Home / Plantas / Tipos de Frutos Secos: Benefícios

Tipos de Frutos Secos: Benefícios

De uma forma geral, os frutos são os responsáveis por disseminar e proteger as sementes (quando há) das angiospermas, sendo auxiliares no seu processo reprodutivo.

O fruto é o ovário amadurecido da flor, geralmente após a fecundação. Caso o ovário amadureça sem ter ocorrido uma fecundação, o fruto é tido como partenocárpico e não possui sementes.

Classificando os frutos, temos três divisões:

  1. Frutos simples: são aqueles mais comuns, que são os frutos de uma só flor e ovário. São divididos entre frutos secos e carnosos. A castanha e a laranja são exemplos de frutos simples.
    Fruto Simples - Laranja
    Fruto Simples – Laranja
  2. Frutos agregados, compostos ou apocárpicos: são os frutos que tem uma única flor como origem, porém de vários ovários separados. A magnólia e o morango são exemplos de frutos agregados.
    Frutos Agregados - Compostos ou Apocárpicos - Magnólia
    Frutos Agregados – Compostos ou Apocárpicos – Magnólia
  3. Frutos múltiplos ou infrutescentes: são os frutos que se originam quando vários óvulos se juntam, formando uma única estrutura. A amora e o figo são exemplos de frutos múltiplos.
    Frutos Múltiplos ou Infrutescentes - Amora
    Frutos Múltiplos ou Infrutescentes – Amora

Dessa vez, iremos focar em uma dessas classificações, os frutos simples. Sendo mais específicos, a divisão dos frutos secos.

Classificação dos Frutos Secos

Os frutos secos são também divididos entre dois grupos com suas respectivas subdivisões, os deiscentes e os indeiscentes.

A diferença entre os frutos secos deiscentes e indeiscentes é apenas uma: os frutos secos deiscentes se abrem na maturidade, enquanto os frutos secos indeiscentes não abrem na maturidade.

Abaixo, iremos ver a subdivisão dos tipos de frutos secos:

  1. Frutos secos deiscentes
  • Folículo: aquele que se abre por uma fenda longitudinal, tendo o chachá e a esporinha como exemplo. É derivado de um ovário.
    Frutos Secos Deiscentes - Folículo - Esporinha
    Frutos Secos Deiscentes – Folículo – Esporinha
  • Legume ou Vagem: aquele que se abre por duas fendas longitudinais, tendo a ervilha, a fava, o amendoim e muitos outros leguminosos como exemplo. É derivado de um ovário.
    Frutos Secos Deiscentes - Legume ou Vagem - Ervilha
    Frutos Secos Deiscentes – Legume ou Vagem – Ervilha
  • Síliqua: aquele que se abre por quatro fendas longitudinais com um septo mediano, tendo o repolho, o couve e outras crucíferas como exemplo. É derivado de um ovário.
    Frutos Secos Deiscentes -Síliqua - Repolho
    Frutos Secos Deiscentes -Síliqua – Repolho
  • Esquizocarpo: aquele que na maturidade, se separa totalmente em frutículos livres, tendo a cenoura e a mamona como exemplos. É derivado de um gineceu sincárpico multicarpelar.
    Frutos Secos Deiscentes - Esquizocarpo - Cenoura
    Frutos Secos Deiscentes – Esquizocarpo – Cenoura
  • Lomento: aqueles que são vagens e síquilas que se despedaçam ao invés de se abrirem normalmente. É derivado de um ovário unicapelar.
  • Craspédio: aquele que fragmentam-se em segmentos que continuam presos ao receptáculo, tendo a mimosa e o cedro como exemplo. É derivado de um ovário.
  • Cápsula: aquele que conta com tipos diversos de deiscências. É derivado de um ovário. É dividido em:
    • Septícida: aquela que se abre pela linha de união dos carpelos, como a azaléa e o papo-de-peru.
      Frutos Secos Deiscentes - Sepiticída - Azaléia
      Frutos Secos Deiscentes – Sepiticída – Azaléia
    • Loculicida: aquela que se abre pelo meio dos carpelos, como o algodão, açucena amarela e lírio.
      Frutos Secos Deiscentes – Luculicida – Algodão
      Frutos Secos Deiscentes – Luculicida – Algodão
    • Pixidiária: aquela que se abre por uma linha transversal, como a sapucaia, jequitibá, onze-horas e a castanha-do-Pará.
      Frutos Secos Deiscentes - Pixidiária - Sapucaia
      Frutos Secos Deiscentes – Pixidiária – Sapucaia
    • Poricida: aquela que se abre por poros em seu ápice, como a quaresmeira e a papoula.
      Frutos Secos Deiscentes - Poricida -Papoula
      Frutos Secos Deiscentes – Poricida -Papoula
  1. Frutos secos Indeiscentes
  • Aquênio: aquele que possui apenas uma semente ligada à parede do fruto e não apresenta caule modificado, tendo o girassol e a margarida como exemplo.
    Frutos Secos Indeiscentes - Aquênio - Margarida
    Frutos Secos Indeiscentes – Aquênio – Margarida
  • Cariopse: aquele que possui apenas 1 semente que é ligada em toda a extensão da parede do fruto. Seus exemplares são o arroz, o trigo, o milho e outros gramíneos.
    Frutos Secos Indeiscentes - Cariopse - Trigo
    Frutos Secos Indeiscentes – Cariopse – Trigo
  • Sâmara: possui uma semente com as paredes do ovário de extensão aliforme.
  • Noz: possui uma só semente, que geralmente é livre do carpelo, como na noz moscada.
    Frutos Secos Indeiscentes - Noz - Noz Moscada
    Frutos Secos Indeiscentes – Noz – Noz Moscada

Pseudofrutos Secos

Além dos frutos secos, temos também os chamados pseudofrutos secos, que compõem a classe dos pseudofrutos simples.

Geralmente, são confundidos com frutos, mas na verdade são originários dos ovários com outras partes de uma flor.

Também podem ser chamados de pseudocarpos secos. São divididos entre:

  • Cipsela: geralmente coroado por escamas, pelos, aristas e cerdas. Um exemplo é o girassol.
    Pseudofrutos Secos - Cipsela - Girasol
    Pseudofrutos Secos – Cipsela – Girasol
  • Glande: apresenta uma cúpula a partir das brácteas, tendo as aveleiras e os carvalhos como exemplo.
    Pseudofrutos Secos - Glande - Carvalho
    Pseudofrutos Secos – Glande – Carvalho

Benefícios Dos frutos e Pseudofrutos Secos

Os frutos secos são riquíssimos em tudo que há de bom para uma boa alimentação. Tem quantidades significativas de gorduras insaturadas, fibras e proteínas.

Possuem selênio, zinco, magnésio, potássio, cálcio, minerais, vitaminas E e complexo B na medida correta.

Esse tipo de fruto não possui colesterol, e a combinação de suas vitaminas e minerais ajuda a diminuir o teor do colesterol ruim presente em nosso organismo.

Também produzem uma sensação incrível de saciedade, sendo ótimas opções de petiscos para diversos momentos do dia, principalmente no acompanhamento de festas, jogos e programas em família.

Utilizações dos Frutos Secos

Provavelmente, a utilização mais conhecida dos frutos secos é no auxílio de dietas, tanto para emagrecimento, manutenção de peso ou recuperação de peso.

Os frutos secos são os queridinhos de muitos, e o difícil mesmo não é inserir esses frutos na alimentação, mas sim controlar-se para não extrapolar na dose.

Em questão de tipos, os frutos secos leguminosos como a castanha-do-Pará, amendoim, castanha, nozes e amêndoas são os mais consumidos.

Segundo os especialistas e nutricionistas, a quantidade ideal de frutos secos por dia, numa alimentação balanceada, é de cerca de 6 unidades.

Entre os principais benefícios dos frutos secos, temos:

  • Prevenção de doenças cardiovasculares
  • Prevenção da aterosclerose
  • Evita o envelhecimento precoce
  • Fortalece o sistema imunológico
  • Atua como anti-inflamatório
  • Estimular a massa muscular

Mas, apesar de todos os benefícios que os frutos secos podem proporcionar, é sempre importante ficar atento para não consumir grandes quantidades diárias.

Isso porque os frutos secos são ricos em vitaminas, mas também são ricos em calorias. Uma amêndoa ou castanha de caju, por exemplo, chegam a ter quase 600kcal.

Cuidados Para Não Exagerar na hora de Comer Frutos Secos
Cuidados Para Não Exagerar na hora de Comer Frutos Secos

Por terem toda essa quantidade de calorias em tão pequenas quantidades de frutos, a recomendação é que se consuma os frutos secos sem adição de mais nada, ou incorporada em receitas mais saudáveis e saladas.

Além disso, na escolha dos frutos secos, deve-se dar preferência aos frutos secos não desidratados. Quando se desidrata acontece uma maior concentração de açúcar e uma perda de vitaminas, deixando os frutos ainda mais calóricos que o normal.

Evite também o consumo dos frutos secos que foram demasiadamente processados industrialmente, para que este não perca suas propriedades.

Veja também

Planta Mini Clusia: Características, Nome Cientifico, Mudas e Fotos

A variedade de plantas que temos na natureza é tão grande que muitas se parecem …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *