Home / Plantas / Qual é a Árvore da Canela? Como Chama? Fotos

Qual é a Árvore da Canela? Como Chama? Fotos

A canela é uma das especiarias mais antigas do mundo e, ao mesmo tempo, uma das mais contemporâneas. Sempre importante para a produção alimentar, servindo muito bem como coadjuvante, a canela encaixa em diversos pratos e pode ser utilizada de maneiras quase infinitas.

É possível que você já tenha imaginado como se produz a canela, já que a especiaria muitas vezes surge em pó para as pessoas, já em sua versão final. Ou, então, em pau. Mas qual é o passo anterior da canela? Tem como plantar? Qual é a planta que gera a canela? Essas são dúvidas muito naturais, principalmente quando se trata de algo tão importante na vida humana. Antes de mais nada, a planta que gera a canela possui nome científico de Cinnamomum verum e atende pelo nome popular de caneleira-verdadeira.

A árvore é original da Ásia, mais precisamente do Sri Lanka. Todavia, com o tempo ganhou todo o planeta e passou a ocupar o dia a dia de boa parte da população mundial. O modo de produção da canela em pó, como a vemos, também não é muito complicado. Se você deseja saber mais sobre a canela e a forma como ela é produzida, veja tudo logo abaixo.

A Árvore Que Produz a Canela

A canaleira-verdadeira é a árvore que produz a canela, já sendo um tipo de planta bastante comum no Brasil. Nativa da Ásia, a planta não demorou a se adaptar ao solo brasileiro, que possui semelhanças em relação ao solo do Sudeste asiático. Vale lembrar que se pode produzir canela a partir de outras plantas, mas essa é a principal delas.

A árvore pode chegar aos 15 metros de altura, embora seja mais comum que se mantenha por volta dos 10 metros. As folhas são cheirosas e possuem odor muito forte, sendo possível sentir o cheiro de longe. Essas mesmas folhas possuem detalhes em amarelo e vermelho, contrastando com o verde escurecido.

Canaleira-Verdadeira
Canaleira-Verdadeira

O Sri Lanka, terra natal da caneleira, ainda possui cerca de 80% de toda a produção mundial de canela. Contudo, no Brasil é possível encontrar a árvore em muitos locais, nos mais diversos estados. As doses de água para o cultivo da canela devem ser generosas, pois a planta gosta de umidade. Quer saber como a canela pode ser extraída da árvore? Conheça o método de produção a seguir.

Produzindo Canela

Agora que você já conhece onde a canela se desenvolve, chegou o momento de entender como a canela pode ser extraída e, mais tarde, passada para o pó. Na verdade, a canela é extraída da casca do tronco da caneleira. Assim, é fundamental regar a planta de maneira adequada, para que o tronco possa crescer corretamente. Quanto maior o tronco, mais canela você terá.

Em seguida, a canela pode ser usada em pó, em raspas ou em ramas. Isso depende da maneira como você prefere, pois há pessoas que gostam mais de cada uma das possibilidades. Há ainda a possibilidade de comprar a canela em pau e, em seguida, transformar a especiaria em pó. Esse processo não costuma ser complicado, pelo contrário. Para fazê-lo, é preciso usar um ralador.

Coloque-o sobre uma xícara, use os menores buracos e rale a canela. Caso os grânulos tenham ficado muito grande, você ainda pode bater o pó em um processador ou mesmo em um bom liquidificador. De qualquer forma, o certo é que a produção caseira de canela em pó não é muito difícil, já que o passo a passo é bastante intuitivo e acessível. A dica é ter muito cuidado ao retirar a canela da árvore, o que deve ser feito com técnica e não com o uso da força.

Canela Contra Diabetes, Má Digestão e Fadiga

A canela pode ser usada para muitos objetivos, então não é algo exatamente simples indicar o melhor benefício que se tem ao utilizar a especiaria. Em todo caso, a canela pode ser usada contra a diabetes de forma muito eficiente, já que melhora muito a utilização de açúcar pelo corpo. Logo, o açúcar não mais ficará parado no sangue, pois será consumido pelo organismo.

Não é ideal exagerar nas doses, tampouco ingerir a canela com doces – no caso dos diabéticos -, mas pequenas quantidades podem ser eficazes. Além disso, a canela ainda pode ser útil contra a fadiga. Isso mesmo, o estresse físico pode ser aliviado a partir da ingestão frequente de canela.

Por fim, a digestão é uma grande beneficiada pelo uso da canela, pois a especiaria possui efeito contra inflamações e bactérias, fazendo uma verdadeira faxina no sistema digestório. Uma boa opção, nesse caso, é ingerir a canela com mel, em uma mistura que pode funcionar muito bem para acelerar o caminho que a comida faz pelo seu corpo. Faça o teste, afinal a canela não é famosa há tantos séculos em todo o mundo à toa.

Canela Como Afrodisíaco, Contra o Câncer e Para Perda de Peso

A canela é um excelente afrodisíaco, pois funciona muito bem para melhorar a circulação do sangue. Dessa forma, o corpo pode ser plenamente irrigado, sobretudo no caso dos homens – para ficar ereto, o pênis exige grande circulação de sangue.

Em todo o mundo, a canela é usada há muito tempo com esse objetivo. Além disso, a canela é muito eficaz para ajudar na perda de peso. Isso acontece porque a especiaria se mostra capaz de reduzir a sensação de fome, o que, por sua vez, reduz as vezes em que você sentirá a necessidade de comer sem, de fato, possui tal necessidade. Tudo isso se dá pelo fato de a canela ser rica em fibras, algo importante nesse sentido.

Canela Benefícios para Saúde
Canela Benefícios para Saúde

Ademais, a canela pode diminuir o risco de câncer, pois possui efeitos antioxidantes muito importantes para o fortalecimento celular. Portanto, o uso frequente da canela pode ser muito interessante para evitar a doença. A boa notícia é que você pode usar a canela como quiser, já que não há maiores restrições para a intensidade de uso da especiaria. Como ela encaixa bem com muitos alimentos e algumas bebidas, use a abuse da boa e velha canela.

Veja também

Como se Faz Saião com Leite? Para que Serve?

O saião (nome científico Kalanchoe brasiliensis) é uma planta medicinal que também pode ser conhecida …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *