Home / Plantas / Que Fertilizante usar para Gerânios? Como fazer?

Que Fertilizante usar para Gerânios? Como fazer?

Usar fertilizante é uma maneira excelente de fazer qualquer planta crescer mais rápido e mais saudável. Só que é preciso saber que tipo de fertilizante oferecer a determinadas espécies de plantas, como é o caso do gerânio, por exemplo. Falando nele, vamos saber que produto usar para que essa flor cresça bem?

Começando do princípio, vamos saber o que é um gerânio. Bem, na verdade, tratam-se de plantas floríferas que pertencem à família Geraniaceae. São originários da África do Sul, e vivem muito bem em temperaturas que variem entre os 5°C e os 25°C, não apreciando muito chuvas, e preferindo mais solos que sejam pesados e que tenham boa drenagem.

Ou seja, é o tipo de planta que gosta, até certo ponto, de frio, e que pode aguentar até mesmo um pouco de neve. No geral, são plantas rústicas, com folhas que são bem firmes, e caules tão resistentes que podem ficar em locais que tenham ventania moderada. Já as suas flores possuem formatos variados, sempre com cores bastante atraentes e diversificadas. O aroma das flores de gerânico, contudo, é um tanto peculiar, pois acaba não sendo nem doce, nem ácido. Inclusive, o seu óleo é bastante usado na área medicinal,

Com relação ao cultivo dessa planta, ela se dá muito bem tanto em vasos, quanto em jardins. Contudo, é necessário que o excesso de água possa ser devidamente controlado para não encharcar a planta. Como a temperatura não pode ultrapassar os 25°C, caso ele seja plantado em um jardim, é preferível que ele esteja à sombra de uma árvore. Mesmo assim, o gerânio não é uma planta de meia sombra, só que no Brasil, a meia sombra já dá a luminosidade necessária que ele precisa.

Como Fazer a Fertilização dos Gerânios?

Entre os muitos fertilizantes disponíveis por aí, os mais indicados para os gerânios são os líquidos, mais precisamente o 20-20-20 ou mesmo o 15-30-15. Esses produtos são excelentes para nutrir os gerânios, pois contém compostos de maneira balanceada. Como não existe uma fórmula específica que essa planta goste, usar um produto com equilíbrio de componentes é fundamental.

Essa fertilização, por sinal, não deve ser muito intensa, e precisa ser feita sempre na primavera, que é quando a planta pode absorver mais nutrientes, e desabrochar de maneira mais saudável. Também é preciso salientar que essa fertilização tem que ser feita nas doses recomendadas pelos fabricantes, ou (mais preferencialmente ainda) abaixo dessas mesmas dose, evitando que a planta fique “sobrecarregada” de nutrientes.

Ao mesmo tempo é importante sempre ficar atento à fertilização regular do gerânio, pois se ele ficar sem os seus nutrientes mais básicos, eles ficarão mais vulneráveis a pragas, doenças, e, em alguns casos, pode até morrer. No extremo oposto, contudo, o outro cuidado é não fertilizar demais o gerânio para não prejudicar o desenvolvimento dele.

Destaque-se ainda que essa espécie de planta se dá muito bem com adubos químicos que tenham baixo teor de azoto (elemento químico também conhecido como Nitrogênio).

Por que Fertilizar as Plantas é Tão Importante?

Podendo ser minerais, ou mesmo orgânicos, os fertilizantes acabaram se tornando bastante importantes para o desenvolvimento de muitas plantas por aí. Só que a aplicação precisa ser correta para cada tipo de planta, pois somente assim esses produtos serão realmente úteis em sua finalidade de desenvolver melhor a planta em questão.

Ou seja, é preciso usar o fertilizante indicado para cada espécie, como no caso do gerânio, os mais indicados são o 20-20-20 e o 15-30-15. Além disso, são produtos que precisam ser ministrados na ápoca correta, e mais uma vez, pegamos o exemplo do gerânio, cuja fertilização dá bem mais resultados positivos se for feita na Primavera.

A periodicidade para realizar a fertilização da planta também é importante, sendo o mais recomendável, em geral, fazer esse processo a cada 15 ou 20 dias, pelo menos. Assim, a planta não terá “nutrientes em excesso”, correndo o risco de não se desenvolver como o previsto.

Outros Cuidados que se Deve ter com os Gerânios, Além da Fertilização

O gerânio não é uma planta necessariamente de climas muito frios, apesar de aguentar temperaturas de até 5°C. Porém, se a região for, de fato, muito fria, o mais recomendável é deixar essa planta devidamente abrigada em locais cuja temperatura possa ser um pouco maior do que 7°C, por exemplo. Evidentemente que nesse caso, é preferível que o cultivo seja em vasos ou jardineiras para facilitar a mobilidade da planta, não é mesmo?

Outra dica importante é que se a planta ficar em janelas, ela não pode ficar próxima ao gás da cozinha ou mesmo a aquecedores em geral, pois isso pode ressacar as folhas do gerânio, prejudicando o desenvolvimento da planta, e deixando-a sem as fontes de seus nutrientes.

Gerânio em Vaso

Em termos de podas, elas devem ser feitas cortando os caules pela metade, que podem, inclusive, servir para a formação de novas plantas através de estacas. A partir do momento em que esses caules alcançam cerca de 10 cm de altura, uma nova poda deve ser feita, fazendo a retirada de partes ecas ou mortas. Existe também a poda de manutenção, que deve ser feita quando a planta acumular folhas e flores secas.

Por fim, é preciso ter cuidado com o aparecimento de pragas e doenças, mesmo com a correta fertilização do gerânio. Na maior parte das vezes, é comum surgir o chamado gorgulho da raiz da videira. No entanto, outras pragas também são muito comuns, como a mosca do gerânio, os pulgões e as cochonilhas. Existem medicamentos próprios para os gerânios que podem ser adquiridos em lojas especializadas, e que ajudam a combater esses problemas.

Conclusão

Como vimos, a fertilização do gerânio é um processo necessário para o seu desenvolvimento, mas, ao mesmo tempo, não é nada complicado de fazer. Ao contrário: basta a aplicação quinzenal ou mensal de produtos que não tenham alto teor de Nitrogênio, que o seu gerânio agradecerá.

E, claro, não somente o gerânio, mas qualquer outra planta que você tenha em casa precisa de fertilização. É um processo simples, rápido e necessário.

Veja também

Como Fazer Mudas de Hibisco por Estaquia?

As plantas e flores têm diversos usos possíveis na civilização mundial, havendo diferentes formas de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *