Home / Plantas / Qual a Melhor Época Para Fazer Mudas De Rosas?

Qual a Melhor Época Para Fazer Mudas De Rosas?

Existe algo melhor do que ter rosas enfeitando a sua casa, o seu ambiente de trabalho, enfim? Certamente, é um toque que deixa qualquer lugar muito mais leve e bonito.

Porém, muitos têm dúvidas não somente de como plantar rosas, mas também de como fazer as mudas delas. Ou melhor: “quando” fazer, pois, caso você não saiba, existe uma época do ano que é a melhor para se fazer mudas de rosas.

E é isso o que mostraremos a seguir.

Características Básicas Das Rosas

Antes de qualquer coisa, você precisa ter em mente que as rosas são flores silvestres, da terra. Ou seja, plantas que necessitam de muito sol. Atualmente, são mais de 200 espécies conhecidas de rosas naturais, e mais ou menos 30 mil tipos de flores híbridas conseguidas, que foram feitas através de vários cruzamentos.

Essencialmente, roseiras não gostam de umidade, mas, algumas espécies se tornaram mais resistentes com o passar dos anos, conseguindo se adaptar às mais diversas situações climáticas. Porém, uma região aqui do Brasil que tem apresentado uma produção crescente dessas flores é o Nordeste, cujo ambiente é bastante favorável para as espécies mais básicas dessas flores.

A variedade de propagação das roseiras também é grande, abrangendo arbustos, cercas-vivas, minirrosas, rasteiras, e por aí vai. Já quanto ao cultivo, ele pode ser feito tanto em canteiros, quanto em vasos. Porém, independente do lugar, além de ser um ambiente que bata muito sol (pelo menos, umas 8 horas por dia), o local precisa ter terra fofa e de muita qualidade.

Em regiões como o Nordeste brasileiro e o Cerrado, por exemplo, onde o solo é mais alcalino, a recomendação é colocar cerca de 50 g de calcário por metro quadrado na área do plantio.

Qual a Melhor Época Para Plantar Mudas De Rosas?

Primeiro de tudo, é preciso que a procedência das mudas seja muito boa. Ou você poda galhos de roseira que já esteja criando, e que sejam bem saudáveis, ou compra essas mesmas mudas em viveiros confiáveis, para garantir que as suas flores se desenvolverão de maneira adequada. Uma dica é que, antes de iniciar o plantio, as mudas precisam “descansar” algumas horas na sombra.

Já a melhor época para se fazer isso é no início da primavera, mais ou menos, a partir do final de agosto. Lembre-se de que o local também precisa ser arejado e receber uma luz que seja moderada, não tão forte, mesmo as roseiras gostando do sol.

É bom deixar claro que as raízes das mudas não podem estar secas ao serem plantadas. Dessa forma, o mais recomendável é regá-las, pelo menos, 1 hora antes do cultivo.

Corte De Estacas Para Fazer Mudas De Roseiras

Trata-se de um procedimento que pode ser feito em qualquer época do ano, porém, preferencialmente, é melhor fazer isso após a queda das flores. Essas estacas que serão cortadas da planta mãe deverão ter de 6 a 8 cm de comprimento, em um corte que deve ser transversal e ter uns 45°. As estacas não podem ficar secas, nem serem exposta a muito calor ou muito frio.

Para evitar doenças, elas as estacas que servirão de mudas podem ser desinfetadas com uma solução de hipoclorito de sódio (devem ser 30 ml para 1 litro de água). As estacas, então, deverão ficar na solução por uns 5 minutos, e depois, lavadas com água corrente.

Como É Feito O Plantio Das Mudas De Rosas?

O procedimento inicial para plantar mudas de roseiras de forma adequada é cavar um buraco que seja largo e fundo (mais ou menos de uns 30 cm de profundidade), porque as raízes vão precisam de bastante espaço. O mesmo vale para o plantio em vasos, que devem ser grandes o suficiente para comportar as raízes das rosas.

Seja no chão, ou no vaso, é recomendável que você use um rastelo ou mesmo uma estaca para soltar a terra. Plante a muda, deixando o ponto do enxerto, pelo menos, 1 cm fora da terra (que é justamente aquela parte da junção da raiz com o galho principal da muda).

O ideal é fazer a rega no horário onde o sol bata com mais força na planta, mais ou menos, próximo do meio-dia. Isso até começar, de fato, a floração. Que esta tiver início, regue apenas nos períodos de maiores secas, fazendo com que a terra possa fica sempre úmida.

É importante manter a terra sempre fofa, fazendo uma cobertura do solo com material vegetal.

Preparação do Canteiro

Ter um canteiro bem cuidado é prerrogativa básica para se ter uma roseira bem desenvolvida. Portanto, você deve prepará-lo, pelo menos, uns 8 dias antes do plantio das mudas. O local deve ser bem ventilado, e com terra perfeitamente drenável.

A preparação da terra também é outro ponto fundamental. Comece usando cerca de 10 litros de terra vegetal natural, mais 10 litros de esterco curtido de gado ou cavalo. Isso deve ser feito por, no mínimo, uns 60 dias. Você também pode usar composto orgânico como alternativa.

Preparando o Canteiro
Preparando o Canteiro

Pegue cerca de 100 g de farinha de ossos, e misture bem, remexendo a terra em até 30 ou 40 cm de profundidade. Após quebrar os torrões, retire as pedras do local. É importante manter o canteiro livre de mato, e repetir essa adubação tanto no inverno, quanto no verão.

Podas e Cortes

As podas em roseiras precisam ser feitas entre os meses de junho e agosto. Ou seja, antes de realizar o cultivo por mudas, que podem ser confeccionadas a partir dessas podas. O ideal é deixar de 4 a 5 gemas por haste em roseiras arbustivas.

Se forem trepadeiras, o recomendado é cortar a ponta até mais ou menos um terço da haste, conduzindo certa curvatura nela para estimular a floração. Se a poda for meramente para limpeza da planta, retire as flores murchas, fazendo o corte de 3 ou 4 folhas.

Já em relação aos cortes, há duas maneiras distintas de colher uma rosa. Se as mudas forem novas, as hastes cortadas devem ser bem curtas. Já se as roseiras já forem adultas e bem formadas, o corte pode ser de até dois terços o tamanho total do galho.

É bom salientar que, após a primeira floração, o corte pode ser feito de 40 a 45 dias.

Veja também

Abacate: Sugestões e Diferentes Formas de Consumir

Posso comer abacate batido? Esse é um grande questionamento, que envolve a maneira de comer …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *