Home / Plantas / Qual é a Brisa do Cogumelo? Qual o Efeito do Chá de Cogumelo?

Qual é a Brisa do Cogumelo? Qual o Efeito do Chá de Cogumelo?

A brisa do cogumelo, bem como todos os seus usos, inclusive do chá, data de vários séculos antes de nossa era. Principalmente, esse fungo era usado ​​em países asiáticos, onde estavam intimamente ligados à cultura ancestral.

O cogumelo teve três usos principais:

  • Como alimento pelo seu bom gosto;
  • Como remédio;
  • Como substâncias alucinógenas.
Chá de Cogumelo com Rosto
Chá de Cogumelo com Rosto

Uma peculiaridade é que alguns cogumelos têm a capacidade de distorcer os sentidos, o que produz alucinações. Eles são chamados de cogumelos alucinógenos, dos quais contaremos tudo o que você precisa saber antes de consumi-los.

Um Ingrediente Natural

Não há dúvida de que vivemos no boom do orgânico. Queremos resolver tudo usando produtos naturais antes de procurar medicamentos ou alimentos processados.

Na realidade, a medicina natural tem sido usada no tratamento de várias doenças ao longo da história. O estudo de plantas medicinais – como matéria-prima para a produção de extratos ou como material isolante de substâncias naturais puras – sempre representou uma área de livre expansão.

Cabe ressaltar que o uso preferencial de preparações derivadas de plantas e fungos alucinógenos não é como o de produtos farmacêuticos. Contudo, tem-se uma nova classe de produtos designados com uma ampla variedade de termos, tal como:

  • Alimentos funcionais;
  • Suplementos nutricionais;
  • Entre outros.

O Início da Brisa do Cogumelo

A brisa do cogumelo vem de tempos. Diferentes tipos alucinógenos têm sido usados ​​por tribos e civilizações há milhares de anos. Muitos desses cogumelos ainda são usados ​​pelos descendentes dessas culturas, como um método divinatório e para se comunicar com seus deuses.

Cogumelo Vermelho
Cogumelo Vermelho

No México, os maias foram pioneiros no uso desses alucinógenos para resolver problemas e enfrentar várias situações. Contudo, não é usado como um hábito viciante ou como uma droga recreativa. Além disso, os fungos eram apreciados por gregos, espanhóis, africanos e russos em rituais e atividades esotéricas.

Cogumelos Alucinógenos: Como Consumi-los

  • A brisa do cogumelo e seu consumo envolve colocar em prática certas dicas para que a experiência seja positiva. Antes de tudo, é importante que, depois de tomar a decisão de maneira ponderada, não coma o fungo sozinho.
Cogumelos Vermelhos Alucinógenos
Cogumelos Vermelhos Alucinógenos
  • Tente sempre ser acompanhado por alguém que já tenha experiência anterior com isso para te ajudar, se necessário. Comumente, é recomendável que você tenha comido adequadamente e que esteja hidratado. Isso porque os fungos costumam ter um efeito mais agudo no estômago vazio ou em organismos enfraquecidos.
Cogumelos Alucinógenos na Natureza
Cogumelos Alucinógenos na Natureza
  • Beba bastante água durante a viagem. Nunca misture a brisa do cogumelo com álcool e outras drogas, pois podem causar graves danos ao seu corpo. Isso também pode dificultar uma experiência que é sobre desfrutar.
Cogumelos Alucinógenos Vermelhos na Mata
Cogumelos Alucinógenos Vermelhos na Mata
  • Tente fazer com que o ambiente onde você esteja seja tranquilo, cheio de harmonia e beleza. Pode ser sua casa ou a natureza. Comer cogumelos alucinógenos é algo que deve ser feito em um ambiente em que a calma prevalece. Em seguida, abra sua mente e relaxe para que a experiência não seja cercada por medo ou incerteza.
Cogumelos Alucinógenos Vermelhos Grandes na Natureza
Cogumelos Alucinógenos Vermelhos Grandes na Natureza
  • Para sentir a brisa do cogumelo verdadeiro, o fungo deve ser desidratado, pois é composto por 90% de água em sua forma natural. As doses recomendadas estão entre 1 e 3 gramas (dose média-baixa) e entre 5 e 7 gramas para uma dose alta. Seu consumo precisa ser supervisionado por alguém treinado, que possa orientá-lo e fornecer a dose adequada. Repetindo: nunca faça isso sozinho.

Efeitos da Brisa do Cogumelo

Os cogumelos alucinógenos – também chamados de sagrados – são divididos em sete espécies, entre as quais estão Psilocybe, Stropharia e Conocybe. Esses são os mais utilizados.

Além disso, existem espécies alucinógenas conhecidas como ololiuqui, cohaba, harmina e yagué. Essas substâncias geralmente causam sentimentos de:

  • Euforia;
  • Aumento da frequência cardíaca;
  • Aumento da pressão arterial e tamanho da pupila;
  • Entre muitas outras coisas.
Cogumelo Alucinógeno Com Rosto Desenhado
Cogumelo Alucinógeno Com Rosto Desenhado

Entretanto, é importante ter em mente que a brisa do cogumelo depende inteiramente da maneira como ele é consumido. Além do mais, deve-se levar em conta as características físicas do consumidor – idade, estado de saúde e humor, bem como experiência no uso de drogas. Sem contar com as circunstâncias em que se usa. Em doses muito altas, a pessoa pode perceber distorções na visão, olfato e coordenação motora.

Ingredientes Para o Chá de Cogumelos Psilocibina

Existem apenas dois ingredientes principais para esta receita de chá de psilocibina, além de alguns itens necessários para o processo:

  • Cogumelos de psilocibina picados ou triturados de qualquer variedade;
  • Filtro de água;
  • Caneca;
  • Chaleira;
  • Bule de chá;
  • Ingredientes opcionais são aqueles que você pode adicionar para dar um pouco de sabor. Este pode ser o seu tipo favorito de chá, um pouco de mel, um pouco de suco de laranja ou até mesmo uma pitada de açúcar para doçura.
Cogumelos Alucinógenos Coloridos
Cogumelos Alucinógenos Coloridos

Nota importante: A adição de limão, laranja ou citros à infusão com psilocibina acrescenta mais do que apenas sabor. Esses ingredientes ácidos podem dar um “up” na brisa do cogumelo e no seu metabolismo. Isso pode causar uma experiência muito mais rápida e mais forte. Tenha cuidado!

Instruções Para Fazer Chá de Cogumelos

Você precisará de cerca de 1 xícara de água para cada 5 gramas de cogumelos. Você também precisará de um copo de água para cada pessoa. Portanto, meça tudo cuidadosamente antes de começar. Em seguida, despeje a água na chaleira e aqueça até ferver.

Pique ou esmague os fungos. Coloque-os no bule. Quando a água ferver, despeje sobre os cogumelos. Deixe-os descansar por cerca de 10 a 15 minutos, mexendo ocasionalmente.

Despeje a infusão nas canecas, usando o filtro para impedir que os pedaços caiam. Adicione saquinhos de chá ou outros ingredientes opcionais neste momento. Depois beba e desfrute da experiência.

Os Benefícios da Brisa do Cogumelo

Depois de saber como fazer chá, experimente a brisa do cogumelo imediatamente. Mas, juntamente com o sabor mais apurado, existem outros benefícios que tornam esse processo ainda mais interessante.

Primeiro, os efeitos colaterais são mais rápidos quando se bebe a psilocibina do que quando você come os fungos. Você pode até começar a senti-los quando a primeira xícara terminar.

Cogumelos de Cabeça Vermelha
Cogumelos de Cabeça Vermelha

Obviamente, se você é inexperiente, pode querer beber apenas um copo a princípio, até saber como lidará com os sintomas. No mínimo, certifique-se de estar em um lugar confortável com alguém em quem confie e que possa cuidar de você.

Outro benefício de beber chá e experimentar a brisa do cogumelo é que muitas pessoas relaxam de forma que não conseguem com outros meios. Tome as devidas precauções e curta a sensação!

Veja também

Para Que Serve a Casca de Manacá?

Franciscea uniflora é o nome brasileiro de Manacá, cujo nome cientifico é Brunfelsia uniflora, amplamente …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *