramo das flores da última estação. Mergulhe em um pó de enraizamento e plante em um vaso com substratos adequados.

Tão logo as raízes se desenvolvam você já poderá fazer a transferência da estaca para o jardim, e terá mais um ponto de hortênsias.

Flor Ideal Para Os Alérgicos

Quem ama flores, mas sofre com alergias vive um eterno dilema: ceder aos encantos do plantio e viver em crise, ou simplesmente abandonar o hobby da jardinagem?

E se dissermos que existe uma outra opção, muito mais interessante do que essas duas? Você pode simplesmente apostar no plantio de hortênsias!

Elas são tidas como flores com baixíssimo fator alergênico. Isso significa que quase ninguém apresenta qualquer reação a presença dessas flores, tornando-as perfeitas nesses casos.

Um dos motivos pelos quais elas causam menos ou nenhuma alergia é que o cheiro é muito suave, quase imperceptível. Também elimina menos pólen, que é o fator alergênico mais grave.

Então, se você é do tipo que não pode ver uma flor que já desaba a espirrar, faça um teste com o plantio de hortênsias, e verá que elas não causam a mesma reação.

Inclusive novamente vamos indicar essa flor para uso em casamentos. É uma opção para noivos que sofram de alguma alergia, ou se você simplesmente quer evitar que seus convidados comecem a se coçar. Hortênsias podem ser combinadas com as rosas, que também são pouco alergênicas.

Hortênsias São Flores Ou Arbustos?

Hortênsias Rosas
Hortênsias Rosas

As hortênsias são, na verdade, pequenos arbustos caducifólios em formato arredondado e repletos de flores. São acompanhados de folhas grandes e de um verde bem escuro, com a borda serrilhada.

As folhas podem crescer de 7 a 20 centímetros, e com certeza ajudam a compor a beleza da hortênsia. O processo de crescimento das flores geralmente se inicia no verão e persiste até o final do outono.

No inverno ela tende a secar um pouco, época ideal para fazer a poda e preparar o solo para a próxima estação. Em algumas regiões do país essa flor também é conhecida pelo nome de novelão.

O seu crescimento pode se estender desde 1,5 a 3 metros e altura. Elas são perfeitas para conceber um ar primaveril ao ambiente, mesmo quando essa estação ainda está longe de chegar.

Chá De Hortênsia: É Seguro Tomar?

Já comentamos em outro momento sobre o potencial tóxico da hortênsia. Uma pequena porção pode ser suficiente para envenenar pessoas e animais. No entanto, não é difícil encontrar conteúdos que indicam o seu uso no combate a alguns males. Como pode?

A verdade é que a hortênsia pode passar por um processamento laboratorial que elimina a sua toxicidade, tornando-a ideal para consumo, por exemplo, como chá. No entanto, jamais você simplesmente pegar a flor de um jardim para consumo!

Chá De Hortênsia
Chá De Hortênsia

A raiz seca, rizomas e folhas da hortênsia podem ser utilizados como medicina alternativa, mas somente depois de serem devidamente desidratados e tratados.

• No que pode ajudar?

Uma vez que esteja devidamente processada para consumo, a hortênsia é amplamente utilizada no tratamento contra pedras e cálculos renais.

Também existem relatos de que o consumo do chá ajudou a controlar os níveis de diabetes de alguns pacientes.

Há também meios de utilizar no tratamento de pele, realizando compressas com o composto sobre queimaduras, ferimentos e alergias. A concentração de flavonoides possivelmente é o motivo pelo qual traz bons resultados.

• O tratamento com hortênsia substitui outros tratamentos?

É importantíssimo entender que a medicina alternativa deve ser aplicada em combinação com a medicina tradicional. Você não deve interromper um tratamento sem autorização do seu médico, e nem iniciar outro sem avisá-lo.

Também reforçamos que a hortênsia em sua forma bruta é toxica, e jamais deve ser consumida. Para usá-la como medicamento você deve buscar por farmácias naturais de sua confiança que ofereçam os compostos tratados.

A toxicidade da hortênsia é amplamente comprovada pela ciência, enquanto seus efeitos curativos são apenas especulações na maioria das vezes. O consumo excessivo, mesmo dos elementos tratados, pode causar uma série de efeitos colaterais.

Também não é indicado o uso em longo prazo. É importante ter consciência de todos os riscos, e conhecer muito bem as propriedades de qualquer remédio natural que você venha a consumir.

A Hortênsia No Rio Grande Do Sul

Quando falamos de hortênsia no Brasil não podemos deixar de citar a sua grande relevância para o Rio Grande do Sul. Inclusive as flores são responsáveis por impulsionar consideravelmente o turismo na região.

Estamos falando da chamada Região das Hortênsias, que reúne as cidades Nova Petrópolis, São Francisco de Paula, Canela e Gramado.

Juntas, essas cidades formam o complexo turístico mais forte do estado. Milhares de pessoas passam por esses locais, e se deparam com uma decoração com forte influência europeia, e, claro, muitas flores.

A estrada que liga todas as cidades já faz parte do roteiro de muitos turistas. Nela é possível passar por plantações e jardins repletos de hortênsias.

Nova Petrópolis é uma das cidades mais importantes do estado. Pequena e aconchegante, ela é reconhecida por seus jardins que se mantêm floridos durante todo o ano, para a surpresa dos turistas.

As cidades mantêm um calendário sobre as épocas em que as hortênsias estão mais floridas. Recebem visitas de pessoas e todos os lugares do Brasil que se deslocam até lá para conhecerem as belezas do sul.

A forte influência alemã e holandesa é percebida em cada cantinho, e os canteiros sob as janelas, nos quintais e nas entradas dos estabelecimentos trazem o toque colorido das hortênsias.

A Serra Gaúcha com certeza é o destino ideal para quem é apaixonado por essas flores e quer ver mais hortênsias.

É, inclusive, uma boa escolha para quem quer conhecer a variedade de cores para escolher aquelas que vai manipular em seu jardim.

Uma Flor, Várias Cores

Hortênsias no Canteiro
Hortênsias no Canteiro

Se você parar para pensar sobre o que conversamos até aqui, perceberá que existe apenas uma hortênsia. Não existe a flor de várias cores, mas sim uma que consegue se transmutar em diferentes tons.

É uma espécie de “camaleão das flores”. E esse é um dos motivos pelos quais as hortênsias despertam paixões em diversos países, com cultivadores e colecionadores que dedicam a vida para descobrir novas tonalidades e cultivas as flores mais belas do mundo.

• Por Onde Começar?

Se você não tem qualquer experiência com jardinagem e com flores, e ainda assim se apaixonou pelas hortênsias e quer começar o cultivo, inicie comprando uma flor já nascida.

Assim você pegará o jeito nas coisas básicas, como a rega, poda e manutenções periódicas. Depois tente, a partir de sua planta, iniciar novos brotos, em outros vasos.

Aos poucos você vai pegar o jeito de lidar com elas, e perceberá que são as flores mais encantadoras do mundo. Não é à toa que se tornaram tão relevantes para a decoração e a para a jardinagem no mundo inteiro.

Lembre-se que a coloração é um fator relacionado diretamente a acidez do solo. Quanto mais ácido, mais azulado ele ficará. Quanto mais alcalino, mais rosas ele ficará. Um solo equilibrado deixará a planta no zero, ou seja, branca.

Cultivar hortênsias lhe dá essa oportunidade de trabalhar com as tonalidades, de “pintar” a sua própria flor. É uma experiência que com certeza vai muito além da jardinagem, e conecta homem e natureza de maneira única.

• Cuidados Com Os Fungos:

Fungos na Hortênsia
Fungos na Hortênsia

Pragas, fungos e doenças podem afetar a criação das flores. Fique de olho em qualquer alteração indesejada, sobretudo nas folhas.

É muito difícil que elas sejam atacadas por pragas, mas se isso acontecer, quanto antes você perceber mais rapidamente poderá tratar e cuidar de sua flor.

Pronto! Agora você já sabe absolutamente tudo sobre a Hydrangea macrophylla. Lembre-se que essa espécie arbustiva pode ser bem tóxica se consumida de maneira errada.

Mas ela também traz uma beleza única e muito especial, capaz de decorar festas, casamentos
, jardins e qualquer outro ambiente que você queira.

Veja também

Frutas que Começam Com a Letra o: Nomes e Características

Essa lista com algumas das espécies frutíferas que começam com a letra O revela-nos algumas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *