Home / Natureza / Qual é Mais Saudável Macarrão ou Arroz?

Qual é Mais Saudável Macarrão ou Arroz?

Quando é hora de escolher um carboidrato para as refeições sempre surge aquela clássica dúvida: macarrão ou arroz? Os nutricionistas asseguram que os dois proporcionam energia e possuem praticamente a mesma quantidade de calorias e nutrientes. Sendo assim, quais deles devemos escolher?

Essa grande questão tem uma resposta mais voltada para as preferências e comportamento de cada pessoa. Assim, quem prefere o arroz tende a fazer complementos com outros tipos de alimentos, como o feijão e até mesmo um tipo de proteína. Continue acompanhando nosso artigo e descubra qual deles se adequa mais ao seu gosto e ao seu perfil alimentar.

Arroz X Macarrão: Quem Ganha Essa Batalha?

Quando comemos macarrão sempre temos a tendência a acreditar que apenas ele é suficiente para suprir as necessidades nutricionais. Dessa forma, é muito comum que a gente acabe evitando incluir uma proteína na refeição. O resultado é substituir  ela por ingredientes como: molhos e gorduras.

O prato acaba ficando com um aspecto mais “leve” e tendemos a exagerar  no seu consumo, não é verdade? Dessa forma, a quantidade de carboidratos ingeridos acaba sendo maior que o necessário para os seres humanos.

Macarrão
Macarrão

Os especialistas indicam que a solução para esse impasse é consumir o macarrão com  uma proteína ou até mesmo uma saladinha. A dica é fazer com que o macarrão (ou o arroz) ocupe apenas um quarto da refeição. Lembrando que os produtos integrais são ainda mais indicados, ok?

Comparação Nutricional do Arroz e Macarrão

Trouxemos para você a comparação dos nutrientes existentes em cem gramas de cada um desses alimentos. Confira:

  • O macarrão possui cerca de 30 gramas de carboidrato e cento e quarenta calorias. As fibras ocupam 1, 5 gramas e existem mais de quatro gramas de proteínas.
  • Já o arroz possui cerca de cento e vinte calorias e vinte e cinco gramas de carboidrato. As fibras são apenas 0, 5 gramas e ele possui um pouco mais de 2 gramas de proteínas.

Ou seja, os dois alimentos são muito parecidos na questão nutricional e têm a função de fornecer energia ao nosso corpo. Quando o assunto é caloria, a diferença também é bem pequena, ainda mais, quando se considera esse consumo excedente em um contexto de alimentação durante um dia inteiro.

O que de fato é bem diferente entre os dois alimentos é o índice glicêmico, que é a capacidade que cada alimento possui de aumentar a glicose. Quando tratamos da alimentação de pessoas diabéticas  ou daquelas estão tentando emagrecer, essa informação é ainda mais importante.

Dessa forma, podemos afirmar que o arroz possui a capacidade de aumentar a glicose no sangue com mais intensidade. Portanto, se o seu plano é emagrecer, é mais indicado escolher o macarrão ao arroz. Com uma menor liberação de insulina conseguimos produzir bem menos massa gorda, além de proporcionar mais sensação de saciedade.

O que eu Devo Escolher?

Bom, se a sua intenção é não engordar recomendamos escolher o macarrão. Ele pode ser (em termos nutricionais) mais  indicado que outros tipos de carboidratos (como os pães e os grãos), já que possui baixo nível glicêmico e pode ser digerido de forma mais devagar, ocasionando mais tempo de saciedade para  o corpo. Muito interessante, não é?

Poucas pessoas sabem, mas o  macarrão foi inventado pelas comunidades árabes. Tornou-se mais popular na Itália devido à circulação desses povos pela região. Foi na época da Idade Média que o alimento se tornou mais conhecido.

Além disso,  lembramos que  mesmo sendo um alimento rico em carboidrato, o macarrão é uma opção de comida com pouca concentração de gordura, sódio e colesterol. O consumo do alimento pode ser responsável por uma sensação de bem-estar e calmaria.

Entretanto, é necessário ficar atento para o consumo de macarrão associado aos molhos, já que ele pode se tornar tão calórico quanto o arroz.

Como Substituir o Arroz e o Macarrão

Mas se você procura alternativas para substituir o consumo desses dois alimentos, saiba que existem algumas possibilidades bem interessantes e saudáveis. Além disso, podem ser ótimas alternativas para pessoas que possuem intolerância às substâncias presentes no arroz e macarrão (como o glúten, por exemplo).

Veja algumas opções:

  • A quinoa é um cereal que possui grande quantidade de fibras e proteínas. Ela também possui grandes quantidades de vitaminas que podem auxiliar na prevenção de problemas no coração, nos ossos e no sistema nervoso. A substituição do macarrão e do arroz pela quinoa pode ser feita utilizando o alimento em grãos e cozido em água. Você também pode colocar a quinoa em sucos, saladas e sopas.
  • Não tão popular quanto a quinoa, o amaranto também é uma boa opção de substituição do macarrão e do arroz. Rico em diversos nutrientes e minerais, o consumo de amaranto pode ajudar os músculos e na prevenção de diversas doenças do coração e fígado. Também pode ser consumido com proteínas, saladas e sopas. Quando ingerido cru, o amaranto pode  ser ingrediente de vitaminas. Por fim, ainda é possível fazer uma espécie de farinha ao triturar o grão no liquidificador.
  • A abobrinha pode ser uma alternativa excelente na substituição do arroz e macarrão. Isso porque o espaguete feito da leguminosa pode garantir um prato muito delicioso e com poucas calorias. Os celíacos também pode consumir essa receita, já que a abobrinha não possui glúten. Não podemos esquecer que ela é grande fonte de vitaminas, minerais e outros nutrientes importante para o bom funcionamento do nosso corpo.
  • Para prepara o espaguete de abobrinha corte o legume em pequenas fatias após retirar a casca. Para um sabor mais intenso, coloque azeite e leve ao forno por meia hora. Após esse procedimento deixe esfriar e corte as fatias em pequenos “ fios”, assemelhando-se a um espaguete. Você pode fazer um molho de acordo com a sua preferência ou acrescentar um recheio. Uma receita com poucas calorias e muito deliciosa. Uma maravilha, não é?

Nosso artigo acaba por aqui e esperamos que as dúvidas sobre o consumo de arroz e macarrão tenham sido sanadas. Não se esqueça de acompanhar novos artigos aqui no Mundo Ecologia. Agradecemos a visita e esperamos te encontrar mais vezes por aqui!

Veja também

Quando Posso Usar Compressa Quente ou Fria?

Em algumas situações podemos não saber se o ideal é utilizar a compressa fria ou …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *