Home / Plantas / Tipos e Espécies de Bromélias de Sombra com Nomes e Fotos

Tipos e Espécies de Bromélias de Sombra com Nomes e Fotos

Existem muitas plantas com o “dom natural” de deixarem qualquer ambiente bem mais agradável. Se essa é a sua intenção, então as bromélias são ideias, tanto para enfeitarem o seu jardim, quanto o interior da sua casa.

Destas, existem aquelas bromélias adaptadas especialmente para ambientes de sombra, sendo ótimas opções para residências em geral, e são elas que vamos conferir a seguir.

Bromélias: Aspectos Gerais

Essas plantas são chamadas de herbáceas, e são pertencentes à família das Bromeliaceae. A espécie é endêmica em toda a América, o que quer dizer que podem ser encontradas em qualquer país do continente. Contudo, também existe uma espécie de bromélia originária de uma região específica da África do Sul.

As características físicas delas são bem interessantes, podendo apresentar folhas em três formatos diferentes: lanceoladas, estreitas ou largas. Na maior parte das vezes, a bromélia não é caudalosa, podendo ter bordas lisas ou simplesmente espinhentas (vai depender muito da espécie). Já as cores das folhas variam entre vermelho e verde, mas existem espécimes onde as folhas podem ter uma cor mais arroxeada.

Outro aspecto que solta aos olhos é o fato das bromélias apresentarem flores com apenas três pétalas, e um ovário com três lóbulos. Isso sem contar que as suas flores duram mais de 6 meses, ao contrário de muitas por aí.

Não é à toa, por exemplo, que muitas pessoas gostam de colocar bromélias em vasos dentro de caso, até mesma em cima de mesas. Por conta de sua coloração, deixam qualquer ambiente mais alegre, com bom astral, e (a depender da espécie também) deixar o lugar bastante perfumado, visto que algumas têm flores que exalam um cheiro agradável e adocicado.

Interessante notar que, na fase adulta, as bromélias florescem, no máximo, três vezes. Depois disso, morrem. No entanto, existem registros dessas plantas que viveram mais do que isso, porém, estudos ainda não comprovaram a causa da vida longa nesses casos específicos.

Outra característica das bromélias é que elas florescem de maneira muito rápida, levando até três anos pra desabrocharem pela primeira vez. Há espécies, no entanto, que levam mais de 20 anos pra isso. Em suma, como deu pra perceber, as bromélias são plantas de vida muito longa, não é mesmo? Podem ser passar anos de cultivo e cuidados, mas quando florescem, é sempre um espetáculo.

Alguns Tipos de Bromélias de Sombra

Se formos analisar bem, todas as bromélias que encontramos nas floriculturas são de alguma maneira bromélias de sombra, já que elas se adaptam muito bem ao ambiente interno de qualquer residência. Com isso, não precisam de muita iluminação solar para sobreviver.

A seguir, falaremos de alguns tipos delas, e suas características principais.

Aechmea – a variedade desse gênero de bromélias oferece muitas possibilidades de enfeitar casas e jardins. Compreende nada menos do que 172 espécies. São distribuídas desde o México até a Argentina. Praticamente todas as espécies desse gênero de bromélia formam rosetas bem fortes e abertas, o que faz com que retenham água em seu centro.

As hastes florais dessa planta são bem vistosas, com as flores podendo ser brancas, amarelas, rosa – choque, vermelhas ou até mesmo púrpuras. Logo após a floração, frutos em forma de bagas são produzidos, e duram vários meses. Além do cultivo dessa bromélia ser fácil, ela também é bastante resistente. Aceitam baixa umidade do ar, mas pé aconselhável que fiquem em locais iluminados, mesmo que os raios solares não incidem sobre elas.

Alcantarea Imperialis – Trata-se de uma bromélia de grandes proporções, possuindo um grande valor ornamental. As suas folhas são longas e largas, possuindo uma superfície cerosa, em formato de “cálice” na parte central da planta. É nessa região que essa bromélia acumula água e nutrientes. O nome “imperialis” não é à toa; esse gênero de bromélia pode atingir até 2 metros de diâmetro na fase adulta. Já, as suas raízes são fortes e fibrosas, garantindo um fixação firme no substrato. Por sinal, essa peculiaridade permite com que essa planta consiga se fixar em paredões rochosos.

O seu crescimento é moderado, e pode levar até 10 anos para se tornar adulta e florescer. As flores e folhas são de cores variadas, podendo ir do amarelo ao vermelho. Está cada vez mais comum no paisagismo, em especial, usada em jardins de pedras, mas também pode ser cultivada em grandes vasos.

Vriesea – Habitando nas regiões da América Central e da América do Sul, essas bromélias crescem naturalmente em áreas sombreadas, e que tenham muita umidade. Com folhas inteiras desprovidas de espinhos, essas plantas formam rosetas muito bonitas. Já, a sua inflorescência é ramificada, e possui diversas cores, como o amarelo e o laranja. As flores podem ter várias colorações, dentre elas, a branca, a violeta e o azul. Uma característica interessante é que elas abrem na madrugada, e murcham na manhã seguinte. Podem ser cultivadas em locais com muita luminosidade, mas sem a incidência direta do sol.

Nidularium – Com uma inflorescência aninhada na roseta, essa bromélia tem uma haste floral circundada por brácteas, tornando-se um conjunto do seu próprio ramo. As folhas verdadeiras da roseta dessa bromélia não possuem pigmentação colorida e são largas e flexíveis. A maioria possui em torno de 70 cm de diâmetro em forma de ninho, cujas flores são brancas ou púrpuras. Justamente pelo fato da textura das folhas ser bem macia que essa bromélia deve ser cultiva à sombra.

Cuidados Gerais Com as Bromélias de Sombra

Quando uma bromélia floresce pela primeira vez, apresenta uma aparência frágil, como se fosse murchar a qualquer momento. No entanto, esse processo é natural, pois essas plantas precisam renovar suas partes principais.

Se for usar vasos para o plantio das bromélias, prefira os de barro ou os de cerâmica, ou, pelo menos, um que seja mais pesado do que a própria planta. Afinal, essas plantas não possuem uma formação equilibrada, e vasos frágeis podem simplesmente quebrar.

As bromélias em geral se adaptam muito bem ao ambiente interno das casas, não precisando da incidência de luz solar direta. Com cuidados simples, você terá plantas bonitas e vistosas em sua casa, com muito pouco trabalho.

Veja também

Arroz Tem Glúten ou Não? É Bom Para Emagrecer?

Uma pessoa pode ter um estilo de vida sem glúten porque tem doença celíaca, alergia …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *