Home / Plantas / Tabela De Ciclo Da Soja Precoce

Tabela De Ciclo Da Soja Precoce

A soja precoce, basicamente é uma variedade que desenvolve o ciclo entre o plantio e a colheita em um tempo menor, quando comparado às diversas variedades de ciclo lento ou normal. Devemos lembrar que o ciclo normal, necessariamente altera entre 115 e 120 dias, por isso falamos “precoce” para definir o que antecipa à colheita normal.

Vamos entender um pouco mais sobre a tabela de ciclo da soja precoce a seguir. Acompanhe.

Soja No Brasil E Suas Características

A primeira menção de soja no Brasil aconteceu na Bahia, na época de 1882, em um relato de Gustavo D’utra. O cultivo introduzido dos Estados Unidos não apresentou uma boa adaptação no estado. Então, em 1891, novos cultivos foram introduzidos em Campinas, São Paulo, exibindo um desempenho melhor.

O cultivo mais específico para o consumo humano foi trazido pelos primeiros imigrantes que eram japoneses no ano de 1908. Contudo, oficialmente, essa cultura no Brasil foi introduzida no estado do Rio Grande do Sul no ano de 1914 na região chamada pioneira de Santa Rosa, onde foi iniciado o primeiro plantio comercial a partir de 1924.

Vários Grãos de Soja

A soja é uma planta que possui uma variabilidade genética bem grande, tanto no ciclo reprodutivo como no vegetativo. Ela também tem muita influência do meio ambiente. Em resumo, a soja pertence a:

  • Classe: Magnoliopsida (Dicotiledônea),
  • Ordem: Fabales
  • Família: Fabaceae
  • Gênero: Glycine

A soja possui uma altura que pode depender da interação da região, como as categorias ambientais e do cultivo. A soja apresenta alguns tipos de crescimento, que são correlacionados diretamente com o tamanho da planta: determinado, indeterminado e semideterminado. A soja é profundamente influenciada pelo seu tamanho do dia. Durante a fase vegetativa da soja nas regiões ou nas épocas de foto período curto, ela tem tendência a alterar seu precoce florescimento, assim apresentam uma queda consecutiva de produção.

Existe uma ampla diversidade de ciclos. Em modo geral, cultivos disponíveis no mercado brasileiro têm ciclos em meio a 100 e 160 dias. Sua classificação dependendo da região, pode ser em alianças de amadurecimento médio, precoce, semiprecoce, tardio e semitardio. Os cultivos plantados comercialmente no país têm seus ciclos, em grande parte, oscilando entre 60 e 120 dias.

Ciclo da Soja

Durante toda parte do ciclo da planta os quatro diferentes tipos de folha são distinguidos: cotiledonares, folhas simples ou primárias, folhas compostas ou trifoliolada e pró-filos simples. Na maioria do cultivo, as suas cores são: verde escuro e, em outras, verde claro.

As sementes de soja basicamente são ovais, lisas, elípticas ou globosas. Pode ser encontrada também nas cores preta, verde ou amarela. Seu hilo geralmente é cinza, marrom ou preto.

Custo, Produção, Manejo E Colheita

Segundo os produtores, aproximadamente R$110,00 custa o preço de uma saca de 40 kg de insumo para cultura. É necessária uma plantadeira para a produção. Agora as demais etapas como adubação, preparação do solo, pulverização, semeadura e colheita, usam um diferente aparelhamento para cada serviço. Os tempos de colheita é determinado pelo ciclo de cada variedade que geralmente são entre 100 e 130 dias depois do plantio.

Quanto ao manejo, há todo um rito que precisa ser ressaltado. Como por exemplo, no plantio é necessário fazer um correto tratamento das sementes com os produtos químicos (fungicidas e inseticidas), para um controle inicial das formigas cortadeiras e pragas do solo. Para o deslocamento da lavoura, o produtor precisa fazer um rigoroso controle de pragas e doenças, portanto, é importante notar que a doença principal é a ferrugem. As pragas consideradas do final de ciclo atingem também a soja precoce, todavia em escala menor devido ao curto ciclo.

Para controlar os insetos, o produtor deve fazer um constante acompanhamento e sempre que ultrapassar parâmetros, deve fazer as aplicações de inseticidas. Os principais insetos que atacam a soja são os percevejos e lagartas.

Clima, Lucro E Benefícios

Referente ao clima é impossível fazer controle, exceto se observar as previsões do tempo, pois o plantio é uma indústria considerada “céu aberto”. Esse momento atual traz ótima perspectiva ao produtor de soja precoce, em razão dos fatores climáticos acontecidos de tal maneira no Sul do Brasil quanto na região produtora dos Estados Unidos.

O comércio, especialmente das commodities de milho e soja tem sido bastante atraente para estas culturas. Já o mercado é receptivo para quem tem boas racionalidades no uso dos insumos e produtividades. A lucratividade está alta no momento, porém devemos lembrar que os melhores preços do produto que está disponível ocorreram somente no período que os produtores não mais detinham os estoques.

Produtividade E Produção De Soja No Brasil

A produtividade da soja precoce é um pouco menor do que as culturas de ciclo tardio ou médio: elas alcançam quase 3.300 Kg/ha, enquanto as de ciclo normal alcançam quase 3.900 kg/ha. Assim, o produtor garante que não existe diferença do cultivo entre a soja precoce e as demais culturas, a não ser, o ciclo menor.

Para os produtores que almejam começar no cultivo da soja precoce, em alguma circunstância os cuidados são parecidos às diferentes culturas. É importante lembrar que cultivando a soja precoce, possui uma tendência de que esse material atinja a maturação no período em que as quantidades das chuvas normalmente sejam maiores (janeiro/fevereiro), deste modo, os riscos de danos por excesso da umidade são maiores.

O Brasil, atualmente, é segundo maior produtor mundial de soja. Está atrás apenas dos Estados Unidos. Em pesquisas mais recentes, na safra 2017/2018, a cultura tomou uma área aproximada de 33,89 milhões de hectares, no qual inteirou um cultivo de 113,92 milhões de toneladas. A produtividade média da soja brasileira foi de aproximadamente 3.362 kg por hectare.

Os estados que mais produzem soja no Brasil são os seguintes, respectivamente:

  • Rio Grande do Sul
  • Mato Grosso do Sul
  • Paraná
  • Bahia
  • Goiás
  • Tocantins
  • Maranhão e Piauí

Ciclo Da Soja Precoce

A reprodução da soja inicia com o surgimento do caule e das folhas, sendo que a contagem começa após a identificação do nó da folha unifoliolada, onde são produzidas folhas simples e posteriormente vão surgindo novas folhas ao longo do caule. Depois vem o florescimento da planta. Logo após o pleno florescimento se inicia a formação das vagens que vão abrigar os grãos de soja. Depois de formadas as vagens começa o enchimento das sementes que vão maturar e quando atingem a maturação plena estão prontas para colheita.

Todo esse processo leva cerca de 120 dias, que é bem menor que a soja normal que vai até 140 dias. O plantio se inicia entre setembro e outubro e a colheita fica entre janeiro e fevereiro. A soja precoce vem sendo bastante usada, pois com a colheita antecipada, o produtor ainda consegue fazer o plantio do milho safrinha.

Entretanto, é preciso saber escolher a variedade correta, pois muitas cultivares não são adequadas para o plantio mais cedo e podem apresentar problemas de crescimento. Com isso, o produtor pode vir a ter perdas de produtividade. Além disso, é preciso estar atento quanto a insumos e maquinários, para garantir uma boa colheita.

Veja também

Hibisco Gigante: Como Cultivar, Podar, Tamanho, Preço e Fotos

O hibisco é uma das mais belas plantas encontradas na natureza. Suas atraentes flores chamam …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *